Aborto Induzido: Remoção intencional de um feto do útero por qualquer uma das numerosas técnicas.Aborto Espontâneo: Expulsão do produto da concepção antes que se complete a vigésima (20a) semana de gestação, sem interferência deliberada.Aborto Animal: Expulsão prematura do FETO em animais.Aborto Criminoso: Interrupção ilegal da gravidez.Aborto Terapêutico: Aborto induzido para salvar a vida ou a saúde, física ou mental, de uma mulher grávida; às vezes efetuado após estupro ou incesto. (Dorland, 28a ed.)Aspirantes a Aborto: Indivíduos que requisitam abortos induzidos.Aborto Retido: Retenção no ÚTERO de um FETO morto, dois meses ou mais depois de sua MORTE.Aborto Séptico: Qualquer tipo de aborto (induzido ou espontâneo) que está associado com infecção do ÚTERO e seus anexos. Caracteriza-se por FEBRE, sensibilidade uterina e supuração fétida.Aborto Habitual: Três ou mais abortos espontâneos consecutivos.Ameaça de Aborto: HEMORRAGIA UTERINA em uma GRAVIDEZ com menos de 20 semanas, sem dilatação cervical (ver PRIMEIRA FASE DO TRABALHO DE PARTO). É caracterizado por sangramento vaginal, desconforto dorsal inferior, ou cãimbra pélvica na linha média e fator de risco para ABORTO ESPONTÂNEO.Abortivos: Substâncias químicas que interrompem a gravidez após a implantação.Aborto Incompleto: Perda prematura da GRAVIDEZ, em que nem todos os produtos da FERTILIZAÇÃO foram expelidos.Feto Abortado: Feto de mamífero expelido pelo ABORTO INDUZIDO ou ABORTO ESPONTÂNEO.Abortivos Esteroides: Compostos esteroides com atividade abortiva.Aborto Eugênico: Aborto realizado por causa de possíveis defeitos fetais.Misoprostol: Análogo sintético da prostaglandina E1 natural. Produz uma inibição dose-dependente da secreção do ácido gástrico e da pepsina e aumenta a resistência da mucosa à lesão. É um agente eficaz contra a úlcera, além de exibir propriedades oxitócicas.Abortivos não Esteroides: Compostos químicos não esteroides com atividade abortiva.Gravidez não Planejada: Gravidez acidental, não intencional, incluindo a gravidez resultante de fracassos de medidas anticoncepcionais.Gravidez não Desejada: Gravidez, geralmente acidental, que não é desejada pelo pai ou pais.Curetagem a Vácuo: Aspiração do conteúdo do útero com uma cureta a vácuo.Primeiro Trimestre da Gravidez: Primeira terça parte da GRAVIDEZ humana, a partir do primeiro dia do último período menstrual normal (MENSTRUAÇÃO) até completar as 14 semanas (98 dias) de gestação.Gestantes: Mulheres que estão grávidas, como entidades culturais, psicológicas ou sociológicas.Anticoncepção: Prevenção da CONCEPÇÃO por bloqueio temporário ou permanente da fertilidade (ESTERILIZAÇÃO REPRODUTIVA). Entre os meios comuns de anticoncepção reversível estão MÉTODOS NATURAIS DE PLANEJAMENTO FAMILIAR, ANTICONCEPCIONAIS ou DISPOSITIVOS ANTICONCEPCIONAIS.Esterilização Reprodutiva: Procedimentos que bloqueiam ou removem todo ou parte do trato genital, a fim de tornar os indivíduos estéreis, incapazes de reprodução. Geralmente, os procedimentos mais usados são de esterilização cirúrgica. Há também os procedimentos que envolvem meios químicos ou físicos.Legislação Médica: Leis e regulamentos, relativos ao campo da medicina, propostos para aprovação ou aprovados por um corpo legislativo.Menores de Idade: Pessoa que não atingiu a idade para gozar de todos os direitos civis.Morte Fetal: Morte do ser em desenvolvimento no útero. O NASCIMENTO de um FETO morto é NATIMORTO. (MeSH/NLM) Óbito fetal é a morte de um produto da concepção, antes da expulsão ou da extração completa do corpo da mãe, independentemente da duração da gravidez; indica o óbito o fato do feto, depois da separação, não respirar nem apresentar nenhum outro sinal de vida, como batimentos do coração, pulsações do cordão umbilical ou movimentos efetivos dos músculos de contração voluntária. (CID-10, vol.2, rev. e ampl. 2008, p.155) Para fins estatísticos, comparação internacional, e o uso da CID, se o produto da concepção, nesta