Debilidade Muscular: Queixa vaga de debilidade, fadiga e exaustão que é atribuída à fraqueza de vários músculos. A fraqueza pode ser caracterizada como subaguda ou crônica, frequentemente progressiva, e é a manifestação de muitas doenças musculares e neuromusculares.Músculos: Tecidos contráteis que produzem movimentos nos animais.Músculo Esquelético: Subtipo de músculo estriado fixado por TENDÕES ao ESQUELETO. Os músculos esqueléticos são inervados e seus movimentos podem ser conscientemente controlados. Também são chamados de músculos voluntários.Proteínas Musculares: Proteínas que compõem o músculo, sendo as principais as ACTINAS e MIOSINAS. Existem mais de uma dúzia de proteínas acessórias, incluindo a TROPONINA, TROPOMIOSINA e DISTROFINA.Miopatias da Nemalina: Grupo de afecções miopáticas congênitas herdadas caracterizadas clinicamente por fraqueza, hipotonia e hipoplasia proeminente dos músculos proximais incluindo a face. A biópsia muscular revela grande número de estruturas em forma de bastão junto à membrana plasmática da fibra muscular. Esse transtorno é geneticamente heterogêneo e pode ocasionalmente apresentar-se em adultos.Fibras Musculares Esqueléticas: Células grandes, multinucleadas, individualizadas, de forma cilíndrica ou prismática, que formam a unidade básica do MÚSCULO ESQUELÉTICO. Consistem de MIOFIBRILAS confinadas e aderidas ao SARCOLEMA. São derivadas da fusão de MIOBLASTOS ESQUELÉTICOS em um sincício, seguido por diferenciação.Doenças Musculares: Transtornos adquiridos, familiares e congênitos de MÚSCULO ESQUELÉTICO e MÚSCULO LISO.Músculos Respiratórios: Neste grupo de músculos estão incluídos o DIAFRAGMA e os MÚSCULOS INTERCOSTAIS.Contração Muscular: Processo que leva ao encurtamento e/ou desenvolvimento de tensão no tecido muscular. A contração muscular ocorre por um mecanismo de deslizamento de miofilamentos em que os filamentos da actina [se aproximam do centro do sarcômero] deslizando entre os filamentos de miosina.Músculo Liso: Um dos músculos dos órgãos internos, vasos sanguíneos, folículos pilosos etc. Os elementos contráteis são alongados, em geral células fusiformes com núcleos de localização central e comprimento de 20 a 200 micrômetros, ou ainda maior no útero grávido. Embora faltem as estrias transversais, ocorrem miofibrilas espessas e delgadas. Encontram-se fibras musculares lisas juntamente com camadas ou feixes de fibras reticulares e, com frequência, também são abundantes os nichos de fibras elásticas. (Stedman, 25a ed)Doenças Neuromusculares: Termo geral que engloba DOENÇA DOS NEURÔNIOS MOTORES, DOENÇAS DO SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO e certas DOENÇAS MUSCULARES. Entre as manifestações estão FRAQUEZA MUSCULAR, FASCICULAÇÃO, ATROFIA muscular, ESPASMO, MIOQUIMIA, HIPERTONIA MUSCULAR, mialgias e HIPOTONIA MUSCULAR.Músculo Liso Vascular: Tecido muscular não estriado e de controle involuntário que está presente nos vasos sanguíneos.Desenvolvimento Muscular: Eventos do desenvolvimento que levam à formação do sistema muscular adulto, incluindo a diferenciação de vários tipos de células musculares precursoras, migração de mioblastos, ativação da miogênese e desenvolvimento da fixação do músculo.Fadiga Muscular: Estado atingido através de contração muscular prolongada e forte. Estudos em atletas durante exercício submáximo prolongado mostraram que a fadiga muscular aumenta em proporção quase direta à taxa de depleção do glicogênio muscular. A fadiga muscular no exercício máximo de curta duração está associada com a falta de oxigênio e com nível aumentado de ácido láctico sanguíneo e muscular, e ainda aumento paralelo na concentração hidrogeniônica no músculo exercitado.Atrofia Muscular: Distúrbio do tamanho e número de fibras musculares, que ocorre como passar dos anos e com a redução do suprimento sanguíneo, ou seguido à imobilização, magreza prolongada, desnutrição e particularmente na desnervação.Polimiosite: Doenças caracterizadas por inflamação envolvendo vários músculos. Isso pode ocorrer como um estado agudo ou crônico associado com toxicidade por medicação (TOXICIDADE DE DROGAS), DOENÇAS DO TECIDO CONJUNTIVO, infecções, NEOPLASIAS malignas e outros transtornos. O termo polimiosite é frequentemente usado para referir uma entidade clínica específica, caracterizada por fraqueza simétrica subaguda ou lentamente progressiva afetando inicialmente os músculos proximais dos membros e tronco. A doença pode ocorrer em qualquer idade, mas é mais frequente da quarta à sexta década de vida. Também, podem ocorrer fraqueza dos músculos faríngeos e laringeos, doença intersticial pulmonar e inflamação do miocárdio. A biópsia de músculo revela destruição ampla de segmentos de fibras musculares e uma resposta inflamatória celular. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6a ed., pp 1404-9)Miosite: Inflamação de um músculo ou tecido muscular.Fibras Musculares de Contração Lenta: Fibras musculares esqueléticas caracterizadas por sua expressão de isoformas Tipo I de CADEIAS PESADAS DE MIOSINA que possuem baixa atividade de ATPase e efetuam várias outras propriedades funcionais – diminuição da velocidade, potência, taxa de remodelação da tensão.Fibras Musculares de Contração Rápida: Fibras musculares esqueléticas caracterizadas por sua expressão de isoformas Tipo II de CADEIAS PESADAS DE MIOSINA que possuem alta atividade de ATPase e efetuam várias outras propriedades funcionais – diminuição da velocidade, saída de energia, taxa de remodelação da tensão. Vários tipos de fibras de contração rápida já foram identificados.Diafragma: Divisão fibromuscular que separa a CAVIDADE TORÁCICA da CAVIDADE ABDOMINAL. A contração do diafragma aumenta o volume da cavidade torácica auxiliando na INALAÇÃO.Força Muscular: Força gerada pela CONTRAÇÃO MUSCULAR. A força muscular pode ser medida durante uma contração isométrica, isotônica ou isocinética, tanto manualmente como por meio de um dispositivo como o DINAMÔMETRO DE FORÇA MUSCULAR.Músculo Quadríceps: Quadríceps femural. Nome coletivo do músculo (de quatro cabeças) da coxa, composto pelo reto femural e pelos vastos intermédio, lateral e medial.Eletromiografia: Registro das alterações no potencial elétrico do músculo por meio de eletrodos de superfície ou agulhas.Mitocôndrias Musculares: Mitocôndrias localizadas no músculo esquelético e liso. Este tipo de mitocôndria não inclui a mitocôndria do miocárdio para a qual a MITOCÔNDRIAS CARDÍACAS está disponível.Dermatomiosite: Doença inflamatória crônica ou subaguda do músculo e pele, caracterizada por fraqueza muscular proximal e uma característica erupção cutânea quimicamente induzida. A doença ocorre com frequência aproximadamente igual em crianças e adultos. As lesões de pele normalmente tomam a forma de uma erupção arroxeada (ou, com menor frequência, uma dermatite esfoliativa) envolvendo nariz, bochechas, testa, parte superior do tronco e braços. A doença está associada com uma microangiopatia intramuscular mediada por complemento, levando à perda de capilares, isquemia muscular, necrose de fibras musculares e atrofia perifascicular. A forma infantil desta doença tende a evoluir a uma vasculite sistêmica. A dermatomiosite pode ocorrer em associação com neoplasias malignas. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6a ed., pp 1405-6)Paralisia Periódica Hipopotassêmica: Transtorno familiar autossômico dominante caracterizado por episódios recorrentes de fraqueza muscular associada com quedas nas concentrações séricas de potássio. A afecção normalmente apresenta-se na primeira ou segunda década de vida com ataques de paresia no tronco e pernas durante o sono ou logo após o despertar. Os sintomas podem persistir por horas a dias e geralmente são desencadeados prontamente por exercício ou uma refeição rica em carboidratos.Denervação Muscular: Resecção ou remoção da inervação de um músculo ou tecido muscular.Contração Isométrica: Contrações musculares caracterizadas por aumento de tensão, sem alteração no comprimento [da fibra muscular].Miopatias Congênitas Estruturais: Grupo heterogêneo de doenças caracterizado por início precoce de hipotonia, detardo do desenvolvimento de habilidades motoras e fraqueza não progressiva. Cada um destes transtornos está associado com uma anormalidade histológica específica da fibra muscular.Distrofias Musculares: Grupo heterogêneo de miopatias hereditárias, caracterizadas por degeneração e debilidade do MÚSCULO ESQUELÉTICO. São classificadas pela localização da DEBILIDADE MUSCULAR, IDADE DE INÍCIO e PADRÕES DE HERANÇA.Miastenia Gravis: Transtorno da transmissão neuromuscular, caracterizado por fraqueza dos músculos cranianos e esqueléticos. Os autoanticorpos dirigidos contra receptores de acetilcolina danificam a porção da placa terminal motora da JUNÇÃO NEUROMUSCULAR, dificultando a transmissão de impulsos para os músculos esqueléticos. Entre as manifestações clínicas estão diplopia, ptose e fraqueza dos músculos faciais, bulbares, respiratórios e dos membros proximais. A doença pode permanecer limitada aos músculos oculares. O TIMOMA normalmente é associado com esta afecção. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, p1459)Síndromes Miastênicas Congênitas: Grupo de transtornos heterogêneos caracterizados por um defeito congênito na transmissão neuromuscular na JUNÇÃO NEUROMUSCULAR. Incluem transtornos pré-sinápticos, sinápticos e pós-sinápticos (que não são de origem autoimune). A maioria destas doenças é causada por mutações de várias subunidades do receptor colinérgico nicotínico (RECEPTORES NICOTÍNICOS) na superfície pós-sináptica da junção.Miócitos de Músculo Liso: Células fusiformes, alongadas e não estriadas encontradas no revestimento do trato digestivo, útero e vasos sanguíneos. São provenientes de mioblastos especializados (MIOBLASTOS DE MÚSCULO LISO).Miosite de Corpos de Inclusão: Miopatias progressivas caracterizadas pela presença de corpos de inclusão na biópsia muscular. Formas esporádicas e hereditárias têm sido descritas. A forma esporádica é uma miopatia vacuolar inflamatória adquirida no início da idade adulta afetando os músculos proximais e distais. As formas familiares, normalmente começam na infância e não apresentam mudanças inflamatórias. As duas formas possuem inclusões intracitoplasmáticas e intranucleares no tecido muscular. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6a ed., pp 1409-10)Músculos Oculomotores: Músculos que movem os olhos. Fazem parte deste grupo os músculos: reto medial, reto lateral, reto superior, reto inferior, oblíquo inferior, oblíquo superior, orbital e levantador da pálpebra superior.Músculos do Pescoço: Os músculos do pescoço consistem do platisma, esplênio da cabeça, esternocleidomastóideo, longo do pescoço (longo cervical), escaleno anterior, médio e posterior, digástrico, estiloióideo, miloióideo, genioióideo, esternoióideo, omoióideo, esternotireóideo e tireoióideo.Hipotonia Muscular: Diminuição do tono muscular esquelético caracterizada pela diminuição da resistência ao estiramento passivo.Paralisia Respiratória: Fraqueza completa ou grave dos músculos da respiração. Este estado pode estar associado com DOENÇAS DO NEURÔNIO MOTOR, doenças dos nervos periféricos, DOENÇAS DA JUNÇÃO NEUROMUSCULAR, DOENÇAS DA MEDULA ESPINHAL, lesão do NERVO FRÊNICO e outros transtornos.Distrofia Muscular de Duchenne: Doença muscular recessiva ligada ao X causada por uma inabilidade para a síntese de DISTROFINA que está envolvida em manter a integridade do sarcolema. As fibras musculares passam por um processo que apresenta degeneração e regeneração. As manisfestações clínicas incluem fraqueza proximal nos primeiros anos de vida, pseudohipertrofia, cardiomiopatia (ver DOENÇAS DO MIOCÁRDIO) e uma incidência aumentada de prejuízo das funções mentais. A distrofia muscular de Becker é uma afecção proximamente relacionada apresentando um início tardio de doença, normalmente na adolescência, e progressão lenta.Músculo Estriado: Um dos dois tipos de músculo do corpo, caracterizado pelo arranjo em bandas observadas ao microscópio. Os músculos estriados podem ser divididos em dois subtipos: MÚSCULO CARDÍACO e MÚSCULO ESQUELÉTICO.Dinamômetro de Força Muscular: Dispositivo que mede a FORÇA MUSCULAR durante a contração do músculo, como apertar, empurrar e puxar. É utilizado para avaliar o estado do músculo na medicina esportiva ou na fisioterapia.Distrofia Muscular do Cíngulo dos Membros: Grupo heterogêneo de distrofia muscular hereditária podendo ser autossômica, dominante ou recessiva. Há várias formas (denominadas LGMDs) envolvendo genes que codificam as proteínas de membrana do músculo, como os complexos de SARCOGLICANAS que interagem com a DISTROFINA. A doença se caracteriza pela perda e fraqueza progressivas dos músculos proximais dos braços e pernas ao redor do QUADRIL e OMBROS (as cinturas pélvica e escapular).Fusos Musculares: Estruturas musculoesqueléticas que funcionam como MECANORRECEPTORES responsáveis pelo estiramento ou reflexo miotático (REFLEXO DE ESTIRAMENTO). São compostos por um feixe encapsulado de fibras (ver FIBRAS NERVOSAS MIELINIZADAS) de MÚSCULO ESQUELÉTICO, isto é, as fibras intrafusais (fibras em saco nuclear bag1, fibras em saco nuclear bag2, e fibras em cadeia nuclear) inervadas por CÉLULAS RECEPTORAS SENSORIAIS.Relaxamento Muscular: Fase do abalo (twitch) muscular durante a qual o músculo retorna a sua posição de repouso.Junção Neuromuscular: A sinapse entre um neurônio e um músculo.Músculos Papilares: Projeções musculares cônicas das paredes dos ventrículos cardíacos ligados às cúspides das válvulas atrioventriculares pelas cordas tendíneas.Rabdomiólise: A necrose ou a desintegração do músculo esquelético frequentemente seguida por mioglobinuria.Cadeias Pesadas de Miosina: As maiores subunidades das MIOSINAS. As cadeias pesadas possuem peso molecular de aproximadamente 230 kDa e cada uma delas geralmente está associada a um par diferente de CADEIAS LEVES DE MIOSINA. As cadeias pesadas possuem atividade ligante de actina e atividade ATPase.Oftalmoplegia: Paralisia de um ou mais músculos oculares devido a transtornos dos músculos dos olhos, junção neuromuscular, tecido mole de suporte, tendões ou enervação dos músculos.Miopatias Distais: Grupo heterogêneo de transtornos genéticos caracterizados por ATROFIA MUSCULAR e DEBILIDADE MUSCULAR progressivas, que começam nas mãos, pernas ou pés. A maioria é forma autossômica, dominante que se manifesta nos adultos. Outras são autossômicas recessivas.Síndrome Miastênica de Lambert-Eaton: Doença autoimune caracterizada por fraqueza e fatiga dos músculos proximais, particularmente da cintura pélvica, extremidades inferiores, tronco e cintura escapular. Há uma preservação relativa dos músculos extraocular e bulbar. O CARCINOMA DE CÉLULAS PEQUENAS do pulmão é uma afecção frequentemente associada, embora outras doenças malignas e autoimunes possam estar associadas. A fraqueza muscular resulta do comprometimento da transmissão do impulso nervoso na JUNÇÃO NEUROMUSCULAR. A disfunção pré-sináptica do canal de cálcio leva a uma quantidade reduzida de acetilcolina sendo liberada em resposta à estimulação do nervo. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, pp 1471)Hipopotassemia: Concentração anormalmente baixa de potássio no sangue que pode resultar de perda excessiva de potássio pela via renal ou gastrintestinal, de ingestão diminuída ou de desvios transcelulares. Pode ser manifestada clinicamente por distúrbios neuromusculares variando de fraqueza à paralisia, por anormalidades eletrocardiográficas (depressão da onda T e elevação da onda U), por doença renal e por distúrbios gastrintestinais. (Dorland, 28a ed)Distrofia Muscular AnimalCamundongos Endogâmicos mdx: Linhagem de camundongos surgidos de MUTAÇÃO espontânea (mdx) em camundongos endogâmicos C57BL. Esta mutação é ligada ao cromossomo X e produz animais homozigotos viáveis que não possuem a proteína muscular DISTROFINA, possuem altos níveis séricos de ENZIMAS musculares e apresentam lesões histológicas semelhantes à DISTROFIA MUSCULAR humana. As características histológicas, ligação e o local da mutação espontânea fazem destes camundongos um valioso modelo animal da DISTROFIA MUSCULAR DE DUCHENNE.Distrofia Miotônica: Transtorno neuromuscular caracterizado por atrofia muscular progressiva (ver ATROFIA MUSCULAR ESPINAL), MIOTONIA e várias atrofias multissistêmicas. DEFICIÊNCIA INTELECTUAL leve também pode ocorrer. EXPANSÃO DAS REPETIÇÕES DE TRINUCLEOTÍDEOS anormal nas REGIÕES 3' NÃO TRADUZIDAS do gene da PROTEÍNA DMPK está associado com a distrofia miotônica 1. A EXPANSÃO DAS REPETIÇÕES DE DNA do íntron do gene da proteína 9 em dedos de zinco está associada com a distrofia miotônica 2.Miofibrilas: Organelas contráteis longas e cilíndricas das células do MÚSCULO ESTRIADO compostas por FILAMENTOS DE ACTINA, filamentos de MIOSINAS e outras proteínas organizadas em arranjos de unidades repetidas chamadas SARCÔMEROS.Músculos Abdominais: Músculos que formam a PAREDE ABDOMINAL; entre eles: RETO DO ABDOME, músculos oblíquos (externo e interno), abdominal transverso e quadrado do abdome. (Tradução livre do original: Stedman, 25a ed)Músculos Faciais: Músculos da expressão facial ou músculos miméticos; os numerosos músculos supridos pelo nervo facial fixados à pele da face e que a movimentam. A NA também inclui alguns músculos mastigadores nesse grupo. (Stedman, 25a ed)Doença de Charcot-Marie-Tooth: Neuropatia sensorial e motora hereditária, transmitida com mais frequência como traço autossômico dominante, e caracterizada por desperdício distal progressivo e perda de reflexos dos músculos das pernas (e ocasionalmente envolvendo os braços). O início é normalmente entre a segunda e quarta década de vida. Esta afecção foi dividida em dois subtipos: neuropatia motora hereditária e sensorial (NMSH) tipos I e II. A NMSH I está associada com velocidades anormais de condução do nervo e hipertrofia do nervo, características não encontradas na NMSH II.Células Musculares: Células contráteis maduras, geralmente conhecidas como miócitos, que formam um dos três tipos de músculo. Os três tipos de músculo são o esquelético (FIBRAS MUSCULARES ESQUELÉTICAS), o cardíaco (MIÓCITOS CARDÍACOS) e o liso (MIÓCITOS DE MÚSCULO LISO). Provêm de células musculares embrionárias (precursoras) denominadas MIOBLASTOS.Receptores Colinérgicos: Proteínas de superfície celular que se ligam à acetilcolina com alta afinidade e desencadeiam alterações intracelulares influenciando o comportamento de celular. Os receptores colinérgicos são divididos em duas classes principais, os receptores muscarínicos e os nicotínicos, divisão baseada originalmente na afinidade desses receptores pela nicotina e muscarina. Cada grupo ainda é subdividido baseado na farmacologia, localização, modo de ação e/ou biologia molecular.Monocrotofós: Inseticida organofosfatado que inibe a monoamino oxidase e a acetilcolinesterase. Sua genotoxicidade foi demonstrada.Músculo Masseter: Músculo mastigatório cuja ação é o fechamento da mandíbula.Doença de Depósito de Glicogênio Tipo II: Doença do armazenamento de glicogênio, de herança recessiva autossômica, causada por deficiência de GLUCANA 1,4-ALFA-GLUCOSIDASE. Grandes quantidades de GLICOGÊNIO se acumulam nos LISOSSOMOS do MÚSCULO ESQUELÉTICO, CORAÇÃO, FÍGADO, MEDULA ESPINAL e CÉREBRO. Três formas foram descritas: neonatal, infantil e adulta. A forma neonatal é fatal na infância e se apresenta com hipotonia e CARDIOMIOPATIA HIPERTRÓFICA. A forma infantil normalmente se apresenta no segundo ano de vida com fraqueza proximal e sintomas respiratórios. A forma adulta consiste de uma miopatia proximal lentamente progressiva. (Tradução livre do original: Muscle Nerve 1995;3:S61-9; Menkes, Textbook of Child Neurology, 5th ed, pp73-4)Creatina Quinase: Transferase que catalisa a formação de FOSFOCREATINA a partir de ATP + CREATINA. A reação armazena energia do ATP na forma de fosfocreatina. Três ISOENZIMAS citoplasmáticas foram identificadas em tecidos humanos: os tipos MM (de MÚSCULO ESQUELÉTICO), MB (de miocárdio) e BB (de tecido nervoso), bem como uma isoenzima mitocondrial. O termo macro creatina quinase refere-se à creatina quinase complexada com outras proteínas séricas.Músculos da Mastigação: Origem: parte superficial, borda inferior dos dois terços anteriores do arco zigomático; parte profunda, borda inferior e superfície medial do arco zigomático; inserção: superfície lateral do ramo e processo coronoide da mandíbula; ação: fecha a mandíbula; inervação: massetérico da divisão mandibular do trigêmeo. (Stedman, 25a ed)Miotonia: Falência prolongada do relaxamento muscular após contração. Pode ocorrer após contrações voluntárias, percussão muscular ou estimulação elétrica do músculo. Miotonia é um sinal característico de TRANSTORNOS MIOTÔNICOS.Músculos Intercostais: Músculos respiratórios que se originam da borda inferior de uma costela e se inserem na borda superior da costela abaixo; e se contraem durante a inspiração e a expiração. (Stedman, 25a ed)Paralisias Periódicas Familiares: Grupo heterogêneo de transtornos herdados caracterizados por ataques recorrentes de paralisia flácida rapidamente progressiva ou miotonia. Estas afecções têm em comum uma mutação do gene que codifica a subunidade alfa do canal de sódio do músculo esquelético. Elas frequentemente são associadas com flutuações nas concentrações séricas de potássio. A paralisia periódica pode ocorrer também como um processo não familiar secundário a TIROTOXICOSE e outras afecções. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, p1481)Fenômenos Biomecânicos: Propriedades, processos e comportamento de sistemas biológicos sob ação de forças mecânicas.Síndrome Pós-Poliomielite: Síndrome caracterizada por sintomas neuromusculares novos que ocorrem ao menos 15 anos após a estabilidade clínica ter sido atingida em pacientes com história prévia de poliomielite sintomática. As características clínicas incluem novas fraquezas musculares e atrofia dos membros, da musculatura invervada pelo bulbo e dos músculos respiratórios, combinadas com fadiga excessiva, dor articular e diminuição do vigor. O processo é caracterizado por uma progressão lenta e períodos de estabilização. (Tradução livre do original: de Ann NY Acad Sci 1995 May 25;753:68-80)Capacidade Inspiratória: Volume máximo de ar que pode ser inspirado após alcançar o final de uma expiração normal e tranquila. É a soma do VOLUME DE VENTILAÇÃO PULMONAR e do VOLUME INSPIRATÓRIO DE RESERVA. A abreviação normal é IC.Fatores de Tempo: Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.Distrofina: Proteína muscular localizada na superfície de membranas a qual é o produto da distrofia muscular de Duchenne/Becker. Indivíduos com distrofia muscular de Duchenne usualmente têm falta da proteína, enquanto aqueles portadores da distrofia muscular de Becker possuem a distrofina de tamanho alterado. A distrofina compartilha características com outras proteínas do citoesqueleto tais como a ESPECTRINA e a alfa-actinina, mas a função precisa da distrofina ainda não está esclarecida. Um papel possível dessa proteína pode estar relacionado à integridade e alinhamento da membrana plasmática às miofribilas durante a contração muscular e relaxamento. Seu peso molecular é de 400 kDa.Neurônios Motores: Neurônios que ativam CÉLULAS MUSCULARES.Atrofia Muscular Espinal: Grupo de transtornos caracterizados por degeneração progressiva dos neurônios motores da medula espinhal resultando em fraqueza e atrofia muscular, normalmente sem evidência de lesão aos tratos corticospinais. Entre as doenças desta categoria estão a doença de Werdnig-Hoffman e ATROFIAS MUSCULARES ESPINAIS DA INFÂNCIA de início tardio, sendo a maioria destas, hereditárias. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, p1089)Doença dos Neurônios Motores: Doenças caracterizadas por uma degeneração seletiva dos neurônios motores da medula espinhal, tronco cerebral ou córtex motor. Os subtipos clínicos são diferenciados pelo maior local de degeneração. Na ESCLEROSE AMIOTRÓFICA LATERAL há envolvimento dos neurônios motores do tronco cerebral, inferiores e superiores. Na atrofia muscular progressiva e síndromes relacionadas (v. ATROFIA MUSCULAR ESPINHAL) os neurônios motores da medula espinhal são principalmente afetados. Com paralisia bulbar progressiva (PARALISIA BULBAR PROGRESSIVA), a degeneração inicial ocorre no tronco cerebral. Na esclerose lateral primária os neurônios corticais são isoladamente afetados. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, p1089)Linhagem: Registro da descendência ou ancestralidade, particularmente de uma característica ou traço especial que identifica cada membro da família, suas relações e seu estado em relação a este traço ou característica.Sarcômeros: Unidades contráteis repetidas das MIOFIBRILAS, delimitadas pelas linhas Z ao longo do seu comprimento.Células Satélites de Músculo Esquelético: Mioblastos quiescentes, fusiformes e alongados em contato íntimo com o músculo esquelético adulto. Acredita-se que desempenham um papel no reparo e regeneração do músculo.Fenótipo: Aparência externa do indivíduo. É o produto das interações entre genes e entre o GENÓTIPO e o meio ambiente.Cálcio: Elemento fundamental encontrado em todos os tecidos organizados. É um membro da família dos metais alcalinoterrosos cujo símbolo atômico é Ca, número atômico 20 e peso atômico 40. O cálcio é o mineral mais abundante no corpo e se combina com o fósforo para formar os fosfatos de cálcio presentes nos ossos e dentes. É essencial para o funcionamento normal dos nervos e músculos além de desempenhar um papel importante na coagulação do sangue (como o fator IV) e em muitos processos enzimáticos.Paralisia: Termo geral normalmente usado para descrever a perda grave ou completa da força muscular devido à doença do sistema motor desde o nível do córtex cerebral até a fibra muscular. Este termo também pode ocasionalmente se referir à perda da função sensorial. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, p45)Mioblastos: Células embrionárias (precursoras) da linhagem miogênica que se desenvolvem a partir do MESODERMA. Eles se proliferam, migram para vários locais, e então se diferenciam na forma adequada de miócitos (MIÓCITOS ESQUELÉTICOS, MIÓCITOS CARDÍACOS, MIÓCITOS DE MÚSCULO LISO).Paralisia Periódica Hiperpotassêmica: Transtorno familiar autossômico dominante que apresenta-se na idade de lactentes ou na infância e que é caracterizado por episódios de fraqueza associados com hiperpotassemia. Durante os ataques, os músculos das extremidades inferiores são afetados incialmente, seguidos pela porção inferior do tronco e braços. Os episódios duram de 15 a 60 minutos e tipicamente ocorrem depois de um período de repouso seguido de exercício. Um defeito nos canais de sódio de músculo esquelético tem sido identificado como a causa dessa afecção. Paralisia periódica normopotassêmica é um transtorno intimamente relacionado que é marcado por uma ausência de alterações nos níveis de potássio durante os ataques de fraqueza. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, p1481)Estimulação Elétrica: Uso de correntes ou potenciais elétricos para obter respostas biológicas.Torque: Força rotativa sobre um eixo que é igual ao produto da força vezes a distância do eixo onde a força foi aplicada.Modelos Animais de Doenças: Doenças animais ocorrendo de maneira natural ou são induzidas experimentalmente com processos patológicos suficientemente semelhantes àqueles de doenças humanas. São utilizados como modelos para o estudo de doenças humanas.Mutação: Qualquer mudança detectável e hereditária que ocorre no material genético causando uma alteração no GENÓTIPO e transmitida às células filhas e às gerações sucessivas.Transtornos Miotônicos: Doenças caracterizadas por MIOTONIA, que podem ser herdadas ou adquiridas. A miotonia pode ser restrita a certos músculos (e.g., músculos intrínsecos da mão) ou ocorrer como uma situação generalizada.Condução Nervosa: Propagação do IMPULSO NERVOSO ao longo do nervo afastando-se do local do estímulo excitatório.Exercícios Respiratórios: Exercícios terapêuticos visando aprofundar a inspiração ou expiração ou equilibrar a frequência e ritmo respiratório alterados.Músculos Peitorais: Músculos peitorais (maior e menor), localizados à frente da AXILA, que elevam a parte superior e anterior do peito.Insuficiência Respiratória: Incapacidade para proporcionar oxigênio adequado às células do organismo e para remover o excesso de dióxido de carbono. (Stedman, 25a ed)Paralisia Bulbar Progressiva: Doença dos neurônios motores caracterizada por fraqueza progressiva dos músculos enervados por nervos cranianos do tronco encefálico inferior. Entre as manifestações clínicas estão disartria, disfagia, fraqueza facial, fraqueza da língua e fasciculações dos músculos faciais e da língua. A forma adulta da doença é marcada inicialmente por fraqueza bulbar progredindo até envolver os neurônios motores através dos eixos neurais. Eventualmente, esta afecção pode se tornar indistinguível da ESCLEROSE AMIOTRÓFICA LATERAL. A síndrome de Fazio-Londe é uma forma hereditária desta doença que ocorre em crianças e adultos jovens. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, p1091; Brain 1992 Dec;115(Pt 6): 1889-1900)Distrofia Muscular Oculofaríngea: Doença hereditária, autossômica e dominante, manifestando-se tardiamente e caracterizada por DISFAGIA e ptose progressiva das pálpebras. As mutações no gene da PROTEÍNA II DE LIGAÇÃO A POLI(A) foram associadas com distrofia do músculo oculofaríngeo.Síndrome: Complexo sintomático característico.Biópsia: Remoção e avaliação patológica de amostras, na forma de pequenos fragmentos de tecido do corpo vivo.Neurite do Plexo Braquial: Síndrome associada com inflamação do PLEXO BRAQUIAL. Os sinais clínicos incluem dor severa na região dos ombros, podendo ser acompanhada de FRAQUEZA MUSCULAR e perda da sensação na extremidade superior. Esta afecção pode estar associada com DOENÇAS VIRAIS, IMUNIZAÇÃO, CIRURGIA, uso de heroína (ver DEPENDÊNCIA DE HEROÍNA) e outras circunstâncias. O termo neuralgia braquial geralmente se refere à dor associada com lesão do plexo braquial.Distrofia Muscular Facioescapuloumeral: Doença muscular, degenerativa, autossômica e dominante, caracterizada por fraqueza de progressão lenta dos músculos da face, braço e cintura escapular. O início dos sintomas, normalmente ocorre na primeira ou segunda década de vida. Os indivíduos afetados, normalmente apresentam dificuldade em erguer a extremidade superior. Isso tende a ser seguido por fraqueza facial, envolvendo principalmente os músculos orbicular oral e orbicular do olho. (Tradução livre do original: Neuromuscul Disord 1997;7(1):55-62; Adams et al., Principles of Neurology, 6a ed, p1420)Aspiração Respiratória: Inalação de líquidos ou sólidos, como conteúdo estomacal, pelo TRATO RESPIRATÓRIO. Quando isto causa dano grave ao pulmão, é denominado de PNEUMONIA ASPIRATIVA.Espasticidade Muscular: Forma de hipertonia muscular associada com DOENÇA DOS NEURÔNIOS MOTORES superiores. A resistência ao estiramento passivo de um músculo espástico resulta em resistência inicial mínima (um "intervalo livre") seguida de um aumento progressivo do tônus muscular. O tônus aumenta proporcionalmente à velocidade de estiramento. A espasticidade, normalmente é acompanhada de HIPER-REFLEXIA e graus variados de DEBILIDADE MUSCULAR. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6a ed, p54)Doenças da Junção Neuromuscular: Afecções caracterizadas por transmissão deficiente de impulsos na JUNÇÃO NEUROMUSCULAR. Pode resultar de transtornos que afetam a função receptora, função de membrana pré ou pós-sináptica, ou atividade da ACETILCOLINESTERASE. A maioria das doenças desta categoria está associada com afecções autoimunes, tóxicas ou hereditárias.Reflexo Anormal: Resposta anormal a um estímulo aplicado aos componentes sensoriais do sistema nervoso. Pode ter a forma de reflexos elevados, diminuídos ou ausentes.Coxas: Porção da perna em humanos e outros animais encontrada entre o QUADRIL e o JOELHO.Desmina: Proteína de filamento intermediário encontrada predominantemente em células do músculo liso, esquelético e cardíaco. Localizada na linha Z. O peso molecular varia entre 50.000 a 55.000, dependendo da espécie.Canal de Sódio Disparado por Voltagem NAV1.4: Subtipo de canal de sódio disparado por voltagem que medeia a PERMEABILIDADE de FIBRAS MUSCULARES ESQUELÉTICOS. Defeitos no gene SCN4A que codifica a subunidade alfa deste canal de sódio estão associados a vários TRANSTORNOS MIOTÔNICOS.Células Cultivadas: Células propagadas in vitro em meio especial apropriado ao seu crescimento. Células cultivadas são utilizadas no estudo de processos de desenvolvimento, processos morfológicos, metabólicos, fisiológicos e genéticos, entre outros.Inalação: RESPIRAÇÃO para dentro.Miopatias Mitocondriais: Grupo de doenças musculares associadas com função mitocondrial anormal.Actinas: Proteínas filamentosas, principais constituintes dos delgados filamentos das fibras musculares. Os filamentos (também conhecidos como filamentos ou actina-F) podem ser dissociados em suas subunidades globulares. Cada subunidade é composta por um único polipeptídeo de 375 aminoácidos. Este é conhecido como actina-G ou globular. Em conjunção com a MIOSINA, a actina é responsável pela contração e relaxamento do músculo.Neoplasias de Tecido Conjuntivo: Neoplasias compostas de tecido conjuntivo, incluindo tecido elásticos, mucoso, reticular, ósseo e cartilaginoso. O conceito não se refere às neoplasias localizadas no tecido conjuntivo.Tropomiosina: Proteína encontrada nos finos filamentos de fibras musculares. Inibe a contração do músculo, a menos que sua posição seja modificada pela TROPONINA.Polineuropatias: Doenças dos nervos periféricos múltiplos simultaneamente. As polineuropatias frequentemente são caracterizadas por deficiências sensoriais e motoras distais, simétricas e bilaterais, com um aumento gradual na gravidade distal. Os processos patológicos que afetam os nervos periféricos incluem degeneração do axônio, mielina ou ambos. As várias formas de polineuropatia são classificadas pelo tipo do nervo afetado (ex., sensorial, motor ou autônomo), distribuição da lesão nervosa (ex., distal vs. proximal), componente nervoso, principalmente afetado (ex., desmielinização vs. axonal), etiologia, ou padrão de herança.Músculos Psoas: Potente flexor da coxa na altura da articulação do quadril (psoas maior) e um fraco flexor do tronco e região lombar da coluna vertebral (psoas menor). A palavra psoas é derivada do Grego 'psoa' significando 'músculos da região lombar'. É uma região comum de infecção que se manifesta como um abscesso (ABSCESSO DO PSOAS). Os músculos psoas e suas fibras também são frequentemente utilizados em experimentos envolvendo fisiologia muscular.Síndrome de Guillain-Barré: Neurite autoimune aguda inflamatória causada por resposta imune celular mediada por células-T, dirigida à mielina periférica. A desmielinização ocorre em nervos periféricos e raizes nervosas. O processo é geralmente precedido de infecções virais ou bacterianas, cirurgias, imunizações, linfomas ou exposição a toxinas. Manifestações clínicas comuns incluem fraqueza progressiva, perda de sensações e perda de reflexos profundos do tendão. Podem ocorrer fraqueza dos músculos respiratórios e disfunção autônoma. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, pp1312-1314)Miopatia da Parte Central: Afecção miopática congênita hereditária caracterizada por fraqueza e hipotonia na infância e desenvolvimento motor atrasado. A biopsia muscular revela uma condensação de miofibrilas e material miofibrilar na porção central de cada fibra muscular.Astenia: Sinal ou sintoma clínico manifestado como debilidade, falta ou perda de força e energia.Membro Posterior: Cada uma das duas extremidades traseiras de animais terrestres não primatas, que apresentam quatro membros. Geralmente é constituído por FÊMUR, TÍBIA, FÍBULA, OSSOS DO TARSO, OSSOS DO METATARSO e DEDOS DO PÉ. (Tradução livre do original: Storer et al., General Zoology, 6th ed, p 73)Força da Mão: Força exercida quando de um aperto de mão ou empunhadura.Envelhecimento: Mudanças graduais irreversíveis na estrutura e funcionamento de um organismo que ocorrem como resultado da passagem do tempo.Neuropatia Hereditária Motora e Sensorial: Grupo de transtornos hereditários lentamente progressivos que afetam os nervos periféricos sensorial e motor. Os subtipos incluem NMSHs I-VII. As NMSH tipo I e II referem-se à DOENÇA DE CHARCOT-MARIE-TOOTH. A NMSH tipo III refere-se a neuropatia hipertrófica da infância. A NMSH IV refere-se à DOENÇA DE REFSUM. A NMSH V refere-se a uma afecção caracterizada por uma neuropatia sensorial e motora hereditária associada com paraplegia espástica (v. PARAPLEGIA ESPÁSTICA HEREDITÁRIA). A NMSH VI refere-se à NMSH associada com uma atrofia óptica hereditária (ATROFIAS ÓPTICAS HEREDITÁRIAS), e a NMSH VII refere-se à NMSH associada com retinite pigmentosa. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, p1343)Marcha: Modo ou estilo de andar.Camundongos Endogâmicos C57BLEsclerose Amiotrófica Lateral: Transtorno degenerativo que afeta os NEURÔNIOS MOTORES superiores no cérebro e neurônios motores inferiores no tronco cerebral e MEDULA ESPINAL. A doença se inicia normalmente após os 50 anos de idade e o processo geralmente é fatal dentro de 3 a 6 anos. Entre as manifestações clínicas estão fraqueza progressiva, atrofia, FASCICULAÇÃO, hiper-reflexia, DISARTRIA, disfagia e eventual paralisia da função respiratória. Entre os sinais patológicos estão reposição de neurônios motores com ASTRÓCITOS fibrosos e atrofia das RAÍZES NERVOSAS ESPINHAIS anteriores e tratos corticospinais. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, pp1089-94)Músculo Temporal: Músculo mastigatório cuja ação é fechar a mandíbula. Sua porção posterior é responsável pela retração da mandíbula.Músculos Faríngeos: Músculos da FARINGE são músculos voluntários dispostos em duas camadas. A camada externa circular consiste de três constritores (superior, médio e inferior). A camada interna longitudinal consiste no palatofaríngeo, no salpingofaríngeo e no estilofaríngeo. Durante a deglutição, a camada externa constringe a parede faríngea e a camada interna eleva a faringe e a LARINGE.Exercício: Atividade física geralmente regular e feita com a intenção de melhorar ou manter a APTIDÃO FÍSICA ou a SAÚDE. É diferente de ESFORÇO FÍSICO que é voltado principalmente para as respostas fisiológicas e metabólicas ao uso da energia.Coelhos: Espécie Oryctolagus cuniculus (família Leporidae, ordem LAGOMORPHA) nascem nas tocas, sem pelos e com os olhos e orelhas fechados. Em contraste com as LEBRES, os coelhos têm 22 pares de cromossomos.Brometo de Piridostigmina: Inibidor da colinesterase com ação ligeiramente mais prolongada que a NEOSTIGMINA. É usado no tratamento da miastenia grave e para reverter as ações de relaxantes musculares.Capacidade Vital: Volume de ar que é exalado por uma expiração máxima seguido de uma inspiração máxima.Camundongos Transgênicos: Camundongos de laboratório que foram produzidos de um OVO ou EMBRIÃO DE MAMÍFEROS, manipulados geneticamente.Miotonia Congênita: Distúrbios miotônicos hereditários com MIOTONIA de início na primeira infância. A hipertrofia muscular é comum e a miotonia pode impedir o ato de caminhar e outros movimentos. É classificada como miotonia generalizada de Thomsen (padrão autossômico dominante) ou de Becker (padrão autossômico recessivo) com base principalmente no padrão de herança. O tipo de Becker é também o tipo clinicamente mais grave. Uma variante autossômica dominante com sintomas mais brandos e início mais tardio é conhecida como miotonia flutuante. Mutações no canal de cloro dependente de voltagem do músculo esquelético estão associadas com estes transtornos.Edrofônio: Inibidor da colinesterase com rápido início de ação e curta duração utilizado nas arritmias cardíacas e no diagnóstico da miastenia gravis. Foi também utilizado como antídoto dos efeitos tipo curare.Resistência Física: Intervalo de tempo entre o início e o término de uma atividade física, devido ao esgotamento do indivíduo.Transtornos das Sensações: Transtornos dos sentidos especiais (ex., VISÃO, AUDIÇÃO, PALADAR e OLFATO) ou sistema somatossensorial (ex., componentes aferentes do SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO).RNA Mensageiro: Sequências de RNA que servem como modelo para a síntese proteica. RNAm bacterianos são geralmente transcritos primários pelo fato de não requererem processamento pós-transcricional. O RNAm eucariótico é sintetizado no núcleo e necessita ser transportado para o citoplasma para a tradução. A maior parte dos RNAm eucarióticos têm uma sequência de ácido poliadenílico na extremidade 3', denominada de cauda poli(A). Não se conhece com certeza a função dessa cauda, mas ela pode desempenhar um papel na exportação de RNAm maduro a partir do núcleo, tanto quanto em auxiliar na estabilização de algumas moléculas de RNAm retardando a sua degradação no citoplasma.Quadriplegia: Perda grave ou completa da função motora em todos os quatro membros podendo resultar de DOENÇAS CEREBRAIS, DOENÇAS DA MEDULA ESPINHAL, DOENÇAS DO SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO, DOENÇAS NEUROMUSCULARES ou, raramente, DOENÇAS MUSCULARES. A síndrome "trancada" é caracterizada por quadriplegia em combinação com paralisia do músculo craniano. A consciência é poupada e a única atividade motora voluntária que permanece está limitada ao movimento dos olhos. Esta afecção normalmente é causada por uma lesão no TRONCO ENCEFÁLICO superior que lesa os tratos córtico-espinhal e córtico-bulbar.Treinamento de Resistência: Tipo de programa de exercícios de fortalecimento que exige que a musculatura do corpo exerça uma força contra alguma forma de resistência, como pesos, faixas elásticas, água ou objetos estáticos. Exercícios de resistência são uma combinação de contrações estáticas e dinâmicas envolvendo o aumento e a diminuição dos músculos esqueléticos.Sarcoglicanas: Família de proteínas transmembrana associadas à distrofina que desempenham papel na associação do COMPLEXO DE PROTEÍNAS ASSOCIADAS À DISTROFINA à membrana.Neuropatias do Plexo Braquial: Doenças das raizes cervicais (primeiras raizes torácicas), tronco nervoso, medula e componentes nervosos periféricos do PLEXO BRAQUIAL. As manifestações clínicas incluem dor regional, PARESTESIA, FRAQUEZA MUSCULAR e diminuição da sensação (HIPESTESIA) na extremidade superior. Estes transtornos podem estar associados com trauma (incluindo TRAUMATISMOS DO NASCIMENTO), SÍNDROME DO DESFILADEIRO TORÁCICO, NEOPLASIAS, NEURITE, RADIOTERAPIA e outras afecções.Imagem por Ressonância Magnética: Método não invasivo de demonstração da anatomia interna baseado no princípio de que os núcleos atômicos em um campo magnético forte absorvem pulsos de energia de radiofrequência e as emitem como ondas de rádio que podem ser reconstruídas nas imagens computadorizadas. O conceito inclui técnicas tomográficas do spin do próton.Colágeno Tipo VI: Colágeno não fibrilar que forma uma rede de MICROFIBRILAS na MATRIZ EXTRACELULAR do TECIDO CONJUNTIVO. As subunidades alfa do colágeno tipo IV se agrupam formando dímeros na configuração antiparalela que se superpõem e que em seguida se alinham para formar tetrâmeros.Contratura: Encurtamento prolongado do músculo ou outro tecido mole ao redor de uma articulação, impedindo o movimento da articulação.Placa Motora: Região pós-sináptica especializada da célula muscular. A placa motora localiza-se na fenda sináptica imediatamente oposta ao axônio terminal pré-sináptico. Entre suas especializações anatômicas encontram-se as dobras juncionais que abrigam uma alta densidade de receptores colinérgicos.Doenças do Sistema Nervoso Periférico: Doenças dos nervos periféricos externos ao cérebro e medula espinhal, incluindo doenças das raizes dos nervos, gânglios, plexos, nervos autônomos, nervos sensoriais e nervos motores.Testes de Função Respiratória: Medidas de vários processos envolvidos na respiração: inspiração, expiração, troca de oxigênio e dióxido de carbono, volume e deformação do pulmão, etc.Extremidades: Projeções mais distantes ou mais externas do corpo, como a MÃOS e PÉS.Imuno-Histoquímica: Localização histoquímica de substâncias imunorreativas utilizando anticorpos marcados como reagentes.Inibidores da Colinesterase: Drogas que inibem as colinesterases. O neurotransmissor ACETILCOLINA é rapidamente hidrolisado, e portanto inativado, pelas colinesterases. Quando as colinesterases são inibidas, a ação da acetilcolina liberada endogenamente nas sinapses colinérgicas é potencializada. Os inibidores da colinesterase são muito usados clinicamente pela sua potenciação das entradas colinérgicas para o trato gastrointestinal e a bexiga urinária, os olhos e músculos esqueléticos. Também são usados por seus efeitos no coração e no sistema nervoso central.Atividade Motora: Atividade física de um humano ou de um animal como um fenômeno comportamental.Dados de Sequência Molecular: Descrições de sequências específicas de aminoácidos, carboidratos ou nucleotídeos que apareceram na literatura publicada e/ou são depositadas e mantidas por bancos de dados como o GENBANK, European Molecular Biology Laboratory (EMBL), National Biomedical Research Foundation (NBRF) ou outros repositórios de sequências.Insuflação: Ato de insuflar pó, vapor ou gás em alguma cavidade do corpo para propósitos experimentais, diagnósticos ou terapêuticos.Síndromes Paraneoplásicas: Em pacientes com doenças neoplásicas uma variedade grande de quadros clínicos que são os efeitos indiretos e normalmente remotos produzidos por metabólitos de células tumorais e outros produtos.Tolerância ao Exercício: Capacidade de um indivíduo para [realizar] exercícios medida através de [sua] resistência (duração máxima do exercício e/ou carga máxima de trabalho atingida) durante um TESTE de EXERCÍCIO.Quadril: Parte que se projeta de cada lado do corpo, formado pela borda da pelve e pela parte superior do fêmur.Idade de Início: A idade, estágio de desenvolvimento ou período da vida no qual uma doença, seus sintomas iniciais ou manifestações aparecem em um indivíduo.Dispneia: A respiração com dificuldade ou com esforço.Resultado do Tratamento: Estudos conduzidos com o fito de avaliar as consequências da gestão e dos procedimentos utilizados no combate à doença de forma a determinar a eficácia, efetividade, segurança, exequibilidade dessas intervenções.Consumo de Oxigênio: A velocidade com que o oxigênio é utilizado por um tecido; microlitros de oxigênio nas CNTP (condições normais de temperatura e pressão) usados por miligrama de tecido por hora; velocidade com que o oxigênio do gás alveolar entra no sangre, igual no estado de equilíbrio dinâmico, ao consumo de oxigênio pelo metabolismo tecidual em todo o corpo. (Stedman, 27a ed, p358)Triantereno: Composto de pteridinatriamina que inibe a reabsorção de SÓDIO por meio dos CANAIS DE SÓDIO de CÉLULAS EPITELIAIS renais.Hipoventilação: Redução na quantidade de ar que entra nos alvéolos pulmonares.Deficiência Múltipla de Acil Coenzima A Desidrogenase: Transtorno autossômico recessivo da oxidação de ácidos graxos e AMINOÁCIDOS DE CADEIA RAMIFICADA e do catabolismo da LISINA e da COLINA que é devido a defeitos na FLAVOPROTEÍNAS TRANSFERIDORAS DE ELÉTRONS ou na sua desidrogenase. a flavoproteína transferidora de elétron: ubiquinona oxidorredutase (EC1.5.5.1)Camundongos Knockout: Linhagens de camundongos nos quais certos GENES dos GENOMAS foram desabilitados (knocked-out). Para produzir "knockouts", usando a tecnologia do DNA RECOMBINANTE, a sequência do DNA normal no gene em estudo é alterada para impedir a síntese de um produto gênico normal. Células clonadas, nas quais esta alteração no DNA foi bem sucedida, são então injetadas em embriões (EMBRIÃO) de camundongo, produzindo camundongos quiméricos. Em seguida, estes camundongos são criados para gerar uma linhagem em que todas as células do camundongo contêm o gene desabilitado. Camundongos knock-out são usados como modelos de animal experimental para [estudar] doenças (MODELOS ANIMAIS DE DOENÇAS) e para elucidar as funções dos genes.Regulação da Expressão Gênica: Qualquer dos processos pelos quais os fatores nucleares, citoplasmáticos ou intercelulares influenciam o controle diferencial (indução ou repressão) da ação gênica ao nível da transcrição ou da tradução.Bloqueadores Neuromusculares: Drogas que interrompem a transmissão dos impulsos nervosos na junção neuromuscular esquelética. Elas podem ser de dois tipos: bloqueadores estabilizantes competitivos (AGENTES NÃO DESPOLARIZANTES NEUROMUSCULARES) ou agentes despolarizantes não competitivos (DESPOLARIZANTES NEUROMUSCULARES). Esses dois tipos de drogas impedem que a acetilcolina dispare a contração muscular sendo usados como adjuvantes anestésicos, como relaxantes durante o eletrochoque, em estados convulsivos, etc.Miastenia Gravis Autoimune Experimental: Modelo animal de doença autoimune usado para o estudo de MIASTENIA GRAVIS. A injeção de componentes de receptores colinérgicos (AChR) (ver RECEPTORES COLINÉRGICOS) purificados da junção neuromuscular, resulta em uma síndrome miastênica com fases aguda e crônica. A patologia da terminação motora, perda de receptores colinérgicos, presença de anticorpos anti-AChR e alterações eletrofisiológicas, tornam esta afecção virtualmente idêntica à miastenia gravis humana. A transferência passiva de anticorpos AChR ou linfócitos provenientes de animais afetados para animais normais induz a transferência passiva de miastenia gravis autoimune experimental.Medidas de Volume Pulmonar: Medida da quantidade de ar que os pulmões podem conter em vários pontos no ciclo respiratório.Pressão: Tipo de estresse exercido uniformemente em todas as direções. Sua medida é a força exercida por unidade de área. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)Glicogênio: Polissacarídeo não nitrogenado, isômero do amido, que existe no fígado, músculos, cartilagem, leucócitos, etc. Forma-se no fígado, onde também é armazenado, a partir de carboidratos. Pode ser convertido em glicose de acordo com a necessidade do organismo. (Tradução livre do original: Diccionario terminológico de ciencias médicas, Masson, 13a ed.)Retículo Sarcoplasmático: Rede de túbulos e cisternas localizada no citoplasma de FIBRAS MUSCULARES ESQUELÉTICAS que participam na contração e no relaxamento dos músculos através da liberação e armazenamento de íons cálcio.Ratos Sprague-Dawley: Linhagem de ratos albinos amplamente utilizada para propósitos experimentais por sua tranquilidade e facilidade de manipulação. Foi desenvolvida pela Companhia de Animais Sprague-Dawley.Pernas: Parte mais baixa, na extremidade inferior, entre o JOELHO e o TORNOZELO.Microscopia Eletrônica: Microscopia que utiliza um feixe de elétrons, em vez de luz, para visualizar a amostra, permitindo assim uma grande amplificação. As interações dos ELÉTRONS com as amostras são usadas para fornecer informação sobre a estrutura fina da amostra. Na MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE TRANSMISSÃO, as reações dos elétrons transmitidas através da amostra são transformadas em imagem. Na MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE VARREDURA, um feixe de elétrons incide em um ângulo não normal sobre a amostra e a imagem é formada a partir de reações que ocorrem acima do plano da amostra.Prednisolona: Glucocorticoide com as propriedades gerais dos corticosteroides. É a droga de escolha para todas as afecções nas quais a terapia corticosteroide sistêmica é indicada, exceto nos estados de deficiência adrenal.Paresia: Termo geral que se refere ao grau leve a moderado de fraqueza muscular, ocasionalmente usado como sinônimo de PARALISIA (perda grave ou completa da função motora). Na literatura antiga, paresia geralmente se referia especificamente a neurossífilis parética (ver NEUROSSÍFILIS). "Paresia geral" e "paralisia geral" podem ainda trazer esta conotação. A paresia das extremidades inferiores bilateral é denominada PARAPARESIA.Carnitina: Constituinte de MÚSCULO ESTRIADO e FÍGADO. É derivado de aminoácido e um cofator essencial no metabolismo de ácidos graxos.Atrofias Musculares Espinais da Infância: Grupo de doenças recessivamente hereditárias, caracterizadas por atrofia muscular progressiva e hipotonia. São classificadas como tipo I (doença de Werdnig-Hoffman), tipo II (forma intermediária) e tipo III (doença de Kugelberg-Welander). O tipo I é fatal na infância; o tipo II apresenta início infantil tardio e está associado com sobrevivência até a segunda ou terceira década de vida. O tipo III se inicia na infância e é lentamente progressivo.Fadiga: Estado de esgotamento, seguido a um período de esforço mental ou físico, caracterizado por uma queda na capacidade para trabalhar e reduzida eficiência para responder aos estímulos.Doenças Faríngeas: Processos patológicos envolvendo a FARINGE.Índice de Gravidade de Doença: Níveis dentro de um grupo de diagnósticos estabelecidos por vários critérios de medição aplicados à gravidade do transtorno de um paciente.Cãibra Muscular: Contração sustentada espasmódica das fibras musculares, normalmente dolorida. Isso pode ocorrer como fenômeno isolado ou como manifestação de um processo patológico subjacente (ex., UREMIA, HIPOTIREOIDISMO, DOENÇA DOS NEURÔNIOS MOTORES, etc.). (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6a ed, p1398)Respiração: Ato de respirar com os PULMÕES, consistindo em INALAÇÃO ou captação do ar ambiente para os pulmões e na EXPIRAÇÃO ou expulsão do ar modificado, que contém mais DIÓXIDO DE CARBONO que o ar inalado. (Tradução livre do original: Blakiston's Gould Medical Dictionary, 4th ed.). Não está incluída a respiração tissular (= CONSUMO DE OXIGÊNIO) ou RESPIRAÇÃO CELULAR.Hipofosfatemia: Afecção na qual os níveis de FOSFATOS no sangue estão anormalmente baixos.Miostatina: Fator de diferenciação de crescimento que é um inibidor potente do crescimento de MÚSCULO ESQUELÉTICO. Pode ter papel na regulação da MIOGÊNESE e na manutenção do músculo durante a vida adulta.Osteomalacia: Transtorno causado por uma interrupção da mineralização da matriz óssea orgânica, que leva ao amolecimento do osso, dor óssea e fraqueza. É a forma adulta do raquitismo, resultado do desequilíbrio na homeostase da VVITAMINA D, do FÓSFORO ou do CÁLCIO.Canal de Liberação de Cálcio do Receptor de Rianodina: Canal tetramérico de liberação de cálcio na membrana do RETÍCULO SARCOPLASMÁTICO das CÉLULAS MUSCULARES LISAS, que atuam em oposição às ATPASES TRANSPORTADORAS DE CÁLCIO DO RETÍCULO SARCOPLASMÁTICO. É importante para o acoplamento excitação-contração nos músculos esquelético e cardíaco, e é estudado usando RIANODINA. As anormalidades estão relacionadas com as ARRITMIAS CARDÍACAS e DOENÇAS MUSCULARES.Respiração Artificial: Qualquer método de respiração artificial que emprega meios mecânicos ou não mecânicos para forçar a entrada e saída de ar dos pulmões. A respiração ou ventilação artificial é usada em indivíduos que sofreram parada respiratória ou têm INSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA para aumentar sua captação de oxigênio (O2) e a liberação de dióxido de carbono (CO2).Eletrofisiologia: Estudo do comportamento e da geração de cargas elétricas nos organismos vivos, particularmente no sistema nervoso, e dos efeitos da eletricidade nos organismos vivos.Terapia por Exercício: Regime ou plano de atividades físicas concebido e prescrito para alcançar objetivos terapêuticos específicos. Seu propósito é restaurar a função musculosquelética normal ou reduzir dores causadas por doenças ou lesões.Postura: Posição ou atitude do corpo.Ratos Wistar: Linhagem de ratos albinos desenvolvida no Instituto Wistar e que se espalhou amplamente para outras instituições. Este fato diluiu marcadamente a linhagem original.Aparelhos Ortopédicos: Aparelhos utilizados para suportar, alinhar, prevenir ou corrigir deformidades ou melhorar a função de partes móveis do corpo.Esforço Físico: Gasto de energia durante ATIVIDADE MOTORA. A intensidade do esforço pode ser medida pela taxa de CONSUMO DE OXIGÊNIO, CALOR produzido ou FREQUÊNCIA CARDÍACA. O esforço percebido, uma medida psicológica do esforço, também é incluído.Nervos Periféricos: Nervos localizados fora do cérebro e medula espinhal, incluindo os nervos autônomos, cranianos e espinhais. Os nervos periféricos contêm células não neuronais, tecido conjuntivo e axônios. As camadas de tecido conjuntivo incluem, da periferia para o interior, epineuro, perineuro e endoneuro.alfa-Glucosidases: Enzimas que catalisam a exo-hidrólise de ligações 1,4-alfa-glucosídicas com liberação de alfa-glucose. A deficiência de alfa-1,4-glucosidase pode causar a DOENÇA DE DEPÓSITO DE GLICOGÊNIO TIPO II. EC 3.2.1.20.Exame Neurológico: Avaliação das reações e reflexos motores e sensoriais usada para detectar uma doença do sistema nervoso.Western Blotting: Identificação por transferência de mancha (em um gel) contendo proteínas ou peptídeos (separados eletroforeticamente) para tiras de uma membrana de nitrocelulose, seguida por marcação com sondas de anticorpos.Proteína 1 de Sobrevivência do Neurônio Motor: Proteína do complexo SMN essencial para a funcionalidade do complexo de proteínas SMN. Em humanos, a proteína é codificada por um único gene localizado próximo ao telômero da inversão de uma ampla região invertida no CROMOSSOMO 5. Mutações no gene que codifica a proteína 1 de sobrevivência do neurônio motor podem levar a ATROFIAS MUSCULARES ESPINAIS DA INFÂNCIA.Potássio: Elemento no grupo dos metais alcalinos com o símbolo atômico K, número atômico 19 e peso atômico 39,10. É o principal cátion do líquido intracelular das células musculares, entre outras. O íon potássio é um eletrólito forte e desempenha um papel significativo na regulação do volume celular e na manutenção do EQUILÍBRIO HIDROELETROLÍTICO.Análise de Variância: Técnica estatística que isola e avalia a contribuição dos fatores incondicionais para a variação na média de uma variável dependente contínua.

*  Chaparro de Ferro: Merecido, e esperado!
