6-Fitase: Enzima que catalisa a conversão de mio-inositol hexaquisfosfato e água a 1L-mio-inositol 1,2,3,4,5-pentaquisfosfato e ortofosfato. EC 3.1.3.26.Ácido Fítico: Agente complexo capaz de remover sinais de íons de metais pesados. Atua também como agente hipocalcêmico.Fósforo na Dieta: Fósforo utilizado nos alimentos ou obtido dos alimentos. Este elemento é um importante componente intracelular, participando de cascatas bioquímicas relacionadas à funções fisiológicas normais. Altas concentrações de fósforo na dieta pode causar nefrocalcinose, associada à uma função renal prejudicada. Baixas concentrações de fósforo na dieta podem causar um aumento sanguíneo de calcitriol e osteoporose.Aspergillus niger: Fungo imperfeito que causa manchas ou bolor preto em diversas frutas, vegetais, etc.Fósforo: Elemento não metálico que tem o símbolo atômico P, o número atômico 15 e massa atômica 31. É um elemento essencial que participa de uma ampla variedade de reações bioquímicas.Ração Animal: Produtos alimentícios usados para animais domésticos, de laboratório ou para o gado.Feijão de Soja: Legume anual. As SEMENTES dessa planta são comestíveis e usadas para a produção de uma variedade de ALIMENTOS DE SOJA.Digestão: Processo de degradação de alimentos para o metabolismo e uso pelo corpo.Cóccix: Último osso da COLUNA VERTEBRAL em primatas sem cauda consideradas como uma cauda vestigial e constituído por três a cinco vértebras fundidas.Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Animal: Fisiologia nutricional dos animais.Suínos: Qualquer animal da família Suidae, compreendendo mamíferos onívoros, robustos, de pernas curtas, pele espessa (geralmente coberta com cerdas grossas), focinho longo e móvel, e cauda pequena. Compreendem os gêneros Babyrousa, Phacochoerus (javalis africanos) e o Sus, que abrange o porco doméstico (ver SUS SCROFA)Zea mays: Espécie de planta da família POACEAE. É uma gramínea alta cultivada por seu GRÃO COMESTÍVEL e utilizada como alimento para consumo humano e animal.Disponibilidade Biológica: Ponto até o qual o ingrediente ativo da formulação de uma droga se torna disponível no sítio de ação para essa droga ou em um meio biológico que supostamente permita o acesso ao sítio de ação.Suplementos Nutricionais: Produtos em cápsula, tablete ou em forma de líquido que proveem ingredientes da dieta e que são designados para serem ingeridos para aumentar a entrada de nutrientes. Suplementos dietéticos podem incluir macronutrientes como proteínas, carboidratos e gorduras e MICRONUTRIENTES como VITAMINAS, MINERAIS e COMPOSTOS FITOQUÍMICOS.Desmame: Substituição, geralmente gradual, do leite humano por outros alimentos na dieta da criança, levando a completa interrupção da amamentação no peito. Pode, em alguns casos, ocorrer abruptamente quando a criança é afastada do seio antes do término da secreção de leite.Dieta: Método regular de ingestão de comida e bebida adotado por uma pessoa ou animal.Minerais: Substâncias orgânicas fossilizadas ou inorgânicas, naturais, que apresentam uma composição química definida e formadas por reações inorgânicas. Podem apresentar-se sob a forma de cristais individuais ou podem estar disseminadas em outros minerais ou rochas.Distribuição Aleatória: Processo envolvendo a probabilidade usada em ensaios terapêuticos ou outra investigação que tem como objetivo alocar sujeitos experimentais, humanos ou animais, entre os grupos de tratamento e controle, ou entre grupos de tratamento. Pode também ser aplicado em experimentos em objetos inanimados.Ganho de Peso: Aumento de PESO CORPORAL acima do existente.