• Deiscência da Ferida Operatória: Processo patológico constituído por ruptura completa ou parcial das camadas de uma ferida cirúrgica.
  • Infecção da Ferida Operatória: As infecções que ocorrem no local da incisão cirúrgica.
  • Cicatrização: Restauração da integridade a tecido traumatizado.
  • Abdome: Região do corpo que se localiza entre o TÓRAX e a PELVE.
  • Laparotomia
  • Técnicas de Sutura: Técnicas para juntar as bordas de uma ferida com alças de fio ou materiais semelhantes (SUTURAS).
  • Esternotomia: Incisão no ESTERNO.
  • Retalhos Cirúrgicos: Pedaços de pele e tecido subcutâneo, às vezes incluindo músculos retirados de partes subjacentes, porém frequentemente ainda presas a uma extremidade. Eles retêm a própria microvasculatura que também é transferida para o novo local. São utilizados em cirurgias plásticas para reparar um defeito em região vizinha.
  • Infecção dos Ferimentos: A invasão do local de trauma por microrganismos patogênicos.
  • Curativos Oclusivos: Qualquer um de vários materiais utilizados para cobrir e proteger uma ferida, sendo este um que veda a ferida do contato com ar ou bactérias. (Dorland, 28a ed)
  • Complicações Pós-Operatórias: Processos patológicos que afetam pacientes após um procedimento cirúrgico. Podem ou não estar relacionados à doença pela qual a cirurgia foi realizada, podendo ser ou não resultado direto da cirurgia.
  • Músculos Abdominais: Músculos que formam a PAREDE ABDOMINAL; entre eles: RETO DO ABDOME, músculos oblíquos (externo e interno), abdominal transverso e quadrado do abdome. (Tradução livre do original: Stedman, 25a ed)
  • Procedimentos Cirúrgicos Dermatológicos: Procedimentos cirúrgicos realizados na PELE.
  • Parede Abdominal: Margem externa do ABDOME que se estende da cavidade torácica osteocartilaginosa até a PELVE. Embora sua maior parte seja muscular, a parede abdominal consiste em pelo menos sete camadas: PELE, gordura subcutânea, FASCIA profunda; MÚSCULOS ABDOMINAIS, fascia transversa, gordura extraperitoneal e o PERITÔNIO parietal.
  • Ferimentos e Lesões: Danos infligidos no corpo como resultado direto ou indireto de uma força externa, com ou sem rompimento da continuidade estrutural.
  • Adstringentes: Agentes normalmente tópicos que causam a contração de tecidos para o controle de hemorragia ou secreções.
  • Perfuração Intestinal: Abertura ou penetração através da parede do INTESTINO.
  • Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos: Procedimentos utilizados para reconstruir, restaurar ou melhorar estruturas defeituosas, danificadas ou perdidas.
  • Tratamento de Ferimentos com Pressão Negativa: Aplicação de sucção ao longo da superfície de um ferimento através de um curativo de espuma para cobrir o ferimento. Isto remove exsudatos do ferimento, reduz a produção de mediadores inflamatórios, e aumenta o fluxo de nutrientes para o ferimento, promovendo assim a cicatrização.
  • Tratamento de Emergência: Primeiros socorros ou outras intervenções imediatas para acidentes ou condições médicas que requerem cuidado imediato e tratamento antes de um tratamento médico e cirúrgico supervisionado e definitivo ser procurado.
  • Canais Semicirculares: Três canais longos (anterior, posterior e lateral) do labirinto ósseo. Estão posicionados entre si em ângulos retos e situam-se superior e posteriormente ao vestíbulo do labirinto ósseo (LABIRINTO VESTIBULAR). Os canais semicirculares possuem cinco aberturas no vestíbulo com uma destas compartilhadas pelos canais anterior e posterior. Dentro dos canais estão os DUCTOS SEMICIRCULARES.
  • Bandagens: Material utilizado para envolver ou atar qualquer parte do corpo.
  • Resultado do Tratamento: Estudos conduzidos com o fito de avaliar as consequências da gestão e dos procedimentos utilizados no combate à doença de forma a determinar a eficácia, efetividade, segurança, exequibilidade etc. dessas intervenções.
  • Togo: República na África ocidental, posicionando-se entre GANA em seu oeste e BENIN em seu leste. Sua capital é Lome.
  • Desbridamento: A remoção de um material estranho e tecido desvitalizado ou contaminado de ou adjacente a uma lesão traumática ou infectada até que tecido sadio circundante seja exposto. (Dorland, 28a ed)
  • Curativos Hidrocoloides: Curativos compostos de uma matriz autoadesiva para que partículas hidrofílicas absorventes sejam absorvidas. As partículas consistem em derivados de CELULOSE, ALGINATOS de cálcio, PECTINAS ou GÉIS. Sua utilidade baseia-se em propiciar um ambiente úmido para a CICATRIZAÇÃO DE FERIDAS.
  • Equipamentos Cirúrgicos: Aparelhos não consumíveis utilizados durante procedimentos cirúrgicos. Diferenciam-se de INSTRUMENTOS CIRÚRGICOS, usualmente mantidos na mão e utilizados no campo operatório imediato.
  • Condução Óssea: Transmissão de ondas sonoras através da vibração dos ossos do CRÂNIO para a orelha interna (CÓCLEA). Os limiares da audição da cóclea podem ser determinados por meio da estimulação da condução óssea e contornando-se qualquer anormalidade na ORELHA EXTERNA ou ORELHA MÉDIA. A audição pela condução óssea difere da audição normal, que é baseada na estimulação pela condução aérea via MEATO ACÚSTICO EXTERNO e MEMBRANA TIMPÂNICA.
  • Suturas: Materiais usados no fechamento de uma ferida cirúrgica ou traumática com pontos. (Dorland, 28a ed)
  • Otopatias: Processos patológicos da orelha, audição e sistema de equilíbrio do corpo.
  • Cefazolina: Cefalosporina semisintética análoga com amplo espectro de ação antibiótica devido a sua ação inibitória sobre a síntese da parede celular das bactérias. Atinge altos níveis séricos e é excretada rapidamente através da urina.
  • Estudos Retrospectivos: Estudos nos quais os dados coletados se referem a eventos do passado.
  • Supuração: Processo patológico consistindo na formação de pus.
  • Procedimentos Cirúrgicos Operatórios: Operações conduzidas para correção de deformidades e defeitos, reparos de lesões e diagnóstico e cura de certas doenças.
  • Exsudatos e Transudatos: Exsudatos são líquidos, CÉLULAS ou outras substâncias celulares eliminados vagarosamente dos VASOS SANGUÍNEOS (geralmente em tecidos inflamados). Transudatos são líquidos que passam para o ESPAÇO EXTRACELULAR dos TECIDOS através de uma membrana ou [sob pressão] de tecidos. Os transudatos são ralos e diluídos, contendo poucas células ou PROTEÍNAS.
  • Perda Auditiva Condutiva: Perda auditiva devido à interferência com a recepção ou amplificação mecânica do som para a CÓCLEA. A interferência ocorre na orelha externa ou média, envolvendo o canal auditivo, a MEMBRANA TIMPÂNICA ou os OSSÍCULOS DA ORELHA.
  • Cuidados Pós-Operatórios: Período de cuidados que se inicia quando o paciente é removido da cirurgia, e que visa satisfazer as necessidades psicológicas e físicas do paciente logo após uma cirurgia.