Ao que reuni, até ao momento foram dez as lesões musculares desde o inicio do estagio. ... Era de esperar que um treinador soubesse dessa debilidade, visto conhecer bem a atitude ... É facilmente ultrapassado vista a debilidade física do meio campo, e as deficiências ......
http://chaparrodeferro.blogspot.com/2014/06/merecidoe-esperado-desculpem-o.html
*  a peida é um regalo ... do nariz a gente trata: Sexta-feira, 4 de Julho de 2014
... foram tidas como uma prova da debilidade da equipa para lidar com a pressão. De repente, ... mas não viajou devido a uma lesão muscular. ......
http://apeidaumregalodonarizagentetrata.blogspot.co.uk/2014_07_04_archive.html
*  Fraqueza muscular
... ou miastenia mia do grego μυο significando músculo mais astenia do grego ἀσθένεια significando fraqueza é uma perda de força muscular as causas são múltiplas e podem ser divididas em condições em que há fraqueza muscular real ou referida a fraqueza muscular real é um sintoma primário de várias doenças dos músculos esqueléticos incluindo a distrofia muscular e a miopatia inflamatória ela ocorre em doenças da junção neuromuscular como a miastenia gravis a fraqueza muscular também pode ser causada por baixos níveis de potássio ou outros eletrólito s no interior da célula muscular categoria doenças musculares categoria doenças neurológicas categoria sintomas...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Fraqueza_muscular
*  Fraqueza bracos pernas - Doctoralia
... fraqueza bracos pernas. fraqueza bracos pernas. Listagem 9 resultados com fraqueza bracos pernas. Exames médicos e tratamentos 0. Síncope - Doença ... Medicina de Família e Comunidade, Enfermagem ... para baixo e as pernas levantadas acima do nível ... pode continuar a sentir fraqueza nos braços e pernas. Se uma pessoa tenta. Neuropatia Diabética - Doença ... Endocrinologia e Metabologia, Neurologia ... que se manifesta por fraqueza nos braços e pernas. Miastenia Gravis - Doença ... Neurologia, Medicina Interna, Neurofisiologia Clínica ... Pernas e braços : os pacientes têm dificuldade ... se o paciente tem fraqueza muscular flutuante que faz ... cansado de segurar os braços. Dor na cervical - Doença ... Ortopedia e Traumatologia, Reumatologia, Medicina Esportiva ... por uma sensação de fraqueza nos ombros e nas ... sensação de formigamento nos braços e dedos. Sinais de. Suprema - Medicamento ... nas pernas ou edemas não habituais nos braços e pernas, dores do tipo pontada ... ou desmaio, adormecimento d...
http://doctoralia.com.br/s/fraqueza-bracos-pernas
*  Sinal de Gowers
... thumb px right sinal de gowers positivo o sinal de gowers também conhecido como manobra de gowers ou manobra do levantar miopático é um sinal médico que indica fraqueza dos músculo s proximais especificamente aqueles do membro inferior o sinal descreve um paciente que usa suas mãos para escalar seu próprio corpo a partir de uma posição agachada devido à falta de força muscular no quadril e coxas o sinal recebe o nome em homenagem ao médico neurologista britânico william richard gowers associações o sinal de gowers é classicamente observado na distrofia muscular de duchenne mas também ocorre na miopatia centronuclear distrofia miotônica e diversas outras doenças associadas com fraqueza muscular proximal para esta manobra o paciente é colocado no chão distante de outros objetos com os quais ele poderia usar para se apoiar no momento de ficar na posição ereta a manobra também pode ser usada para testar paraplegia distrofia muscular de duchenne categoria neurologia gowers...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Sinal_de_Gowers
*  Distensão Muscular
... Uma distensão ou estiramento muscular , caracteriza-se por um rompimento parcial ou completo de fibras ou feixes musculares , resultante de um esforço ... O estiramento muscular é uma lesão indireta caracterizada pelo alongamento das fibras dos músculos além dos limites normais. A distensão muscular , ou estiramento muscular, ocorre quando um músculo se estica demais, gerando a ruptura de algumas fibras musculares, ou de todo o ... O estiramento muscular é um tipo de lesão ... Se o alongamento passar dos limites, pode ocorrer estiramento traumático que leva à ruptura das fibras musculares. A distensão muscular ocorre quando um músculo ou o tendão que se prende ao osso é submetido a um esforço que rompe algumas ou ... Como Tratar uma Distensão Muscular. Como diferenciar uma contratura muscular de uma distensão. Como diferenciar uma contratura muscular de uma distensão muscular. O QUE É distensão muscular. O estiramento e a distensão muscular podem estar bastante associados a práticas físicas sem a devida ...
http://savedwebhistory.org/k/distensão-muscular
*  Músculos, Função, Corpo, Humano, Tipos Músculos
... As fibras dos músculos esqueléticos danificados podem regenerar-se em qualquer estágio da vida, mas, como os demais tecidos musculares, a maior parte do reparo é na forma de tecido conjuntivo. Existem mais de 600 músculos espalhados pelo corpo humano, desses podemos citar 03 tipos: Músculo esquelético: É estriado, movimenta os ossos e é de controle voluntário. Existem 03 tipos de fibras musculares: 1 - Fibras musculares Tipo I Lenta Fibras vermelhas de contração lenta resistente à fadiga: são os músculos posturais pescoço e costas, tem suprimento de sangue e carrega oxigênio para o tecido muscular. FATORES QUE DETERMINAM A FORÇA DE CONTRAÇÃO DE UM MÚSCULO ESQUELÉTICO DURANTE SEU TRABALHO: Quanto maior é o número de fibras musculares utilizadas ao mesmo tempo, num mesmo músculo, durante uma contração do mesmo, maior será a sua força contrátil. Nas articulações, esses músculos são presos a ossos por meio de tendões, que são cordões de tecido conjuntivo. O músculo esquelético integral, como o bíceps, que é ...
http://portalsaofrancisco.com.br/alfa/corpo-humano-sistema-muscular/musculos.php
*  Tecido Muscular, Estrutura, Função, Tipos Tecido Muscular
Tecido do músculo esquelético. Tipos de tecido muscular Tecido muscular liso O tecido muscular liso é composto por células musculares finas alongado, as fibras. Durante a contração do tecido muscular esquelético, os filamentos de actina deslizam para dentro entre os filamentos de miosina. Funções do Tecido Muscular cardíaco coração Tecido muscular cardíaco desempenha o papel mais importante na contração dos átrios e ventrículos do coração. Há três variedades de tecido muscular: liso, estriado e cardíaco. Três tipos: Estriado Esquelético Estriado Cardíaco Não-estriado liso ou visceral TECIDO MUSCULAR ESTRIADO ESQUELÉTICO Forma os músculos esqueléticos do corpo humano, compõem o sistema muscular, prendem-se aos ossos do sistema esquelético e juntamente com ele compoem o aparelho locomotor. TECIDO MUSCULAR ESTRIADO LISO Liso ou visceral Contração involuntária e mais lenta que a fibra esquelética, permanecem contraídas por um período maior A actina e a miosina se dispoem irregularmente formando uma trama dimensio...
http://portalsaofrancisco.com.br/alfa/histologia-animal/tecido-muscular.php
*  Tecido muscular - Provas - Carolcapua
Pesquisar trabalhos. Tecido muscular Disponível somente no TrabalhosFeitos Páginas : 19 4565 palavras. Existem diferentes tipos de tecidos musculares no corpo humano. De acordo com suas características morfológicas e funcionais, eles foram classificados em três tipos: Músculo estriado esquelético, estriado cardíaco e músculo liso. Músculo estriado cardíaco As células domúsculo estriado cardíaco, como o próprio nome sugere, são encontradasapenas no coração. Assim como o músculo esquelético, o cardíaco possui células longas, cilíndricas e estriadas, porém são ramificadas. É também constituído por células alongadas, que... tecidos musculares ... Tecidos. musculares O tecido. muscular compreende cerca de 40-50% do peso corporal e suas células são responsáveis pela contração muscular. Essa contração das células musculares e a organização das organelas extracelulares são responsáveis pela locomoção, pela constrição das estruturas e por outros movimentos propulsores. tecidos musculares ... Tecido. O músculo é comp...
http://trabalhosfeitos.com/ensaios/Tecido-Muscular/469022.html
*  Esquelético - Tecido Muscular Estriado Esquelético
As células que compõe o tecido muscular esquelético são cilíndricas, muito alongadas diâmetro de 10 a 100 µm, comprimento 3 a 12 cm e multinucleadas – com núcleos alongados e periféricos. A membrana plasmática também pode ser denominada sarcolema, o citoplasma pode ser identificado como sarcoplasma e, também, o retículo endoplasmático liso é conhecido como retículo sarcoplasmático. Na análise histológica, nota-se também a presença de tecido conjuntivo – que se apresenta organizado em três bainhas: epimísio, que circunda todo o músculo; perimísio, que divide o músculo em fascículos; e endomísio, que circunda individualmente cada célula ou fibra muscular. A presença desses tecidos tem como função manter as fibras musculares unidas, permitindo que a força de contração gerada em cada fibra atue sobre o músculo inteiro. Este papel do tecido conjuntivo tem grande importância porque, na maioria das vezes, as fibras não se estendem de uma extremidade do músculo até a outra. Os tendões musculares são continuações do t...
http://projetos.unioeste.br/projetos/microscopio/index.php?option=com_phocagallery&view=category&id=34&Itemid=85
*  Músculos
Plantas Medicinais Propriedades das Plantas Medicinais Dicas Doenças Órgãos Contato. Como os músculos crescem No útero, o bebê se movimenta constante e vigorasamente, e continua a fazê-lo quando nasce, já que todos os seus músculos já estão formados desde essa fase. Como os músculos se alimentam Os músculos são como máquinas geradoras de movimento. Quando a energia é necessária para contração, uma reação química quebra o ATP produzindo a adenosina difostato ADP. Alguma das energias liberadas é usada para contrair o músculo, o resto é jogado fora na forma de calor, ou gás gás carbônico, uma espécie de lixo, que é eliminado também através do sangue. Os músculos ganham novamente sua reserva de energia por uma reação química que transforma de volta o ADP em ATP. O músculo esquelético também é chamado de músculo voluntário, pois é ou pode ser conscientemente controlado. Estão ligados direta ou indiretamente via tendões aos ossos, e trabalham em pares antagônicos enquanto um músculo do par se contrai, o outro, que ...
http://carvagner.br.tripod.com/corpo/musculos.htm
*  Ganhar Massa Muscular
Alimentos Para Ganhar Massa Muscular. Alimentos Para Ganhar Massa Muscular. A nutrição é um passo inevitável para se sentir bem no seu corpo e obter uma mente saudável, requerendo a ingestão de proteínas, hidratos de carbono e lipídios, importantes para o desenvolvimento muscular. As proteínas são moléculas compostas de aminoácidos, que são utilizados na construção e na renovação das células do corpo, das fibras musculares, mas também de todas as outras células. Alimentos para ganhar massa muscular ricos em proteína:. Os hidratos de carbono são o número 1 de energia nutriente, representam mais de 50% do consumo de energia do corpo que precisa de glicose açúcar para a sua função, para fortalecer os músculos, mas também para o cérebro. Uma boa gestão dos hidratos de carbono é importante, especialmente para uma pessoa disposta a reforçar a sua massa muscular. Alimentos para ganhar massa muscular ricos em hidratos de carbono glúcidos para 100g:. Estes são os alimentos mais ricos em nutrientes de energia, sendo es...
http://alimentosparaganharmassamuscular.blogspot.com/
*  .. HÉRNIAS MUSCULARES .. Navegação do post
Lesões. HÉRNIAS MUSCULARES. 14 de junho de 2010. multiesportes. 165 Comentários. Nossos músculos são revestidos por uma camada de tecido fibroso chamada fáscia. Suas fibras de tecido colágeno são intimamente conectadas às fibras musculares e conferem proteção, deslizamento e a forma como o músculo se apresenta. A fáscia pode sofrer microlesões durante a vida, fragilizando a sua capacidade de resistir às tensões e culminando com o aparecimento de pequenas fendas, que podem aumentar de tamanho com o tempo. Estas fendas permitem a passagem parcial e o aprisionamento de algumas fibras musculares, o que caracteriza uma hérnia muscular. Nos membros inferiores, as hérnias musculares são mais frequentemente encontradas na musculatura da perna gastrocnêmios, fibulares e tibial anterior, além da coxa. Os sinais e sintomas mais frequentes são: presença de nódulo isolado na superfície do músculo, deformidade muscular, dor localizada aos esforços físicos e sensação de aumento exagerado da ten...
http://multiesportes.com.br/?p=3318
*  Como ganhar massa muscular rapidamente
... Sonhos com a letra Z Simpatias Tatuagens Modelos Prontos. Home Mensagens e Frases Amor e amizade. Simpatias Tatuagens Modelos Prontos Cartas. Blogodorium. Blogodorium. Como ganhar massa muscular rapidamente Como ganhar massa muscular rapidamente. Meu mestre, quer dizer: o personal trainer da academia; me deu várias dicas com o intuito de me fazer ter maior produtividade em minhas séries de exercícios, logrando assim de um maior ganho de massa muscular. Benefícios da massa muscular. A massa muscular é responsável pelo aprimoramento do desempenho esportivo, além disto aumenta a proteção dos ossos e também das articulações, sem contar a estética, na qual fornece modelagem e tamanho aos músculos. Bem, o intuito desta página é compartilhar a sabedoria passada pelo meu treinador, então pay atention às dicas que lhe ajudarão a ganhar mais massa muscular de maneira rápida, ficando assim forte que nem o Jean Clod Vandame:. Dicas de como ganhar massa muscular. Para isto, solicite a ajuda de um profissional em ativ...
http://blogodorium.com.br/como-ganhar-massa-muscular-rapidamente/
*  Lesão Muscular: absolutamente tudo que você precisa saber sobre – PapodeHomem
Les atilde;o Muscular: absolutamente tudo que voc ecirc; precisa saber sobre Eu queria saber mais detalhes sobre hérnia muscular e distensão muscular. "Dr Health, Já faz algum tempo que eu pratico esportes, e uma vez nisso, a gente acaba virando amigo de ortopedistas e sócio clínicas de ortopedia... Eu queria saber mais detalhes sobre hérnia muscular e distensão muscular. Outra perguntinha rápida: uma vez uma amiga minha me acertou com a bainha de uma kataná na coxa... e ficou um buraco... tipo uma depressão na perna... Dr, deixa eu fazer outra pergunta pq eu acabei de mandar uma que espero que seja respondida ... Pode acontecer de, sei lá... Hérnia muscular e distensão muscular só têm uma coisa em comum: o músculo. Em Medicina, hérnia é a migração do conteúdo de um compartimento para outro, onde esse conteúdo comporta-se como invasor. Porém, pode acontecer de ocorrer uma falha nessa fáscia, um buraco, e como o músculo é relativamente mole e expansível, um aumento de pressão no compartimento pode fazer o músc...
http://papodehomem.com.br/lesao-muscular-absolutamente-tudo-que-voc-precisa-saber-sobre/
*  Hormônio Para Ganho De Massa Muscular - Comprar a Preço Barato
Um grande percentual das pessoas que praticam musculação querem ganhar massa muscular a fim de tonificar o corpo apresentando um aspecto mais sarado, pois bem, se você se enquadra neste quesito iremos listar algumas dicas que podem ajudar você a ganhar massa muscular, lembrando que há diversos fatores que podem influenciar o ganho de músculos, tais como metabolismo, tipo de treino, alimentação, descanso, entre outros. A alimentação é um dos principais fatores que influenciam no ganho de massa muscular, lembrando que para uma boa construção muscular é muito importante suprir as carências protéicas efetivamente, uma boa indicação é uma dieta com no mínimo 3.000 calorias diária constituída por carboidratos e proteínas. Um dos principais segredos da hipertrofia está no modo em que o treino é realizado, lembrando que para alcançar e otimizar esse processo uma ótima alternativa é a sobrecarga progressiva, porém aumentar a carga do treino respeitando as limitações do corpo é uma ótima alternativa para o ganho de mas...
http://fitnessboutique.com.br/blog/Fitness/tag/hormonio-para-ganho-de-massa-muscular/
*  Muscle car
... image pontiac gto jpg muscle car tradução livre para carros musculosos é um termo usado para definir uma variedade de carro s com potência tamanho e performance elevadas conforme o webster s dictionary é definido como um grupo de carros americanos esportivos ou coupé com portas e motor potente uma larga gama de v oitão possuem tração traseira e duas portas além de serem desenvolvidos para dois ou mais passageiros são definidos como muscle vendido a um preço acessível muscle cars são destinados para uso de rua e principalmente ocasionalmente em prova de arrancada são diferentes dos esportivos e caros dois lugares como os grand tourer e sua pretensão é a potência e alta velocidade em estradas desenvolvido simultaneamente em seus próprios mercados muscle cars também surgiu a partir de fabricantes na austrália áfrica do sul reino unido estados unidos e em outros lugares categoria anglicismos categoria automobilismo categoria tipos de automóveis...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Muscle_car
*  3 Passos para a Definição Muscular | Definição Total
3 Passos para a Definição Muscular. Definição Total. Cursos Ganhe Músculos Loja Contato Início. 3 Passos para a Definição Muscular. Para conseguir a definição muscular devemos rever alguns conceitos. Uma coisa que muitos não sabem, é que a fome diz ao seu corpo para armazenar gordura . Então, você precisa comer de forma inteligente, para trazer o combustível para os músculos e fazer o seu metabolismo trabalhar para você. E aqui estão algumas regras simples para ficar definido durante todo o ano. Coma antes e depois do treino. Esta é uma ótima notícia para as pessoas que gostam de comer, inclusive eu. Quando você come antes de cada treino, você acelera seu crescimento muscular . Quando você come antes e depois do treino, está ajudando efeito neutralizador de gordura . E mais, a ingestão de proteína antes e depois do treino, também ajuda a produzir mais células-tronco, o que contribui para sua recuperação e crescimento muscular . Se alimente com proteínas e carboidratos antes e depois dos treinos. Faça uma regr...
http://definicaototal.com.br/nutricao/3-passos-para-a-definicao-muscular/
*  Aula de Anatomia - Sistema Muscular - Generalidades
... SISTEMA MUSCULAR. . . Grupos Musculares. . . . . Fibra Muscular. Tecido Conjuntivo. . . . . . . . . . . . . . . . . . Grupos Musculares :. . . . . . . . . Exemplo : Platisma. . . Exemplo : Pronador quadrado. . . . . . . b Largos : Caracterizam-se por serem laminares. . Exemplo : Diafragma. . . Ex: Reto abdominal. . Ex: Transverso abdominal. . . . . Ex. . . Ex: Flexor Longo dos Dedos. . . . . . . d Fixadores : Estabilizam a origem do agonista de modo que ele possa agir mais eficientemente. Estabilizam a parte proximal do membro quando move-se a parte distal. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Membrana que envolve grupos musculares. . . . . . . . . . . . . . . . . . ....
http://auladeanatomia.com/sistemamuscular/gen-musc.htm
*  Tô Correndo: Perda de Massa Muscular
... Perda de Massa Muscular. TESTOSTERONA E CORTISOL. A testosterona, cuja função principal é construir a massa muscular, é estimulado com exercícios de alta intensidade e curta duração, assim como nos exercícios de força. Ao contrário da testosterona, nos exercícios de longa duração o cortisol permanece em quantidades altas por muitas horas depois da atividade. Em estado de repouso a diferença entre os dois hormônios presentes no corpo após uma corrida é o que determina o balanço entre ganho e perda de massa muscular, respectivamente anabolismo e catabolismo. GANHO E PERDA DE MÚSCULOS. O catabolismo também pode ocorrer no treinamento de força principalmente em decorrência dos erros de treinamento, seja na questão da intensidade ou na recuperação insuficiente. Daí a sugestão que o treinamento de maratonista e/ou ultramaratonista deva ser bem dimensionado nessas questões de exercícios de força conjugados com os de curta e longa duração e os tempos de recuperação entre as seções que são diferentes para cada in...
http://tocorrendo.blogspot.com/2008/09/perda-de-massa-muscular.html
*  MUSCLE
... mu ltiple s equence c omparison by l og e xpectation é um software para alinhamento múltiplo de sequências de domínio público usando sequências de nucleótidos ou proteínas muscle é frequentemente utilizado como um substituto para o clustal uma vez que normalmente mas não sempre dá melhor alinhamentos de seqüência e além disso o muscle é significativamente mais rápido do que o clustal especialmente para alinhamentos maiores edgar muscle está integrado a ferramenta de bioinformática ugene como um plugin clustal phylip mega molecular evolutionary genetics analysis paup t coffee mafft filogenética computacional árvore filogenética filogenética categoria softwares de bioinformática categoria filogenética computacional...