ordem, (1) pesa menos que 500 g, tem (2) idade gestacional de menos de 22 semanas completadas ou (3) comprimento coroa-calcanhar de menos de 25 cm, é definido como um ABORTO. Se o produto da concepção pesa pelo menos 500 g ou tem idade gestacional de pelo menos 22 semanas completadas ou tem comprimento coroa-calcanhar de pelo menos 25 cm, é definido como NATIMORTO.Direitos da Mulher: Direitos das mulheres a igualdade social, econômica e a oportunidades educacionais oferecidas pela sociedade.Serviços de Planejamento Familiar: Correspondem ao fornecimento de informações e instruções sobre contracepção e fecundidade, de modo que homens e mulheres decidam sobre ter filhos somente se e quando quiserem. Esses serviços são prestados nos Centros de Planejamento Familiar.Idade Gestacional: A duração da gestação é medida a partir do primeiro dia do último período menstrual normal. A idade gestacional é expressa em dias ou semanas completas (por ex.: eventos que ocorrem de 280 a 286 dias após o início do último período menstrual normal são considerados como ocorridos na marca de 40 semanas de gestação). A idade gestacional é frequentemente uma fonte de confusão quando os cálculos são baseados em datas menstruais. Para os propósitos de cálculos da idade gestacional a partir da data do primeiro dia do último período menstrual normal e a data do parto, deve-se ter em mente que o primeiro dia é zero e não o dia um; os dias 0-6 correspondem então à "semana zero completa", os dias 7-13 à "semana completa um", e a quadragésima semana da gravidez atual é sinônimo de "semana completa 39". Quando a data do último período menstrual normal não é disponível, a idade gestacional deve ser baseada na melhor estimativa clínica. Para evitar confusão, as tabulações devem indicar tanto semanas quanto dias. (CID-10, vol.2, 8a ed., rev. e ampl. 2008)Pessoalidade: Estado ou condição de ser um indivíduo humano de acordo com os direitos morais e/ou legais. Os critérios a serem usados para determinar este estado estão sujeitos a discussões e variam desde a exigência de simplesmente ser um organismo humano em questões de como o indivíduo está autoatento e capaz de pensamento racional e zelo moral.Mifepristona: Antagonista do hormônio glucocorticoide e progestacional. A sua inibição de progesterona induz o sangramento durante a fase lútea e na gravidez precoce por liberação de prostaglandinas endógenas do endométrio ou da decídua. Como um antagonista do receptor de glucocorticoide, a droga tem sido utilizada para tratar hipercortisolismo em pacientes com a SÍNDROME DE CUSHING não hipofisária.Comportamento Contraceptivo: Padrões de comportamento dos que praticam ANTICONCEPÇÃO.Direitos Reprodutivos: Direitos reprodutivos que descansam no reconhecimento dos direitos básicos de todos os casais e indivíduos decidirem livre e responsavelmente o número, espaço e tempo de terem suas crianças e de adquirirem informações e conhecimento sobre como fazê-los, e o direito de alcançar o mais elevado padrão de saúde sexual e reprodutiva. Também incluem o direito de todos a tomarem decisões a respeito da livre reprodução da discriminação, repressão e violência.Coeficiente de Natalidade: Coeficiente de natalidade: Número de nacimentos em uma determinada população por ano ou por outra unidade de tempo. (MeSH/NLM) Número de nascidos vivos, por mil habitantes, na população residente em determinado espaço geográfico, no ano considerado. (DataSUS) Taxa de fertilidade (ou taxa de fecundidade): O número de nascimentos em um ano multiplicado por 1000, dividido pelo número de mulheres com idade entre 15-44 no meio do ano. (MeSH/NLM)Dilatação e Curetagem: Dilatação do cérvix uterino seguido por uma raspagem do endométrio com uma cureta.Resultado da Gravidez: Resultados da concepção e subsequente gravidez, incluindo NASCIMENTO VIVO, NATIMORTO, ABORTO ESPONTÂNEO, ABORTO INDUZIDO. A evolução pode seguir de inseminação natural ou artificial, ou quaisquer das várias TÉCNICAS REPRODUTIVAS ASSISTIDAS, como TRANSFERÊNCIA EMBRIONÁRIA ou FERTILIZAÇÃO IN VITRO.Início da Vida Humana: Ponto considerado como início da criação da alma religiosa ou da PESSOALIDADE.Segundo Trimestre da Gravidez: Terceira parte da GRAVIDEZ humana, que compreende desde o início da 15a até a 28a semana completa (99 a 196 dias) de gestação.Neospora: Gênero de protozoários parasitas da subclasse COCCÍDIOS. Suas espécies são parasitas de cães, gado, bodes e carneiros, entre outros. N. caninum, espécie que infecta principalmente cães, é intracelular em células neurais e de outros tecidos do corpo, multiplica-se por endodiogenia, não possui vacúolo parasitóforo e possui numerosas roptrias. É conhecida por causar lesões em vários tecidos, especialmente no cérebro e medula espinhal, assim como aborto em fêmeas prenhas.Trimestres da Gravidez: Três períodos aproximadamente iguais de uma GRAVIDEZ normal em humanos. Cada trimestre dura cerca de três meses ou 13 a 14 semanas dependendo de como é considerado o primeiro dia de gestação.Notificação aos Pais: Relato fornecido aos pais ou guardiões sobre os cuidados necessários a MENORES DE IDADE.Gravidez na Adolescência: Gravidez em adolescentes femininas humanas com idade abaixo de 19 anos.Dispositivos Anticoncepcionais: Dispositivos usados para impedir a concepção, tais como um contraceptivo de barreira ou um dispositivo intrauterino.Hemorragia Uterina: Hemorragia dos vasos sanguíneos do ÚTERO, às vezes, manifestada como sangramento vaginal.Vida: Estado que distingue organismos de matéria inorgânica, manifestado por crescimento, metabolismo, reprodução e adaptação. Inclui o curso de existência, a soma de experiências, o modo de existir ou o fato de ser. Através dos séculos, indagações sobre a natureza da vida têm cruzado os limites da filosofia a biologia, medicina forense, antropologia etc., tanto em literatura de ficção quanto em literatura científica. (Tradução livre do original: Random House Unabridged Dictionary, 2d ed; Dr. James H. Cassedy, NLM History of Medicine Division)Complicações na Gravidez: Afecções ou processos patológicos associados com gravidez. Podem ocorrer durante ou após a gravidez e variam de pequenos mal-estares a graves doenças que requerem cuidados médicos. Incluem doenças em mulheres grávidas e gravidez de mulheres com doenças.Doenças dos Bovinos: Doenças do gado doméstico do gênero Bos. Estão incluídas doenças de vacas, iaques e zebus.Catolicismo: A fé cristã, prática ou sistema da Igreja Católica, especificamente a Católica Romana, a igreja Cristã que é caracterizada por uma estrutura hierárquica de bispos e padres na qual a autoridade doutrinal e disciplinar é dependente da sucessão apostólica, com o Papa como cabeça do colégio episcopal.Paridade: Quantidade dos descendentes que uma mulher ou fêmea pariu. É diferente de NÚMERO DE GESTAÇÕES, que descreve quantas gestações a mulher teve, não importando o resultado.Ilegitimidade: A condição de nascimento fora do matrimônio. Pode se referir ao filho ou aos pais.Função Jurisdicional: Tipo de ação ou atividade própria do judiciário, particularmente sua responsabilidade de tomar decisões.Coccidiose: A infecção por protozoários encontrada em animais e no homem. Ela é causada por vários gêneros diferentes de COCCIDIA.Gravidez Ectópica: Afecção com risco de morte materna na qual a IMPLANTAÇÃO DO EMBRIÃO ocorre fora da cavidade do ÚTERO. A maioria das gestações ectópicas (mais de 96 por cento) ocorre nas TUBAS UTERINAS e é conhecida como GRAVIDEZ TUBÁRIA. Podem ocorrer em outros locais, como no COLO DO ÚTERO, OVÁRIO e cavidade abdominal (GRAVIDEZ ABDOMINAL).Doenças dos Ovinos: Doenças das ovelhas domésticas e montanhosas do gênero Ovis.Idade Materna: Idade da mãe na GRAVIDEZ.Doenças Placentárias: Processos patológicos ou funções anormais da PLACENTA.Ginecologia: Especialidade médico-cirúrgica voltada para a fisiologia e para os distúrbios basicamente do trato genital feminino, bem