Ácido hialurônicoNó direito: right|thumbVeias metacarpais dorsais: As veias metacarpais dorsais são veias da mão.Músculo transverso do abdome: O músculo transverso do abdome é um músculo profundo localizado abaixo do reto do abdome e dos oblíquos externos e internos na região do abdome que se assemelha com uma cinta ou corselete, sendo assim, uma cinta fisiológica do corpo. Tendo como inserção superior, a face externa e inferior da 5º à 7º cartilagens costais e processo xifóide e como inserção inferior o corpo do púbis e sínfise púbica.Parede abdominal: A parede abdominal representa os limites da cavidade abdominal. A parede abdominal é dividida nas paredes posterior (costas), lateral (lados) e anterior (frente).CID-10 Capítulo XX: Causas externas de morbidade e de mortalidade: == (V01-X59) Acidentes ==Adstringência: Em Química, a adstringência define um composto que reage com proteínas tanto estruturais quanto enzimáticas, precipitando-as em derivados insolúveis (na maior parte dos solventes conhecidos e não biodegradáveis).Windows Cairo: Windows Cairo foi o nome de código de um projeto de desenvolvimento de um sistema operativo de 32 bits da Microsoft que decorreu entre 1991 e 1996. Embora nunca tenha sido a ser lançado comercialmente nenhuma versão de Windows Cairo, muitas das tecnologias desenvolvidas foram integradas no Windows NT 4.Pé diabético: O pé diabético é uma série de alterações anatomopatológicas e neurológicas periféricas que ocorrem nos pés de pessoas acometidas pelo diabetes mellitus.O PÉ DIABÉTICO, no http://www.Dose letal: A dose letal (DL ou LD, do inglês Lethal Dose) é uma indicação da letalidade de uma dada substância ou tipo de radiação. Dado que a resistência muda de indivíduo para indivíduo, a dose letal representa uma dose (normalmente medida em miligramas de substância por quilograma de massa corporal do indivíduo testado) capaz de matar uma dada percentagem dos indivíduos de uma população em teste.Canais semicirculares: Os canais semicirculares são três tubos ósseos interconectados e cheios de líquido que fazem parte do aparelho vestibular do ouvido. No entanto, a sua função não está relacionada com a audição, mas com o equilíbrio do corpo.Ligadura (medicina): Uma ligadura é uma faixa de material usada para suportar um curativo ou uma tala, ou para proporcionar suporte a uma parte do corpo. A sua constituição pode ser muito variada, desde simples tiras de roupa, tolhas ou lençóis, a ligaduras desenhadas especificamente para aplicação num membro ou parte do corpo.Be: BE pode ser:Terapia larval: Terapia larval é um tipo de bioterapia que envolve a introdução intencional de larvas vivas desinfectadas em tecidos humanos ou animais feridos (como a pele) com a proposta de seletivamente limpar somente o tecido necrótico (morto) da ferida, de modo a melhorar a cura. Isso ocorre pois as larvas se alimentam somente do tecido necrótico.Implante Baha: O Implante Baha é um aparelho auditivo colocado na medula óssea, desenvolvido e comercializado pela Cochlear. Quando a Cochlear comprou a empresa sueca Medical Systems em 2005, a sigla BAHA foi registrada, uma vez que não é considerado um aparelho auditivo por companhias de seguros.SuturaMayday: Mayday é a chamada radiotelefônica de emergência ou socorro, versão anglicizada do francês m'aider ou m'aidez, que significa "venha me ajudar". Utilizada principalmente nas navegações marítimas e aeronáuticas, faz parte do Código internacional de sinais e do Código Fonético Internacional.Derrame pleuralPerda auditiva condutiva: A perda auditiva condutiva se caracteriza pela perda auditiva causada pela impossibilidade do som auditivo chegar até o sistema neurossensorial da cóclea. Pode ser causado por vários motivos como perfuração do tímpano, rolha de cera no ouvido e otosclerose.