https://pt.wikipedia.org/wiki/MUSCLE
*  Características do Músculo Esquelético | Aluno Esperto
Características do Músculo Esquelético. Características do Músculo Esquelético. O início da contração no músculo esquelético começa com os potenciais de ação nas fibras musculares. 4- Força de contração do músculo esquelético. Quando o cumprimento é muito menor do que o normal, a força de contração fica extremamente diminuída e, também, quando é muito distendida, além de seus limites normais, não se contrai com a força que seria possível de ser desenvolvida em outras condições. Felizmente, o cumprimento normal de um músculo, na sua posição mais distendida, é quase que ótimo para a força máxima de contração. Por exemplo, quando o bíceps está em seu comprimento normal total, sua contração ocorre com força máxima e, conforme diminui seu comprimento, pela própria contração, a força desenvolvida diminui proporcionalmente. Em cerca de 6 meses a 2 anos, o músculo terá atrofiado a cerca de um quarto de seu volume normal e suas fibras musculares terão sido substituídas, em sua maioria, por tecido fibroso. Mesmo quando...
http://alunoesperto.com/caracteristicas-do-musculo-esqueletico
*  Teliga.net: TECIDO MUSCULAR ESTRIADO ESQUELÉTICO - TÓPICOS
... Páginas. Início Mapa Contato Sobre. 17 outubro, 2009. TECIDO MUSCULAR ESTRIADO ESQUELÉTICO - TÓPICOS. por Gladis Franck da Cunha. Existem três tipos de tecidos musculares: o tecido muscular estriado esquelético, o tecido muscular estriado cardíaco e o tecido muscular liso. Todos eles são bastante acidófilos, corando-se de vermelho com a técnica da Hematoxilina-Eosina. Ou seja, as proteínas citoplasmáticas das células musculares se combinam com a Eosina, que é ácida e colore com tons vermelhos ou rosa 1. Sua origem embriológica é mesodérmica. O tecido muscular está intimamente ligado ao tecido nervoso, pois os impulsos nervosos determinam a sua contração: o músculo estriado esquelético apresenta contrações voluntárias, enquanto o liso e cardíaco apresentam contrações involuntárias. O tecido muscular estriado esquelético 2 é constituído por fibras musculares formadas por células alongadas fibrocélulas estriadas, constituídas por miofibrilas ou fibrilas de proteína, as quais são as responsáveis pelas contra...
http://teliga.net/2009/10/tecido-muscular-estriado-esqueletico.html
*  Músculo esquelético
Nas articulações, esses músculos são presos a ossos por meio de tendões, que são cordões de tecido conjuntivo. Cada músculo compreende fibras ou células musculares longas, delgadas, cilíndricas que se estendem por todo o seu comprimento. Cada célula ou fibra muscular multinucleada é conectada às células musculares paralelas e circundada por uma camada de tecido conjuntivo denominada endomísio. Os grupos de fascículos, feixe de fibras, cada qual com vasos sanguíneos e tecido nervoso associados, são mantidos bem unidos por outra camada de tecido conjuntivo denominada epimísio. A fáscia é a fusão de todas as três camadas internas de tecido conjuntivo do músculo esquelético. Isoladamente, cada uma das fibras é uma célula alongada. Cada uma dessas fibras musculares esqueléticas é formada por fibras menores chamadas miofibrilas, que são constituídas por dois tipos de filamento: os delgados e os grossos. O sarcolema constitui o principal fator de elasticidade do músculo e atua como uma conexão entre a fibra muscular...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Músculo_esquelético
*  Tecido muscular
thumbnail|direita|Musculatura posterior retratada por Bernardino Genga. Ele pode ser classificado em estriado esquelético, estriado cardíaco ou liso. frame|direita|Tipos de tecido muscular: esquelético, liso e cardíaco. O tecido muscular é formado por células de origem mesodérmica, sendo que a sua diferenciação se dá através da síntese de proteínas específicas com uma organização determinada, tais como os diferentes tipos de actina s, miosina s e proteínas motoras filamentosas. O tecido muscular constituinte dos músculos está relacionado ao mecanismo de locomoção e ao processo de movimentação de substâncias internas do corpo, decorrente da capacidade contrátil das fibras musculares em resposta a estímulos nervosos, utilizando energia fornecida pela degradação da molécula de ATP. Os tecidos musculares são diferenciados pelas suas características morfo-funcionais. Tecido muscular estriado esquelético, Tecido muscular cardíaco Tecido muscular liso. thumbnail|direita|Corte longitudinal de tecido muscular estriado...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Tecido_muscular
*  Lesões musculares | Resumo Escolar
Porém, é muito comum entre os seres humanos que, durante a prática de esportes, ações realizadas em seu cotidiano transporte de objetos pesados, ou até mesmo na realização de exercícios durante um rápido treino de academia, ocorra lesões, podendo ser nomeados como: contusões ou distensões. Processo de Cura Quando a musculatura é danificada por qualquer tipo de esforço ou choque que recebeu, seu processo de cura, por mais que possa ser um pouco demorado, é composto por três fases, chamada de processo de cura das lesões musculares. Dividida e classificada em graus de acordo com as dimensões e proporções em que ela se encontra, podemos denominar a segunda fase do processo de cura de uma lesão muscular como Fase de Reparação, momento em que é produzido uma cicatriz de tecido conectivo, assim como revascularização por crescimento de capilares na área que foi danificada. Quando ela é diagnosticada como pertencente ao segundo grau no processo de cura, o número de fibras lesionadas são maiores que o grau anterior, se...
https://resumoescolar.com.br/biologia/lesoes-musculares/
*  Ana Marques Gastão — «Sê lenha» | As Folhas Ardem
ana marques gast o s lenha by manuel margarido s lenha enquanto a faca corta o alimento a boca atrasa o corte o paladar a sorte a crian a devora o que tens e a vontade pede te s lenha anda suporta teu corpo de ferida cicatriz ou nome s esqueleto bravio carne e voragem sino que ressoa te ensurdece e desmorona do mar a terra da terra a gua do fogo o ar s exterior o interior que se evapora em solu o iodada e te abafa no fumo met lico e molda uma sombra o ombro a m o mas olha v escuta o som impaciente da lenha afundada no sal conta a hist ria repete a nica hist ria que te faz viver gast o ana marques adornos em publica o encontrado no site poems from the portuguese marina ori marina ori via deviantart d r links relacionados uma boa p gina datada sobre ana marques gast o p gina do instituto cam es sobre a autora publicado mar o filed under varia...
https://asfolhasardem.wordpress.com/2011/03/17/ana-marques-gastao-—-«se-lenha»/
*  ACTA1
acta acta actina alfa músculo esquelético também conhecida como acta é um gene humano a actina alfa que é expressa na músculo esquelético é uma das seis diferentes isoformas de actina que foram já identificadas as actinas são proteína s altamente conservadas que estão envolvidas na motilidade estrutura e integridade celulares a alfa actina é um dos maiores constituintes do aparelho contráctil ver também actina actb referências categoria genes no cromossoma...
https://pt.wikipedia.org/wiki/ACTA1
*  Maltodextrina
'Maltodextrina' é o resultado da hidrólise do amido ou da fécula, normalmente se apresentando comercialmente na forma de pó branco, composto por uma mistura de vários oligômeros da glicose, compostos por 5 a 10 unidades. Sendo que os carboidratos são as principais fontes de energia do nosso organismo e as de recrutamento mais rápido, glicogênio muscular hepático, correspondendo à maior parte das calorias ingeridas pelo ser humano, numa dieta saudável, o carboidrato deve estar presente em torno de 60%, para que as proteína s não tenham que desviar-se de suas funções específicas, como construção dos tecidos musculares, para obtenção de energia, daí advém o crescente consumo e indicação da maltodextrina para praticantes de atividades físicas de resistência como a musculação e a corrida, fornecendo energia durante estas atividades físicas, intensas e de longa duração, retardando a fadiga, através da gradual liberação de glicose para o sangue. Esse carboidrato assim sendo fica responsável pelo aumento do nível ene...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Maltodextrina
*  Miopatia
{{Info/Patologia |Nome = Miopatia |Imagem = Congenital nemaline myopathy.jpg |Legenda = Miopatia nemalínica congênita |CID10 = -{{ICD10|G|72||g|70}}- ICD10|M|60||m|60-ICD10|M|63||m|60. |CID9 = ICD9|359.4-ICD9|359.9- ICD9|728-ICD9|728. |CIDO = |OMIM = |DiseasesDB = 8723 |MedlinePlus = |eMedicine = emerg/328 |MeshID = D009135. }} ] 200px|thumb|Miopatia miotubular 200px|thumb|Miopatia mitocondrial 'Miopatia' do grego 'μυοπάθεια', 'myo'=músculo, ' pátheia '=padecença, doença é designação genérica das afecções e doenças musculares em que as fibras musculares não funcionam em muitas vezes, o que resulta em fraqueza muscular. Doença da parte central “central core disease” Distrofia muscular congênita SOE Miopatia miotubular centronuclear Desproporção dos tipos de fibras Doença do tipo “minicore” Doença do tipo “multicore” Distrofia muscular congênita com anormalidades morfológicas específicas das fibras musculares Miopatia nemalínica. Miopatia mitocondrial não classificada em outra parte Outras miopatias. Miopatia i...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Miopatia
*  Contracção muscular – Wikipédia, a enciclopédia livre
Contração muscular AO 1945 : contracção muscular é um processo fisiológico característico das fibras musculares. que corresponde a capacidade de gerar tensão com a ajuda de um neurônio motor. A contração se inicia na faixa ansiotrópica, ou A, onde a actina e a miosina se sobrepõem. Para músculos estriados, toda a contração excluindo reflexos ocorre como um resultado do esforço consciente originários no cérebro. O cérebro envia sinais, na forma de potenciais de ação, através do sistema nervoso para o neurônio motor que inerva várias fibras musculares. Músculos involuntários, tais como o coração ou músculos lisos no intestino e no contrato de sistema vascular como um resultado da atividade do cérebro não consciente ou estímulos endógenos para o próprio músculo. Outras ações, como a locomoção, respiração e mastigação tem um aspecto de reflexo para eles: as contrações podem ser iniciadas consciente ou inconscientemente. As contrações musculares podem ser dividas em:. Contração reflexa - ato involuntário de movime...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Contracção_muscular
*  Contracção muscular
miniaturadaimagem|As fibras musculares em posições relaxada acima e contraída abaixo é um processo fisiológico característico das fibras musculares. que corresponde a capacidade de gerar tensão com a ajuda de um neurônio motor. Na contração muscular, a actina desliza sobre os filamentos da miosina, que conservam seus comprimentos originais. A contração se inicia na faixa ansiotrópica, ou A, onde a actina e a miosina se sobrepõem. Para músculos estriados, toda a contração excluindo reflexos ocorre como um resultado do esforço consciente originários no cérebro. O cérebro envia sinais, na forma de potenciais de ação, através do sistema nervoso para o neurônio motor que inerva várias fibras musculares. Músculos involuntários, tais como o coração ou músculos lisos no intestino e no contrato de sistema vascular como um resultado da atividade do cérebro não consciente ou estímulos endógenos para o próprio músculo. Outras ações, como a locomoção, respiração e mastigação tem um aspecto de reflexo para eles: as contraç...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Contracção_muscular
*  Bioquímica do Exercício: Contração Muscular
... Bioquímica do Exercício. terça-feira, 28 de dezembro de 2010. Contração Muscular. INTRODUÇÃO. Para realizarmos movimentos é necessário que o organismo converta a energia química da adenosina trifosfato ATP em energia mecânica a partir dos músculos esqueléticos.O corpo humano tem três tipos de músculo : esquelético, muscular e liso; O cardíaco e liso sofrem contração involuntária enquanto o esquelético sofre contração voluntária além de ser o mais abundante pelo corpo e o principal responsável pela contração muscular. Para compreender melhor o mecanismo de contração muscular vamos observar a estrutura do músculo esquelético :. O músculo esquelético é formado por células alongadas e multinucleadas constituindo as fibras musculares fibras contrateis, cuja membrana é denominada sarcolema.No citoplasma é denominado sarcoplasma, que contém organelas especializadas, enzimas, substratos alimentares e filamentos contrateis organizados em paralelo: as miofibrilas. As miofibrilas são formadas por filamentos grossos...
http://bioquimicaexercicio.blogspot.com/2010/12/contracao-muscular.html
*  Bases Morfológicas e Funcionais do Músculo esquelético | Prof. Valdeci Dionísio
A quantidade de fibras para cada neurônio em um músculo depende de sua função, quanto maior a necessidade de precisão da ação muscular menor a quantidade de fibras musculares para cada neurônio. A contração muscular exerce uma força sobre os ossos conhecida como tensão muscular. A força externa aplicada no músculo é chamada de resistência ou carga. O trabalho estático ocorre quando nenhum trabalho mecânico é executado, mas há trabalho muscular gasto de energia por meio de uma contração isométrica. O trabalho dinâmico ocorre quando um trabalho mecânico é produzido, e o movimento articular é gerado por uma das formas de contração muscular. A contração concêntrica ocorre quando os músculos geram tensão suficiente para superar a resistência do segmento do corpo e os músculos se encurtam. A contração excêntrica ocorre quando os músculos não geram tensão suficiente e são superados pela carga externa, de modo que eles se alongam afastam origem e inserção. A contração isotônica é usada para definir a contração muscul...
http://valdecidionisio.com.br/bases-morfologicas-e-funcionais-musculo-esqueletico
*  Músculo liso
... thumb músculo liso observado em microscópio óptico músculo liso é um tecido muscular de contração involuntária e lenta composta por células fusiformes mononucleadas o músculo liso se encontra nas paredes de órgãos ocos tais como os vasos sanguíneos na bexiga no útero e no trato gastrointestinal o músculo liso está presente nestes órgãos pois por contracções peristálticas controladas automaticamente pelo sistema nervoso autónomo tem o papel preponderante de impulsionar sangue urina esperma bile as células do músculo liso podem também reagir a estímulos vindos de células vizinhas ou a hormonios vasodilatadores ou vasoconstritores nestas células os canais de cálcio induzem contracção são geralmente organizadas em folha ou em fascículos e são mantidas unidas e em contacto intercitoplasmático por gap junctions junções de hiato no estado relaxado tem forma de fuso têm de µm de comprimento e µm de largura o mecanismo pelo qual factores externos estimulam o crescimento e rearranjo destas células ainda não está c...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Músculo_liso
*  ⭐PARECER N.º 117 / 2009
3 Regulamento do Exerc cio Profissional dos Enfermeiros. 7 Regulamento do Exerc cio Profissional dos Enfermeiros. As primeiras s o mais resistentes fadiga, contraem-se mais lentamente, s o de menor di metro, s o mais irrigadas e possuem mais mitoc ndrias, o que refor a a sua capacidade de realizar o metabolismo aer bio. A propaga o dos potenciais de ac o entre as c lulas, a dist ncia de poss vel difus o e o menor n mero de filamentos de actina e miosina contribuem para a contractilidade mais lenta do m sculo liso, caracter stica do miom trio. No tero existem c lulas musculares lisas que tendem a desenvolver potenciais de ac o mais rapidamente do que as outras c lulas designadas c lulas marca passo ou pacemaker 14. Tamb m a distens o das fibras musculares por per odos mais prolongados desencadeia um mecanismo de retroac o positiva, estimulando a liberta o de oxitocina, que por sua vez origina mais distens o muscular 17. São constituídos de fibras fusiformes, mas muito mais curtas do que as fibras musculares es...
http://docplayer.com.br/1993127-Parecer-n-o-117-2009.html
*  o músculo liso é encontrado apenas no coração... - Brainly.com.brBuscaAnteriorSeguinte
o músculo liso é encontrado apenas no coração... - Brainly.com.br. Pule para o conteúdo principal. Ajuda gratuita com as lições de casa. Por que vale a pena estar no Brainly. faça perguntas sobre seus deveres. receba respostas com explicações. encontre perguntas similares. Quero uma conta gratuita. há pouco tempo. Você às vezes tem problemas com sua lição de casa. Há muitas pessoas que podem ajudar você aqui. : A minha última pergunta foi respondida em menos de 10 minutos xD Bem, experimente você também. há pouco tempo. Você às vezes tem problemas com sua lição de casa. Há muitas pessoas que podem ajudar você aqui. : A minha última pergunta foi respondida em menos de 10 minutos xD Bem, experimente você também. 5 pontos. O músculo liso é encontrado apenas no coração. verdadeiro ou falso. por alexandragodinho 15.08.2014. Entrar para comentar. Falso, pode ser encontrado tambem em parede de tubo digestorio, vasos sanguineos, utero e outros. 3 obrigado. Esta pergunta está no arquivo. nonatinhopedro1. Tem varias pa...
http://brainly.com.br/tarefa/861536
*  Homefisio Fisioterapia - Manobra de Higiene Brônquica
... Home Homefisio Tratamentos Depoimentos Parceiros Consultoria Vídeos Notícias Contato. Acidente Vascular Cerebral AVC/AVE. Asma. Aspiração de Vias Aéreas. Avaliação do paciente para Home Care. Cânula de Traqueostomia. Disfunções Temporomandibulares. Doenças Neuromusculares - Esclerose Lateral Amiotrófica ELA. Doenças Neuromusculares - Esclerose Múltipla. Fratura no Fêmur e Quadril. Higiene Bronquica. Incentivador Inspiratório. Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica DPOC. Osteoporose. Oxigenioterapia Domiciliar. Reabilitação Cardiovascular. Respiradores Mecânicos Invasivos Suporte de Vida. Respiradores Mecânicos Não-Invasivos BIPAP, CPAP. Treinamento da Musculatura Respiratória. Manobra de Higiene Brônquica Definição: Procedimento realizado para promover a melhora da ventilação e oxigenação pulmonar, com a mobilização e eliminação de secreções brônquicas. Dentre as manobras mais conhecidas, destaca-se a Tapotagem Fig 01, associada a Inaloterapia, onde através de uma manobra de percussão das vias aéreas, propor...
http://homefisio.com.br/tratamento_higiene-bronquica.html
*  Miopatia nemalínica
'Miopatia nemalínica' também conhecida como 'miopatia do bastão' ou 'miopatia nemalínica do bastão' é um grupo de doença s neuromusculares hereditárias e congênita s que causa fraqueza muscular, geralmente não-progressiva, de gravidade variável. “Miopatia” significa “doença muscular” e uma biópsia do músculo de uma pessoa com miopatia nemalínica mostra bastões lineares anormais, chamados 'corpos', nas células musculares. Pessoas com miopatia nemalínica MN normalmente experimentam desenvolvimento motor atrasado e fraqueza nos músculos dos braço s, perna s, tronco, pescoço e rosto. A miopatia nemalínica é uma doença clínica e geneticamente heterogênea. A principal expressão da MN é a fraqueza nos músculos proximais, principalmente os músculos respiratórios do tronco e do pescoço. Devido à fraqueza nos músculos do tronco, pessoas com MN são mais propensas a desenvolver escoliose, o que normalmente começa na infância e piora durante a puberdade. A atenção dada a problemas respiratórios é de suma importância para ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Miopatia_nemalínica
*  Efeitos dos bloqueadores de canais de cloreto ativados pelo cálcio em músculo liso vascular e nã
... o vascular efeitos dos bloqueadores de canais de cloreto ativados pelo cálcio em músculo liso vascular e não vascular orientando santos geam carles mendes orientador criddle david neil phd bolsista pibic cnpq uece professor departamento ciências fisiológicas ccs uece bolsista funcap uece vários estudos têm mostrado uma grande distribuição de canais de cloreto ativados pelo cálcio ccc em células do músculo liso o gatilho para ativação de ccc é a liberação espontânea de cálcio periodicamente do retículo sarcoplasmático além disso substâncias vasoativas que induzem a liberação de cálcio intracelular podem ativar esses ccc os agonistas induzem a contração do músculo liso vascular que está associada com a despolarização que leva a uma abertura dos ccc o objetivo desse estudo é avaliar os efeitos dos bloqueadores de ccc nas respostas contráteis induzidas pelos agonistas e mudanças elétricas associadas esta pesquisa utilizará do estudo dos músculos lisos vasculares isolados conferindo lhes uma preservação em sol...
http://propgpq.uece.br/semana_universitaria/anais/anais1997/SemanaII/VI_IC/Biologicas/2inbio07.htm
*  Suave Fotos De Stock – 8,967 Suave Imagens De Stock, Fotografia & Imagens De Stock - Dreamstime
 Suave Fotos De Stock 8,967 Suave Imagens De Stock, Fotografia Imagens De Stock - Dreamstime. Português. Email. Telefone: +1 615-771-5611. Registe-se gratuitamente ou. Nome de utilizador. Senha. Entre. Imagens De Stock. Clips de Stock. Imagens Gratuitas. rea dos Designers. rea dos Contribuidores. Recursos. Mapa de Fotos. Blogs. Pre os e planos de download. Artes/Arquitectura. Feriados. Pessoas. Abstracto. Tecnologia. Animais. Editorial. Negócios. Ilustrações. Indústrias. Natureza. Objectos. Design gráfico web. IT&C. Viagens. Mais. Abstracto. 2D 3D Anima o. Animais. Artes/Arquitectura. Editorial. V deo Elementos de Produ o. Feriados. Indústrias. IT&C. Natureza. Negócios. Objectos. Pessoas. Tecnologia. Viagens. Mais. Abstracto. Animais. Artes/Arquitectura. Design gráfico web. Ilustrações. Indústrias. IT&C. Natureza. Negócios. Objectos. Pessoas. Tecnologia. Viagens. Mais. Todos os Conte dos. Fotos. Ilustra es. V deos. vectores/RAW. Fotos, Ilustra es. Suave Fotos De Stock & Imagens. 8,967 imagens. . Mulher doent...
http://pt.dreamstime.com/photos-images/suave.html
*  adesivos réguas do crescimento
... Principal Lista de desejos 0. Comparação de produtos 0. Adicionar à lista de desejos. Comparar este produto. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Adicionar à lista de desejos. Comparar este produto. Adicionar à lista de desejos. Comparar este produto. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lis...
https://rmadesivos.com.br/infantis/reguas?amp;product_id=976
*  Adesivos decorativos infantis, diversos temas, modelos para meninos e meninas de todas as idades.
