Carcinoma: Neoplasia maligna constituída de células epiteliais que tendem a infiltrar os tecidos circunvizinhos e originar metástases. Sob o ponto de vista histológico, é um tipo de neoplasia, mas o termo é frequentemente empregado de forma errônea como sinônimo de câncer.Carcinoma Ductal de Mama: CARCINOMA invasivo (infiltrante) do sistema ductal mamário (GLÂNDULAS MAMÁRIAS) da MAMA humana.Carcinoma de Células Escamosas: Carcinoma derivado de células epiteliais escamosas (ver CÉLULAS EPITELIAIS). Também pode ocorrer em áreas em que o epitélio glandular ou colunar estejam normalmente presentes. (Tradução livre do original: Stedman, 25a ed)Carcinoma Hepatocelular: Neoplasia maligna primária de células hepáticas epiteliais. Abrange desde o tumor bem diferenciado com CÉLULAS EPITELIAIS, indistinguíveis dos HEPATÓCITOS normais até a neoplasia pouco diferenciada. As células podem ser uniformes, marcadamente pleomórficas, ou ainda, podem formar CÉLULAS GIGANTES. Vários esquemas classificatórios têm sido propostos.Carcinoma in Situ: Lesão com características citológicas associadas com carcinoma invasivo, mas as células tumorais estão confinadas ao epitélio original, sem invasão da membrana basal.Carcinoma Ductal: Neoplasias malignas que envolvem o sistema ductal de órgãos como as GLÂNDULAS MAMÁRIAS HUMANAS, PÂNCREAS, PRÓSTATA ou GLÂNDULA LACRIMAL.Carcinoma Intraductal não Infiltrante: Carcinoma não invasivo (não infiltrante) da mama caracterizado pela proliferação de células epiteliais malignas confinadas aos ductos ou lóbulos mamários, sem evidência de invasão através da membrana basal, por microscopia óptica, para dentro do estroma circunjacente.Carcinoma Papilar: Neoplasia maligna caracterizada por formação de numerosas projeções irregulares digitiformes e estroma fibroso coberto com uma camada superficial de células epiteliais neoplásicas. (Stedman, 25a ed)Neoplasias da Mama: Tumores ou câncer da MAMA humana.Imuno-Histoquímica: Localização histoquímica de substâncias imunorreativas utilizando anticorpos marcados como reagentes.Neoplasias Hepáticas: Tumores ou câncer do FÍGADO.Carcinoma Basocelular: Neoplasia maligna de pele que raramente metastatiza, mas tem capacidade de invasão e destruição local. É clinicamente dividido nos tipos: nodular, esclerodermiforme, tipo morfeia e tipo superficial (pagetoide). Desenvolvem-se em pele pilosa, mais comumente em áreas expostas ao sol. Aproximadamente 85 por cento são encontrados na área da cabeça e do pescoço e os 15 por cento remanescentes, no tronco e membros. (De DeVita Jr et al., Cancer: Principles & Practice of Oncology, 3d ed, p1471)Marcadores Biológicos de Tumor: Produtos moleculares metabolizados e secretados por tecidos neoplásicos e [que podem ser] caracterizados bioquimicamente nos líquidos celulares e corporais. Eles são [usados como] indicadores de estágio e grau tumoral, podendo também ser úteis para monitorar respostas ao tratamento e prever recidivas. Muitos grupos químicos estão representados [nesta categoria] inclusive hormônios, antígenos, aminoácidos e ácidos nucleicos, enzimas, poliaminas, além de proteínas e lipídeos de membrana celular específicos.Invasividade Neoplásica: A habilidade de neoplasias de infiltrarem e destruir ativamente tecidos ao seu redor.Ductos Pancreáticos: Ductos que coletam SUCO PANCREÁTICO do PÂNCREAS e o fornecem ao DUODENO.Adenocarcinoma: Tumor epitelial maligno com organização glandular.Carcinoma de Células de Transição: Neoplasia maligna derivada de células do epitélio de transição (ver CÉLULAS EPITELIAIS), que ocorre principalmente na BEXIGA ou PELVE RENAL.Prognóstico: Predição do provável resultado de uma doença baseado nas condições do indivíduo e no curso normal da doença como observado em situações semelhantes.Linhagem Celular Tumoral: Linhagem celular derivada de células tumorais cultivadas.Carcinoma Broncogênico: Neoplasia maligna que surge do epitélio dos BRÔNQUIOS. Representa um grande grupo de doenças epiteliais pulmonares malignas que pode ser dividido em dois grupos clínicos: CARCINOMA DE PEQUENAS CÉLULAS DO PULMÃO e CARCINOMA PULMONAR DE CÉLULAS NÃO PEQUENAS.Regulação Neoplásica da Expressão Gênica: Qualquer dos processos pelos quais fatores nucleares, citoplasmáticos ou intercelulares influem no controle diferencial da ação gênica no tecido neoplásico.Estadiamento de Neoplasias: Métodos que tentam expressar em termos replicáveis a extensão de neoplasias no paciente.Carcinoma Medular: Carcinoma composto principalmente de elementos epiteliais com pouco ou nenhum estroma. Os carcinomas medulares da mama constituem de 5 a 7 por cento de todos os carcinomas medulares; os carcinomas medulares da tireoide compreendem de 3 a 10 por cento de todas as doenças malignas da tireoide. (Tradução livre do original: Dorland, 27th ed; DeVita Jr et al., Cancer: Principles & Practice of Oncology, 3d ed, p1141; Segen, Dictionary of Modern Medicine, 1992)Carcinoma Adenoide Cístico: Carcinoma caracterizado por faixas ou cilindros de estroma hialinizado ou mucinoso separando ou rodeadas por ninhos de cordões de pequenas células epiteliais. Ele aparece em um ou mais de três padrões: cribriforme, sólido e tubular; a localização usual é nas glândulas salivares, mas tumores histologicamente semelhantes aparecem em outras localizações. Maligno e invasivo, mas de crescimento lento, ele se alastra infiltrando a corrente sanguínea e espaços perineurais. (Dorland, 28a ed)Carcinoma de Células Pequenas: Carcinoma anaplásico altamente maligno e geralmente broncogênico formado por pequenas células ovoides com pouquíssima neoplasia. É caracterizado por um núcleo dominante profundamente basófilo e com nucléolos ausentes ou indistintos. (Tradução livre do original: Stedman, 25th ed; Holland et al., Cancer Medicine, 3d ed, p1286-7)Carcinoma Lobular: Câncer de mama infiltrativo (invasivo), relativamente incomum, responsável por apenas 5 a 10 por cento dos tumores de mama na maioria das séries. Ele é frequentemente uma área mal definida de espessamento do seio, em contraste com caroços característicos do carcinoma ductal. É tipicamente composto por células pequenas em um arranjo linear com tendência a crescer ao redor dos ductos e lóbulos. Há chance de acometimento do gânglio axilar com metástases para as superfícies meníngeas e serosas. (Tradução livre do original: DeVita Jr et al., Cancer: Principles & Practice of Oncology, 3d ed, p1205)Carcinoma Neuroendócrino: Grupo de carcinomas que compartilham uma morfologia característica, frequentemente compostos de aglomerados e lâminas trabeculares e "células azuis" redondas, cromatina granular e um aro atenuado de citoplasma parcamente demarcado. Os tumores neuroendócrinos incluem carcinoides, carcinomas de células pequenas (carcinoma avenocelular do pulmão), carcinoma medular da tireoide, tumor de célula de Merkel, carcinoma neuroendócrino cutâneo, tumores de células de ilhotas pancreáticas e feocromocitoma. Os grânulos secretórios são encontrados dentro das células tumorais.Células Tumorais Cultivadas: Células provenientes de tecido neoplásico cultivadas in vitro. Se for possível estabelecer estas células como LINHAGEM CELULAR TUMORAL, elas podem se propagar indefinidamente em cultura de células.Neoplasias Nasofaríngeas: Tumores ou câncer da NASOFARINGE.Neoplasias da Glândula Tireoide: Tumores ou câncer da GLÂNDULA TIREOIDE.Mama: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.Metástase Linfática: A transferência de uma neoplasia do seu local primário para os gânglios linfáticos ou para partes distantes do corpo por meio do sistema linfático.Carcinoma Adenoescamoso: Adenocarcinoma misto e carcinoma epidermoide ou de célula escamosa.Neoplasias Pulmonares: Tumores ou câncer do PULMÃO.Adenocarcinoma Mucinoso: Adenocarcinoma que produz mucina em quantidades significativas. (Dorland, 28a ed)Carcinoma Mucoepidermoide: Tumor de alto ou baixo grau de malignidade. Os de baixo grau crescem lentamente, aparecem em qualquer grupo etário e são curados prontamente por excisão. Os de alto grau comportam-se agressivamente, infiltrando extensamente a glândula salivar e produzindo metástases em gânglios linfáticos e à distância. Carcinomas mucoepidermoides são responsáveis por 21 por cento dos tumores malignos da glândula parótida e 10 por cento da glândula sublingual. São os tumores malignos mais comuns da parótida. (Tradução livre do original: DeVita Jr et al., Cancer: Principles & Practice of Oncology, 3d ed, p575; Holland et al., Cancer Medicine, 3d ed, p1240)Lesões Pré-Cancerosas: Relativo a um processo patológico que tende a tornar-se maligno. (Dorland, 28a ed)Proteínas de Neoplasias: Proteínas cuja expressão anormal (ganho ou perda) está associada com o desenvolvimento, crescimento ou progressão de NEOPLASIAS. Algumas proteínas de neoplasias são antígenos de tumores (ANTÍGENOS DE NEOPLASIAS), ou seja, induzem uma reação imunológica ao seu tumor. Muitas proteínas de neoplasia foram caracterizadas e são utilizadas como BIOMARCADORES TUMORAIS, quando são detectáveis nas células e nos líquidos do corpo como monitores da presença ou crescimento de tumores. A expressão anormal das PROTEÍNAS ONCOGÊNICAS está envolvida na transformação neoplásica, enquanto a perda de expressão das PROTEÍNAS SUPRESSORAS DE TUMOR está envolvida com a perda do controle do crescimento e progressão da neoplasia.Recidiva Local de Neoplasia: Recorrência local de uma neoplasia em seguida do tratamento. Ela surge de células microscópicas da neoplasia original que escaparam da intervenção terapêutica e mais tarde tornaram-se clinicamente visíveis no local de origem.Carcinoma Endometrioide: Adenocarcinoma caracterizado pela presença de células semelhantes às células glandulares do ENDOMÉTRIO. É um tipo histológico comum de CARCINOMA ovariano e carcinoma endometrial. Há alta frequência de coocorrência desta forma de adenocarcinoma em ambos os tecidos.Neoplasias de Cabeça e Pescoço: Tumores de tecido mole ou câncer que surge nas superfícies da mucosa dos LÁBIOS, cavidade oral, FARINGE, LARINGE e esôfago cervical. Podem surgir em outros lugares como NARIZ e SEIOS PARANASAIS, GLÂNDULAS SALIVARES, GLÂNDULA TIREOIDE, GLÂNDULAS PARATIREOIDES, e como MELANOMA e cânceres da pele que não são melanomas da cabeça e pescoço. (Tradução livre do original: Holland et al., Cancer Medicine, 4th ed, p1651)Mamilos: Órgãos cônicos os quais usualmente fornecem passagem ao leite proveniente das glândulas mamárias.Metástase Neoplásica: Transferência de uma neoplasia de um órgão ou parte do corpo para outro distante do local primário.Técnicas Imunoenzimáticas: Técnicas imunológicas baseadas no uso de: 1) conjugados enzima-anticorpo, 2) conjugados enzima-antígeno, 3) anticorpo antienzima seguido por suas enzimas homólogas ou 4) complexos enzima-antienzima. Essas técnicas são utilizadas histologicamente para visualizar ou marcar amostras de tecido.Carcinoma Embrionário: Tumor altamente maligno de células germinativas que é uma forma primitiva de carcinoma, provavelmente de origem teratomatosa ou derivado de células germinativas. Pode ser encontrado em forma pura ou como parte de um tumor misto de células germinativas e tem um aspecto histológico semelhante ao de um tumor de saco vitelino. Em mulheres há uma idade média de 15 anos; em homens a maioria dos pacientes são adolescentes ou mais velhos. (Dorland, 28a ed)Estudos Retrospectivos: Estudos nos quais os dados coletados se referem a eventos do passado.Neoplasias Esofágicas: Tumores ou câncer do ESÔFAGO.Neoplasias Bucais: Tumores ou câncer da BOCA.Carcinoma de Célula de Merkel: Carcinoma que se origina nas CÉLULAS DE MERKEL localizado na camada basal da epiderme e ocorrendo mais frequentemente como um carcinoma neuroendócrino primário da pele. As células de Merkel são células do tato de origem neuroectodérmica e histologicamente apresentam grânulos neurossecretórios. A pele da cabeça e da nuca são locais comuns do carcinoma de célula de Merkel, ocorrendo geralmente em pacientes idosos.Neoplasias Ovarianas: Tumores ou câncer de OVÁRIO. Estas neoplasias podem ser benignas ou malignas. São classificadas de acordo com o tecido de origem, como EPITÉLIO superficial, células endócrinas do estroma e CÉLULAS GERMINATIVAS totipotentes.Camundongos Nus: Camundongos mutantes homozigotos para o gene recessivo de "nudez" que não desenvolvem um timo. São úteis em estudos de tumor e estudos sobre resposta imune.RNA Mensageiro: Sequências de RNA que servem como modelo para a síntese proteica. RNAm bacterianos são geralmente transcritos primários pelo fato de não requererem processamento pós-transcricional. O RNAm eucariótico é sintetizado no núcleo e necessita ser transportado para o citoplasma para a tradução. A maior parte dos RNAm eucarióticos têm uma sequência de ácido poliadenílico na extremidade 3', denominada de cauda poli(A). Não se conhece com certeza a função dessa cauda, mas ela pode desempenhar um papel na exportação de RNAm maduro a partir do núcleo, tanto quanto em auxiliar na estabilização de algumas moléculas de RNAm retardando a sua degradação no citoplasma.DNA de Neoplasias: DNA presente em tecidos neoplásicos.Hiperplasia: Aumento na quantidade de células em um tecido ou órgão, sem formação tumoral. Difere de HIPERTROFIA, que é aumento no volume, porém sem aumento no número de células.Neoplasias do Colo: Tumores ou câncer do COLO.Carcinoma Adrenocortical: Neoplasia maligna do CÓRTEX SUPRARRENAL. Os carcinomas adrenocorticais são massas anaplásicas (ANAPLASIA) não encapsuladas, às vezes, excedendo 20 cm ou 200 g. É mais provável que sejam funcionais que não funcionais e produzem CORTICOSTEROIDES que podem resultar em hipercortisolismo (SÍNDROME DE CUSHING), HIPERALDOSTERONISMO e/ou VIRILISMO.Neoplasias Primárias Múltiplas: Dois ou mais crescimentos anormais de tecido que ocorrem simultaneamente e de origens supostamente separadas. As neoplasias podem ser histologicamente as mesmas ou diferentes e podem ser encontradas no mesmo local ou em locais diferentes.Carcinoma Verrucoso: Variedade do carcinoma epidermoide bem diferenciado que é mais comum na cavidade oral, mas que ocorre também na laringe, cavidade nasal, esôfago, pênis, região anorretal, vulva, vagina, cérvix uterino e pele, especialmente a sola do pé. A maioria dos casos intraorais ocorre em idosos do gênero masculino que abusam de tabaco sem fumaça (mascado ou sob a forma de rapé). O tratamento é a ressecção cirúrgica. Radioterapia não é indicada, uma vez que 30 por cento dos tumores tratados com radioterapia tornam-se altamente agressivos em seis meses.Carcinoma de Células em Anel de Sinete: Adenocarcinoma fracamente diferenciado, cujo núcleo é pressionado para um dos lados por uma gotícula de muco citoplasmático. Normalmente surge no sistema gastrointestinal.Reação em Cadeia da Polimerase Via Transcriptase Reversa: Variação da técnica de PCR na qual o cDNA é construído do RNA através de uma transcrição reversa. O cDNA resultante é então amplificado utililizando protocolos padrões de PCR.Progressão da Doença: Piora de uma doença ao longo do tempo. Este conceito é usado com mais frequência para doenças crônica e incuráveis, em que o estágio da doença é um determinante importante de terapia e prognóstico.Taxa de Sobrevida: Proporção de sobreviventes de um grupo em estudo acompanhado por determinado período. (Tradução livre do original: Last, 2001)Neoplasias da Bexiga Urinária: Tumores ou câncer da BEXIGA URINÁRIA.Neoplasias Gástricas: Tumores ou câncer do ESTÔMAGO.Neoplasias Cutâneas: Tumores ou câncer da PELE.Glândulas Mamárias Animais: Glândulas mamárias em MAMÍFEROS não humanos.Resultado do Tratamento: Estudos conduzidos com o fito de avaliar as consequências da gestão e dos procedimentos utilizados no combate à doença de forma a determinar a eficácia, efetividade, segurança, exequibilidade dessas intervenções.Análise de Sobrevida: Procedimentos estatísticos pra estimar a curva de sobrevivência de população mediante tratamentos, fatores de prognóstico, de exposição ou outras variáveis. (Tradução livre do original: Last, 2001)Receptor ErbB-2: Receptor epidérmico de proteína-tirosina quinase que é superexpresso em vários tipos de ADENOCARCINOMA. Possui grande homologia com os seguintes receptores, podendo se heterodimerizar eles: RECEPTOR DO FATOR DE CRESCIMENTO EPIDÉRMICO, RECEPTOR ERBB-3 e o RECEPTOR ERBB-4. A ativação do receptor erbB-2 ocorre por meio da formação do heterodímero com membros da família de receptores erbB.Transplante de Neoplasias: Transplante experimental de neoplasias em animais de laboratório para fins de investigação.Antineoplásicos: Substâncias que inibem ou impedem a proliferação de NEOPLASIAS.Proliferação de Células: Todos os processos envolvidos em aumentar o NÚMERO DE CÉLULAS. Estes processos incluem mais que a DIVISÃO CELULAR, parte do CICLO CELULAR.Pâncreas: Órgão nodular no ABDOME que abriga uma mistura de GLÂNDULAS ENDÓCRINAS e GLÂNDULAS EXÓCRINAS. A pequena porção endócrina consiste das ILHOTAS DE LANGERHANS que secretam vários hormônios na corrente sanguinea. A grande porção exócrina (PÂNCREAS EXÓCRINO) é uma glândula acinar composta que secreta várias enzimas digestivas no sistema de ductos que desemboca no DUODENO.Análise Serial de Tecidos: Análise simultânea de várias amostras de TECIDOS ou CÉLULAS de BIÓPSIA ou cultura in vitro, organizadas em série sobre lâminas (para microscopia) ou microchips.Proteína Supressora de Tumor p53: Fosfoproteína nuclear codificada pelo gene p53 (GENES, P53) cuja função normal é controlar a PROLIFERAÇÃO CELULAR e a APOPTOSE. Uma proteína p53 mutante ou ausente tem sido encontrada na LEUCEMIA, OSTEOSARCOMA, CÂNCER DO PULMÃO e CÂNCER COLORRETAL.Queratinas: Classe de proteínas fibrosas ou escleroproteínas que representa o principal constituinte da EPIDERME, CABELO, UNHAS, tecido córneo, e matriz orgânica do ESMALTE dentário. Dois principais grupos conformacionais foram caracterizados: a alfa-queratina, cuja estrutura peptídica forma uma alfa-hélice espiralada consistindo em QUERATINA TIPO I, uma QUERATINA TIPO II e a beta-queratina, cuja estrutura forma um zigue-zague ou estrutura em folhas dobradas. As alfa-queratinas são classificadas em pelo menos 20 subtipos. Além disso, foram encontradas várias isoformas dos subtipos que pode ser devido à DUPLICAÇÃO GÊNICA.Antígeno Ki-67: Marcador do CICLO CELULAR e de crescimento de tumor que pode ser facilmente detectado através de métodos imunocitoquímicos. O Ki-67 é um antígeno nuclear presente somente no núcleo de células em divisão.Carcinoma de Células Grandes: Tumor broncogênico de células indiferenciadas (anaplásicas) de grande tamanho. Pode ser uma variedade de carcinoma de células escamosas do pulmão que sofreu ainda mais desdiferenciação. (Dorland, 28a ed)Receptores Estrogênicos: proteínas citoplasmáticas que ligam estrógenos e migram para o núcleo onde elas regulam a transcrição de DNA. A avaliação do estado do receptor de estrogênio em pacientes com câncer de mama tem-se tornado clinicamente importante.Antígenos de Neoplasias: Frações proteicas, glicoproteicas ou lipoproteicas das superfícies de células tumorais que são geralmente identificadas por anticorpos monoclonais. Muitos destes antígenos são de origem embrionária ou viral.Ductos Salivares: Qualquer dos dutos (parotídico, sublinguais maior e menor e submandibular) que transportam saliva.Neoplasias Laríngeas: Câncer ou tumores da LARINGE ou de qualquer de suas partes: GLOTE, EPIGLOTE, CARTILAGENS LARÍNGEAS, MÚSCULOS LARÍNGEOS e CORDAS VOCAIS.Neoplasias do Colo do Útero: Tumores ou câncer do COLO DO ÚTERO.Canal Arterial: Vaso sanguíneo fetal que conecta a artéria pulmonar à aorta descendente.Apoptose: Um dos mecanismos pelos quais ocorre a MORTE CELULAR (compare com NECROSE e AUTOFAGOCITOSE). A apoptose é o mecanismo responsável pela remoção fisiológica das células e parece ser intrinsecamente programada. É caracterizada por alterações morfológicas distintas no núcleo e no citoplasma, clivagem da cromatina em locais regularmente espaçados e clivagem endonucleolítica do DNA genômico (FRAGMENTAÇÃO DE DNA) em sítios internucleossômicos. Este modo de morte celular serve como um equilíbrio para a mitose no controle do tamanho dos tecidos animais e mediação nos processos patológicos associados com o crescimento tumoral.Adenocarcinoma Folicular: Tipo de carcinoma da glândula tireoide com muitos folículos embora possa ter áreas sem folículos. É mais comum em mulheres e é mais maligno do que carcinoma papilar. (Dorland, 28a ed)Divisão Celular: Fissão de uma CÉLULA. Inclui a CITOCINESE quando se divide o CITOPLASMA de uma célula e a DIVISÃO DO NÚCLEO CELULAR.Neoplasias Mamárias Experimentais: Neoplasias mamárias experimentalmente induzidas em animais para estabelecer um modelo para estudo das NEOPLASIAS MAMÁRIAS em humanos.Transformação Celular Neoplásica: Alterações celulares manifestadas pela evasão aos mecanismos de controle, aumento do potencial de crescimento populacional (proliferação), alterações na superfície celular, anormalidades cariotípicas, desvios bioquímicos e morfológicos da norma e outros atributos que conferem a habilidade de invadir, metastatizar e matar.Fatores de Tempo: Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.Neoplasias da Vesícula Biliar: Tumores ou câncer da vesícula biliar.Doenças Mamárias: Processos patológicos da MAMA.Terapia Combinada: Tratamento de uma doença ou afecção por muitos meios diferentes, simultânea ou sequencialmente. Quimioimunoterapia, RADIOIMUNOTERAPIA, quimiorradioterapia, crioquimioterapia e TERAPIA DE SALVAÇÃO, são vistas mais frequentemente, mas suas combinações umas com as outras e cirurgia também são utilizadas.Seguimentos: Estudos nos quais indivíduos ou populações são seguidos para avaliar o resultado de exposições, procedimentos ou efeitos de uma característica, por exemplo, ocorrência de doença.Células-Tronco de Carcinoma Embrionário: Células-tronco malignas de TERATOCARCINOMAS, semelhantes a células-tronco pluripotentes da MASSA CELULAR INTERNA DO BLASTOCISTO. As células de carcinoma embrionário podem crescer in vitro e ser induzidas experimentalmente a se diferenciarem. São usadas como sistema modelo para estudar diferenciação celular embrionária precoce.Neoplasias das Glândulas Salivares: Tumores ou câncer das GLÂNDULAS SALIVARES.Adenocarcinoma Papilar: Adenocarcinoma contendo prolongamentos digitiformes de tecido conjuntivo vascular coberto por epitélio neoplásico, projetando-se nos cistos ou na cavidade de glândulas ou folículos; ocorre mais frequentemente no ovário e na glândula tireoide. (Stedman, 25a ed)Intervalo Livre de Doença: Período após êxito do tratamento, em que não existem sintomas ou efeitos da doença.Mutação: Qualquer mudança detectável e hereditária que ocorre no material genético causando uma alteração no GENÓTIPO e transmitida às células filhas e às gerações sucessivas.Carcinoma Papilar, Variante Folicular: Uma neoplasia da tireoide com arranjo misto papilar e folicular. Seu comportamento biológico e prognóstico é o mesmo do adenocarcinoma papilar da tireoide.Biópsia: Remoção e avaliação patológica de amostras, na forma de pequenos fragmentos de tecido do corpo vivo.Carcinoma de Células Acinares: Tumor maligno que se origina de células secretoras de uma glândula racemosa, particularmente das glândulas salivares. Racemosa (do latin racemosus, cheio de aglomerados) se refere a pequenas dilatações com o formato de saco em várias glândulas, assim como acinar (do latin acinus, uva). Os carcinomas de células acinares são geralmente bem diferenciados e compreendem cerca de 13 por cento dos tumores malignos que se originam nas glândulas parótidas. As metástases em linfonodos ocorrem em aproximadamente 16 por cento dos casos. É comum a detecção de recidivas locais e metástases distantes muito após o final do tratamento. Este tumor maligno aparece em todas as faixas etárias e é mais comum em mulheres. (Tradução livre do original: Stedman, 25th ed; Holland et al., Cancer Medicine, 3d ed, p1240; from DeVita Jr et al., Cancer: Principles & Practice of Oncology, 