Quais os cuidados de enfermagem para os pacientes com Malária?


A malária quando detectada correta e precocemente é uma doença de tratamento bastante simples. Para cada espécie do plasmódio é utilizado medicamento ou associações de medicamentos específicos em dosagens adequadas à situação particular de cada doente. Quando há retardo no diagnóstico, em especial em um caso de infecção por Plasmodium falciparum, graves complicações podem surgir, culminando com o óbito do doente. Para a classe médica do Estado de São Paulo, encontra-se disponível o Manual de Terapêutica de Malária - Sucen, 1998.

@


sinais e sintomas edema agudo de pulmão e cuidados de enfermagem?


Edema agudo de pulmão não é uma coisa simples... precisa de cuidados especiais, entenda mais:

respiração curta com severa dificuldade respiratória.

respiração estertorosa; pode-se escutar o borbulhar do ar no pulmão.

ortopnéia, o doente sente necessidade de sentar, não tolera permanecer deitado.

Batimento das asas do nariz (eventual); Expectoração sanguinolenta e espumosa (eventual) .

Uma radiografia de tórax pode mostrar o acúmulo de líquidos no pulmão.

Procure auxílio de um especialista, um médico ou um fisioterapeuta.

Bjs


quero cuidados de enfermagem para portador de elefantiaze?


quero cuidados de enfermagem para portador de elefantiaze,ou estudo de casa
----------

Tratamento

Objetivos: redução da carga parasitária a fim de reduzir a morbidade
Correção das alterações: Edema e Elefantíase

Dietilcarbamazina (DEC): 6 mg/kg vo/12 dias
Enfaixamento e uso de meias elásticas (compressão) para reduzir o edema
Cirurgia Plástica: escroto, mamas e membros

se quizer mais nesse site foi q eu encontrei tem tudo sobre elefantiaze aqui vou deixar o site:


sinais e sintomas de infarto agudo do miocardio e cuidados de enfermagem?


Sinais e sintomas

-Dor precordial, que pode irradiar para membros superiores, mandíbula, nuca, dorso
-Sensação de plenitude gástrica
-Náusea, vômito
-Falta de ar
-Tontura
-Suor intenso
-Pele fria
-Taquicardia
-Pulso rápido e fraco

Cuidados de enfermagem

-O paciente infartado precisa ser continuadamente observado para possíveis complicações, sendo de imediato encaminhado para a unidade de tratamento intensivo.
-Monitorizar o paciente. Avaliar e/ou visualizar continuamente a freqüência e o ritmo cardíaco. Afim de detectar precocemente o aparecimento de arritmias.
-Observar e comunicar imediatamente o aparecimento de dor torácica (com ou sem irradiação), dispnéia, palpitações, desmaio, transpiração excessiva. Anotar a hora, duração e se há fatores precipitantes e atenuantes.
-Avaliar níveis de consciência, orientação no tempo e espaço.
-Alterações de consciência podem ser produzidas por medicamentos, choque cardiogênico iminente, má perfusão cerebral. Comunicar imediatamente qualquer alteração.
-Verificar pulso periférico, freqüência, ritmo e volume. Qualquer alteração deve ser comunicada rapidamente. Os distúrbios cardiovasculares são refletidos nos valores e parâmentros encontrados. Ex: um pulso rápido (P>140) regular, porém fraco, indica redução do débito cardíaco. Um pulso lento (P<60 )pode indicar bloqueio cardíaco. Um pulso irregular pode sugerir arritmias. Ausência de pulso pode indicar tromboembolia.
-Verificar e anotar volume urinário (>40ml/hora). A oligúria é um sinal precoce do choque cardiogênico.
-Fazer balanço hídrico. Anotar líquidos infundidos, ingeridos e perdidos (diarréia, suor, sangue, urina e vômitos ). A atenção cuidadosa para o volume hídrico evitará sobrecarga cardíaca e pulmonar.
-Administrar medicamentos de acordo com a prescrição médica. Observar e comunicar efeitos colaterais (hipotensão, depressão respiratória e diminuição da acuidade mental.
-Oferecer dieta de acordo com a prescrição (branda, hipossódica e hipocalórica). Normalmente nas primeiras 12hs o paciente permanece em jejum.
-Assegurar repouso absoluto no leito (o repouso diminui o consumo de oxigênio pelo miocárdio).
-Proporcionar ambiente repousante e tranquilizante, limitando o número e o tempo das visitas (o estresse aumenta o consumo de oxigênio pelo miocárdio)
-Promover conforto físico ao paciente, dispensando-lhe cuidados individualizados de enfermagem.


Beijos♥♥♥
Bom fds!!


Quais são as 34 medicações do carro de parada, indicaçoes e cuidados de enfermagem?


Kkkkk!!!! Vc tá me tirando, se acha que vou responder o seu trabalho assim, mastigadinho?!
Capaz neh?!?! Procure nas literaturas e consensos que vc terá sua resposta.
Abço
Rhuam


Os cuidados de enfermagem para pacientes com hepatite A são os mesmos de outras doenças hepáticas?


Em todas as doenças hepáticas se deve eliminar o consumo de alcool, fazer refeições pequenas, utilizar agulhas descartáveis, evitar alimentos salgados, congelados e enlatados, manter repouso.


Cite 5 cuidados de Enfermagem específicos ao paciente com Tração Esquelética?


CUIDADO - Observar as eliminações do paciente, trocar roupa de cama sempre que esta estiver úmida e secar bem a pele, após a troca ou banho.

Imobilidade – O aparecimento da úlcera está diretamente ligado à duração da imobilidade. Se esta for prolongada, ocorrem necrose tissular e trombose de pequenos vasos. As áreas de proeminência óssea são mais suscetíveis ao desenvolvimento da ulceração porque são cobertas por pele e pequena quantidade de tecido subcutâneo.

CUIDADOS - MUdança de decúbito, dentro das limitações impostas pela tração e massagem local, preferencialmente com óleos graxos.

Atrito e tracionamento – As forças mecânicas contribuem para o desenvolvimento de úlceras de pressão. As úlceras devidas a atrito e tração ocorrem quando o paciente desliza para a parte inferior da cama ou quando é movimentado ou posicionado inadequadamente.

CUIDADOS - Manter roupa de cama o mais esticada possível, contar sempre com auxílio de mais profissionais para movimentar o paciente, usar coxins para diminuir atrito.

Pinos - Os pacientes com tração esquelética contam com diversos pinos e hastes transpassando seus membros.

CUIDADOS - Avaliar os locais dos pinos à procura de sinais de irritação e infecção. Proceder a limpeza e desinfecção do local, fazendo curativos diários.


Quais os cuidados de enfermagem em paciente com câncer de laringe?


Por que tantos estudantes de enfermagem preferem que alguém responda suas perguntas ao invés de estudar para encontrar a resposta???