O QUE A NUTRIÇÃO/ALIMENTAÇÃO TEM A VER COM A DEISCÊNCIA OPERATÓRIA?


Os alimentos não servem apenas para nos sustentar com suas vitaminas, proteínas, carboidratos e etc. Tudo na natureza é constituído de elementos químicos, cada componente dos alimentos podem nos ajudar ou nos prejudicar. Alimentos como a pimenta do reino possuem componentes muito irritantes para os tecidos, principalmente os que passaram por traumas cirúrgicos, por isso tanto quem tem hemorróidas como quem passou por uma cirurgia recentemente não devem consumir alimentos com esse condimento... Por isso que comida de hospital contém tão pouco tempero, não é má vontade das cozinheiras...
Espero ter ajudado  (+ info)

gostaria de saber tudo sobre Deiscência de pontos pois tive este problema referente a isto?


tive uma cesaria e 7 dias depois tive que refazer a cesária novamente fiquei 8 dias enternada até me recuperar da nova cesáriana fiquei 2 anos apos estas cirurgias e tive um, ponto dela que nao fechava ai o medico disse que era rejeição de pontos . Até hoje eu não entendo tudo isso
não tive e nao tenho diabete
----------

Sua história esta meio confusa, também é importante saber outras coisas como se vc tem diabetes ou alguma comorbidade.

Procure um dermatologista!
abraço  (+ info)

Eu gosto de tirar a casquinha de uma ferida que tenho no braço. Será que isso pode me fazer mal?