3d ed, p575)Carcinoma Pulmonar de Células não Pequenas: Agregado heterogêneo de pelo menos três tipos histológicos distintos de câncer pulmonar, incluindo CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS, ADENOCARCINOMA e CARCINOMA DE CÉLULAS GRANDES. São considerados coletivamente em virtude de suas estratégias de tratamento compartilhadas.Células Epiteliais: Células que revestem as superfícies interna e externa do corpo, formando camadas celulares (EPITÉLIO) ou massas. As células epiteliais que revestem a PELE, a BOCA, o NARIZ e o CANAL ANAL derivam da ectoderme; as que revestem o APARELHO RESPIRATÓRIO e o APARELHO DIGESTIVO derivam da endoderme; outras (SISTEMA CARDIOVASCULAR e SISTEMA LINFÁTICO), da mesoderme. As células epiteliais podem ser classificadas principalmente pelo formato das células e pela função em escamosas, glandulares e de transição.Caderinas: Proteínas de adesão celular dependentes de cálcio. São importantes para a formação das JUNÇÕES ADHERENS entre células. As caderinas são classificadas de acordo com sua especificidade imunológica e tecidual por letras (E de epitelial, N de neural e P de placenta) ou por números (caderina 12 ou N-caderina 2 para a caderina do encéfalo). As caderinas promovem a adesão celular via um mecanismo homofílico e desempenham um papel na construção de tecidos e de todo o corpo do animal.RNA Neoplásico: RNA presente em tecidos neoplásicos.Epitélio: Uma ou mais camadas de CÉLULAS EPITELIAIS, sustentadas pela lâmina basal, que recobrem as superfícies internas e externas do corpo.Neoplasias do Endométrio: Tumores ou câncer do ENDOMÉTRIO, mucosa que reveste o ÚTERO. Estas neoplasias podem ser benignas ou malignas. Sua classificação e grau dependem dos diferentes tipos de células e da percentagem de células indiferenciadas.Adenocarcinoma de Células Claras: Adenocarcinoma caracterizado pela presença de várias combinações de células tumorais claras e em forma de prego. Há três padrões predominantes descritos como tubulocístico, sólido e papilar. Esses tumores, normalmente localizados nos órgãos reprodutivos femininos, têm sido vistos mais frequentemente em mulheres jovens desde 1970 como o resultado da associação da exposição intrauterina a dietilbestrol.Neoplasias Colorretais: Tumores ou câncer do cólon, ou do RETO ou ambos. Entre os fatores de risco para o câncer colorretal estão colite ulcerativa crônica, polipose familiar do cólon, exposição a ASBESTO e irradiação do COLO DO ÚTERO.Gradação de Tumores: Métodos que têm o intuito de expressar em termos replicáveis o nível de DIFERENCIAÇÃO CELULAR em tumores, de forma que ANAPLASIA crescente se correlaciona diretamente com a agressividade do tumor.Mastectomia Segmentar: Remoção de tecido mamário na quantidade suficiente para assegurar que as margens da amostra retirada para cirurgia estão livres de tumor.Estimativa de Kaplan-Meier: Método não paramétrico de compilação de TÁBUAS DE VIDA ou tábuas de sobrevivência. Combina as probabilidades calculadas de sobrevida e as estimativas para permitir que as observações ocorram além de um limiar, assumido randomicamente. Os intervalos de tempo são definidos como final de cada tempo de um evento, sendo portanto desigual. (Tradução livre do original: Last, A Dictionary of Epidemiology, 1995)Neoplasias Mamárias Animais: Os tumores ou câncer da glândula mamária em animais (GLÂNDULAS MAMÁRIAS ANIMAIS).Perfilação da Expressão Gênica: Determinação do padrão de genes expresso ao nível de TRANSCRIÇÃO GENÉTICA sob circunstâncias específicas ou em uma célula específica.Fibroadenoma: Adenoma contendo tecido fibroso. (Dorland, 28a ed)Western Blotting: Identificação por transferência de mancha (em um gel) contendo proteínas ou peptídeos (separados eletroforeticamente) para tiras de uma membrana de nitrocelulose, seguida por marcação com sondas de anticorpos.alfa-Fetoproteínas: Primeiras alfa-globulinas a aparecerem no soro de mamíferos durante o DESENVOLVIMENTO FETAL e as proteínas séricas predominantes na vida embrionária precoce.Perda de Heterozigosidade: Perda de um alelo em um locus específico, causada por mutação de deleção, ou perda de um cromossomo a partir de um par cromossômico, resultando em um HEMIZIGOTO anormal. É detectada quando marcadores heterozigóticos para um locus parecem monomórficos porque um dos ALELOS foi deletado.Neoplasias da Língua: Tumores ou câncer da LÍNGUA.Transplante Heterólogo: Transplante entre animais de espécies diferentes.Genes p53: Genes supressores de tumores localizados no braço curto do cromossomo humano 17, e codificadores da fosfoproteína p53.Neoplasias Pancreáticas: Tumores ou câncer do PÂNCREAS. Dependendo dos tipos de CÉLULAS das ILHOTAS PANCREÁTICAS presentes nos tumores, vários hormônios podem ser secretados: GLUCAGON das CÉLULAS PANCREÁTICAS ALFA, INSULINA das CÉLULAS PANCREÁTICAS BETA e SOMATOSTATINA das CÉLULAS SECRETORAS DE SOMATOSTATINA. A maioria é maligna, exceto os tumores produtores de insulina (INSULINOMA).Cistadenocarcinoma Seroso: Neoplasia maligna cística ou semicística. Ocorre frequentemente no ovário e geralmente é bilateral. A superfície externa é normalmente coberta com excrescências papilares. Microscopicamente, os padrões papilares são predominantemente de crescimentos epiteliais exagerados com células do cistadenocarcinoma seroso papilar indiferenciadas ou diferenciadas. Corpos de psammoma podem estar presentes. O tumor geralmente adere a estruturas vizinhas e produz ascite.Carcinoma Pulmonar de Lewis: Carcinoma descoberto por Dr. Margaret R. Lewis do Instituto Wistar em 1951. Este tumor origina-se espontaneamente como um carcinoma do pulmão de um camundongo C57BL. O tumor não parece ser grosseiramente hemorrágico e a maior parte do tecido tumoral é uma massa homogênea semifirme (tradução livre do original: Cancer Chemother Rep 2 1972 Nov;(3)1:325). Também é conhecido por 3LL e LLC e é usado como um tumor transplantável.Irrigação Terapêutica: Lavagem de uma cavidade ou superfície do corpo por meio do fluxo de água ou solução para terapia ou diagnóstico.Anticorpos Monoclonais: Anticorpos produzidos porum único clone de células.Tomografia Computadorizada por Raios X: Tomografia utilizando transmissão por raio x e um computador de algoritmo para reconstruir a imagem.Pancreatectomia: Remoção cirúrgica do pâncreas. (Dorland, 28a ed)Mamografia: Exame radiográfico das mamas.Transdução de Sinal: Transferência intracelular de informação (ativação/inibição biológica) através de uma via de sinalização. Em cada sistema de transdução de sinal, um sinal de ativação/inibição proveniente de uma molécula biologicamente ativa (hormônio, neurotransmissor) é mediado, via acoplamento de um receptor/enzima, a um sistema de segundo mensageiro ou a um canal iônico. A transdução de sinais desempenha um papel importante na ativação de funções celulares, bem como de diferenciação e proliferação das mesmas. São exemplos de sistemas de transdução de sinal: o sistema do receptor pós-sináptico do canal de cálcio ÁCIDO GAMA-AMINOBUTÍRICO, a via de ativação da célula T mediada pelo receptor e a ativação de fosfolipases mediada por receptor. Estes sistemas acoplados à despolarização da membrana ou liberação de cálcio intracelular incluem a ativação mediada pelo receptor das funções citotóxicas dos granulócitos e a potencialização sináptica da ativação da proteína quinase. Algumas vias de transdução de sinal podem ser parte de um sistema de transdução muito maior, como por exemplo, a ativação da proteína quinase faz parte da via de sinalização da ativação plaquetária.Metaplasia: Situação em que há uma alteração de um tipo de célula adulta para outro tipo de célula adulta semelhante.Sensibilidade e Especificidade: Medidas de classificação binária para avaliar resultados de exames. Sensibilidade ou taxa de recall é a proporção de verdadeiros positivos. Especificidade é a probabilidade do teste determinar corretamente a ausência de uma afecção. (Tradução livre do original: Last, Dictionary of Epidemiology, 2d ed)Evolução Fatal: Morte resultante da presença de uma doença em um indivíduo, como mostrado por um único caso relatado ou um número limitado de pacientes. Deve ser diferenciado de MORTE, a interrupção fisiológica da vida e de MORTALIDADE, um conceito epidemiológico ou estatístico.Sequência de Bases: Sequência de PURINAS e PIRIMIDINAS em ácidos nucleicos e polinucleotídeos. É chamada também de sequência nucleotídica.Neoplasias Brônquicas: Tumores ou câncer dos BRÔNQUIOS.Genes Supressores de Tumor: Genes que inibem a expressão do fenótipo tumorogênico. Estão normalmente envolvidos em manter adequado o crescimento celular. Quando os genes de supressão tumoral são inativados ou perdidos, é removida uma barreira contra a proliferação normal tornando possível o crescimento desregulado.Doença da Mama Fibrocística: Doença de mama comum e benigna, caracterizada por vários graus de alterações fibrocísticas no tecido mamário. Há três padrões principais de alterações morfológicas, inclusive FIBROSE, formação de CISTOS e proliferação de tecido glandular (adenose). A mama fibrocística possui uma consistência densa irregular, granulosa e áspera.Queratina-7: Queratina tipo II encontrada associada com a QUERATINA-19 em epitélios ductal e gastrointestinal.Glândulas Apócrinas: Glândulas sudoríparas especializadas, grandes e ramificadas, que esvaziam seu conteúdo na porção superior do FOLÍCULO PILOSO, ao invés de diretamente na PELE.Expressão Gênica: Manifestação fenotípica de um gene (ou genes) pelos processos de TRANSCRIÇÃO GENÉTICA e TRADUÇÃO GENÉTICA.Cisplatino: Complexo de platina inorgânico e hidrossolúvel. Após sofrer hidrólise, reage com o DNA para produzir ligações covalentes cruzadas tanto dentro de uma fita como entre fitas de DNA. Essas ligações cruzadas parecem impedir a replicação e a transcrição do DNA. A citotoxicidade do cisplatino relaciona-se com a suspensão da fase G2 do ciclo celular.Neovascularização Patológica: Processo patológico constituído por proliferação de vasos sanguíneos em tecidos ou posições anormais.Neoplasias dos Ductos Biliares: Tumores ou câncer dos DUCTOS BILIARES.Queratina-5: Queratina tipo II encontrada associada com a QUERATINA-14 no EPITÉLIO estratificado interno. As mutações no gene da queratina-5 estão associadas com a EPIDERMÓLISE BOLHOSA SIMPLES.Hibridização In Situ Fluorescente: Tipo de HIBRIDIZAÇÃO IN SITU no qual as sequências alvo são coradas com corante fluorescente, por isso sua localização e tamanho podem ser determinados utilizando microscopia de fluorescência. Esta coloração é suficientemente distinta do sinal de hibridização que pode ser visto na difusão de metáfases e na interfase de núcleos.Ductos Biliares Intra-Hepáticos: Passagem dentro do fígado que tem como função o transporte de bile. Inclui os ductos hepáticos direito e esquerdo que se unem exteriormente ao fígado para formar o ducto hepático comum.Receptor do Fator de Crescimento Epidérmico: Receptor epidérmico envolvido na regulação de crescimento e diferenciação celular. É específico para o FATOR DE CRESCIMENTO EPIDÉRMICO e para peptídeos relacionados ao EGF, incluindo o FATOR TRANSFORMADOR DO CRESCIMENTO ALFA, ANFIRREGULINA, e o FATOR DE CRESCIMENTO SEMELHANTE A EGF DE LIGAÇÃO À HEPARINA. A união do ligante ao receptor causa ativação da sua atividade intrínseca de tirosina quinase, e à rápida internalização do complexo receptor-ligante para a célula.Glândulas Mamárias Humanas: O tecido glandular na MAMA humana que está sob a influência de hormônios tais como os ESTRÓGENOS, PROGESTINAS e PROLACTINA. Em MULHERES, depois do PARTO, as glândulas mamárias secretam leite (LEITE HUMANO) para alimentação do recém-nascido.Mucina-1: Antígeno carboidrato elevado em pacientes com tumores de mama, ovário, pulmão e próstata, bem como em outros distúrbios. A mucina é expressa normalmente por muitos epitélios glandulares, mas demonstra expressão particularmente aumentada na mama durante a lactação e em doenças malignas. Além disso, é um marcador sorológico estabelecido de câncer mamário.Mastectomia: Procedimento cirúrgico para remover uma ou ambas as mamas (humanas).Proteínas Supressoras de Tumor: Proteínas que, de modo geral, mantêm sob controle o crescimento celular. As deficiências ou anormalidades nestas proteínas podem desregular o crescimento celular e levar ao desenvolvimento de tumores.Papiloma Intraductal: Papiloma benigno, pequeno e amiúde impalpável, que surge em um ducto lactífero; muitas vezes, provoca sangramento mamilar. (Stedman, 25a ed)Antígeno Carcinoembrionário: Glicoproteína secretada na superfície luminal do epitélio no trato gastrointestinal. É encontrado nas fezes e nas secreções pancreaticobiliares. É usado para monitorar a resposta ao tratamento do câncer de colo.Estudos de Casos e Controles: Estudos epidemiológicos observacionais nos quais grupos de indivíduos com determinada doença ou agravo (casos) são comparados com grupos de indivíduos sadios (controles) em relação ao histórico de exposição a um possível fator causal ou de risco. (Tradução livre do original: Last, 2001)Queratina-6: Queratina tipo II encontrada associada com a QUERATINA-16 ou QUERATINA-17 em tecido epitelial escamoso que se prolifera rapidamente. As mutações no gene da queratina-6A e queratina-6B estão associadas com a paquioniquia congênita tipo 1 e paquioniquia congênita tipo 2, respectivamente.Carga Tumoral: Quantidade total (número de células, peso, tamanho ou volume) de células ou tecidos tumorais no corpo.Fatores de Risco: Aspecto do comportamento individual ou do estilo de vida, exposição ambiental ou características hereditárias ou congênitas que, segundo evidência epidemiológica, está sabidamente associado a uma condição relacionada com a saúde considerada importante de ser prevenida.Diferenciação Celular: Restrição progressiva do potencial para desenvolvimento e especialização crescente da função que leva à formação de células, tecidos e órgãos especializados.Linfonodos: São corpos ovais ou em forma de feijão (1-30 mm de diâmetro) localizados ao longo do sistema linfático.Dados de Sequência Molecular: Descrições de sequências específicas de aminoácidos, carboidratos ou nucleotídeos que apareceram na literatura publicada e/ou são depositadas e mantidas por bancos de dados como o GENBANK, European Molecular Biology Laboratory (EMBL), National Biomedical Research Foundation (NBRF) ou outros repositórios de sequências.Ampola Hepatopancreática: Dilatação da papila duodenal que é a abertura da junção do DUCTO BILIAR COMUM e o DUCTO PANCREÁTICO PRINCIPAL, também conhecida por ampola de Vater.Hibridização In Situ: Técnica que localiza sequências específicas de ácidos nucleicos em cromossomos intactos, células eucarióticas ou células bacterianas através do uso de sondas específicas de ácidos nucleicos marcados.Amplificação de Genes: Aumento seletivo no número de cópias de um gene codificado por uma proteína específica sem um aumento proporcional nos outros genes. Ocorre naturalmente através da excisão de uma cópia da sequência repetida do cromossomo e sua replicação extracromossômica em um plasmídeo, ou através da produção de um transcrito de RNA de uma sequência inteira de repetições do RNA ribossômico, seguido pela transcrição reversa da molécula para produzir uma cópia adicional da sequência de DNA original. Técnicas de laboratório foram introduzidas para induzir uma replicação desproporcional por cruzamento desigual, captação do DNA de células lisadas ou geração de sequências extracromossômicas da replicação de circunferências primitivas.Permeabilidade do Canal Arterial: Defeito cardíaco congênito caracterizado por abertura persistente do CANAL ARTERIAL fetal que conecta a ARTÉRIA PULMONAR à AORTA DESCENDENTE, permitindo que o sangue desoxigenado desvie do pulmão e flua para a PLACENTA. Normalmente o canal se fecha logo após o nascimento.Regulação para Baixo: Efeito controlador negativo sobre os processos fisiológicos nos níveis molecular, celular ou sistêmico. No nível molecular, os principais sítios regulatórios incluem os receptores de membrana, genes (REGULAÇÃO DA EXPRESSÃO GÊNICA), RNAm (RNA MENSAGEIRO) e proteínas.Quimioembolização Terapêutica: Administração de agentes antineoplásicos juntamente com um veículo embolizante. Isto permite a liberação lenta do agente bem como a obstrução do suprimento de sangue para o tumor.Neoplasias Experimentais: Crescimento anormal de TECIDOS em animais, induzidos experimentalmente para estabelecer um modelo de estudo das neoplasias humanas.Protocolos de Quimioterapia Combinada Antineoplásica: Dois ou mais compostos químicos quando usados simultaneamente ou sequencialmente no tratamento farmacológico da neoplasia. As drogas não precisam estar na mesma dosagem.Valor Preditivo dos Testes: O valor preditivo de um teste diagnóstico é a probabilidade de um resultado positivo (ou negativo) corresponder a um indivíduo doente (ou não doente). Depende da sensibilidade e especificidade do teste (adaptação e tradução livre do original: Last, 2001)Análise de Sequência com Séries de Oligonucleotídeos: Hibridização de uma amostra de ácido nucleico em um grupo muito grande de SONDAS DE OLIGONUCLEOTÍDEOS, ligadas individualmente a colunas e fileiras de um suporte sólido, para determinar a SEQUÊNCIA DE BASES ou detectar variações em uma sequência gênica, na EXPRESSÃO GÊNICA ou para MAPEAMENTO GENÉTICO.Proteínas Proto-Oncogênicas: Produtos dos proto-oncogenes. Normalmente eles não possuem propriedade oncogênicas ou transformadoras, mas estão envolvidas na regulação ou diferenciação do crescimento celular. Geralmente possuem atividade de proteína quinase.Regulação para Cima: Efeito controlador positivo sobre os processos fisiológicos nos níveis molecular, celular ou sistêmico. No nível molecular, os principais sítios regulatórios incluem os receptores de membrana, genes (REGULAÇÃO DA EXPRESSÃO GÊNICA), RNAm (RNA MENSAGEIRO) e as proteínas.Pancreatite: INFLAMAÇÃO do PÂNCREAS. A pancreatite é classificada como aguda, a menos que haja uma tomografia computadorizada ou achados de colangiopancreatografia endoscópica retrógrada que indiquem PANCREATITE CRÔNICA (Simpósio Internacional de Pancreatite Aguda, Atlanta, 1992). As duas formas mais comuns de pancreatite aguda são PANCREATITE ALCOÓLICA e pancreatite por cálculo biliar.Citodiagnóstico: Diagnóstico do tipo e, quando viável, da causa de um processo patológico por meio do estudo microscópico de células em um exsudato ou outra forma de líquido orgânico. (Stedman, 25a ed)Análise Multivariada: Conjunto de técnicas usadas quando a variação em diversas variáveis deve ser estudada simultaneamente. Em estatística, a análise multivariada se interpreta como qualquer método analítico que permita o estudo simultâneo de duas ou mais variáveis dependentes. Análise e interpretação das inter-relações entre três ou mais variáveis.Transfecção: Captação de DNA simples ou purificado por CÉLULAS, geralmente representativo do processo da forma como ocorre nas células eucarióticas. É análogo à TRANSFORMAÇÃO BACTERIANA e ambos são rotineiramente usados em TÉCNICAS DE TRANSFERÊNCIA DE GENES.Adenocarcinoma Esquirroso: Carcinoma com uma estrutura dura devido à formação de tecido conjuntivo denso no estroma. (Dorland, 28a ed)Camundongos Endogâmicos BALB CFatores de Transcrição: Substâncias endógenas, usualmente proteínas, que são efetivas na iniciação, estimulação ou terminação do processo de transcrição genética.Carcinoma Basoescamoso: Carcinoma que histologicamente exibe ao mesmo tempo elementos basais e escamosos. (Dorland, 28a ed)Receptores de Progesterona: Proteínas específicas encontradas dentro ou em células de tecido alvo de progesterona que se ligam especificamente com progesterona. O complexo receptor e progesterona do citosol associa-se com ácidos nucleicos para dar início à síntese proteica. Existem dois tipos de receptores de progesterona, os tipos A e B. Ambos são induzidos pelo estrógeno e possuem meia-vida curta.Ensaios Antitumorais Modelo de Xenoenxerto: Métodos in vivo de seleção de medicamentos anticâncer, modificadores da resposta biológica ou radioterapias. Tecido ou células de tumor humano são transplantados em camundongos ou ratos seguidos por esquemas de tratamento de tumor. Vários resultados são monitorados para avaliar a eficácia antitumoral.Tireoidectomia: Remoção cirúrgica da glândula tireoide.Linhagem Celular: Determinadas culturas de células que têm o potencial de se propagarem indefinidamente.Neoplasias do Ducto Colédoco: Tumores ou câncer do DUCTO COLÉDOCO incluindo a AMPOLA HEPATOPANCREÁTICA e o ESFÍNCTER DA AMPOLA HEPATOPANCREÁTICA.Radioterapia Adjuvante: Radioterapia aplicada para ampliar alguma outra forma de tratamento cirúrgico ou quimioterápico. A radioterapia adjuvante é geralmente utilizada na terapia do câncer e pode ser administrada antes ou após o tratamento primário.Regiões Promotoras Genéticas: Sequências de DNA reconhecidas (direta ou indiretamente) e ligadas por uma RNA polimerase dependente de DNA durante a iniciação da transcrição. Sequências altamente conservadas dentro do promotor incluem a caixa de Pribnow nem bactérias e o TATA BOX em eucariotos.Proteínas de Ligação a DNA: Proteínas que se ligam ao DNA. A família inclui proteínas que se ligam às fitas dupla e simples do DNA e também inclui proteínas de ligação específica ao DNA no soro, as quais podem ser utilizadas como marcadores de doenças malignas.Microdissecção: O desempenho de dissecações com a ajuda de um microscópio.Fenótipo: Aparência externa do indivíduo. É o produto das interações entre genes e entre o GENÓTIPO e o meio ambiente.Análise Mutacional de DNA: Identificação bioquímica das alterações mutacionais em uma sequência de nucleotídeos.Papillomaviridae: Família de pequenos vírus de DNA sem envelope que infectam aves e a maioria dos mamíferos, especialmente humanos. São agrupados em vários gêneros, mas os vírus são altamente espécie-específicos de seus hospedeiros e restritos aos tecidos. Comumente são divididos em centenas de "tipos" de papilomavírus, cada um com uma função e regiões de controle gênico específicos, apesar da homologia de suas sequências. Os papilomavírus humanos são encontrados nos gêneros ALPHAPAPILLOMAVIRUS, BETAPAPILLOMAVIRUS, GAMMAPAPILLOMAVIRUS e MUPAPILLOMAVIRUS.Movimento Celular: Movimento de células de um lugar para outro. Diferencia-se da CITOCINESE, que é o processo de divisão do CITOPLASMA de uma célula.Neoplasias Retais: Tumores ou câncer do RETO.Adenocarcinoma Bronquíolo-Alveolar: Carcinoma considerado como derivado do epitélio de bronquíolos terminais em que o tecido neoplásico se estende ao longo das paredes alveolares e cresce em pequenas massas dentro dos alvéolos; o comprometimento pode ser uniformemente difuso e maciço ou nodular, ou lobular; as células neoplásicas são cuboides ou colunares e formam estruturas papilares; a mucina pode ser demonstrada em algumas das células e no material nos alvéolos, que também incluem células desnudas; conhecem-se metástases nos linfonodos regionais e até em locais mais distantes, mas são raras. (Stedman, 25a ed)Carcinoma Ductal Pancreático: Carcinoma que se origina dos DUCTOS PANCREÁTICOS. É responsável pela maioria dos cânceres derivados do PÂNCREAS.Adenofibroma: Neoplasia benigna composta de tecido glandular ou fibroso, com uma proporção relativamente grande de glândulas. (Stedman, 25a ed)Papiloma: Tumor epitelial benigno, circunscrito, que se projeta da superfície adjacente; mais precisamente, uma neoplasia epitelial benigna que consiste em crescimentos vilosos ou arborescentes de estroma fibrovascular coberto por células neoplásicas. (Stedman, 27a ed)Sobrevivência Celular: Medida da viabilidade de uma célula caracterizada pela capacidade para realizar determinadas funções como metabolismo, crescimento, reprodução, alguma forma de responsividade e adaptabilidade.Proteínas Nucleares: Proteínas encontradas no núcleo de uma célula. Não se deve confundir com NUCLEOPROTEÍNAS, que são proteínas conjugadas com ácidos nucleicos, que não estão necessariamente no núcleo.

*  Câncer de mama em mulheres acima de 70 anos de idade: diretrizes para...
Ductal carcinoma in situ of the breast. Ann Intern Med Dec 1; 127: El-Tamer MB, Ward BM, ... CARCINOMA DUCTAL IN SITU GUILHERME NOVITA SERVIÇO O DE MASTOLOGIA DISCIPLINA DE ... CARCINOMA DUCTAL IN SITU GUILHERME NOVITA SERVIÇO O DE MASTOLOGIA DISCIPLINA DE ... Carcinoma do pénis. La Fuente de Carvalho, Ph.D MD Carcinoma do pénis La Fuente de ......
http://docplayer.com.br/1355953-Cancer-de-mama-em-mulheres-acima-de-70-anos-de-idade-diretrizes-para-diagnostico-e-tratamento.html
*  Papel do Ecocardiograma na Avaliação da Cardiotoxicidade no Tratamento do...
CARACTERÍSTICAS CLÍNICAS DE MULHERES COM CARCINOMA MAMÁRIO DUCTAL INVASIVO SUBMETIDAS À ... ARTIGO ORIGINAL CARACTERÍSTICAS CLÍNICAS DE MULHERES COM CARCINOMA MAMÁRIO DUCTAL ... Cetuximabe para Carcinoma de Laringe recidivado NOTA TÉCNICA 152/2014 Solicitante: Juiz ... ATUALIZAÇÃO NO TRATAMENTO DO CARCINOMA INFLAMATÓRIO São Paulo, 27-29 Novembro 2008. IV ......
http://docplayer.com.br/1078698-Papel-do-ecocardiograma-na-avaliacao-da-cardiotoxicidade-no-tratamento-do-cancer-de-mama.html
*  Carcinoma ductal invasivo
... redirect carcinoma ductal invasivo sem outra especificação...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_ductal_invasivo
*  Carcinoma hepatoide
... tumor hepatoide ou carcinoma hepatoide são termos para designar uma série de neoplasia s raras ou invulgares em seres humanos assim denominados devido à aparência idêntica ao microscópio entre as suas células e as células do hepatocarcinoma a forma mais comum de cancro do fígado este tipo de tumores pode surgir em diversas partes do corpo formando vários subtipos de doenças como o cancro do estômago ou cancro do pâncreas a organização mundial de saúde define carcinoma hepatoide como um adenocarcinoma com características morfológicas semelhantes às do hepatocarcinoma que surge a parte de qualquer sítio anatómico que não o fígado categoria oncologia...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_hepatoide
*  Carcinoma de pene
... redirect cáncer de pene...
https://es.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_de_pene
*  Carcinoma de pulmón
... redirect cáncer de pulmón...
https://es.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_de_pulmón
*  Carcinoma tricoblastico
... redirect basalioma...
https://it.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_tricoblastico
*  Carcinomi
... redirect carcinoma...
https://it.wikipedia.org/wiki/Carcinomi
*  Carcinoma de células escamosas
carcinoma de células escamosas carcinoma de células escamosas info patologia nome carcinoma de células escamosas imagem squamous cell carcinoma jpg legenda o carcinoma de células escamosas de pele tende a surgir a partir de lesões pré malignas queratoses actínicas a superfície é geralmente escamosa e frequentemente produz ulcerações como visto aqui cid cid o carcinoma de células escamosas é um tumor maligno de um tipo de célula epitelial as células escamosas essas células representam a parte principal da epiderme que compõe a pele e esta doença é uma das formas majoritárias de câncer de pele porém as células escamosas também ocorrem no revestimento do trato digestório dos pulmões e de outras áreas do corpo o carcinoma de células escamosas ocorre como uma forma de câncer em diversos tecidos incluindo os lábios a boca o esôfago a bexiga urinária a próstata os pulmões a vagina o colo do útero dentre outros apesa...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_de_células_escamosas
*  PATOLOGIA.MULHER.COM: NEPLASIA INTRA-EPITELIAL CERVICAL E CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS
patologia mulher com neplasia intra epitelial cervical e carcinoma de células escamosas skip to main skip to sidebar patologia mulher com blog criado para que as mulheres estejam por dentro das patologias que podem afetá las suas causas consequências e formas de prevenção sexta feira de junho de neplasia intra epitelial cervical e carcinoma de células escamosas o carcinoma cervical já foi a forma mais frequente de câncer em mulheres em todo o mundo desde a introdução de esfregaço de papanicilau há anos a incidência de câncer de colo uterino diminuiu vertiginosamente oesfregaço de papanicolau ainda permanece como o teste de rastreio de câncer mais bem sucedido jamais desenvolvido oexame citológico pode detectar a nic muito antes de qualquer anormalidade ser visualisada grosseiramente o acompanhamento destas mulheres mostrou que as alterações epiteliais pré cancerosas nic podem preceder o desenvolvimento de um câncer franco em muitos anos as alterações pré cancerosas chamadas de nic podem iniciar como nic de ba...
http://patomulher.blogspot.com/2010/06/neplasia-intra-epitelial-cervical-e.html
*  Pesquisa de informação médica (carcinoma de células gigantes • FAQ)
Carcinoma epidermóide invasivo Ulcerado minha tia , descobriu que possoui isso .. eu vi na internet que cardinoma e um cancer maligno .. mnas eu vi algumas coisas sobre Carcinoma ductal invasivo tem cura .. + info o que quer dizer,carcinoma neuroendócrino de alto grau,metastático.. Trata-se de um tumor maligno que invadiu algum ducto de alguma glândula vc não mencionou que órgão se trata, e há vários carcinomas ductuais. Se for um carcinoma ductual de mama o mais comum , algumas informações podem ser úteis pra vc: Quase todos os tumores malignos da mama têm origem nos ductos ou nos lóbulos da mama, que são tecidos glandulares. Os dois tipos mais frequentes são o carcinoma ductal e o carcinoma lobular. ... Carcinoma ductal invasor ou invasivo CDI : este é o cancro da mama mais frequente. Cerca de 80 por cento dos cancros da mama invasores ou invasivos são carcinomas ductais. ... Existem vários tipos de cirurgia para o cancro da mama, que são indicados de acordo com a fase evolutiva do tumor, a sua localização ...
https://lookformedical.com/faq.php?lang=3&q=carcinoma de células gigantes&from=40
*  Carcinoma epidermóide oral
... redirecionamento câncer de boca...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_epidermóide_oral
*  Câncer de Pele
... Melanomas são muito menos comuns do que de células basais e escamosas cânceres de células da pele, mas podem ser muito mais grave. Mas, se deixados sozinhos, o melanoma é muito mais provável a se espalhar para outras partes do corpo, onde ele pode ser muito difícil de tratar. Postado por GB Marketing. Enviar por e-mail. Basais e escamosas células cancerígenas câncer de queratinócitos. Câncer de células basais e células cancerígenas escamosas são os cânceres mais comuns da pele. Eles desenvolvem a partir de células da pele chamadas queratinócitos.Ambos os cânceres basocelulares e de células escamosas são encontradosprincipalmente em partes do corpo expostas ao sol, como a cabeça eo pescoço, e sua ocorrência está relacionada à quantidade de exposição ao sol uma pessoa teve. Esses cânceres tumores de células basais, especialmente raramente se espalhar em outras partes do corpo e são muito menos prováveis do que melanomas ser fatal. Postado por GB Marketing. Enviar por e-mail. O que é câncer de pele. Há dois...
http://cancer-pele.blogspot.com/
*  Squamous Cell Carcinoma
......
http://marvistavet.com/html/squamous_cell_carcinoma.html
*  Espinalioma
... redirecionamento carcinoma de células escamosas...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Espinalioma
*  Carcinoma hepatocelular
... redirect hepatocarcinoma...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_hepatocelular
*  Imuno-histoquímica
A coloração imuno histoquímica é amplamente utilizada no diagnóstico de células anormais, tais como aquelas encontradas em neoplasias. Actina : marcador mioepitelial; útil para leiomiossarcoma positivo, câncer papilar de mama negativo e outros; Alfafetoproteína AFP : marcador de tumores de células germinativas seio endodérmico e carcinoma hepatocelular ; BCL-2: é uma oncoproteína ; linfoma folicular x hiperplasia reacional, subtipos de linfomas, carcinomas e sarcomas; CA 125: Marcador de carcinoma de ovário, vesículaseminal, colo uterino, endométrio, trato gastrintestinal, tireóide e mama; CEA antígeno cárcino-embriônico : marcador de antígeno oncofetal - subtipos de adenocarcinoma, carcinoma hepatocelular padrão canalicular, negativo no mesotelioma. Depois de uma metástase ter sido determinada como um carcinoma, por exemplo, um painel de tecidos ou órgãos marcadores específicos podem ser usados em uma tentativa de determinar ou sugerir a origem....
https://pt.wikipedia.org/wiki/Imuno-histoquímica
*  Câncer de Mama - diagnóstico e tratamento
... O câncer de mama é uma das formas mais freqüentes de câncer entre mulheres, sendo mais comum entre as mais velhas. Quando o câncer cresce no tecido da mama e espalha-se para fora as células cancerosas podem geralmente ser encontradas no gânglios linfáticos abaixo dos braços. Se o câncer alcançou esses gânglios, isso significa que pode ter se espalhado, ou metastizado, para outras partes do corpo. Há várias formas de tratamento para o câncer de mama, mas todas elas funcionam melhor se a doença for diagnosticada cedo. Com a detecção prematura e tratamento rápido e apropriado, as perspectivas para mulheres com câncer de mama podem ser positivas. Os testes para detecção precoce do câncer de mama incluem, entre outros, exames clínicos da mama e mamografia. O National Cancer Institute dos Estados Unidos dá a seguinte recomendação para a mamografia: * Mulheres acima dos 40 anos devem fazer mamografia a cada um ou dois anos. * Mulheres que têm o risco maior que a média para câncer de mama devem procurar orientaç...
http://copacabanarunners.net/cancer-de-mama.html
*  Que é Cancro Da Mama?
Que é Cancro Da Mama. News A-Z. Medical News 'Tweets'. News. Que Cancro Da Mama. Destes, 80% estão sobre 50 mas umas mulheres mais novas, e em casos raros, homens, pode igualmente ficar o cancro da mama. Estes são conectados ao bocal por uma rede de canais do leite. Igualmente mostra os nós de linfa perto do peito. Que é cancro da mama. A doença ocorre quase inteiramente nas mulheres, mas os homens podem obtê-la, demasiado. Sintomas do cancro da mama O Cancro da mama pode ter um número de sintomas mas geralmente mostras como uma protuberância ou engrossamento no tecido do peito. Tipos de cancro da mama Há diversas variedades de cancro da mama. Cancro da mama Não Invasor O cancro da mama Não Invasor é sabido igualmente como pilhas in situ do cancro ou de carcinoma, ou pre-cancerígenos. Cancro Invasor O cancro Invasor é mais agressivo e espalha fora do peito. O formulário o mais comum do cancro da mama é cancro da mama ductal invasor. Outros tipos de cancro da mama As variedades Menos comuns de cancro da mama i...
http://news-medical.net/health/What-is-Breast-Cancer-(Portuguese).aspx
*  Oncologia: Aparelho Disgestivo
... Joomla Templates Web Hosting Free Money. Oncologia: Aparelho Digestivo. Menu Principal. Página Inicial. Livro de Visitas. O que é o Cancro. O que é o Cancro. Actividades Realizadas. Dia 4 de Fevereiro: Dia Mundial Contra o Cancro. Tapete Pela Vida. Cancro da Boca. A Boca e o Cancro. O Cancro dos Lábios. O Cancro das Gengivas. Fontes Bibliográficas. Cancro Colo-Rectal. O Intestino Grosso e o Cancro. Factores de Risco. Manifestações e Sintomas da doença. Diagnóstico e Rastreio da doença. Tratamentodo Cancro do Colo-Rectal. Fontes Bibliográficas. Cancro do Esófago. O Esófago e o Cancro. Factores de Risco do Cancro do Esófago. Manifestações e Sintomas da Doença. Diagnóstico e Rastreio da Doença. Tratamento do Cancro do Esófago. Cancro do Estômago. O Estômago e o Cancro. Factores de Risco. Manifestações e Sintomas da Doença. Diagnóstico e Rastreio da Doença. Tratamento da Doença. Fontes Bibliográficas. Cancro do Fígado. O Fígado e o Cancro. Factores de Risco. Manifestação e Sintomas da Doença. Diagnóstico e R...
http://c.digestivo.freehostia.com/
*  Câncer de mama deixa mulher vulnerável a infecções mesmo depois do tratamento - Minha Saúde - i
Estudo mostra que a quimioterapia destrói células de defesa de mulher que tenha sido vacinada contra tétano e pneumonia, por exemplo Uma pesquisa publicada nesta terça-feira 26 no periódico Breast Cancer Research mostra que mulheres que tiveram câncer de mama no passado podem não recuperar completamente o sistema de defesa do corpo, se tornando alvo mais fácil de infecções comuns e que já haviam sido tratadas com vacinações. Medindo os níveis dos anticorpos e linfócitos grupo de células brancas do sangue que está envolvida na resposta imune, os cientistas da Universidade de Leeds e do NHS da Inglaterra descobriram que a quimioterapia reduzia os níveis de alguns dos componentes do sistema imune das sobreviventes do câncer. Níveis de linfócitos foram medidos antes da quimioterapia e entre dois e nove meses depois do tratamento. Descobriu-se que o impacto da quimioterapia em muitos linfócitos era curto, com uma recuperação completa entre nove meses do término da quimioterapia. No entanto, as drogas anti-câncer t...
http://saude.ig.com.br/minhasaude/2016-01-26/cancer-de-mama-deixa-mulher-vulneravel-a-infeccoes-mesmo-depois-do-tratamento.html
*  Câncer de Fígado, Causa, O que é Câncer de Fígado
Câncer de Fígado. Câncer de Fígado. O câncer primário de fígado pode ser: Hepatoma ou carcinoma hepatocelular - desenvolve-se a partir das células do fígado hepatócitos ; Carcinoma de ducto biliar - origina-se das células do ducto biliar. Tratamentos Quando o tumor está restrito a uma parte do fígado, a remoção cirúrgica é o tratamento mais adequado, seguida ou não de quimioterapia. Se mais do que ¾ do fígado já estão tomados pelo câncer ou quando já se espalhou para outras partes do corpo, a quimioterapia costuma ser a opção de tratamento para controlar o avanço da doença. O hepatocarcinoma ou Carcinoma Hepatocelular é o tumor primário maligno mais comum do fígado, é um dos tumores mais freqüentes da espécie humana. Alguns tumores hepáticos e tumores testiculares podem produzir essa substância que é detectada no sangue o que ajuda o médico no diagnóstico. O tratamento com quimioterapia está indicado quando se tem múltiplos hepáticos, acometendo os dois lados do órgão, tumores volumosos que invadem os vasos q...
http://portalsaofrancisco.com.br/alfa/cancer-de-figado/index.php
*  Cancro do fígado
... redirect hepatocarcinoma...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Cancro_do_fígado
*  Câncer no Figado - Tratamento
câncer no figado tratamento tratamento do câncer do fígado atualmente existem várias opções terapêuticas para o tratamento do câncer do fígado o câncer pode ser primário do próprio fígado ou metastático proveniente de outro órgão estas opções terapêuticas podem ser utilizadas individualmente ou associadas dependendo do tipo do tumor extensão e estado geral do paciente citamos ressecção do tumor hepático cirurgia transplante de fígado ablação por radiofrequência alcoolização quimioembolização quimioterapia sistêmica   todos os direitos reservados clínica gbs serviços médicos criação de designer emerson alve s...
http://tratamentodofigado.com.br/cancer-no-figado.html
*  Tratamento do Carcinoma Basocelular - Câncer de pele - Dr. Gustavo Alonso
Cirurgia de câncer de pele. Tratamentos para o carcinoma basocelular O carcinoma basocelular tem cura. Como regra o melhor tratamento para o carcinoma basocelular é a cirurgia, mas existem outros tratamentos:. A destruição por congelamento do tumor é bastante eficaz no tratamento do carcinoma basocelular. Radioterapia no tratamento do carcinoma basocelular :. Radioterapia pode ser usada como tratamento primário do CBC com intenção curativa, ou como tratamento associado. Tem uma boa resposta terapêutica e um excelente resultado cosmético. Imiquimod no tratamento do carcinoma basocelular:. Tem boa resposta terapêutica e excelente resultado cosmético. Seu uso deve ser sempre supervisionado por um médico especialista. Tratamento do carcinoma basocelular com imiquimod tópico. Tratamentos cirúrgicos para o carcinoma basocelular Cirurgia para carcinoma basocelular :. É o método de escolha no tratamento do carcinoma basocelular .A cirurgia remove o tumorjuntamente com margem de segurança de pele normal. A cirurgia qu...
http://cancerdepele.net.br/carcinoma-basocelular/tratamento
*  DermIS - Carcinoma basocelular (Informação sobre o diagnóstico )
dermis carcinoma basocelular informação sobre o diagnóstico doia pedoia information modules organisations user input info related pedoia same page in pedoia diagnósticos diferenciais superficial papillary adenomatosis carcinoma sebaceous glands linfoma n o hodgkin tricoepitelioma neurotrophic ulcer related links search www google pt for carcinoma basocelular medline mesh search string by alphabet a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z by localization carcinoma basocelular definição neoplasia maligna da pele que raramente metastatiza mas tem potencial de invasão e destruição local clinicamente é dividida em tipos nodular cicatricial morfeiforme e eritematóide pagetóide mais de desses carcinomas ocorrem em pacientes acima dos anos desenvolvem se em pele com pêlos mais comumente em áreas expostas ao sol aproximadamente são encontrados na área de cabeça e pescoço e os remanescentes no tronco e membros dorland ª ed devita jr et al cancer principles practice of oncology d ed p sinónimos carcinoma basoc...
http://dermis.net/dermisroot/pt/18406/diagnose.htm
*  DermIS - Carcinoma basocelular, Morfeiforme (Informação sobre o diagnóstico )
dermis carcinoma basocelular morfeiforme informação sobre o diagnóstico doia pedoia information modules organisations user input info related doia same page in doia diagnósticos diferenciais radiodermatite cr nica esclerodermia localizada cicatriz hipertr fica quel ides em cicatrizes tricoepitelioma related links search www google pt for carcinoma basocelular morfeiforme search string by alphabet a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z by localization carcinoma basocelular morfeiforme definição variante do carcinoma basocelular caracterizada por placas amareladas espessadas é impossível definir a margem exata da lesão a palpação revela textura cutânea firme ocorre principalmente no nariz bochechas e testa ulceração é incomum sinónimos carcinoma basocelular morfeiforme imagens...
http://dermis.net/dermisroot/pt/19081/diagnosep.htm
*  Expressão de proteínas associadas à membrana basal no carcinoma basocelular
... Repositório Digital. Português. English. Español. A- A A+. MAPA DO SITE. Expressão de proteínas associadas à membrana basal no carcinoma basocelular. JavaScript is disabled for your browser. Some features of this site may not work without it. Página inicial. Eventos UFRGS. Salão de Iniciação Científica. XV Salão de Iniciação Científica - 2003. Ciências da Saúde. Visualizar item. Expressão de proteínas associadas à membrana basal no carcinoma basocelular. Mostrar registro completo. Para citar ou acessar este item utilize: http://hdl.handle.net/10183/65793. Evento. Salão de iniciação Científica 15. : 2003 nov. 24-28 : UFRGS, Porto Alegre, RS. Título. Expressão de proteínas associadas à membrana basal no carcinoma basocelular. Autor. Arend, Felipe Lohmann. Velho, Fernanda Araújo Britto. Rosa, Giovana Massotti da. Dewes, Leandro. Dewes, Homero. Orientador. Lopes, Rui Fernando Felix. Contido em. Salão de Iniciação Científica 15. : 2003 : Porto Alegre. Livro de resumos. Porto Alegre : UFRGS, 2003. Sessão. Nefr...
http://lume.ufrgs.br/handle/10183/65793
*  Carcinoma basocelular pigmentado: relação clínico-patológica e importância
... Repositório Digital. Português. English. Español. A- A A+. APRESENTAÇÃO. POLÍTICA. ESTATÍSTICAS. MAPA DO SITE. Carcinoma basocelular pigmentado: relação clínico-patológica e importância. JavaScript is disabled for your browser. Some features of this site may not work without it. Página inicial. Eventos UFRGS. Salão de Iniciação Científica. IV Salão de Iniciação Científica - 1992. Ciências Biológicas. Visualizar item. Carcinoma basocelular pigmentado: relação clínico-patológica e importância. Mostrar registro completo. Estatísticas. Para citar ou acessar este item utilize: http://hdl.handle.net/10183/137866. Evento. Salão de Iniciação Científica 04. : 1992 out. 26-30 : UFRGS, Porto Alegre, RS. Título. Carcinoma basocelular pigmentado: relação clínico-patológica e importância. Autor. Goldspa, L. Dieoold, D. Orientador. Bakos, L. Contido em. Salão de Iniciação Científica 04. : 1992 : Porto Alegre, RS. Livro de resumos. Porto Alegre : UFRGS/PROPESQ, 1992. Assunto. Ciências biológicas. Tipo. Resumo publicado ...
http://lume.ufrgs.br/handle/10183/137866
*  DermIS - Carcinoma basocelular pigmentado (Informação sobre o diagnóstico )
DermIS - Carcinoma basocelular pigmentado Informação sobre o diagnóstico. DOIA. PeDOIA. information modules. organisations. user input. Info. related DOIA Same page in DOIA diagnósticos diferenciais Melanoma extensivo superficial MES 2 Melanoma nodular MN 2 Lentigo maligno-melanoma LMM 0 Skin Metastases of Melanoma / Skin Tumours 2 Fibroma duro 0 Tumor de c lulas fusiformes pigmentado de Reed 1 Nevo Azul 5 Nevo nevoc tico 23 Queratose seborr ica 0 Dermatofibroma 2 Hemangioma 18 Fibroepithelioma Pinkus 0 related links Search www.google.pt for 'Carcinoma basocelular pigmentado'. search string. by alphabet * a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z. by localization. Carcinoma basocelular pigmentado definição Variante do carcinoma basocelular caracterizado por nódulo bem definido, irregularmente pigmentado, com vasos telangiectásicos em sua superfície. O centro pode ser deprimido ou ulcerado. A cor varia de marrom claro a negro. O tumor pode lembrar melanoma maligno. sinónimos Carcinoma basocelular pig...
http://dermis.net/dermisroot/pt/18473/diagnosep.htm
*  Os principais tipos de câncer de pele - PEBmed
Os principais tipos de câncer de pele. Os principais tipos de câncer de pele. A cada ano no Brasil, mais de 30 mil novos casos de câncer de pele são registrados pelo Instituto Nacional do Câncer INCA . A exposição excessiva ao sol é a principal causa da doença. Os tipos mais comuns são os carcinomas basocelulares e os espinocelulares. O carcinoma basocelular é o tipo mais prevalente e surge nas células basais, que se encontram na camada mais profunda da epiderme. Os CBCs surgem mais frequentemente em regiões com maior exposição ao sol, como face, orelhas, pescoço, couro cabeludo, ombros e costas. O tipo mais encontrado é o nódulo-ulcerativo, que se traduz como uma pápula vermelha, brilhosa, com uma crosta central, que pode sangrar com facilidade. Assim como outros tipos de câncer da pele, a exposição excessiva ao sol é a principal causa do CEC, mas não a única. Tipo menos frequente dentre todos os cânceres da pele, o melanoma tem o pior prognóstico e o mais alto índice de mortalidade. Pessoas de pele clara, c...
http://pebmed.com.br/2016/11/11/os-principais-tipos-de-cancer-de-pele/
*  Alergodermatologia: Câncer da Pele
Câncer da Pele. Carcinoma Basocelular O carcinoma basocelular basalioma ou epitelioma basocelular é um tumor maligno da pele. Por ser um tumor de crescimento muito lento e que não dá metástases não envia células para outros órgãos , é o de melhor prognóstico entre os cânceres da pele. Existem outras formas de apresentação do carcinoma basocelular e o diagnóstico deve ser feito por um profissional capacitado. O carcinoma espinocelular espinalioma ou epitelioma espinocelular é um tumor maligno da pele, representando cerca de 20 a 25% dos cânceres da pele. O espinalioma tem o crescimento mais rápido que o carcinoma basocelular , atinge a pele e as mucosas lábios, mucosa bucal e genital e pode enviar metástases para outros órgãos se não for tratado precocemente. É, portanto, fundamental o diagnóstico e tratamento precoce do câncer para evitar o envio de células tumorais para outros órgãos. Tratamento : O tratamento do carcinoma espinocelular é cirúrgico, através da retirada total da lesão e deve ser realizado o m...
http://alergodermatologia.blogspot.com/2008/06/cncer-da-pele.html
*  Carcinoma
Indivíduos que trabalham com exposição direta ao sol são mais vulneráveis ao câncer de pele não melanoma. Esse tipo de câncer é mais comum em adultos com picos de incidência por volta dos 40 anos. A maior incidência deste tipo de câncer de pele se dá na região da cabeça e do pescoço que são justamente os locais de exposição direta aos raios solares. O carcinoma basocelular e o carcinoma epidermoide, também chamados de câncer de pele não melanoma , são os tipos de câncer de pele mais freqüentes 70% e 25%, respectivamente. O carcinoma basocelular é o mais frequente dos cânceres de pele, correspondendo a cerca de 75% dos cânceres não melanoma diagnosticados. Nos Estados Unidos, a média é de 191 pessoas diagnosticadas por cem mil pessoas brancas. O câncer de pele não melanoma é o tipo de câncer mais frequente na população brasileira. Segundo as Estimativas sobre Incidência e Mortalidade por Câncer do Instituto Nacional de Câncer INCA , dos 402.190 novos casos previstos para o ano de 2003, o câncer de pele não mel...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Carcinoma
*  CARCINOMA BASOCELULAR | Câncer de pele | MediFoco
O grande responsável pelo surgimento de cânceres de pele é a radiação ultravioleta RUV emitida pelo sol, responsável também pelo bronzeamento, envelhecimento e até queimadura solar. Os mais comuns cânceres de pele são Carcinoma basocelular e o Carcinoma espinocelular, mas o Melanoma é o mais agressivo. A nossa pele é formada de camadas com várias células distribuídas, o crescimento exagerado de alguma dessas células é que originam o câncer. Este pode iniciar como uma pinta, mancha ou tipo uma v erruga. Surge principalmente como um nódulo elevado na pele, perolado que pode apresentar pequenas veias no seu interior telangectasias. Procure imediatamente um dermatologista quando suspeitar de qualquer lesão, pois o melhor diagnóstico é a através da biopsia da lesão. E o tratamento consiste em retirada da lesão quando possível, ou também outros métodos como eletrocoagulação, radioterapia. Por isso evite se expor ao sol sem proteção, use protetor solar todos os dias mesmo em dias nubl...
http://medifoco.com.br/carcinoma-basocelular-cancer-de-pele/
*  Carcinoma Basocelular - SkinCancer.org
... Skin Cancer Foundation. Related: What Is Skin Cancer. Skin Cancer Information. Skin Cancer Information. Related: What Is Skin Cancer. Physician Membership. O c ncer de pele mais comum O carcinoma basocelular CBC o tipo mais comum de c ncer de pele: anualmente, afeta aproximadamente um milh o de habitantes dos Estados Unidos. Os CBCs raramente s o mortais e, ao contr rio do carcinoma de c lulas escamosas e do melanoma o segundo e o terceiro tipos de c ncer de pele mais comuns, raramente se disseminam al m de seu local de origem. Os cinco sinais de advert ncia do carcinoma basocelular Com frequ ncia, duas ou mais das caracter sticas a seguir est o presentes em um tumor. Na maioria das vezes, o tratamento pode ser realizado no pr prio consult rio m dico ou em uma cl nica, sem necessidade de hospitaliza o. O procedimento, com taxa de cura de aproximadamente 95%, pode ser repetido duas ou mais vezes, para assegurar a elimina o de todas as c lulas cancerosas. A t cnica pode n o ser t o til para CBCs agressivos...
http://skincancer.org/pt-PT/basal-cell-carcinoma
*  Câncer de pele: Tipos, tratamento e prevenção.
... O c ncer de pele o aumento incontrol vel das c lulas cut neas anormais. Carcinoma basocelular: O tipo mais comum aquele que se origina atrav s do crescimento anormal das c lulas presentes na camada mais profunda da epiderme. Carcinoma de c lulas: Nesse tipo de tumor as c lulas que est o na parte central da epiderme se modificam. Assim como os outros tipos de c ncer, importante que essa doen a seja descoberta logo no in cio. Lembre-se de verificar bem todo o corpo. Aten o: Pessoas com hist rico de c ncer de pele na fam lia est o no grupo de risco, assim como pessoas que vivem e trabalham em lugares com muito sol. Nesse ltimo caso o meio de preven o mais indicado o uso de protetor solar todos os dias, inclusive nos dias nublados e chuvosos. Nessa op o deve-se levar em contato tipo do c ncer de pele e em que est gio se encontra. Nele s o indicados medicamentos- que v o sensibilizar as c lulas cancerosas - para o paciente e junto s o feitas sess es de exposi o do tumor luz de lazer. Quimioterapia : Indicado ...
http://saredrogarias.com.br/noticia/cancer-de-pele
*  Categoría:Tumores benignos
categoría tumores benignos categoría tumores benignos categoría oncología categoría neoplasias...
https://es.wikipedia.org/wiki/Categoría:Tumores_benignos
*  Multicenter primary adenocarcinoma with 12 foci: case report and literature review
O estudo anatomopatol gico mostrou 12 focos de adenocarcinomas prim rios comprometendo intestino delgado oito focos, v lvula ileocecal, ap ndice cecal e intestino grosso c lon ascendente e transverso. ABSTRACT A rare case of synchronous multicenter primary adenocarcinoma in the small intestine, cecal appendix and large intestine, in an 82-year-old man with a condition of acute abdominal inflammation, is reported. The anatomopathological evaluation showed 12 foci of primary adenocarcinomas affecting the small intestine eight foci, ileocecal valve, cecal appendix and large intestine ascending and transverse colon. Encontramos na literatura, atrav s da pesquisa no PubMed, apenas nove casos de adenocarcinomas sincr nicos multic ntricos de intestino delgado e grosso 1,3-10, excluindo os adenocarcinomas associados s s ndromes heredit rias de c ncer colo-retal, como a polipose adenomatosa familiar, nas quais os carcinomas do intestino delgado s o em geral em torno da ampola de Vater 11. Aqueles autores descrevem um ...
http://scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-98802011000200013&lng=en&nrm=iso&tlng=en
*  Adenocarcinoma versus carcinoma epidermóide: análise de 306 pacientes em hospital universitário
... English epdf. Portuguese epdf. How to cite this article. Send this article by e-mail. Adenocarcinoma versus carcinoma epidermóide : análise de 306 pacientes em hospital universitário. cir. RACIONAL: A literatura médica tem registrado aumento progressivo e significativo da prevalência do adenocarcinoma do esôfago nos últimos anos e este fato tem importância epidemiológica nos tratamentos a serem instituídos, na evolução e prognóstico dos doentes. OBJETIVO: Analisar dados epidemiológicos dos carcinomas epidermóides e adenocarcinomas. MÉTODOS: Estudo retrospectivo dos tumores de esôfago em hospital universitário analisando a prevalência dos carcinomas epidermóides e adenocarcinomas, suas respectivas localizações, tipos histopatológicos, os hábitos, as características de cor, sexo, idade e procedência dos doentes. Foram revistos os prontuários dos doentes operados e tratados por adenocarcinomas e carcinomas epidermóides do esôfago no período de 1983 a 2010. RESULTADOS: Foram estudados 306 doentes assim distr...
http://scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0102-67202011000400005&lng=en&nrm=iso&tlng=pt
*  Pesquisa de informação médica (adenocarcinoma sebáceo • FAQ)
FAQ o que significa quando uma paciente é portadora da patologia CID C-20, adenocarcinoma de reto estadio 3. Ainda não sabemos a extensão do tumor, que vai ser retirado em cirurgia em breve, mas já estou buscando mais informações sobre a doença. Câncer é uma doença muito mistificada, sobre a qual não se fala, e tenho experimentado isso em minha família. Gostaria de saber como é o tratamento pra esse tipo de câncer e as chances de cura. Suas células são parecidas com as células que o originou e, quanto mais parecido, melhor. Infelizmente é um tipo de câncer, vc deve ter tido esse resultado através de uma biópsia, leve ao seu médico e quanto ante começar o tratamento melhor o prognóstico. Adenocarcinoma é um câncer neoplasia maligna que se origina em tecido glandular. Para ser classificado como um adenocarcinoma, as células não necessariamente precisam fazer parte de uma glândula, contanto que elas tenham características secretórias. O termo adenocarcinoma é derivado de 'adeno', que significa 'pertencente a uma...
https://lookformedical.com/faq.php?lang=3&q=adenocarcinoma sebáceo&from=32
*  Adenocarcinoma de endométrio
adenocarcinoma de endométrio adenocarcinoma de endométrio o adenocarcinoma de endométrio é uma moléstia de fêmeas idosas é raro em animais exceto em coelhas e vacas em coelhos o adenocarcinoma de endométrio ocorre comumente após dois anos de idade e isoladamente e isoladamente constituí a neoplasia mais comum dessa espécie em vacas o de ocorre com menos freqüência mais constitui a terceira neoplasia de ocorrência nessa espécie localizado na parede do corno uterino freqüentemente próximo do corpo habitualmente sua superfície é contraída ocorrem lesões metastáticas nos pulmões linfonodos e vários outros órgãos ao microscópio as lesões são de caráter cirrótico apresentando um componente de tecido conjuntivo colagenoso denso conspícuo em outras espécies de animais domésticos o de endométrio é extremamente raro categoria doenças animais...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Adenocarcinoma_de_endométrio
*  Adenocarcinoma de Intestino Grosso Foreign Language Flashcards - Cram.com
... Chinese, Pinyin Chinese, Simplified Chinese, Traditional English French German Italian Japanese Japanese, Romaji Korean Math / Symbols Russian Spanish. Chinese, Pinyin Chinese, Simplified Chinese, Traditional English French German Italian Japanese Japanese, Romaji Korean Math / Symbols Russian Spanish. Adenocarcinoma de Intestino Grosso. Adenocarcinoma De Intestino Grosso by. Shuffle Toggle On Toggle Off Alphabetize Toggle On Toggle Off Front First Toggle On Toggle Off Both Sides Toggle On Toggle Off Read Toggle On Toggle Off. Ceco e ascendente: 25% Transverso: 15% Descendente, sigmóide e reto: 60% - A maioria do Ca de cólon é detectada pela retossigmoidoscopia. -Clister opaco e colonoscopia após 2 a 3 meses da cirurgia -colonoscopia anual nos primeiros 4 anos - exame físico e provas de fç hepática, hemograma e bioquímica 3/3 meses, 6/6 meses e anual - Rx tórax - CEA 3/3 meses 2a e 4/4 meses, anual. Não é consenso: - TR anual após os 40 anos - Sangue oculto anual após os 50 anos - Fibrossigmoidoscopia a ...
http://cram.com/flashcards/adenocarcinoma-de-intestino-grosso-288298
*  Recidiva pélvica de adenocarcinoma de reto: abordagem cirúrgica
... Portuguese epdf. Article references. How to cite this article. Send this article by e-mail. Cited by SciELO. Cited by Google. Recidiva pélvica de adenocarcinoma de reto : abordagem cirúrgica. A recidiva pélvica após ressecção cirúrgica do câncer do reto varia de 3% a 35% em cinco anos. A radioterapia e quimioterapia podem ser utilizadas como métodos paliativos, e os melhores resultados podem ser conseguidos com a cirurgia radical. OBJETIVO: Avaliar os doentes que foram submetidos à cirurgia por recidiva pélvica no Hospital das Clínicas da Unicamp, pelo Grupo de Coloproctologia. CASUÍSTICA E MÉTODO: Entre 1999 e 2007, 26 doentes com recidiva pélvica após cirurgia para ressecção de câncer do reto foram avaliados. Dados clínicos, estadiamento oncológico, cirurgia realizada inicialmente, ressecabilidade cirúrgica da recidiva e seguimento foram analisados. RESULTADOS: A cirurgia inicial mais comum foi a retossigmoidectomia com anastomose colorretal 46,1%. Cinco de 26 doentes apresentavam perfuração tumoral na...
