Abrasão Dental por Ar: Técnica que utiliza um jato pneumático, de alta pressão, de óxido de alumínio para remover o ESMALTE DENTÁRIO, DENTINA e materiais restaurativos dos dentes. Contrário ao uso de EQUIPAMENTOS ODONTOLÓGICOS DE ALTA ROTAÇÃO, geralmente este método não necessita de ANESTESIA DENTÁRIA e reduz riscos de avarias no dente e microfraturas. É usado principalmente na rotina do PREPARO DA CAVIDADE DENTÁRIA.Abrasão Dentária: O desgaste patológico da substância dentária por escovação, bruxismo, rangido ou outras causas mecânicas. Ela é diferenciada do ATRITO DENTÁRIO porque esse tipo de desgaste é o resultado do contato dente a dente, como na mastigação, ocorrendo somente nas superfícies de oclusão, incisão e proximais. Ela difere também da EROSÃO DENTÁRIA, a perda progressiva da substância dura de um dente por processos químicos que não envolvem atividade bacteriana. (Tradução livre do original: Jablonski, Dictionary of Dentistry, 1992, p2)Corrosão Dentária: Preparação das superfícies do DENTE e de materiais unidos aos dentes ou IMPLANTES DENTÁRIOS, com agentes e métodos que tornam áspera a superfície para facilitar a adesão. Os agentes incluem ácido fosfórico e outros ácidos (ATAQUE ÁCIDO DENTÁRIO) e entre os métodos os LASERES.Preparo da Cavidade Dentária: Operação na qual o material cariado é removido dos dentes e formas bioquimicamente corretas são estabelecidas nos dentes para receber e reter restaurações. Uma exigência constante é o fornecimento para prevenção de falha da restauração por recorrência de cárie ou resistência inadequada à tensão aplicada.Equipamentos Odontológicos de Alta Rotação: Ferramentas usadas em odontologia que operam em velocidades de rotação altas.Óxido de Alumínio: Óxido de alumínio ocorre na natureza sob a forma de vários minerais, como bauxita, corindo (corindon), etc. É utilizado como adsorvente, agente dessecante, catalisador e na manufatura de cimentos e refratores dentais.Colagem Dentária: Procedimento de aderência para inserções ortodônticas, tais como COROAS DENTÁRIAS. Este processo normalmente inclui a aplicação de um material adesivo (CIMENTOS DENTÁRIOS) e permite a secagem 'in loco' pela luz ou por cura química.Resinas Compostas: Resinas sintéticas que contêm um expansor inerte, muito utilizadas em odontologia.Assistência Odontológica: Totalidade de serviços odontológicos diagnósticos, preventivos e restauradores fornecidos de modo a satisfazer as necessidades de um paciente. (Tradução livre do original: Illustrated Dictionary of Dentistry, 1982).Resistência ao Cisalhamento: Resistência interna de um material para mover algumas de suas partes paralelas a um plano fixo, em contraste ao estiramento (RESISTÊNCIA À TRAÇÃO) ou compressão (FORÇA COMPRESSIVA). Os cristais iônicos são frágeis pois, quando submetidos a um cisalhamento, os íons de mesma carga são trazidos próximos entre si, causando a repulsão.Ácidos Fosfóricos: Derivados inorgânicos do ácido fosfórico (H3PO4). Note-se que os derivados orgânicos do ácido fosfórico estão listados sob ORGANOFOSFATOS.Ar: Mistura de gases presentes na atmosfera da terra, consistindo em oxigênio, nitrogênio, dióxido de carbono e pequenas quantidades de outros gases.Esmalte Dentário: Camada rígida, delgada e translúcida, de substância calcificada que reveste e protege a dentina da coroa do dente. É a substância mais dura do corpo e é quase que completamente composta de sais de cálcio. Ao microscópio, é composta de bastões delgados (prismas do esmalte) mantidos conectados por uma substância cimentante, e apresenta-se revestido por uma bainha de esmalte. (Tradução livre do original: Jablonski, Dictionary of Dentistry, 1992, p286)Ataque Ácido Dentário: Preparação das superfícies dos DENTES e MATERIAIS DENTÁRIOS com agentes corrosivos, usualmente ácido fosfórico, para tornar a superfície mais rugosa a fim de aumentar a adesão ou osteointegração.Dentina: A porção rígida do dente que está ao redor da polpa, revestida por esmalte na coroa e cemento na raiz, a qual é mais rígida e densa que osso, mas menos rígida que o esmalte, sendo desta forma facilmente desgastada quando deixada desprotegida.Infiltração Dentária: A infiltração de líquidos, debris e microrganismos entre as paredes de uma cavidade dental preparada e a obturação.Educação em Odontologia: Usada para artigos relativos a educação dental em geral.Adesivos Dentinários: Cimentos que agem por meio de infiltração e polimerização no interior da matriz de dentina, sendo usados para restauração dental. Estes adesivos podem ser resinas adesivas em si, monômeros que promovem adesão, ou ainda iniciadores de polimerização, que atuam em conjunto com outros agentes para formar um sistema de adesivo dentinário.Escolas de Odontologia: Instituições educacionais para indivíduos em especialização no campo da odontologia.Estudantes de Odontologia: Indivíduos matriculados em uma escola de odontologia ou em um programa de educação formal que leva a uma graduação em odontologia.Propriedades de Superfície: Características ou atributos dos limites externos dos objetos, incluindo moléculas.Cárie Dentária: Destruição localizada na superfície dentária, iniciada por descalcificação do esmalte, seguido por lise enzimática das estruturas orgânicas levando à formação de cavidades. Se não for avaliada, a cavidade pode penetrar no esmalte e na dentina alcançando a polpa.Cimentos de Resina: Cimentos de resina compostos de polimetil metacrilato ou de dimetacrilato, produzidos misturando-se um monômero de acrílico líquido com os polímeros de acrílico e os minerais de enchimento. O cimento é insolúvel em água e, portanto, é resistente aos líquidos na boca, mas é irritante para a polpa dentária. É usado principalmente como agente vedante nas restaurações fabricadas e temporárias.Assistência Odontológica para Doentes Crônicos: Assistência odontológica a pacientes com doenças crônicas. Essas doenças incluem doenças cardiovasculares crônicas, doenças endocrinológicas, hematológicas, imunológicas, neoplásicas e renais. O conceito não abrange assistência odontológica para os mentalmente ou fisicamente deficientes que é a ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA PARA DEFICIENTES.Escovação Dentária: Ato de limpar os dentes com uma escova para remover placas e prevenir a deterioração do dente.Clínicas Odontológicas: Instalações onde é providenciado cuidado odontológico aos pacientes.Assistência Odontológica para Crianças: Dar atenção à necessidade odontológica especial das crianças, incluindo a prevenção das doenças dos dentes e instrução em higiene e saúde dentária. A assistência odontológica pode incluir os serviços prestados por especialistas odontológicos.Desgaste de Restauração Dentária: Desgaste oclusal das superfícies de restaurações e desgaste de superfícies de dentaduras.Polpa Dentária: Tecido conjuntivo inervado e ricamente vascularizado de origem mesodérmica, encerrado na cavidade central de um dente e delimitado pela dentina. Apresenta funções de proteção, sensibilidade, nutrição e formação. (Tradução livre do original: Jablonski, Dictionary of Dentistry, 1992)Higienistas Dentários: Pessoas treinadas em escola reconhecida e autorizada pelo estado em que residem para prover profilaxia dentária sob a direção de um dentista licenciado.Docentes de Odontologia: O pessoal de ensino e o pessoal administrativo que possui graduação acadêmica em uma escola de odontologia.Assistência Odontológica para Pessoas com Deficiências: Assistência odontológica para pacientes emocionalmente, mentalmente ou fisicamente deficientes. Não inclui assistência odontológica para cronicamente enfermos (= ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA PARA CRONICAMENTE ENFERMOS).Ansiedade ao Tratamento Odontológico: Medo ou pavor anormal de procurar o dentista para cuidados preventivos e ansiedade injustificada em relação aos procedimentos dentários.Poluentes do Ar: Qualquer substância no ar que poderia (se presente, em concentração suficiente elevada) prejudicar humanos, animais, vegetação ou material. Entre as substâncias estão GASES, MATERIAL PARTICULADO e COMPOSTOS ORGÂNICOS voláteis.Seguro Odontológico: Seguro que cobre tratamentos odontológicos.Traumatismos Oculares: Dano ou trauma causado no olho por instrumentos externos. O conceito inclui ambas as lesões de superfície e lesões intraoculares.Auxiliares de Odontologia: Pessoal cujo trabalho é designado e supervisionado por um dentista.Serviços de Saúde Bucal: Serviços destinados a promoção, reabilitação, manutenção e restauração da saúde oral.Poluição do Ar: Presença de contaminantes ou substâncias poluidoras no ar (POLUENTES DO AR) que interferem com a saúde e o bem-estar humano, ou causam efeitos danosos no meio ambiente. Entre estas substâncias podem