Tem uma feridinha no meu braço que toda vez eu coço, passo a unha e tiro a casquinha. Será que posso ter problemas por causa disso como ficar anemica, pegar tetano, hepatite etc?
----------

não eh normal eu tiro sempre o pior q pode acontecer eh ficar uma cicatriz.  (+ info)

tenho uma ferida na vagina e não tive relação o que será?


olá pessoal espero que possam me ajudar...... a alguns dias apareceu uma ferida na minha vagina, do nada perto do canal vaginal entre os labios, estou sem namorado e faz tempo que não tenho relação, mas ja tive candida e uma feridinha no utero fiz biopisia e calterização e a medica disse que estava tudo ok morro de medo d ter algo serio pois tenho um corrimento que não cheira mal e nem arde nem coça ja fui no medico milhoes d vezes e eles dzem q em algumas mulheres é normal, o que será essa feridinha? será que algum medico pode me ajudar? que pomada devo usar?
----------

Não vá usar pomada na sua vagina por indicação de alguém daqui. Procure um médico, apenas ele pode te ajudar. Mas não se preocupe, pode ser só um pelo encravado ou algo sem importância, mas só um gineco resolve, amiga.
Boa sorte!  (+ info)

Estou com uma ferida na boca o que pode ser?


Apareceu uma feridinha nos meus labios, no inicio parecia um corte pq no frio minha boca fica resecada mais agora parece uma rachadura esbranquissada o que pode ser? Me ajudem!!
----------

Pode ter diversas causas. Herpes, afta, simples lesao mal cicatrizada (dependendo do tempo que ela se formou), cancer, etc. Aposto que nao e nada serio, mas deveria procurar o seu medico, caso tenha plano de saude. Se nao tiver, va para um hospital publico gritando, chorando e fazendo escandalo dizendo que esta se sentindo mt mal. Assim que tiver acesso a um medico, relaxe e fale a verdade para ele. Boa Sorte  (+ info)

Ferida no piercing do tragus é normal?


Oi gente, eu tenho um piercing no tragus e não faz nem 1 semana que tenho e deu uma feridinha bem pequena envolta do piercing, e estou preocupada pq eu tenho um piercing no nariz e nunca deu nada...
Então... Isso é normal?
de nascer uma ferida envolta do piercing no tragus
----------

Então tb tenho piercing no tragus e ele é cruel , ele fica machucado e demora para cicatrizar pq dormimos em cima dele aii fica vermelho e inchado..
o unico jeito é lavar todos os dias com protex passar pomada cicatrizante e evitar bater ou cormir em cima dele qnd vc estiver lavando (no banho com agua morna de preferencia) ensaboue e mexa nele para limpar dentro do furo, evite comer chocolate e carne de porco  (+ info)

deiscência de pontos e cirurgia contaminada?


estou fazendo um trabalho e tenho que falar sobre esses dois temas mais não estou conseguindo encontrar nada a respeito.
----------

Cirurgias contaminadas – 20% (são aquelas realizadas em tecidos recentemente traumatizadas e abertos, colonizadas por flora bacteriana
abundante de difícil ou impossível descontaminação, sem supuração local). Presença de inflamação aguda na incisão cirúrgica e grande
contaminação a partir do tubo digestivo. Inclui obstrução biliar e urinária.

A deiscência de sutura cutânea cirúrgica é uma complicação pós-operatória.
Deve-se desbridar o material necrótico, para facilitar a drenagem da secreção, e limpar a ferida com abundante quantidade de solução fisiológica (0,9).
O uso de curativos adequados poderá auxiliar na remissão da lesão e controle da infecção local.

Obs: segue o sites pra vc ler tudo na íntegra, é bom embora seu tema seja só esse estudar um pouquinho mais pra fazer um trabalho legal!
beijos!  (+ info)

Se eu tiver uma ferida no pênis e uma mulher fazer sexo oral em mim, posso pegar aids, isto é se ela tiver?


Oi
Eu tenho 24 anos, sou casado, tenho um filho de 5 meses, bem, eu tive uma relação com outra mulher e esta outra fez sexo oral em mim, no meu Pênis tinha uma feridinha, será que devido a esta ferida eu posso ter contraido AIDS, isto é, se ela for soropositivo.


Por favor mim expliquem, sei que não é obrigação nenhuma de vcs, mais pesso por favor mim expliquem, pois estou muito preocupado.



Obrigado
----------

Primeiro vá ao médico para tratar a feridinha.Segundo, não deixe mulher desconhecida fazer oral sem você sem camisinha! Terceiro, a quantidade de virus de HIV na saliva é muito pequena para haver infecção. Quarto, não meta em sua esposa antes de fazer a consulta médica e tratar a feridinha.  (+ info)

  Fazer uma pergunta: