Ablação por Ultrassom Focalizado de Alta Intensidade: Uso de ondas sonoras de alta frequência direcionadas para destruir tecidos. Algumas vezes é usada em conjunto com a ULTRASSONOGRAFIA DE INTERVENÇÃO, sendo, porém, distinta desta.Terapia por Ultrassom: Utilização de ondas sonoras de alta frequência, focalizadas, para produção de hipertermia local em certas doenças ou regiões corporais lesadas, ou para destruir tecidos doentes.Imagem por Ressonância Magnética Intervencionista: Procedimentos minimamente invasivos guiados com o auxílio da imagem por ressonância magnética para visualizar estruturas dos tecidos.Ablação por Cateter: Remoção de tecido com corrente elétrica alimentada via eletrodos posicionados na terminação distal do cateter. As fontes de energia são geralmente corrente contínua (choque DC) ou corrente alternada a radiofrequências (geralmente 750 kHz). A técnica é utilizada mais frequentemente para remover a junção atrioventricular e/ou as vias acessórias para interromper a condução atrioventricular e produzir um bloqueio atrioventricular no tratamento de várias taquiarritmias.Técnicas de Ablação: Remoção do tecido por vaporização, abrasão ou destruição. Os métodos usados incluem o aquecimento do tecido por líquidos quentes ou aquecimento por micro-ondas, congelamento (CRIOABLAÇÃO), ablação química e fotoablação com LASERS.Ultrassom Focalizado Transretal de Alta Intensidade: Ablação tecidual da PRÓSTATA realizada por ultrassom a partir de um transdutor colocado no RETO. O procedimento é usado para tratar o câncer de próstata (NEOPLASIAS PROSTÁTICAS) e hipertrofia prostática benigna (HIPERPLASIA PROSTÁTICA).Ultrassom: Subdivisão da acústica que lida com o alcance das frequências de rádio maiores do que as ONDAS acústicas (aproximadamente acima de 20 kilohertz). A radiação ultrassônica é usada terapeuticamente (DIATERMIA e TERAPIA ULTRASSÔNICA) para gerar CALOR e destruir seletivamente os tecidos. É usado também em métodos diagnósticos, por exemplo, ULTRASSONOGRAFIA, ECOENCEFALOGRAFIA e ECOCARDIOGRAFIA que mostram visualmente os ecos recebidos dos tecidos irradiados.Ultrassonografia: Visualização de estruturas profundas do corpo por meio do registro dos reflexos ou ecos dos pulsos das ondas ultrassônicas direcionadas ao interior dos tecidos. A utilização de ultrassom para imagens ou fins diagnósticos usa frequências que variam de 1,6 a 10 mega-hertz.