Principal Lista de desejos 0. Comparação de produtos 0 Exibir:. Adicionar à lista de desejos Comparar este produto. Cada unidade equivale a medida de 5m de comprimento e 15cm de largura. sendo enviado em 2 faixas, c.. Adicionar à lista de desejos Comparar este produto. Adicionar à lista de desejos Comparar este produto. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisa...
https://rmadesivos.com.br/infantis?amp;product_id=836
*  Adesivos decorativos infantis, diversos temas, modelos para meninos e meninas de todas as idades.
Principal Lista de desejos 0. Comparação de produtos 0 Exibir:. Adicionar à lista de desejos Comparar este produto. Cada unidade equivale a medida de 5m de comprimento e 15cm de largura. sendo enviado em 2 faixas, c.. Adicionar à lista de desejos Comparar este produto. Adicionar à lista de desejos Comparar este produto. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisa...
https://rmadesivos.com.br/infantis?amp;product_id=883
*  Adesivos decorativos infantis, diversos temas, modelos para meninos e meninas de todas as idades.
Principal Lista de desejos 0. Comparação de produtos 0 Exibir:. Adicionar à lista de desejos Comparar este produto. Cada unidade equivale a medida de 5m de comprimento e 15cm de largura. sendo enviado em 2 faixas, c.. Adicionar à lista de desejos Comparar este produto. Adicionar à lista de desejos Comparar este produto. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisas, azulejos, mad.. Cartela de adesivo na medida de 125x20cm.O Adesivo pode ser aplicado em paredes lisa...
https://rmadesivos.com.br/infantis?amp;product_id=890
*  Análise eletromiográfica do método de treinamento de força Drop-Set executado no exercício supi
Esse trabalho teve como objetivo verificar a ocorrência de fadiga muscular ao comparar a 1RM realizada pré e pós, e a ativação muscular durante uma série de drop-set. Como objetivos específicos, analisar a ativação muscular durante a realização de uma repetição máxima RM realizada previamente e posteriormente a execução da série de drop-set ; analisar a ativação muscular durante a execução da série de drop-set ; e verificar a ocorrência de fadiga muscular ao comparar a 1RM realizada pré e pós série de drop-set. Ativação muscular durante a execução do drop-set fases concêntrica e excêntrica. Ativação muscular durante a execução do drop-set fase excêntrica. Ativação muscular durante a execução do drop-set fase concêntrica Nas Figuras 7 e 8, são apresentados os valores FM, primeiramente da curva como um todo e na sequência com a divisão das fases excêntrica e concêntrica de 1RM pré e 1RM pós. Na fase concêntrica e excêntrica, foi observada maior ativação dos músculos deltoide e peitoral maior. 2 Análise da ativa...
http://efdeportes.com/efd174/treinamento-de-forca-drop-set-no-supino-reto.htm
*  Whey Protein (Refil) (900g) - Atlhetica - Whey Protein (Refil) (900g) - Atlhetica Compre Online | Co
Saiba mais. * As instruções para alteração da senha serão enviadas para o seu e-mail. Enviar * Informe o e-mail utilizado no seu cadastro. * As instruções para alteração da senha serão enviadas para o seu e-mail. Produtos no meu carrinho. Saiba mais. Ir para o meu carrinho Finalizar compra. Escolha seus suplementos de acordo com o objetivo e o resultado desejado. Fique sempre por dentro das promoções da Corpo Ideal Dicas e ofertas direto no seu e-mail. Whey Protein Refil 900g - Atlhetica 100% Whey Protein é ideal para o ganho e manutenção da massa muscular magra, ajuda a evitar a queda da resistência e oferece proteína de qualidade. Informe seu CEP abaixo para listar as formas de entrega dispon veis para o seu endere o: O calculo do frete feito para uma varia o do produto. Seus efeitos para o ganho de massa muscular magra são indispensáveis para quem pratica atividades físicas aonde a hipertrofia muscular precisa receber total apoio de uma proteína de qualidade. A 100% Whey Protein é um suplemento alimentar q...
http://corpoidealsuplementos.com.br/whey-protein-refil-900g-atlhetica-p39668
*  Fuso 345 Flash Bco - Vestem
... International. Feminino. Shop Now. Lançamentos. Mais Vendidos. Back in Stock. Sale. Roupas. Manga Comprida. Regata. Cropped. Com Bojo. Sem Bojo. Legging Fusô. Bailarina. Comfort. Shorts. Casacos. Bodys. Vestidos. Macacão. Macaquinho. Calçados. Acessórios. Bolsas Térmicas. Bolsas. Nécessaire. Copos. Garrafinha. Polaina. Meia. Munhequeira. Boné. Viseira. Masculino. Categorias Categorias Comfort. Esthetic. Performance. Coleções Coleções Movement. Essenciais. Beachwear. Beachwear. Beachwear Kit Bíquini. Top Bíquini. Saídas de Praia. Andressa Zizzari. Ana Cecilia Cunha. Paola Machado. Karoline Macedo. Fernanda Almeida. Graciella Siqueira. Atendimento. Minha Conta. Buscar no site Buscar Todo o site Acessórios Pink Gym VSTM Roupas. Buscar no site Buscar Todo o site Acessórios Pink Gym VSTM Roupas. Feminino. Shop Now. Lançamentos. Mais Vendidos. Back in Stock. Sale. Roupas. Manga Comprida. Regata. Cropped. Com Bojo. Sem Bojo. Legging Fusô. Bailarina. Comfort. Shorts. Casacos. Bodys. Vestidos. Macacão. Macaquinho...
http://vestem.com/fuso-345-flash-bco-fs345-cd00010_branco/p
*  Causas de Fadiga Muscular - Malhar Bem
A fadiga é entendida como aquele momento de exaustão muscular por causa de um esforço extremo exigido pelo músculo. Seja na academia levantando pesos ou uma corrida de 400 metros de alta intensidade como numa maratona, a fadiga muscular ocorre em segundos e é nesse momento que das fibras musculares começam a se lesionar. Com a lesão inicia-se a reparação muscular e começa a hipertrofia tão almejada por todos os praticantes de musculação. É por isso que muitos treinos têm como objetivo final fadigar o músculo com o único propósito de lesioná-lo. Vamos entender um pouco mais sobre a fadiga, como ela funciona e porque ela acontece. Ela não tão simples como muitos pensam porque a fadiga não se origina apenas pela falta de energia no organismo. Como se comporta a energia durante o exercício. Ela é utilizada quando ocorre a falta oxigênio para a formação de cadeias de ATP e é utilizada até o momento no qual o oxigênio aparece novamente para essa função. Segundo pesquisas, enquanto você está sentindo aquela sensação...
http://malharbem.com.br/causas-de-fadiga/
*  Radiologia do Esporte - Fratura por estresse
Com o aumento do n mero de praticantes de esportes e a sobrecarga extra que s vezes chega a ultrapassar a resist ncia fisio-histol gica do osso principalmente corrida e tamb m da intensidade dos treinos, as fraturas por estresse podem acontecer por causa de esgotamento muscular esfor o excessivo e a falta de absor o de impactos acumulativos. As fraturas por estresse s o fissuras microsc picas dos ossos, causadas por uma soma de quantidade de impacto. A fadiga muscular pode tamb m ter papel importante na ocorr ncia de fraturas por estresse. Mas, quando os m sculos se tornam cansados e param de absorver a maioria da energia, as quantidades mais altas de choque v o para os ossos. O osso envolvido submetido a uma carga excessiva sem o devido respeito aos princ pios de progress o e repouso, e inicia-se uma fratura da parte mais interna do osso trab culas sseas, que pode, se n o tratado, progredir para uma fratura completa incluindo a cortical. As fraturas por estresse ocorrem menos freq entemente nos africanos com...
http://milton.com.br/esporte/saiba_mais/ort_3.htm
*  Exercícios aeróbicos e anaeróbicos
... Publicidade. Home Gastroplastia Tipos de Cirurgia. Indicações Cirúrgicas. Riscos e complicações. Meu Emagrecimento Fotos de antes e depois. Tabelas de Controle Anuncie Imprensa Contato. Home. Fitness Exercícios aeróbicos e anaeróbicos 4 Exercícios aeróbicos e anaeróbicos Escrito em 17 de janeiro de 2012 por Tiane Brites. em Fitness 12.523 visualizações. Você já deve ter ouvido falar que o treino deve ser equilibrado e que o ideal é montar um programa que envolva tanto atividades aeróbicas quanto anaeróbicas. Mas, afinal, qual a diferença entre esses exercícios. Esclareça agora esta e outras dúvidas e fique preparado para suar a camisa da maneira correta. Atividades aeróbicas Os exercícios aeróbicos são aqueles que aumentam o consumo de oxigênio e a frequência cardíaca durante sua prática. São exercícios de longa duração, contínuos, porém de baixa ou moderada intensidade. Como exemplos, podemos citar corrida, caminhada, dança, natação, assim como andar de bicicleta ou patins. Nestas atividades os braços e...
http://magraemergente.com/fitness/exercicios-aerobicos-e-anaerobicos/
*  Kit 100 Whey 900g Bcaa | Encontre Barato
O BCAA 2400 da Nitech Nutrition é composto pelos aminoácidos de cadeia ramificada valina, leucina e isoleucina. Reduz a fadiga muscular, diminui a perda de outros aminoácidos durante o exercício e ajuda o corpo a absorver proteínas. A ingestão de BCAA 2400 evita o catabolismo e é essencial para o processo de construção muscular e produção de energia. 100% Whey da Nitech Nutrition é resultado de um moderno processo enzimático com renina, ou seja, não possui adição de ácidos como muitas Wheys comuns. A 100% Whey oferece proteínas de rápida absorção que evitam o catabolismo e aumenta a definição muscular. Indicada para atletas, praticantes de atividade física, pessoas que buscam maior ingestão de proteínas em sua dieta e para quem visa ganho de massa muscular. A 100% Whey da Nitech Nutrition é uma proteína completa de alta qualidade. Fabricada a partir da proteína do soro do leite e matéria prima importada, é uma ótima fonte deBCAAs aminoácidos de cadeira ramificada. Por conta do seu valor biológico fornecimento...
https://encontrebarato.com.br/oferta/kit-100-whey-900g-bcaa-100-capsulas-coqueteleira_7899782402569
*  BCAA 2400mg Heavy Duty Concentrado 300 Tabletes Probiótica - Ultrafitness Suplementos
» Protetores para Barra. » Luvas para Musculação. » Protetores para Mãos. Mochilas para Líquido. Descrição Os aminoácidos são excelentes para quem precisa de mais energia nos treinos, pois ele evita a fadiga muscular e também para quem precisa recuperar a musculatura e evitar as dores no dia seguinte aos treinos. O BCAA 2400 Heavy Duty da Probiótica fornece 2400mg de aminoácidos essenciais Leucina, Valina e Isoleucina a cada dois tabletes. Comodidade, dinamismo e agilidade, nossos especialistas estão prontos para lhe atender. Clique aqui e preencha o Formulário de E-mail com as informações para encaminhar aos nossos especialistas. Somos uma empresa do Grupo ULTRAFARMA que atua desde 2003 no segmento de nutrição esportiva, alimentos naturais e artigos esportivos, oferecemos a maior variedade de marcas de suplementos nacionais e importados do Brasil. Todos os produtos comercializados em nosso site tem garantia de procedência e passam por rigorosos processos de controle da ANVISA, no sentido de assegurar a orige...
http://ultrafitness.com.br/bcaa-2400mg-heavy-duty-concentrado-300-tabletes-probiotica--p9617.html
*  Atlético-PR enfrenta o Bahia e tenta a recuperação - Esportes - Estadão
Atl tico-PR enfrenta o Bahia e tenta a recupera o - Esportes - Estad o. » Atlético-PR enfrenta o Bahia e tenta a recuperação Futebol. 0 twitter. google +. linkedin. imprimir. Paladar. Sustentabilidade. Esportes futebol patrocínio. Atl tico-PR enfrenta o Bahia e tenta a recupera o Doriva ter desfalque de L o Pereira na zaga, que cumprir suspens o, e mais uma vez Dr usio jogar entre os titulares. twitter. google +. linkedin. imprimir. O Atlético Paranaense não que dar chance ao azar e os jogadores encaram como uma obrigação a conquista dos três pontos contra o Bahia, neste domingo, às 18h30, na Arena da Baixada, em Curitiba, no encerramento da 17.ª rodada do Campeonato Brasileiro, e se recuperar da derrota sofrida para o Santos no meio da semana. O zagueiro Cleberson, que volta à zaga após cumprir suspensão contra o Santos, foi um dos atletas que mais cobrou atitude do time para conquistar a vitória. "Vamos sempre respeitar nossos adversários, mas nós temos a obrigação de vencer, bater no peito e chamar para si...
http://esportes.estadao.com.br/noticias/futebol,atletico-pr-enfrenta-o-bahia-e-tenta-a-recuperacao,1548817
*  Inforum | Dieta - cardápio semanal para uma criança de 9 anos que tem triglicérides alto
inforum dieta cardã pio semanal para uma crianã a de anos que tem triglicã rides alto colesterol nutriã ã o saudã vel emilia home saãºde nutriã ã o saudã vel a nutriã ã o ã fator essencial na manutenã ã o da saãºde somos resultado do que comemos ã s vezes nos esquecemos de como a qualidade de vida ã importante na correria do dia a dia nã o consumimos a quantidade exata de nutrientes que nosso organismo necessita e nã o cuidamos da nossa saãºde nossa nutriã ã o nossa beleza enfim com a mã quina que mais trabalha nosso corpo neste fã rum vamos orientar e tratar de assuntos relacionados a doenã as causados por causa da mã nutriã ã o diã ria pois das doenã as ã proveniente a mã nutriã ã o e excesso de peso inclusive em crianã as a mã nutriã ã o prococa queda de cabelo cabelos opacos pele ressecada cegueira noturna perda de apetite fadiga muscular nervosismo inã rcia e falta de energia nervosismo extremo distãºrbios digestivos doenã as de pele distãºrbios nervosos inã rcia e extrema apatia cã lculos renais distãºr...
http://inforum.insite.com.br/nutricao-saudavel/11762848.html
*  Pistorius se ofende com pergunta e encerra entrevista de rádio | Paraolímpicos
pistorius se ofende com pergunta e encerra entrevista de r dio um dos mais pol micos atletas do esporte mundial oscar pistorius demonstrou indelicadeza durante uma entrevista com a r dio brit nica bbc ocorrida nesta ter a feira o velocista sul africano ouviu uma pergunta relacionada s suas pernas amputadas e se irritou encerrando a conversa instantaneamente o atleta disputou um mundial de atletismo comum pela primeira vez na carreira tendo corrido as provas dos m e revezamento x m a principal cr tica sua inclus o como um corredor comum ou seja deixando o status de atleta paraol mpico o fato de ele provavelmente levar vantagem sobre os demais por conta da fadiga muscular que ele n o iria sofrer leia mais aqui http tinyurl com to waw fonte terra categoria not cias paraol mpicas navega o de posts home care como pol tica p blica saiba mais sobre a venda de ingressos para as paraolimp adas do ano que vem...
https://paraolimpicos.wordpress.com/2011/09/08/pistorius-se-ofende-com-pergunta-e-encerra-entrevista-de-radio/
*  Atrofia muscular
... redirect amiotrofia muscular espinhal...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Atrofia_muscular
*  Miosite por corpúsculos de inclusão
... é uma doença inflamatória do músculo caracterizada pela fraqueza muscular lentamente progressiva tanto distal como proximal mais evidente na musculatura dos braço s e perna s categoria reumatologia categoria doenças autoimunes...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Miosite_por_corpúsculos_de_inclusão
*  Miosite
... a miosite ou miite é uma inflamação de um músculo que pode ser de origem infecciosa como artrite e febre reumática ou de origem parasitária como equinococose e triquinose categoria inflamações...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Miosite
*  Miopatias Inflamatórias - REUMATO USP
... REUMATOUSP facebook. QUEM SOMOS. NOSSA HISTÓRIA. ENSINO. ASSISTÊNCIA. PESQUISA. PARA PACIENTES. FALE CONOSCO. Imunologia Celular. Imunologia Humoral. Inflama o. LACRE. Matriz Extracelular. Metabolismo sseo. Micro-Organismos. Miopatias Inflamat rias. Not cias. S ndrome Antifosfol pide. Home. Pesquisa. Miopatias Inflamatórias. Miopatias Inflamatórias. Laborat rio de Miopatias Inflamat rias LIM 17, Sala 3150, 3 andar, Disciplina de Reumatologia, Faculdade de Medicina da USP, SP Contato laborat rio: 11 3061-7176 Consult rio m dico particulares - Dr. Samuel Katsuyuki Shinjo : Rua Ovidio Pires de Campos, s/n Cequeira Cezar, S o Paulo - SP CEP 05403-010 Agendamento: 11 4177-6100 E-mail: consultaconvenios.ichc@hc.fm.usp.br. Respons vel Dr. Samuel Katsuyuki Shinjo Apoio Bi loga Marilda Guimar es Silva. O Laborat rio de Miopatias Inflamat rias tem como objetivo principal integrar conhecimentos em ci ncias b sicas e cl nica na rea de miopatias inflamat rias idiop ticas dermatomiosite, polimiosite, miopatia necrotiz...
http://reumatousp.med.br/pesquisa.php?idSecao=38876865&idSecaoPai=23
*  Dores nas Juntas e Músculos
Dores nas juntas e nos músculos são sintomas muito comuns do lúpus erithematoso sistêmico LES. Outros ainda, com inflamação intensa nos músculos miosite, podem experimentar uma fraqueza progressiva a perda de resistência aliadas à dores nos músculos. Essas dores nas juntas e músculos podem ocorrer à qualquer momento durante o curso do LES, ou podem ainda preceder outros sintomas da doença por meses ou anos. Por exemplo, as dores nas juntas são causadas com maior freqüência pela ósteoartrite ou pela artrite reumatóide do que pelo LES. Dores nas costas ou no pescoço não são causadas pela artrite lúpica, uma vez que a espinha não é atacada pelo lúpus. De fato, quando a artrite é o único sintoma do lúpus, o diagnóstico se torna muito difícil, se não impossível. Nesses casos, uma oservação cuidadosa e uma re-avaliação médica assim que outros sintomas do LES evoluem, são essenciais para fazer um diagnóstico de lúpus com precisão. Corticóides prednisome são usados muito raramente, apenas quando as juntas permanecem ...
http://lupus.realmsn.com/t130-dores-nas-juntas-e-musculos
*  病害细菌性疾病
english fran ais espa ol x ads myositis rx medscape emedicine accessmedicine ads diagnosispro com medtech usa inc...
