1-Acilglicerol-3-Fosfato O-Aciltransferase: Enzima que catalisa a transferência do grupo acila da ACIL COA para o 1-acil-sn-glicerol 3-fosfato para gerar 1,2-diacil-sn-glicerol 3-fosfato. Esta enzima possui as subunidades alfa, beta, gama, delta e epsilon.Glicerol-3-Fosfato O-Aciltransferase: Enzima que transfere grupos acil do acil-CoA ao glicerol-3-fosfato para formar monoglicerídeo fosfatos. Age apenas em derivados de CoA e ácidos graxos de comprimento de cadeia superior a 10 carbonos. Também forma diglicerídeo fosfatos. EC 2.3.1.15.Aciltransferases: Enzimas da classe das transferases que catalisam a transferência de grupos acil de doador para recebedor, formando ésteres ou amidas. EC 2.3.Lipodistrofia Generalizada Congênita: Transtornos congênitos, geralmente autossômicos recessivos, caracterizados por falta grave generalizada de TECIDO ADIPOSO, RESISTÊNCIA À INSULINA extrema e HIPERTRIGLICERIDEMIA.Esterol O-Aciltransferase: Enzima que catalisa a formação de ésteres de colesterol pela transferência direta de um grupo de ácido graxo de um derivado de ácido graxo com CoA. Esta enzima foi encontrada nas adrenais, gônadas, fígado, mucosa intestinal e aorta de muitas espécies de mamíferos. EC 2.3.1.26.1-Acilglicerofosfocolina O-Aciltransferase: Enzima localizada predominantemente no interior da membrana plasmática dos linfócitos. Catalisa a transferência de ácidos graxos de cadeia longa, preferencialmente ácidos graxos insaturados, a lisofosfatídios, com a formação de 1,2-diacilglicero-3-fosfocolina e CoA. EC 2.3.1.23.Diacilglicerol O-Aciltransferase: Enzima que catalisa a última etapa da reação de síntese do triacilglicerol em que o diacilglicerol é ligado covalentemente a uma acil coA de cadeia longa para formar o triglicerídeo. Foi anteriormente classificada como EC 2.3.1.124.Fosfatos: Sais inorgânicos do ácido fosfórico.Grelina: Peptídeo orexigênico acilado, com 28 aminoácidos, que é um ligante para os RECEPTORES SECRETAGOGOS DO HORMÔNIO DO CRESCIMENTO. A grelina é amplamente expressada, principalmente no estômago de adultos. Atua centralmente, estimulando a secreção do hormônio de crescimento e a ingestão alimentar, e perifericamente, regulando a homeostase energética. Sua grande proteína precursora, conhecida como hormônio regulador do apetite (ou peptídeo relacionado com a motilina) contém grelina e obestatina.Retinol O-Graxo-Aciltransferase: Enzima que catalisa a transferência do grupo acila da acil COENZIMA A em RETINOL para gerar COENZIMA A e um éster retinil.Leucomicinas: Complexo de antibióticos produzidos pelos Streptomyces kitasatoensis. O complexo é composto de uma mistura de pelo menos oito componentes biologicamente ativos, A1 e A3 à A9. Leucomicinas apresentam atividades bactericidas e antimicoplásmicas.Acilação: A adição de um radical de ácido orgânico numa molécula.Receptores de Grelina: Proteínas transmembranas que reconhecem e se ligam a GRELINA, um potente estimulante da secreção do HORMÔNIO DO CRESCIMENTO e da ingestão de alimentos em mamíferos. Os receptores de grelina são encontrados na hipófise e HIPOTÁLAMO. Pertencem à família dos RECEPTORES ACOPLADOS A PROTEÍNA-G.