como para a endocrinologia e fisiologia reprodutiva femininas.Complicações Infecciosas na Gravidez: Ocorrências da gravidez e INFECÇÃO. A infecção pode preceder ou seguir a FERTILIZAÇÃO.Estado Civil: Condição jurídica que indica o status da pessoa em relação a casamento, divórcio, viuvez ou solteirismo.Jurisprudência: A ciência ou filosofia da lei. Também, a aplicação dos princípios da lei e da justiça à saúde e medicina.Princípios Morais: Padrões de conduta que distinguem o certo do errado.Serviços de Saúde da Mulher: Serviços organizados para proporcionar assistência integral à saúde da mulher, abrangendo seu aspecto: físico, psíquico e social.Chlamydophila: Gênero da família CHLAMYIDACEAE, composto por espécies Gram-negativas (não semelhantes a CHLAMYDIA TRACHOMATIS) que infectam vertebrados. As Chlamydophilas não produzem quantidades detectáveis de glicogênio. O representante da espécie é a CHLAMYDOPHILA PSITTACI.Legislação como Assunto: As decretações, sanções e promulgações de leis, decretos e regulamentos e sua regulamentação por órgãos oficiais de uma nação, estado, ou outra organização legislativa. Refere-se também a leis e regulamentos em geral relacionados à saúde ou para os quais não há descritor específico.Anormalidades Congênitas: Malformações de órgãos ou partes do corpo durante o desenvolvimento no útero.Mortalidade Materna: Óbitos decorrentes de complicações na gravidez, parto, puerpério e abortos.Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, [a idade gestacional] do filhote por nascer vai [é definida como sendo] do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.Decisões da Suprema Corte: Decisões tomadas pela Suprema Corte dos Estados Unidos.Estados UnidosDoenças dos Cavalos: Doenças dos cavalos domésticos e selvagens da espécie Equus caballus.Obstetrícia: Especialidade médico-cirúrgica voltada para a administração e para o cuidado com as mulheres durante a gravidez, parto, e puerpério.Placenta: Órgão materno-fetal de mamíferos, altamente vascularizado, sendo o principal local de transporte de oxigênio, nutrientes e resíduos fetais. Na placenta há uma porção fetal (VILOSIDADES CORIÔNICAS, provenientes dos TROFOBLASTOS) e uma porção materna (DECÍDUA, proveniente do ENDOMÉTRIO uterino). A placenta produz uma série de hormônios esteroides, proteicos e peptídicos (HORMÔNIOS PLACENTÁRIOS).Administração Sublingual: Administração de uma fórmula de dosagem solúvel embaixo da língua.Direitos Humanos: Refere-se aos direitos das pessoas a oportunidades culturais, sociais, econômicas e educacionais oferecidas pela sociedade ex. direito ao trabalho, direito a educação e direito a previdência social.Dispositivos Intrauterinos: Dispositivos anticoncepcionais colocados no fundo do útero.Vigilância da População: Exame minucioso de uma população (população em geral, estudo de população, objetivo da população, etc.) geralmente usando métodos notáveis por sua praticabilidade, uniformidade e frequentemente por sua rapidez e mais ainda por sua completa precisão.Doenças das Cabras: Doenças das cabras domésticas ou selvagens do gênero Capra.Regulamentação Governamental: Exercício de autoridade governamental para controlar o comportamento.Características Humanas: Disposições e traços fundamentais dos seres humanos. (Tradução livre do original: Merriam-Webster's Collegiate Dictionary, 10th ed)Anticoncepção Pós-Coito: Meios de intervenção pós-coito para evitar a gravidez, como a administração de ANTICONCEPTIVOS PÓS-COITO para impedir a FERTILIZAÇÃO de um ovo ou implantação de um óvulo fertilizado (IMPLANTAÇÃO DO ÓVULO FECUNDADO).Consciência: Os processos cognitivos ou afetivos que compõem um governo moral internalizado, que atua sobre a conduta moral do indivíduo.Valor da Vida: Valor moral intrínseco designado para um ser vivo. (Tradução livre do original: Bioethics Thesaurus)Consentimento dos Pais: Consentimento declarado dado por um pai ou mãe no interesse de um menor ou de uma criança incapaz.Perfuração Uterina: Orifício ou rompimento através da parede do ÚTERO, geralmente feito pela colocação de um instrumento ou DISPOSITIVOS INTRAUTERINOS.Obrigações Morais: Deveres baseados em ÉTICA e não nas leis.Administração Intravaginal: Inserção de medicamentos na vagina para tratamento de infecções locais, neoplasias ou para indução de trabalho de parto. A fórmula de dosagem pode incluir pessários medicamentosos, fluidos de irrigação e supositórios.Saúde Reprodutiva: 1) Condição física dos sistemas reprodutivos humanos (MeSH). 2) A saúde reprodutiva é um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não de mera ausência de doença, em todos os aspectos relativos ao sistema reprodutivo, suas funções e processos, em todas as fases da vida. Saúde reprodutiva implica, por conseguinte, que a pessoa são capazes de ter um a vida sexual responsável, satisfatória e segura e que elas têm a capacidade de reproduzir e a liberdade de decidir se, quando e com que frequência fazê-lo. Implícitos estão o direito de homens e mulheres serem informados e de terem acesso a método de regulação da fertilidade de sua escolha, que sejam seguros, eficazes, acessíveis e aceitáveis, e o direito ao acesso a serviços de saúde adequados que permitam que as mulheres sigam com segurança durante a gravidez e o parto e que ofereçam aos casais todo o necessário para terem um bebê saudável. (Tradução livre do original : WHO. Health topics - Reproductive Health. Disponível em http://www.who.int/topics/reproductive_health/en/)Reabsorção do Feto: Desintegração e assimilação do FETO morto (no ÚTERO) em qualquer estágio depois de completar a organogênese (após a 9a. semana de gestação, em humanos). Reabsorção do feto não inclui a reabsorção do embrião (v. PERDA DO EMBRIÃO).Ética: Filosofia ou código que diz respeito ao que é ideal no caráter e na conduta humana. É também o campo de estudo que trata dos princípios da moralidade.Serviços de Saúde Reprodutiva: Serviços de cuidados de assistência à saúde relacionados com a REPRODUÇÃO humana e doenças do sistema reprodutor. Os serviços são oferecidos a ambos os sexos, geralmente por médicos ou especialidades cirúrgicas, como MEDICINA REPRODUTIVA, ANDROLOGIA, GINECOLOGIA, OBSTETRICIA e PERINATOLOGIA.Mola Hidatiforme: Hiperplasia trofoblástica associada com gestação normal ou gravidez molar. Caracteriza-se pela dilatação das VILOSIDADES CORIÔNICAS e elevada GONADOTROPINA CORIÔNICA humana. A mola hidatiforme ou gravidez molar pode ser classificada como completa ou parcial, baseada em sua morfologia geral, histopatologia e cariótipo.Anormalidades Induzidas por Medicamentos: Anormalidades congênitas causadas por substâncias medicinais ou drogas de abuso dadas ou tomadas pela mãe, ou às quais ela tenha sido inadvertidamente exposta durante a manufatura de tais substâncias. O conceito exclui anormalidades resultantes da exposição a substâncias químicas não medicinais no ambiente.Chlamydophila psittaci: Gênero de CHLAMYDOPHILA que infecta primariamente aves, composto por oito sorovars conhecidas, algumas das quais infectam mais de um tipo de hospedeiro, inclusive humanos.Infertilidade Feminina: Habilidade diminuída ou ausente da fêmea concluir a concepção.Acesso aos Serviços de Saúde: Possibilidade dos indivíduos adentrarem e utilizarem os serviços de atenção à saúde, com vistas à resolução de problemas que afetem a saúde. Dentre os fatores que influem nesta possibilidade incluem considerações geográficas, arquitetônicas, de transporte, financeiras entre outras.Fertilidade: A capacidade de conceber ou de induzir concepção. Pode referir-se tanto a sexo masculino quanto ao feminino.Religião e Medicina: A inter-relação entre a medicina e a religião.Assistência ao Convalescente: Cuidados e tratamentos prestados a paciente convalescente; especialmente pacientes em período pós-operatório.Questionários: Conjunto de perguntas previamente preparadas utilizado para a compilação de dados.