http://scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0101-98802008000100006&lng=en&nrm=iso&tlng=pt
*  Adenocarcinoma de esôfago
... redirect câncer esofágico...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Adenocarcinoma_de_esôfago
*  Adenocarcinoma esofageo
... rinvia carcinoma dell esofago...
https://it.wikipedia.org/wiki/Adenocarcinoma_esofageo
*  Antecedentes familiares de cancro da mama não influenciam prognóstico da doença | ALERT® ONLINE
Antecedentes familiares de cancro da mama não influenciam prognóstico da doença. Antecedentes familiares de cancro da mama não influenciam prognóstico da doença. Um novo estudo levado a cabo por cientistas brit nicos revela que mulheres com cancro da mama e antecedentes familiares da doen a n o apresentam pior progn stico ap s tratamento do que outras mulheres com a mesma doen a. Contudo, ser que as mulheres com um risco elevado de cancro da mama devido ao hist rico familiar apresentam um progn stico mais desfavor vel do que aquelas que n o t m antecedentes da doen a na fam lia. Para responder quest o, cientistas da Universidade de Southampton e do Hospital Universit rio de Southampton analisaram os resultados do estudo Resultados Prospetivos em Cancro da Mama Espor dico versus Heredit rio Prospective Outcomes in Sporadic versus Hereditary breast cancer ou POSH, sigla inglesa a 2.850 mulheres com menos de 41 anos de idade que tinham sido diagnosticadas com cancro da mama e foram tratadas no Reino Unido. Este ...
http://alert-online.com/pt/news/health-portal/antecedentes-familiares-de-cancro-da-mama-nao-influenciam-prognostico-da-doenca
*  Bronchogenic carcinoma: incidence of metastases to normal sized lymph nodes.
bronchogenic carcinoma incidence of metastases to normal sized lymph nodes...
http://thorax.bmj.com/content/50/12/1267.long
*  Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson Amphitheatre on... Fotografia de notícias | Get
Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson Amphitheatre on... Fotografia de notícias. Coleções de imagens. Coleções de conteúdo editorial. Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson Amphitheatre on November 3, 2012 in Universal City, California. Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson Amphitheatre on November 3, 2012 in Universal City, California. Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson Amphitheatre on November 3, 2012 in Universal City, California. Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson Amphitheatre on November 3, 2012 in Universal City, California. Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson Amphitheatre on November 3, 2012 in Universal City, California. Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson Amphitheatre on November 3, 2012 in Universal City, California. Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson Amphitheatre on November 3, 2012 in Universal City, California. Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson Amphitheatre...
http://gettyimages.pt/detail/fotografia-de-notícias/singer-alejandra-guzman-performs-on-stage-at-fotografia-de-notícias/155426581
*  Carcinoma medular da tiroide
... é um tumor maligno da tiroide são dos cancros da tiroide é um tumor neuroendócrino epidemiologia patologia e genética sinais e sintomas terapêutica epidemiologia mais frequente em indivíduos com anos patologia e genética são frequentes as mutações nos genes ret microscopicamente há áreas de necrose que alternam com ninhos de células cancerosas e regiões fibrosadas pode haver depósitos de amilóide formados de calcitonina secretada sinais e sintomas o diagnóstico é confirmado com a detecção de níveis altos de calcitonina e outras hormonas como vip somatostatina ou serotonina no entanto não há sinais de hipercalcémia excesso de cálcio no sangue os sintomas são devidos à compressão de outras estruturas como a laringe e esófago se o tumor secretar outras hormonas além da calcitonina pode haver sintomas devidos a níveis excessivos dessa hormona terapêutica é cirúrgica apenas tiroidectomia já que o tumor não concentra iodo como os das células foliculares o prognóstico é intermediário entre o carcinoma folicular...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_medular_da_tiroide
*  Neoplasia cística mucinosa do pâncreas
... neoplasias císticas mucinosas pancreáticas ou tumores císticos mucinosos são um grupo de neoplasia s císticas que se formam no pâncreas categoria cancro do pâncreas categoria doenças do pâncreas...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Neoplasia_cística_mucinosa_do_pâncreas
*  Carcinoma de pulmão pequenas células
... redirecionamento carcinoma de células pequenas...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_de_pulmão_pequenas_células
*  Chénens
... info comuna da suíça nome chénens bfs cantão friburgo distrito sarine imagem distrikto sarino foto dietrich michael weidmann jpg legenda brasão chénens coat of arms svg área altitude população densidade censos adjacentes autigny la brillaz la folliaz villorsonnens fracções lentigny lovens onnens prefixo tel cód postal coordenadas n e línguas francês mapa karte gemeinde chénens png website www chenens ch chénens é uma comuna da suíça no cantão friburgo com cerca de habitantes estende se por uma área de km de densidade populacional de hab km confina com as seguintes comunas autigny la brillaz la folliaz villorsonnens a língua oficial nesta comuna é o francês categoria comunas da suíça categoria comunas de friburgo cantão...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Chénens
*  Cancro da tiróide
... redirect tumor da tiroide...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Cancro_da_tiróide
*  ✓ Breastfast - eficiente de aumento de mama - a naturalmente e com segurança
peitos grandes, seios grandes, como aumentar os seios, seios pequenos, aumentar seios, como aumentar o peito, aumentar peito, aumentar o peito, silicone antes e depois, mamoplastia de aumento, seios bonitos, lindos seios, silicone nos seios, como fazer os seios crescerem, como aumentar os seios naturalmente, mamoplastia antes e depois, alimentos que aumentam os seios, aumentar os seios A partir de vários threads. peitos grandes, seios grandes, como aumentar os seios, seios pequenos, aumentar seios, como aumentar o peito, aumentar peito, aumentar o peito, silicone antes e depois, mamoplastia de aumento, seios bonitos, lindos seios, silicone nos seios, como fazer os seios crescerem, como aumentar os seios naturalmente, mamoplastia antes e depois, alimentos que aumentam os seios, aumentar os seios Eles têm uma forma natural apenas da mama, pelo menos outros materiais. peitos grandes, seios grandes, como aumentar os seios, seios pequenos, aumentar seios, como aumentar o peito, aumentar peito, aumentar o peito, si...
http://pt.biggerbreast.eu/
*  Portal dos Peitos - Blog dos peitos: página 2
... Portal dos Peitos. Página inicial Jogo: mais gostosa Melhores fotos * Fotos aleatórias. Procurar por peitos: de morenas de loiras grandes pequenos naturais silicone caseiras com tatuagem muito grandes. Para criar uma conta ou entrar no site, informe. Para entrar, você pode usar e-mail ou usuário. Esse nome será vísivel para todos os outros usuários. Portal dos Peitos. Confira alguns vídeos. e nem sempre os caras aceitam os peitos. Confira alguns vídeos. e nem sempre os caras aceitam os peitos. Portal dos Peitos. Clique sobre os peitos para ver em tela cheia. Clique sobre os peitos para ver em tela cheia. Fernanda - A SG ruiva, morena e tudo mais. Portal dos Peitos. Merece um post só pra ela. Veja as 38 fotos dela. Merece um post só pra ela. Veja as 38 fotos dela. Acesse o post completo. Kate Upton em gravidade zero. Portal dos Peitos. Kate Upton já apareceu por aqui duas vezes, e agora, fez um ensaio de fotos dentro de um avião que simula a gravidade zero. Veja abaixo o vídeo. Kate Upton já apareceu por ...
http://portaldospeitos.com/blog?page=2
*  Projetos de Aprendizagem Mestre Marçal: Como aparece o câncer de mama?
Projetos de Aprendizagem Mestre Marçal: Como aparece o câncer de mama. Projetos de Aprendizagem Mestre Marçal. Páginas. Turmas:. 603. 701. 702. 802. quinta-feira, 24 de novembro de 2011. Como aparece o câncer de mama. CÂNCER DE MAMA. O QUE É CÂNCER DE MAMA. Câncer de mama é o desenvolvimento anormal das células do seio. Estas células crescem e substituem o tecido saudável. Câncer de mama é uma doença tratável. A descoberta precoce é a chave para sobreviver ao câncer de mama. O câncer normalmente começa com um pequeno nódulo que, com o tempo pode crescer e se espalhar para áreas próximas, como os músculos e pele, assim como nódulo de pus sob o braço. Principalmente o tumor pode se espalhar para órgãos vitais como fígado,cérebro, pulmão e espinha. Mais ou menos uma entre oito mulheres desenvolvem câncer de mama. Mesmo com o recente progresso de descoberta precoce e tratamentos aperfeiçoados, o câncer de mama é terceira maior causa de morte para mulheres nos E.U.A. . Como ocorre. A causa do câncer de mama não é ...
http://projetodeaprendizagemmestremarcal.blogspot.com/2011/11/como-aparece-o-cancer-de-mama.html
*  Problemas de sensibilidade de mama | eHow Brasil
Saiba os motivos para ter sensibilidade na mama. Na maioria das vezes, as mulheres adultas n o t m seios sens veis, no entanto, se uma mulher est passando por uma onda de horm nios estrog nio logo antes de seu per odo menstrual, durante a menopausa ou durante o primeiro trimestre da gravidez, isso pode resultar em seios extremamente sens veis. Outras condi es m dicas tamb m podem causar sensibilidade da mama, incluindo a doen a fibroc stica da mama. O tecido nos peitos afetado pelo ciclo reprodutivo, como observado pela Cl nica Mayo. Esta sensibilidade, incluindo a dor, pode aparecer antes dos per odos menstruais, nos est gios iniciais da gravidez ou durante a menopausa. No entanto, algumas mulheres t m problemas de sensibilidade de mama em uma rotina regular, mas este problema diminui durante a gravidez e menopausa, o que aponta para o papel que os horm nios desempenham, de uma maneira ou de outra, em mamas sens veis. Os pesquisadores, no entanto, ainda t m de identificar uma anomalia hormonal espec fica que...
http://ehow.com.br/problemas-sensibilidade-mama-sobre_67928/
*  Mamas (Página 4) - Médico Responde
Mamas Página 4 - Médico Responde. Médico Responde. Pergunte ao Médico Como Funciona Médico Responde / Mamas. Mamas Após correr tinha sangue nos peitos, talvez do mamilo. Dr. Charles Schwambach Um único evento de sangramento no mamilo pode estar associado ao traumatismo do local, sangramento recorrente é preocupante e deve ser investigado, procure um médico. Ao amamentar o meu filho fez uma ferida no mamilo... Dr. Charles Schwambach O ideal é manter a amamentação, mas se estiver com muita dor ou se o ato de mamar do seu bebê continuar a fazer ferida, talvez terá que repensar se continua ou não a amamentação. Está saindo um líquido esbranquiçado dos meus seios. Dr. Charles Schwambach Secreção em mamas não é algo "normal", porém nem sempre significa que existe algo de errado, procure um ginecologista. Até quando os seios se desenvolvem. Dr. Charles Schwambach Os seios somente terminam seu desenvolvimento após a primeira gravidez quando amamentar. Enquanto os seios doerem é porque estão crescendo. Dr. Charles Sch...
http://medicoresponde.com.br/tag/mamas/4/
*  Slog sobre pilula do dia causa dores nos seios
Por Favoor Obg Pela ATEÇÃO de todoos bjos espero a Resposta 11/05/2012 Fiqueei com Deus .... pilula do dia causa dores nos seios por Vanessa gente por favor me ajudem a esclarecer minha duvida eu tomei a pilula do dia seguinte em menos de 24 horas depois da relação sexual,sinto muita senssibilidade nos seios e alem disso hoje acordei e olhei na minha camiseta estava saindo uma secreção dos meus seios, e ai apertei e saiu um liquido de dentro como se fosse um leite ..... Beijos e espero ter ajudado.... pilula do dia causa dores nos seios por lilinha32 Amiga, você diz: fiquei 2 meses sem tomar pra poder limpar um pouco... pilula do dia causa dores nos seios por Karolina Tive relaçao em fevereiro tomei pela 1 vez a pila do dia seguinte pozato uni, em março tomei novamente a mesma pilula ... fiquei 2 meses sem tomar pra poder limpar um pouco... agora em junho tomei novamente, minha mestruaçao veio dia 23 e dia 27 tive releçao dia 9, depois de 4 horas depois tomei a pilula ... ... Slogs relacionados com pilula do ...
http://slogbox.com.br/slog/pilula do dia causa dores nos seios
*  Slog sobre gravidez sintoma seio veia
... Comentários Adicione o seu comentário opcional : * Introduza o seu comentário Seu nome: * Digite seu nome. gravidez sintoma seio veia por. gravidez sintoma seio veia por Candy bom, quirida... há mulheres que têm esse sintoma, sim... nos seios, nas pernas... estrias no seio, etc... mas acho que nada disso ocorre antes duns 3 meses, no mínimo, de gravidez... há mulheres que menstruam no início da gravidez, sim... não é muito comum, mas é possível... =D tá R$10,00, e tu já tira essa cismaaa... Ontem e hj sentie dores no seio.. E hj apreceu umas veais no meu seio.. o que fazer para a bunda e os seios.. meu namorado gozou dentro sera que .. hormonios para aumentar os seios e .. quero comprar esse hormonio o mais rapido, mais não encontro resposta oque f... EXERCICIOS PARA ENDURECER OS SEIOS infelizmente vou ter que sair da pagina do google,e uma pena,queria ver uns e... como fazer para os seios crescerem .. passar cebola nos seios eu tenho 13 anos ja sou formada mas meu seios sao muito pequenininhos o que e.....
http://slogbox.com.br/slog/gravidez sintoma seio veia
*  Slog sobre cadela com as mamas inchadas
... Comentários Adicione o seu comentário opcional : * Introduza o seu comentário Seu nome: * Digite seu nome. cadela com as mamas inchadas por. cadela com as mamas inchadas por ruan minha cadela esta com canser ja sofrendo veterinario quer dar estriquina. cadela com as mamas inchadas por jeniffer boa noite queria saber uma coisa,minha cachorra teve 5 filhotes e teve inchaço tetinha e estourou t carne viva o q eu faço!. Tenho uma Pincher de 5 anos e ja faz uns 2 anos que ela não tem filhotes e ela esta com um inchaço ao lado da mama nas virilhas ....O que será....um câncer. Por favor me ajudem.... cadela com as mamas inchadas por Cybelle Fraga Re: PATRICIA É normal sim, depois da fase chamada estro, ela entra num período que consideramos uma falsa gravidez, por isso as mamas inchadas. cadela com as mamas inchadas por Marlene Por favor, me ajude minha cadela Pintch depois de dois meses que ela entrou no cio ficou com mamas enchadas, muita febre e perda de apetite.Ja levei no veterinario, passou Maxcam, mais m...
http://slogbox.com.br/slog/cadela com as mamas inchadas
*  • Como fazer para crescer os seios mais rápido? • adolescentes-e-pré-adolescentes • gravide
Como fazer para crescer os seios mais rápido. Como fazer para crescer os seios mais rápido. Slog sobre Como fazer crescer os seios mais rapido Slog sobre Como fazer crescer os seios mais rapido. tenho 12 anos eu so a unica que nao tem peito na minha sala morro de vergonha e so fico com blusa de frio.O que ... Slog sobre como se faz para crescer os seios mais rapido Slog sobre como se faz para crescer os seios mais rapido. o que fazer para os seiso crescerem rapido comer alguma coisa eu faço o que pelo amor de deus pode-se comer ... ... seios muitooo pequenos, e ela vive falando que os meus vão crescer, disso eu sei mais quero saber como crescer rápido ... fazer uso de sutiãs que valorizem mais os seios ... Eu estou sem menstruar a quase 6 meses, tenho a menstruação desregulada, tenho possibilidades de engravidar. Eu estou sem menstruar a quase 6 meses, tenho a menstruação desregulada, tenho possibilidades de engravidar. ... seios muitooo pequenos, e ela vive falando que os meus vão crescer, disso eu sei mais ...
http://br.kopea.com/question/606341/como-fazer-para-crescer-os-seios-mais-rápido
*  Campanha incentiva diagnóstico precoce do câncer de mama — Portal Brasil
Ir para o menu 2. Buscar no portal Buscar no portal. Campanha incentiva diagnóstico precoce do câncer de mama. Campanha incentiva diagnóstico precoce do câncer de mama. Formas mais eficazes para detecção são o exame clínico da mama e a mamografia. Durante o mês de outubro, ações em todo o país conscientizam mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce. O câncer de mama é primeira causa de mortes frequentes por câncer em mulheres e a quinta causa de morte por câncer em dados gerais, segundo Organização Mundial da Saúde. Segundo o Instituto Nacional do Câncer INCA, as formas mais eficazes para detecção precoce do câncer de mama são o exame clínico da mama e a mamografia. É necessário que a mulher conheça o próprio corpo e caso veja alguma alteração, já procure atendimento médico, pois o exame das mamas realizado pela própria mulher não substitui o exame físico realizado por profissional de saúde em atendimento hospitalar qualificado para essa atividade. O diagnóstico precoce aumenta a chance de cura do c...
http://brasil.gov.br/saude/2014/10/campanha-incentiva-diagnostico-precoce-do-cancer-de-mama
*  Fatos do cancro da mama, Figuras - eVitamins Brasil
Este artigo explica como o câncer de mama afeta o corpo e fornece fatos e números para esta doença. Por isso, agora é um momento oportuno para aprender tudo sobre o câncer de mama, os fatores de risco e como ele afeta o corpo, na luta com o objectivo de diminuir a probabilidade de esta doença temida entrar vida das mulheres. Antes de ir para a definição de câncer de mama, ajuda a conhecer alguns fatos sobre o corpo humano. Um nódulo maligno, detectado por uma biópsia, é a base para o diagnóstico de câncer de mama. Mortes de mulheres por câncer de mama são estimados em cerca de 39.520 em 2011. dados de mortalidade em os EUA mostra que, de 2003 a 2007, o valor mais baixo de morte por câncer de mama é de 0,9 por cento para as mulheres com 20 anos e 34 anos, ea mais alta é de 22,6 por cento para aqueles com idade entre 75 a 84. Vários fatores influenciam o risco de cada mulher para ter câncer de mama. fatores de risco que estão além do poder das mulheres para mudar são o sexo, a idade, a genética - inclusive ter ...
https://evitamins.com/br/a/breast-cancer-facts-figures-107
*  Câncer de mama: porque você não se toca? | MUDI
C ncer de mama: porque voc. n o se toca. Voc. O c ncer de mama. Segundo dados do INCA Instituto Nacional do C ncer, existe uma estimativa que ser o diagnosticados 57.120 novos casos de c ncer de mama em 2014, sendo que um ter o destes, mais de 13.000 mulheres, ser o fatais. voc. parece que ainda n o foi atingido. Voc. No Brasil, a mamografia e o exame cl nico das mamas ECM, feito pelo profissional m dico e enfermeiros capacitados, s o os m todos preconizados para o rastreamento na rotina da aten. Apesar de o exame das mamas feito pela pr pria mulher, o auto-exame, n o substituir o exame f sico realizado por profissional de sa de m dico ou enfermeiro qualificado para essa atividade, ele colabora para que a mulher tome conhecimento do seu pr prio corpo. Para as mulheres ainda em idade f rtil, que ainda menstruam, uma semana ap s a menstrua. o seria o melhor momento; em que as mamas n o est o t o sens veis e densas. As mulheres j. na menopausa devem escolher uma data especial, mensalmente, para se prevenir; pode...
https://museudinamicointerdisciplinar.wordpress.com/2014/06/12/cancer-de-mama-porque-voce-nao-se-toca/
*  Aumentar seios | Saiba tudo sobre como aumentar seios. Informe-se!
Aumentar seios. IN CIO / EXERC CIOS / COMO FUNCIONAM EXERC CIOS PARA AUMENTAR O PEITO Fonte: Dra. n Ordem dos M dicos: 49843. Funcionam realmente os exerc cios de aumento do peito. Trata-se de um dos m todos de aumento de peito mais utilizados do mundo pela sua enorme efic cia e pela sua grande aceita o entre a comunidade feminina de todos os pa ses. S o muitas as mulheres que n o gostam de pastilhas, cremes ou t m medo da cirurgia e querem aumentar o tamanho do seu peito com garantias, pois bem, estes programas de exerc cios s o a solu o que estava procura. Atrav s das suas pr prias m os e mediante umas rotinas de exerc cios completas, em alguns casos combinadas com exerc cios com pesos, bandas el sticas e de gin stica, poder aumentar os seus peitos, tonificar o resto do seu corpo. Como funcionam. Os programas comp em-se de exerc cios de f cil realiza o mediante os quais se ensinar a treinar e exercitar os peitos, os seus m sculos e os tecidos finos que os rodeiam. Estes exerc cios exercitar o os m sculos e ...
http://guia-feminina.com/exercicios/como-funcionam/
*  Slog sobre como fazer as mamas crescerem em uma semana
... Comentários Adicione o seu comentário opcional : * Introduza o seu comentário Seu nome: * Digite seu nome. como fazer as mamas crescerem em uma semana por. como fazer as mamas crescerem em uma semana por Lilica Quero um gatinho desses. como fazer as mamas crescerem em uma semana por leila Olhe aconteceu isso c/ os gatinhos da minha irmã, nasceram 06 e 05 deles branco c/ preto e o outro nem pelo aparecia, minha irmã não gostava achava q / ninguém iria querer, mesmo foi difícil achar quem quiz. como fazer as mamas crescerem em uma semana por Pinina O Kelvin nasceu miniatura, até a semana passada nem tinha pelo em todo o corpo, agora tem. O que pode ser??. As duas veterinários me falam que aparentemente ele está bem, mas não sabem o que pode ser. Ele mama, faz suas necessidades, brinca, corre, pula ... Slogs relacionados com como fazer as mamas crescerem em uma semana como fazer para crescer seios e bunda eu elizangela irei aumentar meus seios, minha bunda e minhas coxas e contar... Como fazer crescer os se...
http://slogbox.com.br/slog/como fazer as mamas crescerem em uma semana
*  Angelina Jolie anuncia ter retirado seios por temer câncer | Ciência e Tecnologia | DW.COM | 14.05
Legado judaico-alemão no mundo. Cursos de alemão. Cursos de alemão. Atriz afirma que tinha uma chance muita alta de desenvolver câncer de mama por causa de um gene defeituoso. A atriz norte-americana Angelina Jolie revelou nesta terça-feira 14/05 que fez uma dupla mastectomia amputação dos dois seios para prevenir um risco muito elevado de contrair câncer de mama. A estrela de cinema, de 37 anos, companheira do ator Brad Pitt, escreveu um artigo de opinião intitulado Minha escolha médica no jornal The New York Times, no qual afirma que decidiu fazer a operação porque tem um gene imperfeito que aumenta o risco de contrair câncer de mama e nos ovários. Segundo os médicos, existia um risco de 87% de a atriz desenvolver câncer de mama e de 50% de contrair câncer nos ovários, devido à presença do gene defeituoso BRCA1. A atriz d ao lado da mãe, que morreu em decorrência de câncer de mama aos 56 anos de idade. "Eu comecei com os seios, pois o risco de contrair câncer de mama é maior do que o câncer nos ovários, e a...
http://dw.com/pt/angelina-jolie-anuncia-ter-retirado-seios-por-temer-câncer/a-16812217
*  Mama
Mudanças durante a lactação. Esta drenagem é particularmente importante na oncologia, porque as mamas são um local comum de desenvolvimento de câncer, se células malignas são derivadas do tecido mamário, poderiam se espalhar para outras partes do corpo através do sistema linfático para produzir metástase s. Sua aparência externa não prevê sua anatomia interna ou seu potencial de lactância. A circulação sanguínea arterial da mama provém da artéria torácica interna anteriormente conhecida como "artéria mamária interna", que surge da artéria subclávia, a artéria torácica lateral, a artéria toracoacromial ambos originários da artéria axilar e das artérias intercostais posteriores. ] As mamas são vistas por muitos como um indicativo fundamental de feminilidade ou um atrativo sexual, e por causa disso várias mulheres que passam por processos de mastectomia relacionados a câncer têm recorrido a cirurgia s para sua reconstrução. A cirurgia para a redução das mamas mamoplastia redutora, retirando-se gordura ou em algu...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Mama
*  17 substâncias que potenciam o cancro da mama > TVI24
... 17 substâncias que potenciam o cancro da mama Cientistas norte-americanos identificaram os produtos químicos mais cancerígenos. Um estudo publicado esta segunda-feira pela revista Environmental Health Perspectives revela a lista dos 17 agentes cancerígenos mais perigosos e potenciadores do cancro da mama. As substâncias químicas estão presentes em produtos do dia a dia como gasolina, diesel e outras substâncias libertadas pelo tubo de escape de um carro, bem como retardadores de chama, tira-nódoas, solventes, decapantes e desinfetantes utilizados para purificar a água. A investigação levada a cabo pelo Silent Spring Institute, no Estado de Massachusetts, EUA, confirma que as substâncias químicas causadoras de tumores da glândula mamária nos ratos são também responsáveis pelo cancro da mama em humanos. «Esta informação vai contribuir para a redução do contacto com essas substâncias e ajudar os investigadores a estudar a forma como estas afetam as mulheres», adianta Ruthann Rudel, coautor do estudo e diret...
http://tvi24.iol.pt/internacional/tvi24/17-substancias-que-potenciam-o-cancro-da-mama
*  Slog sobre porque o bico do seio fica duro?
olha eu acho que vc está gravida.......... pq a menstruação ta bem atrasada...... a dor no bico do seio é um sinal, de menstruação e de gravidez tbm..... espera o final da semana pra fazer um, exame de sangue pq os de farmacia não são confiaveis....... estou meio assim de fazer o exame e não ser, tb não é psícológico o que estou sentindo não, pois estou bem mais tranquila por não ser a primeira gravidez. Mas é que me lembro que na outra vez sentia dor no seio todo tipo dos lados tb... mas só estou sentindo no bico msm, muito sensível e não sinto isso qdo estou pra menstruar......... o que fazer para a bunda e os seios.. receitas caseira para a pele ficar .. hormonios para aumentar os seios e .. quero comprar esse hormonio o mais rapido , mais não encontro resposta oque f... como ficar com bumbum grande sem ci.. EXERCICIOS PARA ENDURECER OS SEIOS infelizmente vou ter que sair da pagina do google,e uma pena,queria ver uns e... como fazer para os seios crescerem .. passar cebola nos seios eu tenho 13 anos ja sou...
http://slogbox.com.br/slog/porque o bico do seio fica duro?
*  Feijão-de-corda pode ser útil para tratar câncer de mama
... Online Farma. Corpo saud vel... Televendas SAC 11 4501-6400 ou 11 95239-9356. Televendas SAC 11 4501-6400 ou 11 95239-9356. Saúde Sexual. Saúde Feminina. Saúde Geral. Feijão-de-corda pode ser útil para tratar câncer de mama Autor:. Um estudo da Universidade de Bras lia UnB encontrou no feij o-de-corda uma subst ncia que pode ajudar no tratamento do c ncer de mama. O achado pode ser o ponto inicial para um medicamento que reduza os efeitos adversos da quimioterapia e da radioterapia. A pesquisa durou quatro anos e foi divulgada na revista Cancer Letter, publica o internacional sobre descobertas relacionadas doen a. A doen a atinge 49 em cada 100 mil pessoas no Brasil, a cada ano. Preven o Mulheres com hist rico familiar de c ncer de mama apresentam maior chance de desenvolver a doen a. mais comum em mulheres acima de 50 anos e quanto maior a idade, maior a chance. Mulheres com menos de 20 anos n o costumam ter este tipo de c ncer. Sintomas Podem surgir altera es da pele que recobre a mama, como abau...
https://onlinefarma.com.br/noticia/feijao-de-corda-pode-ser-util-para-tratar-cancer-de-mama
*  10 Sinais que podem indicar um Câncer de Mama. É importante que vocês, Homens e Mulheres, os conh
Os sinais que podem indicar um câncer de mama estão relacionados com alterações visíveis, como diferenças na forma ou na sensibilidade da mama, por exemplo. O câncer da mama é sobretudo afecção das mulheres mas pode também ocorrer em homens aproximadamente 1% dos casos. A maioria das pessoas ignora certos sinais que o corpo envia para advertir de que talvez algo não está bem. É certo que nem sempre temos que nos preocupar com alguns sintomas, mas também não podemos simplesmente ignorá-los, já que não se sabe quando estão anunciando um problema de saúde grave. Confira aqui os 10 sinais que podem indicar um câncer de mama. 1 Afundamento do mamilo Este é um dos principais sinais que podem indicar um câncer de mama. Ao examinar os seios, é muito importante observar com atenção os mamilos para verificar se estão normais e não apresentam nenhuma alteração. 2 Caroços ou Nódulos Este é outro dos principais sinais que podem indicar um câncer de mama. Durante anos fomos advertidas de que os nódulos nos seios podem esta...
http://saudecuriosa.com.br/10-sinais-que-podem-indicar-um-cancer-de-mama/
*  Bomba Desenvolvedora de Peitos - Easy Grow :: HerbaSolution,Shopping dos Afrodisiacos, Afrodisiacos
Bombas desenvolvedoras de peitos, também chamadas de bombas de ampliação do peito são uma ótima opção para aumentar os seios de forma natural. A Bomba Desenvolvedora de Peitos - Easy Grow é bastante simples de usar, não ocupa muito espaço, tem a vantagem adicional de zero efeitos colaterais e você não é obrigada a usar todos os dias, pode usar quando quiser;. Bombas desenvolvedoras de peitos operam através de um processo chamado de expansão do tecido: Ao aplicar uma sucção suave no tecido mamário, você promove o fluxo sanguíneo e consequentemente o crescimento do tecido mamário. Isto faz com que tecido mamário se espanda e como resultado directo o tecido novo cresce e os seios aumentam. A Bomba Desenvolvedora de Peitos - Easy Grow expande o tecido da glândula mamaria para aumentar a produção de novas células de tecido mamário. Aumenta os seios de forma natural Aumenta a produção de novas células de tecido mamário Promove o fluxo sanguíneo para a região do peito Tem zero efeitos colaterais Simples, prática e f...
http://herbasolution.com/products/bomba-desenvolvedora-de-peitos-easy-grow/
*  Com 87% de possibilidade de sofrer de câncer, Angelina Jolie retira os seios « Gonzaga Patriota
Por Assessoria de Comunicação do Deputado Gonzaga Patriota, em 14/05/13 A atriz Angelina Jolie declarou nesta terça-feira 14 que foi submetida a uma dupla mastectomia preventiva cirurgia de retirada dos seios após a descoberta de uma mutação genética que aumentaria a probabilidade da estrela ter um câncer de mama e de ovário. Minha mãe lutou contra o câncer durante quase uma década e morreu aos 56 anos. Assim começa o editorial My Choice Medical, escrito por Angelina Jolie e publicado hoje no jornal The New York Times, no qual a atriz torna pública a operação que reduz as possibilidades da atriz sofrer um câncer de mama similar ao que causou a morte de sua mãe. No artigo, a atriz americana também assegurou que, ao falar de sua mãe com seus próprios filhos, os mesmos perguntavam se ela poderia sofrer o mesmo. Segundo os médicos da atriz, casada com o também ator Brad Pitt, com quem tem seis filhos três biológicos e três adotados -, estimaram que Jolie tinha 87% de possibilidades de sofrer de câncer de mama e 5...
http://gonzagapatriota.com.br/2013/com-87-de-possibilidade-de-sofrer-de-cancer-angelina-jolie-retira-os-seios/
*  Campanha Contra o Câncer de Mama #OutubroRosa | Aqui na Cozinha
Iniciante na Cozinha Comece por aqui. Este ano fui convidada pela Sam e por outras blogueiras para participar do Outubro Rosa. É um mês inteirinho dedicado a conscientização e prevenção do câncer de mama. Se você tem parentes com câncer de mama a partir de 30 anos, comece a fazer mamografia e se não tiver, comece a fazer a partir dos 40 anos. Fiquei estarrecida com esta informação que vi no site Mulher Consciente : Só 10% dos casos de câncer de mama são hereditários, os outros 90% são causados por fatores ambientais e comportamentais, como alimentação, estilo de vida, ingestão de álcool, excesso de peso, etc Então, pode acontecer com qualquer um de nós. E ainda, no mundo 8 milhões de pessoas por ano recebem diagnóstico de câncer de mama. Em cada três mulheres, uma tem, teve ou terá algum tipo de câncer em sua vida e, destas, uma em cada dez desenvolverá câncer de mama. Podemos reduzir, e muito, os riscos de ter câncer de mama, fazendo exercícios regularmente, tendo uma alimentação saudável, se mantendo em um ...
http://aquinacozinha.com/campanha-contra-o-cancer-de-mama-outubrorosa/
*  Especialistas debatem câncer de mama no Levitas |
Especialistas debatem c ncer de mama no Levitas. Coment rios desativados em Especialistas debatem c ncer de mama no Levitas. Clientes do Centro de Bem-Estar e convidados poder o tirar d vidas sobre a preven. o, diagn stico e tratamento do segundo tipo de c ncer mais frequente no mundo. De acordo com o Instituto Nacional de C ncer INCA, o c ncer da mama. o tipo de c ncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo, tanto em pa ses desenvolvidos quanto em na. Para 2012, estima-se no Brasil a ocorr ncia de mais de 52 mil novos casos, com um risco estimado de 52 ocorr ncias a cada 100 mil mulheres. Para falar sobre o diagn stico precoce realizado por meio da mamografia, ultrassonografia e resson ncia magn tica, o Centro de Bem-Estar ir. Elvira Marques, chefe da imagem para mama do Hospital do C ncer. o Oncocentro de S o Paulo. es da quimioterapia. reas da oncologia e cirurgia pl stica, aplicada. s pacientes com c ncer de mama, e abordar. o com informa. teis sobre o c ncer de mama, a fim de proporcionar mais sa d...
https://singcomunica.wordpress.com/2012/02/29/especialistas-debatem-cancer-de-mama-no-levitas/
*  Slog sobre e normal sair liquido dos seios
... e normal sair liquido dos seios por. e normal sair liquido dos seios por dani hoje transando meu namorado percebeu que esta saindo um liquido esbranquiçado dos meus seios será que é normal?posso estar gravida?socorro. e normal sair liquido dos seios por nikoly e normal sair liquido esbranquiçado dos seios meu medico informou que é normal Qui 19 Abr 2012 11:06:24. e normal sair liquido dos seios por é é. e normal sair liquido dos seios por diessica esta saindo um liquido grudento e esbranquiçado dos meus seios tenho 15anos de idade estou preocupada e gostaria de saber o q é por favor me ajudem!!. e normal sair liquido dos seios por anónimo pode ser da produção de hormonios. Slogs relacionados com e normal sair liquido dos seios o que fazer para a bunda e os seios.. hormonios para aumentar os seios e .. quero comprar esse hormonio o mais rapido, mais não encontro resposta oque f... EXERCICIOS PARA ENDURECER OS SEIOS infelizmente vou ter que sair da pagina do google,e uma pena,queria ver uns e... como fazer...
http://slogbox.com.br/slog/e normal sair liquido dos seios
*  Gordura do leite aumenta a mortalidade em mulheres com câncer de mama — NutriYoga
... Assine minha Newsletter semanal clicando aqui. Saiba mais sobre mim acessando a página " Quem sou eu ". Gordura do leite aumenta a mortalidade em mulheres com câncer de mama. Estudo publicado no Journal of the National Cancer Institute mostrou que o consumo de laticínios com alto teor de gordura está associado a maior mortalidade em mulheres com câncer de mama. Estudos prévios já haviam demonstrado que a exposição crônica ao estrógeno é fator causal deste tipo de câncer. O mesmo se aloja na gordura do leite e é absorvido em nosso intestino após o consumo. As mulheres que durante a vida haviam consumido maior quantidade de laticínios integrais uma ou mais porções ao dia tiveram mortalidade por câncer de mama 49% mais alta do que as mulheres que consumiram menores quantidades de laticínios. Um outro fator é que células cancerígenas se multiplicam mais rápido quando possuem um grande suprimento de gordura. Vale lembrar que o alto consumo de gordura também está associado a outros tipos de câncer, como pâncre...