estar GASES, MATERIAL PARTICULADO ou COMPOSTOS ORGÂNICOS voláteis.Pesquisa em Odontologia: Estudo de leis, teorias e hipóteses através de um exame sistemático dos fatos pertinentes, e sua interpretação no campo da odontologia.Assistência Odontológica para Idosos: Dar atenção às necessidades dentárias especiais dos idosos para manutenção ou tratamento apropriado. A assistência odontológica pode incluir os serviços fornecidos por especialistas odontológicos.Arco Dental: Curva formada pela fileira de DENTES em sua posição normal na ARCADA OSSEODENTÁRIA. O arco dental inferior é formado pelos dentes mandibulares, e o superior, pelos dentes maxilares.Materiais Dentários: Materiais usados na produção de bases dentais, restaurações, impressões, próteses, etc.Placa Dentária: Filme que se adere aos dentes, frequentemente causando a CÁRIE DENTÁRIA e GENGIVITE. É composta por MUCINAS (secretadas pelas glândulas salivares) e micro-organismos.Poliuretanos: Grupo de polímeros termoplásticos ou termofixos contendo poli-isocianato. São utilizados como ELASTÔMEROS, revestimentos, fibras e como espumas.Consultórios Odontológicos: Sala ou salas nas quais o dentista e sua equipe prestam cuidados. Os consultórios incluem todas salas do endereço do consultório.Registros Odontológicos: Coleta de dados feita durante um exame odontológico para o estudo, diagnóstico ou planejamento do tratamento.Recursos Humanos em Odontologia: Pessoal que presta serviços odontológicos a pacientes em uma clínica organizada, instituição ou agência.Equipamentos Odontológicos: Itens não consumíveis utilizados pelo dentista ou equipe dentária no desempenho das obrigações profissionais.Erosão Dentária: Perda progressiva da substância dura de um dente por processos químicos que não envolvem ação bacteriana. (Tradução livre do original: Jablonski, Dictionary of Dentistry, 1992, p296)Odontologia Geral: Prática odontológica não especializada que permite oferecer cuidado odontológico primário e contínuo.Amálgama Dentário: Liga usada na odontologia restauradora que contém mercúrio, prata, estanho, cobre, e possivelmente zinco.Assistentes de Odontologia: Pessoas que assistem o dentista ou higienista dentário.Educação Continuada em Odontologia: Programas educacionais destinados a informar os dentista sobre recentes avanços em seus campos.Ligas Dentárias: Mistura de elementos ou compostos metálicos com outros elementos metálicos ou metaloides, em proporções variadas, para uso em odontologia restauradora ou prostética.Anestesia Dentária: Variedade de métodos usados para reduzir a dor e a ansiedade durante procedimentos odontológicos.Implantes Dentários: Materiais biocompatíveis colocados dentro (endosteal) da ou sobre (subperiósteo) a arcada osseodentária para sustentar uma coroa, uma ponte ou um dente artificial ou, ainda, para estabilizar um dente doente.Polimento Dentário: Criação de um acabamento de superfície lisa e polida em uma dentadura ou amálgama.Dentifrícios: Quaisquer preparações usadas para higienização dental; geralmente contêm abrasivo, detergente, aglutinante e um agente flavorizante, podendo existir na forma de líquido, pasta ou pó; podem conter também medicamentos e preventivos contra cáries.Teste de Materiais: Teste de materiais e dispositivos, especialmente os usados para PRÓTESES E IMPLANTES; SUTURAS; ADESIVOS TECIDUAIS, etc., para dureza, força, durabilidade, segurança, eficácia e biocompatibilidade.Radiografia Dentária: Técnicas radiográficas utilizadas em odontologia.Modelos Dentários: Dispositivos de apresentação usados para a educação do paciente e para a formação técnica em odontologia.Educação de Pós-Graduação em Odontologia: Programas educacionais para graduados em odontologia que ingressam em uma especialidade. Eles incluem treinamento convencional da especialidade bem como trabalho acadêmico nas ciências odontológicas básicas e clínicas e podem conduzir a uma certificação ou grau odontológico avançado.Ética Odontológica: Princípios de conduta profissional própria relativos aos direitos e deveres do dentista, relações com os pacientes e profissionais da mesma categoria, assim como ações do dentista no cuidado ao paciente e relações interpessoais com a família do paciente. (Tradução livre do original: Stedman, 25th ed)Microbiologia do Ar: Presença de bactérias, vírus, e fungos no ar. Esta expressão não se restringe a organismos patogênicos.Unidade Hospitalar de Odontologia: Serviço hospitalar que presta assistência odontológica.Odontólogos: Indivíduos autorizados a praticar ODONTOLOGIA.Porcelana Dentária: Tipo de porcelana usada em restaurações dentais, coroas de jaquetas ou restaurações intracoronárias, dentes artificiais, ou coroas metal-cerâmicas. É essencialmente uma mistura de partículas de feldspato e quartzo, o feldspato fundindo antes e provendo uma matriz vítrea para o quartzo. A porcelana dental é produzida misturando-se pó de cerâmica (uma mistura de quartzo, caulim, pigmentos, opacificadores, um fundente (flux) adequado, e outras substâncias) com água destilada. (Tradução livre do original: Jablonski's Dictionary of Dentistry, 1992)Sociedades Odontológicas: Sociedades cuja associação é limitada aos dentistas.Tecnologia Odontológica: Campo da odontologia envolvido em procedimentos para projetar e construir aparelhos dentários. Inclui também a aplicação de qualquer tecnologia no campo da odontologia.Inquéritos de Saúde Bucal: Coleta sistemática de dados reais relativos à saúde e doenças dentárias ou bucais em uma população humana em uma determinada área geográfica.Atrito Dentário: Desgaste de um dente como resultado do contato dente a dente, como na mastigação, ocorrendo somente nas superfícies de oclusão, incisão e proximais. Está principalmente associado com envelhecimento. É diferenciado de ABRASÃO DENTÁRIA (o desgaste patológico da substância dentária por fricção, como na escovação, bruxismo, rangimento e outras causas mecânicas) e da ERSOSÃO DENTÁRIA (a perda de substância causada por ação química sem atividade bacteriana). (Tradução livre do original: Jablonski, Dictionary of Dentistry, 1992, p86)Fluorose Dentária: Forma endêmica e crônica de hipoplasia do esmalte dentário causada por ingestão de água com um conteúdo alto de flúor durante a época de formação dentária e caracterizada por calcificações defeituosas que dão uma aparência de giz branco ao esmalte, que passa gradualmente por uma descoloração para o marrom. (Tradução livre do original: Jablonski's Dictionary of Dentistry, 1992, p286)Licenciamento em Odontologia: A concessão de uma licença para praticar odontologia.Embolia Aérea: Bloqueio de um vaso sanguíneo por bolhas de ar que entram no sistema circulatório, normalmente após TRAUMA, procedimentos cirúrgicos, ou mudanças na pressão atmosférica.Laboratórios Odontológicos: Instalações para desempenho de serviços relativos ao tratamento dentário, mas não feitos diretamente na boca do paciente.Corpos Estranhos no Olho: Objetos inanimados que ficam retidos no olho.Análise do Estresse Dentário: Descrição e medida dos vários fatores que produzem estresse físico sobre restaurações dentárias, próteses ou aparelhos, materiais associados a eles ou às estruturas orais naturais.Especialidades Odontológicas: Vários ramos da prática odontológica limitados a setores (áreas) especializados.Honorários Odontológicos: Valor cobrado ao paciente por serviços odontológicos.Cremes Dentais: Dentifrícios que são formulados como pasta. Caracteristicamente contêm abrasivos, UMECTANTES, DETERGENTES, AROMATIZANTES e CARIOSTÁTICOS.Dureza: Propriedade mecânica de um material que determina sua resistência à força. TESTES DE DUREZA medem esta propriedade.Técnicos em Prótese Dentária: Pessoas responsáveis pela fabricação de aparelhos dentais.Administração da Prática Odontológica: Organização e operação dos aspectos empresariais da prática da odontologia.Saco Dentário: Densa camada fibrosa formada pelo tecido mesodérmico que envolve o esmalte do dente. Suas células eventualmente migram para a superfície externa da dentina recém formada na raiz do dente e dão origem aos cementoblastos que depositam cemento na raiz em desenvolvimento, aos fibroblastos do ligamento periodontal em desenvolvimento e aos osteoblastos do osso alveolar em desenvolvimento.Metacrilatos: Ácido acrílico ou acrilatos que são substituídos na posição C-2 por um grupo metil.Facetas Dentárias: Uso de uma camada de material polido de dente, usualmente porcelana ou resina acrílica, aplicada na superfície de dentes naturais, coroas ou pontes por fusão, cimentação ou retenção mecânica.Odontologia: Profissão preocupada com os dentes, cavidade oral e estruturas associadas, e o diagnóstico e tratamento de suas doenças, incluindo prevenção e restauração de tecido defeituoso e perdido.