http://nutriyoga.com.br/2013/03/17/gordura-do-leite-aumenta-a-mortalidade-em-mulheres-com-cancer-de-mama/
*  Laço cor-de-rosa
'Laço Cor-de-rosa' é um símbolo Internacional usado por indivíduos, empresas e organizações na luta e prevenção do Câncer de mama. Todos os Americanos rapidamente se aperceberam que o laço cor-de-rosa se tornara uma força. Nos anos 90 ativistas da luta contra a SIDA inspirados pela força do laço decidiram fazer laços para os que lutavam contra a SIDA. A fundação ofereceu bonés cor-de-rosa aos sobreviventes do câncer de mama que participavam na Corrida para a Cura desde 1990. A cor-de-rosa fora então escolhida para a cor do laço, tornando-se assim um símbolo internacional para a luta contra o câncer de mama. O mês da luta contra o câncer de mama é uma campanha internacional anual, organizada pelas maiores associações de luta contra o câncer de mama que visa aumentar a informação e consciência da doença, angariar fundos para pesquisa, prevenção e cura. O mês da Luta contra o câncer de mama foi organizado pela Astrazeneca em 1985. O website da corrida para a cura afirma que a corrida de Washington DC hoje em dia...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Laço_cor-de-rosa
*  Fotos de peitos grandes - página 1 - Peitos grande
... Portal dos Peitos. 0 favoritos. Página inicial Jogo: mais gostosa Melhores fotos * Fotos aleatórias. Procurar por peitos: de morenas de loiras grandes pequenos naturais silicone caseiras com tatuagem muito grandes. Para criar uma conta ou entrar no site, informe. Para entrar, você pode usar e-mail ou usuário. Esse nome será vísivel para todos os outros usuários. Entrar ou criar conta. Fotos de peitos grandes - página 1. 863 fotos encontradas. antigas primeiro ←→ novas primeiro. Fotos em destaque. Gostei não gostei. Peito grande, loira, tons de cinza, natural. Gostei não gostei. Peito grande, loira, silicone. Gostei não gostei. Peito grande, loira, caseira, natural, foto própria. Gostei não gostei. Peito grande, morena, natural. 3129...
http://portaldospeitos.com/pesquisa?s=grande
*  Cancro da mama
... redirect câncer de mama...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Cancro_da_mama
*  Cancro de mama
... redirect câncer de mama...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Cancro_de_mama
*  tecnicas radiologicas - mamografia
... Crânio-Caudal. A técnica traciona a mama com uma das mãos e usa a outra mão para impedir que a paciente leve o corpo para trás.Truques Dicas Solicitar para a paciente apoiar a mão à frente da bandeja. Como o mamilo é uma estrutura de maior densidade. A angulação do tubo de raios X pode variar de 45 a 60 graus de acordo com o eixo da mama da paciente na sua caixa torácica. A técnica em Radiologia encontrará dificuldades para executar o posicionamento no caso de angulações incorretas. a técnica se dirigi para a frente da paciente e começa a tracionar a mama. Enquanto a mama não estiver totalmente comprimida a técnica não deve soltá-la.MLO A mama é projetada com o feixe de raios X indo da região medial para a lateral oblíqua. Compressão Seletiva A compressão seletiva é usada com ou sem ampliação. elevando-se o chassis de modo que a porção lateral da mama fique elevada e o corpo da paciente é girado a fim de que a porção lateral da mama seja radiografada. é necessário fazer uma radiografia com magnificação a...
https://pt.scribd.com/document/52424115/tecnicas-radiologicas-mamografia
*  Hormônios que interferem na função mamária
... redirecionamento lista de hormônios que interferem na função mamária...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Hormônios_que_interferem_na_função_mamária
*  Fotos de peitos de loiras gostosas! - página 1 - Peitos loira
Fotos de peitos de loiras gostosas. - página 1 - Peitos loira. Portal dos Peitos. Página inicial Jogo: mais gostosa Melhores fotos * Fotos aleatórias. Procurar por peitos: de morenas de loiras grandes pequenos naturais silicone caseiras com tatuagem muito grandes. Para criar uma conta ou entrar no site, informe. Para entrar, você pode usar e-mail ou usuário. Esse nome será vísivel para todos os outros usuários. Entrar ou criar conta. Fotos de peitos de loiras gostosas. - página 1. 260 fotos encontradas. antigas primeiro ←→ novas primeiro. Fotos em destaque. Gostei não gostei. Peito grande, loira, tons de cinza, natural. 2664...
http://portaldospeitos.com/pesquisa?s=loira
*  Fotos de peitos de loiras gostosas! - página 4 - Peitos loira
Fotos de peitos de loiras gostosas. - página 4 - Peitos loira. Portal dos Peitos. Página inicial Jogo: mais gostosa Melhores fotos * Fotos aleatórias. Procurar por peitos: de morenas de loiras grandes pequenos naturais silicone caseiras com tatuagem muito grandes. Para criar uma conta ou entrar no site, informe. Para entrar, você pode usar e-mail ou usuário. Esse nome será vísivel para todos os outros usuários. Entrar ou criar conta. Fotos de peitos de loiras gostosas. - página 4. 260 fotos encontradas. antigas primeiro ←→ novas primeiro. 29...
http://portaldospeitos.com/pesquisa?page=4&s=loira
*  Fotos de peitos pequenos - página 1 - Peitos pequeno
... Portal dos Peitos. Página inicial Jogo: mais gostosa Melhores fotos * Fotos aleatórias. Procurar por peitos: de morenas de loiras grandes pequenos naturais silicone caseiras com tatuagem muito grandes. Para criar uma conta ou entrar no site, informe. Para entrar, você pode usar e-mail ou usuário. Esse nome será vísivel para todos os outros usuários. Entrar ou criar conta. Fotos de peitos pequenos - página 1. 89 fotos encontradas. antigas primeiro ←→ novas primeiro. Fotos em destaque. 718...
http://portaldospeitos.com/pesquisa?o=pequenos&s=pequeno
*  8 de Abril: dia mundial de luta contra o câncer
o precoce do c ncer de mama aumenta a possibilidade de cura da paciente. um dos tumores de maior incid ncia no mundo. Exames de rastreamento possibilitam o diagn stico do c ncer em fase inicial. Segundo tipo de c ncer mais frequente em mulheres no mundo, o c ncer de mama representa aproximadamente 22% dos casos novos registrados a cada ano. O c ncer de mama. uma doen a trat vel, especialmente quando diagnosticado precocemente. No Brasil, a maior incid ncia deste tumor ocorre por volta dos 59 anos, o que n o descarta casos em pacientes jovens com menos de 30 anos e em idosas com mais de 80 anos. O c ncer de mama se inicia como um n dulo geralmente indolor, que cresce com o tempo e pode se espalhar para. o de exames de rastreamento, como o autoexame mensal e o acompanhamento m dico anual, aumenta-se a chance do tumor ser detectado precocemente, o que amplia a possibilidade de cura e permite o uso de tratamentos menos agressivos. Quando detectado em sua fase inicial, o tratamento para c ncer de mama tende a ter ...
http://boanoticia.com/8-de-abril-dia-mundial-de-luta-contra-o-cancer.html
*  Auto-exame de mama
auto exame de mama auto exame de mama redirect autoexame de mama...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Auto-exame_de_mama
*  Carcinoma adenoescamoso
... info patologia nome carcinoma adenoescamoso image adenosquamous carcinoma high mag jpg caption micrografia de um carcinoma adenoescamoso do colo do útero coloração h e diseasesdb cid cid icdo omim medlineplus emedicinesubj emedicinetopic meshid carcinoma adenoescamoso é um tipo de cancro constituído por duas células células escamosas células finas e planas que ligam determinados órgãos e células glandulares categoria tipos de neoplasia...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_adenoescamoso
*  Mulheres com cancro do pulmão podem não ter sintomas da doença | ALERT® ONLINE - PT
Mulheres com cancro do pulmão podem não ter sintomas da doença. Siga-nos em:. MyALERT® Processo Clínico Electrónico ALERT® STUDENT ALERT® para consultórios ALERT® Mobile ALERT® eLEARNING Produtos e serviços. Início Linhas de produto Novo paradigma Funcionalidades Porquê o ALERT®. Interoperabilidade. Integrating the Healthcare Enterprise Certificados de interoperabilidade Agendar uma demonstração Mobile Portal de saúde. Início Áreas de saúde Notícias de saúde Lista médica Guia médico Revista Eventos Newsletter ALERT® TV. Bastidores Clientes Conceitos Feiras MyALERT® Nos media Produtos clínicos e de facturação Testemunhos Visitas VIP à ALERT Empresa. Início Quem somos. Apresentação Introdução à ALERT Missão e valores Estrutura do grupo Fundador Reconhecimento Normas e certificações Clientes. Clientes de referência Serviços ao cliente Testemunhos Parceiros. Notícias ALERT nos média Eventos Galeria. Imagens Vídeos Publicações. ALERT News Introdução à ALERT Outras publicações Oportunidades de emprego Newsletter Co...
http://alert-online.com/pt/news/health-portal/mulheres-com-cancro-do-pulmao-podem-nao-ter-sintomas-da-doenca
*  Cancro do pulmão
... redirect câncer de pulmão...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Cancro_do_pulmão
*  Carcinoma mucoepidermoide
Imagem = Mucoepidermoid carcinoma 2 - very high mag.jpg|thumb. Coloração de Papanicolau .. MeshNumber = C04.557.470.200.025.340. }} 'Carcinoma mucoepidermóide' é o tumor maligno mais comum das glândulas salivares, e representa a malignidade de glândula salivar mais comum na infância, podendo atingir tanto as glândulas salivares maiores - glândula parótida, submandibular e sublingual - como as menores. Correspondem a aproximadamente 20% das malignidades de glândula submandibular, 30% das malignidades de glândula salivar menor e 34% das malignidades de parótida, sendo esta o seu sítio mais comum, onde 60% a 90% de tais lesões são encontradas. O carcinoma mucoepidermóide apresenta etiologia desconhecida, no entanto pode estar associado a fatores genéticos, ao tabaco ou a exposição à radiação ANTUNES, A.A.; ANTUNES, A.P. Oral; v.4, n.1, p.2-7, jan./abr. Dentro das glândulas salivares maiores, tumores de alto grau podem apresentar-se com evidência de envolvimento do nervo facial e sinais obstrutivos. Esta neoplasi...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_mucoepidermoide
*  Socioeconomic conditions and head and neck cancer: a systematic literature review
RESUMO O presente estudo teve como objetivo descrever as principais caracter sticas dos estudos epidemiol gicos que investigaram a associa o entre condi es socioecon micas e c ncer de cabe a e pesco o. A maior parte das pesquisas reportou associa o entre piores condi es socioecon micas e c ncer de cabe a e pesco o. Palavras-chave: Neoplasias de cabe a e pesco o, Desigualdades em sa de, Fatores socioecon micos ABSTRACT This study sought to describe the main characteristics of epidemiological studies that investigated the association between socioeconomic conditions and head and neck cancer. Most cases reported an association between lower socioeconomic conditions and head and neck cancer. Os descritores empregados para a sele o dos estudos, obtidos junto ao DeCS/MeSH Descritores em Ci ncias da Sa de , foram: mouth/oral neoplasm/cancer , pharyngeal/pharynx neoplasm/cancer , laryngeal/larynx neoplasm/cancer , head and neck neoplasm/cancer , upper aerodigestive tract neoplasm e social class , socioeconomic status...
http://scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232011000200025&lng=en&nrm=iso&tlng=en
*  Categoria:Cabeça e pescoço
categoria cabeça e pescoço categoria cabeça e pescoço estas são as estruturas anatômicas contidas na cabeça e pescoço humanos cabeca pescoco categoria odontologia...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Categoria:Cabeça_e_pescoço
*  Metástase
... do grego metastatis mudanças de lugar transferência é a formação de uma nova lesão tumoral a partir de outra mas sem continuidade entre as duas isto implica que as células neoplásicas se desprendem do tumor primário caminhando através do interstício ganham assim uma via de disseminação sendo levadas para um local distante onde formam uma nova colônia neoplásica em cada um destes passos as célula s malignas têm de superar os sistemas de controle do organismo que mantêm as células nos seus sítios primitivos metástases só se formam em tumores malignos contudo nem todos os cancros originam metástases mesmo os que são localmente invasivos como o carcinoma basocelular metástases são o selo definitivo de malignidade por definição neoplasia s benignas não originam metástase sendo um sinal de mau prognóstico em muitos pacientes a primeira manifestação clínica de um cancro está relacionada com suas metástases quando as células cancerosas se disseminam pela corrente sanguínea e formam colônias em outros locais as c...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Metástase
*  Flavoproteína
As 'flavoproteínas' são proteína s também 'flavoenzimas' quando são enzima s que contêm como cofactor enzimático um derivado nucleotídico da riboflavina : o dinucleótido de flavina e adenina FAD ou o mononucleótido de flavina FMN. As propriedades espectroscópicas do cofactor flavínico permitem a sua utilização na detecção de mudanças no centro activo enzimático; como consequência, as flavoenzimas são um dos grupos de enzimas mais estudados em Bioquímica. A primeira menção a uma flavoproteína na literatura científica data de 1879, quando trabalhos sobre a composição do leite de vaca resultaram na purificação de um pigmento de cor amarelo-vivo a flavina, que foi na época designado "lactocromo". Subsequentes trabalhos levaram à detecção do mesmo pigmento em diversas fontes, sendo reconhecido como componente do complexo vitamínico B. A sua estrutura foi determinada quase em simultâneo por dois grupos de investigação em 1934 e o composto foi denominado então "riboflavina", por causa da presença de uma cadeia ribit...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Flavoproteína
*  Detergente enzimático
... é um produto destinado a limpeza de materiais cirúrgicos possui em sua formulação enzimas hidrolíticas e um tensoativo referências categoria detergentes...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Detergente_enzimático
*  Técnica de peroxidase-antiperoxidase (PAP) em biópsia renal: estudo comparativo
técnica de peroxidase antiperoxidase pap em biópsia renal estudo comparativo       serviços personalizados artigo português pdf português epdf artigo em xml referências do artigo como citar este artigo tradução automática enviar este artigo por email indicadores citado por scielo acessos links relacionados citado por google similares em scielo similares em google ubio compartilhar mais mais permalink memórias do instituto oswaldo cruz versão on line  issn resumo sarno euzenir nunes et al técnica de peroxidase antiperoxidase pap em biópsia renal estudo comparativo mem inst oswaldo cruz vol n pp issn   http dx doi org s os métodos de imunoperoxidase têm muito em comum com os da imunofluorescência para a demonstração de antígenos teciduais e celulares como no campo das doenças renais relacionadas a imunoglobinas e imuno...
http://scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0074-02761980000100017&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Carcinoma de células escamosasHepatocarcinomaPertuzumabe: Pertuzumabe é um anticorpo monoclonal recombinante humanizado utilizado em tratamento de câncer de mama agressivo, que combinado a outros medicamentos pode aumentar a sobrevida de pacientes atingidos. Desenvolvido pela farmacêutica Genentech, atua na proteína HER2, um fator de potência do câncer.Duto pancreático: O duto pancreático (ou duto de Wirsung) é um duto ligando o pâncreas ao duto biliar comum para fornecer sucos prancreáticos que auxiliam a digestão fornecida pelo "pâncreas exócrino". O duto pancreático se une ao trato biliar um pouco antes da ampola de Vater.Adenocarcinoma: Adenocarcinoma é uma neoplasia maligna (câncer, cancro, tumor) que se origina em tecido glandular. Para ser classificado como um adenocarcinoma, as células não necessariamente precisam fazer parte de uma glândula, contanto que elas tenham características secretórias.Carcinoma de células pequenasCarcinoma de pulmão de grandes célulasTumor da tiroideIpilimumabNeoplasia mucinosa papilar intraductalHiperplasia: O termo hiperplasia é usado quando se quer mencionar o aumento do número de células num órgão ou num tecido. A hiperplasia ocorre se a população celular for capaz de sintetizar DNA permitindo, assim, que ocorra a mitose.Trastuzumabe: O trastuzumabe ou trastuzumab (nome comercial: Herceptin®, :en:Genentech) é um anticorpo monoclonal, humanizado, utilizado em tratamento contra câncer de mama.P53: p53 é uma proteína citoplasmática, de massa molecular 53 kDa, sintetizada pela própria célula.ROBERTIS (Jr.Queratina: Queratina (do grego kéras que significa chifre) ou ceratina é uma proteína sintetizada por muitos animais para formar diversas estruturas do corpo.Ducto venoso: Ducto venoso hepático (Arantius) é um vaso sanguíneo fetal. Estabelece no feto a comunicação entre a veia porta esquerda e a veia cava inferior, obliterando-se total ou parcialmente, após o nascimento.Marcador tumoral: Marcador tumoral é uma substância encontrada no sangue, urina ou tecidos biológicos que numa concentração superior a um determinado nível pode indicar a existência de um câncer. .Corpo de psammoma: Corpo de psammoma ou corpo psammoma (do grego ψάμμος psámmos, areia) é um termo médico para calcificações microscópicas encontradas em alguns tumores benignos e malignos(câncer) e em alguns processos inflamatórios crônicos. http://www.

Carcinoma ductal invasivo de mama com nodulo na axila tem cura?


Tem  sim
Intraductal  com esvaziamento axilar
e fazer contorle oncologco...tome os remedos direitinho
Esse  é um tipo de cancer de mama com grande chance de cura


gostaria de saber que tipo de câncer é o carcinoma ductal infiltrante de mama?


Gostaria saber se é tratavel? o grau que apresentou no resultado do exame foi arranjo tubular 3, pleomorfismo nuclear 2.
----------

MInha mãe teve carcinoma ductal e era o tumor maligno, mas depende do grau de infiltração. ... Minha mãe fez tratamento e se curou. ...


Que tipo de cancer pode surgir após um carcinoma ductal infiltrate?


Minha mãe teve câncer  a 8 anos e gostaria de saber qual tipo de câncer pode surgir?
----------

não precisa ter ligação qualquer lugar poderia aparecer. apesar de sua mae ja nao está mais em Recidiva, pois sao os primeiro 5 anos após a cura. minha madrinha mesmo o 1º era no utero e o outro foi na garganta


carcinoma invasor padrão ductal é necessário operar ou só com medicamentos resolve?


é um tipo de cancer
----------

Não, é necessário cirurgia para remoção do tumor com margens de segurança e complementação com quimioterapia. Os carcinomas ductuais mais comuns são os de mama. Dependendo do tipo tumoral e do grau de invasão dos tecidos adjacentes, é necessário remover toda a mama e realizar o chamado esvaziamento ganglionar, no qual os gânglios linfáticos que se relacionam com o tumor (os próximos da mama e os da axila) são removidos, para que não sobrem células tumorais nos mesmos.

Há mais detalhes sobre os tratamentos aqui:
http://doentescomcancro.org/uhdc/index2.php?option=com_content&do_pdf=1&id=87

Outras informações sobre o tratamento:
"Formas de tratamento O tratamento varia dependendo do estádio em que o cancro se encontra.Existem quatro tipos de terapêutica que se podem instituir, optando-se, por vezes, por associá-las: 


cirurgia;
radioterapia;
quimioterapia;
terapêutica hormonal.
Na maioria dos casos, realiza-se primeiro uma cirurgia para extrair o(s) nódulo(s) da mama e os gânglios linfáticos axilares correspondentes, que serão posteriormente analisados ao microscópio, de modo a detectar a extensão do cancro. Desta forma, será avaliada a necessidade ou não de terapêutica adjuvante (complementar).

Dentro das cirurgias pode-se realizar uma cirurgia conservadora, em que apenas se extrai o tumor, com uma zona de segurança em seu redor, ou realizar uma cirurgia radical ou cirurgia radical modificada, em que, respectivamente, se retira toda a mama e os músculos peitorais (sob a mama) e da parede torácica e os gânglios linfáticos, ou se retira apenas a mama e os gânglios linfáticos.

No que se refere às terapêuticas adjuvantes, existem a radioterapia (externa ou interna), a quimioterapia (que é aplicada por via endovenosa) e a terapia hormonal, que se aplica se as células cancerígenas apresentarem receptores para os estrogénios e para a progesterona. Esta terapêutica faz-se com Tamoxifeno durante 5 anos, tendo-se, no entanto, o cuidado de vigiar as mulheres que ainda têm útero, pois este medicamento aumenta a probabilidade de desenvolver cancro do útero.Formas de prevenção As formas de prevenção consistem em:


realizar mensalmente o auto-exame da mama;
realizar os exames de rastreio (de acordo com a orientação do seu médico assistente)."
Está aqui: http://www.millenniumbcp.pt/site/conteudos/75/doencas/article.jhtml?articleID=150672

Mas o ideal é que suas dúvidas sejam sanadas com o médico que acompanha o caso.

Boa sorte, []s


tenho carcinoma ductal invasivo grau 3 estologico e grau 2 nuclear quais minhas chances de cura?


Trabalhei anos na área e posso dizer uma coisa que aprendi!

Não há regras para estas doenças, pessoas com casos sérios que vivem por mais de 20 anos com a doença ou mesmo curaram.

Portanto não pense nisto agora, tente usar isto como uma chance para se melhorar a cada dia e dar o melhor de si no plano pessoal. 

Boa sorte e não esqueça de orar sempre!


Oi fiz uma macros-copia da mama e a conclusão do laboratório é carcinoma ductal infiltrante e obs estamos pr?


desculpa, mais não entendi sua pergunta.


depois da retirada de uma mama por um carcinoma ductal invasivo agora tenho varios nodulos de gordura devo?


devo retirar a outra por favor e urgente.
----------

Calma! Não bem por aí.
Converse com seu médico.
Mas acredito que, se ele não fez a cirurgia, é porque
não viu a necessidade de uma nova mastectomia.
Seria desnecessario retirar uma mama sadia.
E com certeza, vc deve estar fazendo exames para controle,
se ele não viu essa necessidade.
Converse melhor ele.
Ele tem por obrigação orientar seus pacientes.

Melhoras


pode me explicar o que é carcinoma ductal infiltrante grau 1 scarff-bloom-richardson modificado?


Só sei que é um tipo de tumor, câncer.