http://cn.diagnosispro.com/疾病信息_为/细菌性疾病/bacterial-diseases/11023.html
*  Influência do treinamento de força muscular e de flexibilidade articular sobre o equilíbrio corpo
... ral em idosas. Portuguese epdf. How to cite this article. Send this article by e-mail. Influência do treinamento de força muscular e de flexibilidade articular sobre o equilíbrio corporal em idosas. INTRODUÇÃO: O aumento da proporção de idosos na população mundial traz à tona a discussão a respeito de eventos incapacitantes nessa faixa etária, entre os quais se destaca a ocorrência de quedas. A redução da flexibilidade articular e da força muscular são as principais variáveis motoras relacionada às maiores limitações das atividades de vida diária AVDs e aos altos índices de quedas registrados na população idosa. OBJETIVO: este estudo se propõe a verificar a influência do treinamento de força muscular e de flexibilidade articular sobre o equilíbrio corporal em idosas. METODOLOGIA: A amostra foi composta por 22 mulheres, de 60 a 75 anos, participantes de dois programas de atividade física. Sete sujeitos participaram do programa de força e 15 fizeram parte do programa de flexibilidade. O equilíbrio foi avali...
http://scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1809-98232012000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=pt
*  Força muscular respiratória: comparação entre nuligestas e primigestas
... Serviços Personalizados. Português pdf. Português epdf. Artigo em XML. Referências do artigo. Como citar este artigo. Tradução automática. Enviar este artigo por email. Indicadores. Citado por SciELO. Links relacionados. Citado por Google Similares em SciELO Similares em Google. Compartilhar. Fisioterapia e Pesquisa. versão impressa ISSN 1809-2950. Força muscular respiratória : comparação entre nuligestas e primigestas. 2011, vol.18, n.3, pp. A gestação influencia o sistema respiratório originando mudanças anatômicas e fisiológicas que podem repercutir nos índices da força muscular respiratória. O objetivo do presente trabalho foi comparar a pressão respiratória máxima entre nuligestas e primigestas no terceiro trimestre gestacional e associá-la ao predito por Neder et al.,1999. Foi realizado estudo do tipo corte transversal com 80 mulheres 40 nuligestas e 40 primigestas no terceiro trimestre gestacional entre 20 e 29 anos, eutróficas e sem histórico de doença cardiorrespiratória. A média dos valores obt...
http://scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1809-29502011000300006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt
*  Suplemento para Ganhar Força Muscular
Revisado por Personal Web Muitas pessoas gostam de ter um corpo bem definido e torneado, porém algumas também querem aumentar a força muscular, hoje mesmo eu recebi um email de um leitor pedindo auxilio para comprar um suplemento para ganhar força muscular, pois bem.. para ganhar força muscular não é apenas o uso do suplemento que irá fazer isso para você, porém ele irá lhe auxiliar, como existem suplementos que são com objetivo de ganhar massa muscular ou emagrecer, também existem suplementos para o ganho de força. Vale ressaltar que um treino bem feito de acordo com o seu ritimo irá fazer a diferença, faça uma boa avaliação físcia para atingir o ápice da força muscular, sem correr o risco de sofrer lesões por isso. Para esta finalidade o mais popular são os suplementos a base de fosfocreatina, geralmente encontrado em suplementos a base de creatina, esta substância serve como uma fonte de energia para todos os tipos de exercícios, seja aeróbico ou de levantamento de peso. Além de um maior estímulo nos exerc...
http://fitnessboutique.com.br/blog/Fitness/suplemento-alimentar/suplemento-para-ganhar-forca-muscular/
*  Preparation H Maximum Strength Pain Relief Cream - 0.9 oz - Menor Preço em Brasil
Stop use and ask a doctor if: bleeding occurs; condition worsens or does not improve within 7 days; an allergic reaction develops; the symptom being treated does not subside or if redness, irritation, swelling, pain or other symptoms develop or increase. Lubricate dispensing cap well, then gently insert dispensing cap partway into the anus. Aviso Legal: Embalagens e materiais dos produtos podem conter informações adicionais e diferentes das que são mostradas em nosso site. Contrato Enquanto nós trabalhamos para assegurar que as informações sobre os produtos estão corretas, em alguns casos os fabricantes podem alterar os ingredientes. Embalagens e materiais dos produtos podem conter informações adicionais e/ou diferentes das que são mostradas em nosso site. O conteúdo deste site é para fins de referência e não se destina a substituir o conselho dado por um médico, farmacêutico ou outro profissional de saúde licenciado. Você não deve usar essa informação como auto-diagnóstico ou para tratar um problema de saúde...
https://evitamins.com/br/max-strength-prep-h-116019
*  Joelho (IRM) Atlas da anatomia em imagens médicas
Joelho IRM Atlas da anatomia em imagens médicas. Este atlas da anatomia em cortes do joelho é baseado em imagens por ressonância magnética RM. Esta ferramenta é ao mesmo tempo útil para a formação e ensino da anatomia, mas também para os especialistas ilustrarem um curso ou uma explicação de uma patologia de um paciente, em especial no âmbito das rupturas de ligamentos transversais ou lesões do menisco. Artéria tibial anterior - Arteria tibialis anterior. Artéria tibial posterior - Arteria tibialis posterior. Côndilo lateral - Condylus lateralis. Côndilo lateral - Condylus lateralis. Côndilo medial - Condylus medialis. Côndilo medial - Condylus medialis. Epicôndilo lateral - Epicondylus lateralis. Epicôndilo medial - Epicondylus medialis Fabella - Fabella Face anterior - Facies anterior. Face articular da cabeça da fíbula - Facies articularis capitis fibulae. Face articular fibular - Facies articularis fibularis. Face lateral - Facies lateralis. Face medial - Facies medialis. Face posterior - Facies posterior...
https://imaios.com/br/e-Anatomy/Extremidades/Joelho-IRM
*  DermIS - Dermatomiosite (Informação sobre o diagnóstico )
dermis dermatomiosite informação sobre o diagnóstico doia pedoia information modules organisations user input info related doia same page in doia diagnósticos diferenciais erisipel ide erisipela rub ola triquinose toxoplasmose myxoedema diffuse raynaud s ndrome de raynaud doen a de dermatite de contato fotoal rgica eczema de contato al rgico tipo i dermatite de contato al rgica aguda e cr nica dermatite de contato al rgica hematog nica ros cea parakeratosis variegata rea o cut nea cr nica do enxerto contra hospedeiro lichen planus of the mucosa calcinose cut nea l pus eritematoso sist mico l pus eritematoso cut neo subagudo lecs doen a mista do tecido conectivo related links search www google pt for dermatomiosite medline mesh search string by alphabet a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z by localization dermatomiosite definição doença inflamatória sistêmica que afeta predominantemente a pele e musculatura esquelética outros órgãos também podem estar envolvidos o rash cutâneo característico é d...
http://dermis.net/dermisroot/pt/39386/diagnosep.htm
*  Dermatomiosite
... dm é uma doença crônica do tecido conjuntivo relacionada com a polimiosite pm que inflama todos os músculo s causando lesões na pele esta doença que pode ser hereditária é rara na infância sendo mais comumente observada em adultos enquanto a dm afeta mais frequentemente a pele e os músculos é uma doença sistêmica que pode também afetar as articulações o esôfago pulmões e menos comumente o coração o diagnóstico é realizado através da história e exame físico sendo corroborado pelas enzimas musculares biópsia muscular biópsia cutânea eletroneuromiografia ultrassonografia e ressonância nuclear magnética categoria patologia categoria inflamações categoria doenças autoimunes...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Dermatomiosite
*  DermIS - Dermatomiosite (Informação sobre o diagnóstico )
DermIS - Dermatomiosite Informação sobre o diagnóstico. DOIA. PeDOIA. information modules. organisations. user input. Info. related DOIA Same page in DOIA diagnósticos diferenciais Erisipel ide 0 Erisipela 1 Rub ola 1 Triquinose 0 Toxoplasmose 0 Myxoedema, Diffuse 0 Raynaud, s ndrome de 0 Raynaud, doen a de 0 Dermatite de contato fotoal rgica 1 Eczema de contato al rgico, Tipo I 0 Dermatite de contato al rgica, Aguda e Cr nica 5 Dermatite de contato al rgica hematog nica 2 Ros cea 0 Parakeratosis Variegata 0 Rea o Cut nea Cr nica do Enxerto Contra Hospedeiro 0 Lichen Planus of the Mucosa 2 Calcinose Cut nea 10 L pus eritematoso sist mico 4 L pus eritematoso cut neo subagudo LECS 3 Doen a mista do tecido conectivo 2 related links Search www.google.pt for 'Dermatomiosite' MEDLINE MeSH. search string. by alphabet * a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z. by localization. Dermatomiosite definição Doença inflamatória sistêmica que afeta predominantemente a pele e musculatura esquelética. Outros órgãos...
http://dermis.net/dermisroot/pt/39386/diagnosep.htm
*  Multimedia: Familial dermatomyositis, Collie: Merck Veterinary Manual
multimedia familial dermatomyositis collie merck veterinary manual...
http://merckvetmanual.com/mvm/sf/multimedia/v4736842/t/integumentary_system-congenital_and_inherited_anomalies_of_the_integumentary_system-cutaneous_manifestations_of_multisystemic_and_metabolic_defects.html
*  Anti-Jo1
anti jo anti jo anti jo é um autoanticorpo associado a dermatomiosite categoria anticorpos en inflammatory myopathy diagnosis...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Anti-Jo1
*  Imunologia - Exercícios Resolvidos - Angiocor
Pesquisar trabalhos. Células-Troncos Hematopoéticas PluripotentesAs células do sistema imune são derivadas de células-tronco hematopoéticas pluripotentes da medula óssea. A resposta imune adquirida é também classificada como imunidade humoral oucelular. Células mielóides incluem os neutrófilos polimorfonucleares móveis, monócitos e macrófagos altamentefagocíticos e que constituem a primeira linha de defesa contra a maioria dos patógenos. O ensaio é realizado da seguinte forma: as células em questão são incubadas em meio de cultura na presença de timidina tritiada que é radioativa. Microbiologia: é o estudo de organismos microscópicos; tal denominação deriva de três palavras gregas: mikros “pequeno”, bios “vida” e logos “ciência”. Assim, a microbiologia significa o estudo da vida microscópica 2. imunologia ... DERMATOMIOSITE FAMILIAR CANINA Estou com um artigo também de 2007 que parece ser mais completo, porém está em francês. E linfócitos de memória. Publique seu trabalho Envie já seu trabalho Tenha acesso t...
http://trabalhosfeitos.com/ensaios/Imunologia/741558.html
*  O que é uma contração isométrica? Dê um exemp... - Brainly.com.brBuscaAnteriorSeguinte
O que é uma contração isométrica. Ajuda gratuita com as lições de casa. faça perguntas sobre seus deveres. receba respostas com explicações. Quero uma conta gratuita. Você às vezes tem problemas com sua lição de casa. : A minha última pergunta foi respondida em menos de 10 minutos xD Bem, experimente você também. Você às vezes tem problemas com sua lição de casa. : A minha última pergunta foi respondida em menos de 10 minutos xD Bem, experimente você também. 5 pontos. O que é uma contração isométrica. Entrar para comentar. As contrações isométricas ocorrem quando não há alteração no comprimento do músculo utilizado. Um exemplo é ao segurar um objeto na sua frente. Não há nenhum movimento, porém o seu músculo está contraído para manter o objeto no mesmo nível. Tem problema com sua lição de casa. 80% das respostas são dadas em 10 minutos. Quero me cadastrar. Qual sua dúvida. Faça sua pergunta. 5 pontos. há 6 minutos. Como se dá a gametogênese espermatogênese e ovogênese durante a vida embrionária. 5 pontos. há ...
http://brainly.com.br/tarefa/307978
*  Portal CNM - Confederação Nacional dos Municípios
Internacional. FEX: repasse é feito nesta segunda, 5 de outubro. Estabelecimentos empresariais já podem consultar índices do Fator Acidentário de Prevenção Um levantamento do Ministério da Previdência Social MPS apontou que mais de 85% dos estabelecimentos emp... Hoje é o Dia Mundial do Habitat; CNM destaca importância dos espaços públicos para o desenvolvimento dos Municípios Nesta segunda-feira, 5 de outubro, é celebrado o Dia Mundial do Habitat. A data foi designada oficialmente pela ... Finanças FEX: repasse é feito nesta segunda, 5 de outubro. Cultura e Turismo Prorrogadas para 4 de novembro as inscrições de editais do Ministério da Cultura. Rádio CNM Jovens brasileiros utilizam as redes sociais para buscar emprego. Rádio CNM FEX: repasse é feito nesta segunda, 5 de outubro. Rádio CNM Prorrogadas para 4 de novembro as inscrições de editais do Ministério da Cultura. ... Eleição para Conselho Tutelar acontece no domingo; CNM destaca responsabilidades dos Municípios ... Mais de 2 mil Municípios participam ...
http://cnm.org.br/index.php?id=26042:alteracao-dos-valores-do-fundeb-reduz-complementacao-da-uniao-ao-fundo&tmpl=component&layout=default&page=&option=com_content&Itemid=140
*  Portal CNM - Confederação Nacional dos Municípios
Internacional. FEX: repasse é feito nesta segunda, 5 de outubro. Estabelecimentos empresariais já podem consultar índices do Fator Acidentário de Prevenção Um levantamento do Ministério da Previdência Social MPS apontou que mais de 85% dos estabelecimentos emp... Hoje é o Dia Mundial do Habitat; CNM destaca importância dos espaços públicos para o desenvolvimento dos Municípios Nesta segunda-feira, 5 de outubro, é celebrado o Dia Mundial do Habitat. A data foi designada oficialmente pela ... Finanças FEX: repasse é feito nesta segunda, 5 de outubro. Cultura e Turismo Prorrogadas para 4 de novembro as inscrições de editais do Ministério da Cultura. Rádio CNM Jovens brasileiros utilizam as redes sociais para buscar emprego. Rádio CNM FEX: repasse é feito nesta segunda, 5 de outubro. Rádio CNM Prorrogadas para 4 de novembro as inscrições de editais do Ministério da Cultura. ... Eleição para Conselho Tutelar acontece no domingo; CNM destaca responsabilidades dos Municípios ... Mais de 2 mil Municípios participam ...
http://cnm.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=22052:prestacao-de-contas-do-pnae-termina-dia-9-de-marco&catid=94:radio-cnm&Itemid=294
*  Portal CNM - Confederação Nacional dos Municípios
Internacional. Senado aprova regras mais duras para evitar desastres em boates e outros estabelecimentos. Downloads da biblioteca CNM aumentam mais de 45% entre agosto e setembro. Downloads da biblioteca CNM aumentam mais de 45% entre agosto e setembro A biblioteca virtual da Confederação Nacional de Municípios CNM registrou no último mês de setembro 19.828 downloads. Esse número representa um crescimento de 48% com relação ao mês anterio... Ideias e exemplos que inovam a Mobilidade Urbana são apresentados no último painel do Seminário O tema Mobilidade Urbana Sustentável e Meio Ambiente encerrou o evento que durantes três dias apresentou exemplos de boas práticas e inovações para a administração pública local. O II Seminári... Rádio CNM Senado aprova regras mais duras para evitar desastres em boates e outros estabelecimentos. ... Eleição para Conselho Tutelar acontece no domingo; CNM destaca responsabilidades dos Municípios ... Mais de 2 mil Municípios participam de mobilização nacional em protesto à cri...
http://cnm.org.br/index.php?option=com_content&view=category&id=60&Itemid=31
*  Portal CNM - Confederação Nacional dos Municípios
Internacional. CNM apresenta orientações para Municípios fiscalizadores do ITR Os Municípios conveniados com a Receita Federal do Brasil RFB para fins de fiscalização do Imposto Territorial Rural ITR e que foram aprovados em treinamento podem solicitar a h... Plenário pode votar projeto sobre defesa do usuário de serviços públicos O Plenário da Câmara dos Deputados pode votar, a partir de terça-feira,... Outras notícias Rádio CNM Comissão do Senado aprova criação de fundo para o turismo no Mercosul. ... Eleição para Conselho Tutelar acontece no domingo; CNM destaca responsabilidades dos Municípios ... Mais de 2 mil Municípios participam de mobilização nacional em protesto à crise ... Petrobrás reajusta preço da gasolina em 6% e 4% para o óleo diesel ... Gasto da União com segurança pública cai mas violência é grande ... Prefeituras de Goiás fecharão as portas por conta da crise, mostra TV Anhanguera ... Diálogos Municipalistas vão percorrer as cinco regiões do País ... CNM faz projeção do ...
http://cnm.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=24&Itemid=26
*  Portal CNM - Confederação Nacional dos Municípios
Internacional. Downloads da biblioteca CNM aumentam mais de 45% entre agosto e setembro. Dados preliminares censo escolar 2015 tem prazo de retificação aberto O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep divulgo... Idealizado p... ... Eleição para Conselho Tutelar acontece no domingo; CNM destaca responsabilidades dos Municípios ... Mais de 2 mil Municípios participam de mobilização nacional em protesto à crise ... Petrobrás reajusta preço da gasolina em 6% e 4% para o óleo diesel ... Gasto da União com segurança pública cai mas violência é grande ... Prefeituras de Goiás fecharão as portas por conta da crise, mostra TV Anhanguera ... Diálogos Municipalistas vão percorrer as cinco regiões do País ... CNM faz projeção do FPM para último trimestre de 2015 ... Prefeituras de Sergipe paralisam atividades: Prefeito de Frei Paulo pede socorro ... Veja mais Universidade de Brasília prestará serviço especializado em saúde mental para população. Internacional III F...
http://cnm.org.br/index.php?option=com_wrapper&Itemid=382
*  ACADIM - Associação Carioca dos Portadores de Distrofia Muscular
Aten o: Devido s obras de restaura o do HESFA, que dever o come ar em breve, deixamos de funcionar nas depend ncias do hospital. Anthony DeVergillo tem distrofia muscular de Duchenne. * 14/02/2012- Sabatina sobre pesquisas com C lulas-tronco concedida ao jornal UOL/Folha pela a geneticista Mayana Zatz. Mat ria da R dio C mara sobre a Situa o das pesquisas com c lulas-tronco no Brasil. clique aqui. clique aqui. Impacto progn stico do tromboembolismo venoso em pacientes com distrofia muscular de Duchenne: acompanhamento de 5 anos. Quest es atuais em cardiopatia na distrofia muscular de Duchenne. Efic cia do idebenone sobre a fun o respirat ria em pacientes com distrofia muscular de Duchenne que n o utilizam glicocortic ides DELOS : estudo fase 3 - ensaio cl nico controlado com placebo, randomizado, duplo-cego. Fibrose do m sculo card aco fator preditivo da fun o card aca na distrofia muscular de Duchenne e aumenta com a idade e o uso de cort c ides. O valor da Resson ncia Nuclea Magn tica contra Ecocardiografia...
http://acadim.com.br/
*  Distrofia Muscular Em Babies - 8 sintomas e 3 tratamentos que você deve estar ciente de - CoolMom.i
Será que o seu bebê ficar doente com freqüência?É o seu bebê encontrando dificuldades para levantar-se de dormir ou sentado?Se você disse sim, o seu querido pouco pode estar sofrendo de distrofia muscular.Seu bebê precisaria de tratamento médico certo e eficaz para superar os sintomas de distrofia muscular.Leia nosso post para saber as causas, sintomas e tratamentos da doença aqui. O que é distrofia muscular?Distrofia muscular em bebés é uma desordem genética que leva a um enfraquecimento dos músculos do corpo.Distrofia muscular de Duchene é um tipo de distrofia muscular que ocorre em bebés.Bebês que sofrem com a doença perde a capacidade de sentar-se ereto, a pé, mover as mãos facilmente, e respirar facilmente, devido à crescente fraqueza, eventualmente, 1. 1 Medicamentos: Médicos pode recomendar corticosteróides, como a prednisona, para retardar o avanço dos sintomas e efeitos da distrofia muscular e aumentar a força muscular em bebês.Entretanto, o uso de longa data desses medicamentos pode enfraquecer os o...
http://coolmom.info/pt/pages/604186
*  TERAPEUTA OCUPACIONAL LUCIANA SONA
A distrofia muscular é uma das alterações genéticas mais comuns em todo o mundo. De cada 2.000 nascidos vivos, um é portador de algum tipo de distrofia muscular. Por isso, a distrofia muscular atinge principalmente meninos 99% dos casos, numa incidência de 1 para 3.500 nascimentos. Sinais Clínicos: Os sintomas da DMD podem ser observados entre os 3 e 5 anos de idade: quedas freqüentes, dificuldades para subir escadas, correr, levantar-se do chão. A fraqueza muscular na região do tronco é responsável por escoliose progressiva de gravidade variável. Os músculos da cintura escapular região dos ombros e dos braços e da cintura pélvica região dos quadris e coxas são atingidos levando à fraqueza muscular progressiva. O início dos sintomas ocorre normalmente entre os 10 a 25 anos de idade e o mais comum é o dormir de olho aberto. É raro o comprometimento dos músculos respiratórios, porém a deglutição pode ser comprometida.. Diagnóstico O diagnóstico das distrofias musculares se dá a partir dos seguintes procedimento...
http://lucianato.blogspot.com.br/
*  Syndrome de fukuyama
... redirect syndrome de fukuyama...
https://fr.wikipedia.org/wiki/Syndrome_de_fukuyama
*  ABESO - Associação Brasileira para Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica
Acompanhe nosso canal no Youtube. Abeso continua lutando pela volta dos medicamentos anti-obesidade 18/11/2016. Seu peso esta saudável. Infância: peso saudável. Seu peso esta saudável. Infância: peso saudável. Normalmente, a gordura não está presente no músculo de pessoas saudáveis, mas o envelhecimento, a obesidade e doenças como distrofia muscular e diabetes fazem com que o tecido gorduroso degenere o tecido muscular. A pesquisa revela que os pericitos – células-tronco associadas aos vasos sanguíneos – contêm dois subtipos com papéis totalmente diferentes: o tipo 1, que só fabrica células de gordura, e o tipo 2, que forma apenas células musculares. Eles injetaram pericitos tipo 2 no músculo danificado de animais jovens e saudáveis. Os estudiosos também simularam nos ratos o mecanismo em pessoas com obesidade ou distrofia muscular, dando uma substância chamada glicerol a outro grupo de camundongos. Quando foram injetadas células tipo 1 nos animais, eles formaram mais gordura nos músculos. Ainda há de se desc...
http://abeso.org.br/noticia/descoberta
*  Gera Saúde: ARTIGO: SOBRE MIASTENIA GRAVIS
... Gera Saúde. *** Gerando Qualidade de Vida Integral: Física, Psicológica e Espiritual. Páginas. Início Sobre a Autora Aos Meus Prezados Leitores BLOG ESPIRITUALIDADE GERA SAÚDE. quinta-feira, 22 de dezembro de 2011. ARTIGO: SOBRE MIASTENIA GRAVIS. SOBRE MIASTENIA GRAVIS. Por ABRAMI- Associação Brasileira de Miastenia Grave. *** O QUE É A MIASTENIA GRAVIS. A miastenia grave e a fraqueza muscular que a acompanha é conseqüência de uma falha na comunicação entre neurônios e músculos. Essa falha na comunicação pode ser resultado de vários fatores, como o ataque de anticorpos ou ainda a falta de algumas proteínas não sintetizadas devido a mutações genéticas. *** QUAIS SÃO OS SINTOMAS. A miastenia grave afeta mais comumente os músculos da face, como os do globo ocular, causando muitas vezes visão dupla, ou os das pálpebras, causando ptose olhos caídos, ou ainda o masseter, que comanda o maxilar, causando dificuldades na fala e na mastigação. Deve-se procurar um neurologista sempre que houver qualquer fraqueza ou...
http://gerasaude.blogspot.com/2011/12/artigo-sobre-miastenia-gravis.html
*  Miastenia grave
eMedicine mult = eMedicine2|emerg|325 emergency, eMedicine2|med|3260 pregnancy, eMedicine2|oph|263 eye. MeshID = D009157 }} A 'miastenia grave' ou 'miastenia gravis' é uma doença neuromuscular que causa fraqueza e fadiga anormalmente rápida dos músculos voluntários. A miastenia grave é uma doença autoimune caracterizada pelo funcionamento anormal da junção neuromuscular que acarreta episódios de fraqueza muscular. Na miastenia grave, o sistema imune produz anticorpos que atacam os receptores localizados no lado muscular da junção neuromuscular. No inicio da Miastenia os sintomas podem ser súbitos com fraqueza muscular grave, generalizada ou não, embora mais frequentemente os sintomas iniciais sejam variáveis e sutis, o que torna o diagnóstico da doença difícil. O uso de medicamento s e da cirurgia do timo, isolados ou em conjunto, são razoavelmente eficazes no tratamento da miastenia grave. Qual o papel da cirurgia no tratamento da miastenia grave. A investigação tem mostrado que na maioria dos doentes com mi...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Miastenia_grave
*  Doenças Auto-Imunes: MIASTENIA GRAVIS
... Doenças Auto-Imunes. Os sintomas da doença são fadiga muscular, envolvendo a musculatura esquelética voluntária, aos exercícios; fraqueza muscular progressiva que parece melhor pela manhã ou com o repouso, que piora depois de uma actividade ou no final do dia; falta de ar quando envolve os músculos da respiração, sob condições extremas, como durante uma infecção respiratória, caracterizando uma "crise miastênica" na qual a pessoa pode precisar de ajuda respiratória ventilação mecânica ; Transtornos da fala quando envolve os músculos da laringe ; dificuldade para mastigar por fadiga muscular precoce dos músculos da mandíbula e engolir fadiga dos músculos da faringe ; ptose palpebral pálpebras caídas e diplopia visão dupla aparecem precocemente. Anemia Aplástica Anemia Hemolítica Aplasia Eritróide Pura Arterite de Células Gigantes Artrite Cirrose Biliar Primária Colangite Esclerosante Primária Colite Ulcerosa Diabetes Mellitus Tipo 1 Doença Celíaca Doença de Addison Doença de Crohn Doença de Grave Doença M...
http://autoimunidade.blogspot.com/2008/05/miastenia-gravis.html
*  Piridostigmina para miastenia gravis
Informações sobre saúde Saúde Informações sobre saúde. Informações importantes sobre todos os medicamentos. Tome as suas doses para que seus músculos são mais fortes quando você precisa ser o mais ativo. Que são susceptíveis de ser prescritos outros medicamentos para tomar junto com piridostigmina. Se você está inseguro sobre como tomar qualquer medicamento, pergunte ao seu médico ou farmacêutico. Na maioria das pessoas com miastenia gravis, os blocos do sistema imunológico ou destrói os receptores de acetilcolina, o que resulta em seus músculos serem menos capazes de contrato. Antes de tomar pyridostigmine Alguns medicamentos não são adequados para pessoas com certas condições, e às vezes um medicamento só pode ser usado se um cuidado extra é tomada. O folheto vai lhe dar mais informações sobre piridostigmina, e uma lista completa de possíveis efeitos colaterais de tomá-lo. Tome os comprimidos de piridostigmina exactamente como o seu médico lhe disse. Tome os comprimidos em intervalos adequados para que seus...
http://pdg.estiga.com/piridostigmina-para-miastenia-gravis
*  Doenças Auto Imunes - Tipos e Tratamento | Saúde - Cultura Mix
São um tipo de desregulamento no sistema imunológico caracterizado pela diminuição da tolerância aos componentes do próprio organismo, não conseguindo distinguir antigénicos das próprios tecidos ou células de elementos agressores. Aqui estarão listados as doenças mais comuns:. Atinge normalmente mulheres entre 30 e 50 anos, mas também atingem homens e mulheres. Não é possível prevenir mas o diagnóstico precoce e tratamento adequado é fundamental, pois senão pode inabilitar o doente para trabalhar. Os principais sintomas são dores nas juntas, sensação de rígidas e inchaço pela manha. Esclerose múltipla: o alvo é o sistema neurológico, causado lesões graves e progressivas. Os sintomas são cansaço, fraqueza as pernas e perda de memória frequentes. Diabetes mellitus: mais conhecida por diabete do tipo 1 ou juvenil, pois normalmente é diagnosticada na infancia, causa destruiçao auto-imune nas celulas do pancreas que secretam insulina no corpo. Os sintomas normalmente são sede excessiva, desejo a todo momento de ur...
http://saude.culturamix.com/doencas/doencas-auto-imunes
*  Mexazolam
Section1 = {{Chembox Identifiers. ChemSpiderID = 4033. ATCCode prefix = none }} Section2 = {{Chembox Properties. AdminRoutes = Oral Bioavail =. }} Section8 = {{Chembox Related Function = Benzodiazepina s OtherFunctn = Cloxazolam sem o 'metil' no anel pentagonal }} }} 'Mexazolam' é uma substância utilizada como medicamento pertencente ao grupo e sub-grupos: Medicamentos Sistema nervoso central Psicofármacos Ansiolítico s, sedativo s e hipnótico s * Benzodiazepina s. Indicações Reacções adversas Contra indicações e precauções Interacções Posologia Farmacocinética Excreção Classificação Fórmula molecular Nomes comerciais {{Ver também}}. Perturbações da ansiedade e sintomas ansiosos. Reacções adversas. Irregularidades cardiovasculares. O seu uso prolongado pode causar dependência e síndrome de abstinência quando a medicação é interrompida. Contra indicações e precauções. As doses devem ser reduzidas nos idoso s. Deve ser administrado com cuidado em doentes com miastenia gravis ou insuficiência respiratória ou com...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Mexazolam
*  Biomedicina - Resumos Diversos - Ludmyllasantos
Pesquisar trabalhos. Biomedicina Disponível somente no TrabalhosFeitos Páginas : 4 796 palavras. A menstruação ocorre devidoà ação dos hormônios ovarianos sobre o revestimento interno da parede do útero endométrio. Durante os 4 dias aproximadamente em que ocorre o fluxo menstrual, há uma perda de cerca de 30 ml de sangue puro cerca de 3colheres de sopa, apesar de o volume eliminado corresponder a 200 ou 300 ml cerca de 2 xícaras, pois, além de sangue, a menstruação contém também restos de tecidos da parede do útero. O que é a ovulação e quando ocorre. A ovulação ocorre mais ou menos no meio dos 28 dias do ciclo menstrual perto do 14º dia do ciclo. A miastenia grave não é rara, com prevalência de 1/10.000, podendo acometer pessoas de qualquer grupo etário, com picos de......
http://trabalhosfeitos.com/ensaios/Biomedicina/664660.html
*  MELLERIL 10MG - PREÇO, BULA E INDICAÇÕES DO MEDICAMENTO MELLERIL.
Siga corretamenteinstru es de seu m dico e n o modifique ou interrompa o tratamento sem sua orienta o. como todasfenotiazinas, melleril pode induzir arritmias, mas esses casos s o muito raros. H relatos de morte s bita inexplicada, aparentemente devida a arritmia ou parada card aca, em pacientes tratados com neurol pticos tric clicos, inclusive melleril. recomenda-se iniciar com doses baixas e aument -las gradativamente at que se atinja o n vel plenamente eficaz.quantidades di rias totais de melleril dr geas s o geralmente administradas em 2 a 4 doses. recomenda-se administrar melleril comprimidos retard em duas tomadas di rias. Doses di rias m dias Adultos Dose di ria - pacientes psic ticos hospitalizados 100 a 600 mg - pacientes psic ticos ambulatoriais 50 a 300 mg - pacientes com quadros de agita o e pacientes geri tricos 25 a 200 mg - pacientes em supress o de lcool 100 a 200 mg - dist rbios mentais n o-psic ticos graves 25 a 150 mg Dose di ria m xima Adultos: 800 mg Crian as a partir de 1 ano de idade : ...
http://saredrogarias.com.br/melleril-10mg-c20
*  ⭐IBM Business Monitor Versão 8 Release 0. Guia de Instalação do IBM Business Monitor
Guia de Instalação do IBM Business Monitor. Guia de Instalação do IBM Business Monitor. Guia de Instalação do IBM Business Monitor". Para ajudar a organizar sua instala o, utilize um nome exclusivo se voc planeja criar mais de um servidor no sistema. 14 Um n gerenciado um n dentro de uma c lula cont m um ou mais servidores. Usando perfis, voc pode ter mais de um ambiente de tempo de execu o em um sistema, sem a necessidade de instalar m ltiplas c pias do produto. LEIA ISTO PRIMEIRO IBM Tivoli, Versão 4.2.1 O IBM Tivoli, Versão 4.2.1, é uma solução para controlar a distribuição de software e o inventário de gerenciamento de recursos em um ambiente multiplataformas. AFS para Windows Iniciação Rápida Versão 3.6 S517-6977-00 AFS para Windows Iniciação Rápida Versão 3.6 S517-6977-00 Nota Antes de utilizar estas informações e o produto a que elas se referem, leia as. IBM SPSS Collaboration and Deployment Services Deployment Manager Versão 6 Release 0 - Guia de Instalação Note Antes de utilizar estas informações e o...
http://docplayer.com.br/1305070-Ibm-business-monitor-versao-8-release-0-guia-de-instalacao-do-ibm-business-monitor.html
*  CLÍNICA DECKERS - ORIENTAÇÕES MÉDICAS / PEDIATRIA / O DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA
Outro reflexo importante nesta fase é o reflexo de Moro, que faz com que seu filho abra os braços e estique as pernas e o pescoço se ele for mudado de posição muito abruptamente, ou se assustar com um som muito alto. Os músculos do pescoço vão se fortalecendo aos poucos, embora ele ainda não consiga segurar a cabeça nesta idade, somente por volta dos 3 meses. Os músculos do pescoço estão mais desenvolvidos, e a criança consegue segurar um pouco mais a cabeça. As pernas já não estão tão arqueadas como quando era um recém-nascido e consegue movimentá-las com mais vigor. Da mesma forma que ele gosta de olhar para um rosto humano, o bebê também gosta de ouvir vozes humanas, e reconhece a da mãe, mesmo que esteja num outro quarto. Por volta dos 3 ou 4 meses ele consegue balbuciar alguns sons. Ele já tem mais controle sobre seus movimentos, consegue rolar de um lado para o outro, ficar sentado, engatinhar, consegue agarrar objetos. Ele percebe também que algumas ações dele provocam reações, como chacoalhar um choca...
http://clinicadeckers.com.br/html/orientacoes/pediatria/desenvolvimento_crianca.html
*  Tiocolchicosídeo | MedicinaNET
Qualidade e segurança. Genérico: assinalado com G. Uso oral. Uso injetável. O que é relaxante muscular de ação central. Para que serve contratura muscular provocada por síndrome neurológica ou por afecção reumática. Como age age por ação central. Como se usa Uso oral – Doses •doses em termos de Tiocolchicosídeo. •o produto pode ser tomado em dose única ou dividido em 2 a 4 tomadas quando as doses forem elevadas. Adultos e Crianças iniciar com 4 mg por dia e, se necessário, aumentar 2 mg a cada 4 ou 6 dias, até obter o efeito desejado. A posologia ótima se situa entre 12 e 16 mg por dia, para adultos, e entre 4 e 12 mg por dia para crianças, dependendo da idade. Uso injetável – Preparação A via intravenosa é mais vantajosa e as aplicações devem ser feitas lentamente. Tiocolchicosídeo solução 4 mg/2 mL – Via intramuscular. Tiocolchicosídeo solução 4 mg/2 mL – Via intravenosa direta. Uso injetável – Doses • doses em termos de Tiocolchicosídeo. via intravenosa: 4 mg por dia, durante 3 ou 4 dias. via intramuscular...
http://medicinanet.com.br/conteudos/medicamentos/1008/tiocolchicosideo.htm
*  Equipamentos e acessórios para "treinar" o bebê: precisa? | Macetes de Mãe
Blog com dicas simples, práticas e úteis para gestantes e mães. 0 a 3 meses. 3 a 6 meses. 6 a 9 meses. 9 a 12 meses. 12 a 24 meses. colunas Coluna Amamentação. Categorias: Blogs/Sites, Coluna Desenvolvimento Infantil, colunas, Comportamento/Desenvolvimento Curta e compartilhe esse post no Facebook:. O post de hoje, aqui na coluna Desenvolvimento Infantil, é sobre um assunto muito pertinente: a real necessidade de se usar equipamentos e acessórios para treinar o bebê a realizar coisas que ele faria dentro do seu próprio ritmo sentar, ficar em pé, andar. Nosso assunto hoje são os famosos equipamentos e acessórios que prometem treinar bebês a alcançarem mais rapidamente alguns marcos do desenvolvimento. Mas a pergunta é: bebês precisam mesmo de treinamento. E, constantemente o bebê é comparado de forma consciente ou não com outras crianças. Entretanto, essa ânsia em ajudar acaba atrapalhando o bebê, limitando-o ou distraindo-o de seu principal trabalho, que é o de conhecer seu próprio corpo, aprender a controlar...
http://macetesdemae.com/2015/04/equipamentos-e-acessorios-para-treinar-o-bebe-precisa.html
*  † Entre Caveiras e Rosas †: Estranha Natureza * As 10 cobras mais venenosas do mundo
Uma mordida não tratada da cobra-da-morte é uma das mais perigosas do mundo. O veneno é uma neurotoxina; uma picada provoca paralisia e pode causar a morte dentro de 6 horas, devido à insuficiência respiratória. A dor severa pode durar de 2 a 4 semanas. A morte por septicemia, insuficiência respiratória ou cardíaca pode ocorrer entre 1 e 14 dias após a mordida, ou mesmo mais tarde. O veneno é uma neurotoxina que afeta a função cardíaca e respiratória, e pode causar neurotoxicidade, paralisia respiratória e morte em 30 minutos. Seu veneno é uma neurotoxina de ação rápida. A produção máxima registrada por uma mordida é de 110mg, o suficiente para matar cerca de 100 seres humanos, ou 250.000 ratos. Catarina Lazzaris * Compradora e blogueira, ama fotografia, bióloga sem formação, meio maluca e sem meias palavras. Claudinha Stoco - tutorial de maquiagem, dicas de beleza, dicas de moda, resenhas de cosméticos e muito mais. Desafio natural: Terceira e Quarta semanas Reconstrução e Cronograma Intensivo. Arquivo do bl...
http://entrecaveiraserosas.blogspot.com/2013/03/estranha-natureza-as-10-cobras-mais.html
*  Guillaume Duchenne
... thumb right guillaume duchenne guillaume benjamin amand duchenne boulogne sur mer de setembro de paris de setembro de foi um médico neurologista francês graças a suas contribuições sobre os efeitos da eletricidade no ser humano é considerado o pai da eletroterapia recurso terapêutico utilizado por fisioterapeuta s no tratamento reabilitação e cura de diversas doenças epônimo da doença de duchenne também denominada distrofia muscular progressiva de duchenne principais obras essai sur la brûlure de l électrisation localisée et de son application à la physiologie à la pathologie et à la thérapeutique physiologie des mouvements démontrée à l aide de l expérimentation électrique et de l observation clinique et applicable à l étude des paralysies et des déformations duchenne categoria fisioterapia categoria naturais de bolonha sobre o mar...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Guillaume_Duchenne
*  Miyoshi
... 三次市 shi é uma cidade japonesa localizada na província de hiroshima em de abril de a cidade tinha uma população estimada em habitantes e uma densidade populacional de h km tem uma área total de km recebeu o estatuto de cidade a de março de em japonês categoria cidades de hiroshima província...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Miyoshi
*  Relaxamento muscular
... O termo 'relaxamento muscular' designa o fenômeno fisiológico de distensão da musculatura que ocorre tanto naturalmente, como após uma contracção muscular, quanto por ação de medicamento s, como no caso de anestesia. O relaxamento muscular também pode ser obtido através da prática de uma técnica de relaxamento. Fisiologia do relaxamento muscular. A modificação que ocorre na musculatura e conduz da contração ao relaxamento se dá já através de uma diminuição da concentração de cálcio nas célula s, já através de uma dessensibilzação do aparelho de contração WC: ' ' Br J Pharmacol. 2006 Jan;147 Suppl 1:S277-86. PMID 16402115. A concentração de cálcio pode ser diminuida ao estado de repouso ca. 100 nM através dos seguintes princípios:. Inibição da absorsão de Ca 2+ beispielsweise Hemmung von L-Typ Calcium-Kanälen Inibição da liberação de Ca 2+ na circulação sanguínea Eliminação de Ca 2+ absorção no retículo endoplasmático ou eliminação para o espaço extracelular. Uma desensibilização do Ca 2+ pode ser obtida ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Relaxamento_muscular

Sistema muscular: 200px|thumb|Sistema Muscular do corpo humanoMiopatia: -- - |Contracção muscular: é um processo fisiológico característico das fibras musculares que corresponde a capacidade de gerar tensão com a ajuda de um neurônio motor. Na contração muscular, a actina desliza sobre os filamentos da miosina, que conservam seus comprimentos originais.Síndrome de Fields: A Síndrome ou doença de Fields é uma das mais raras doenças do mundo, pois só há dois casos da doença em todo o mundo, que ocorreu com as irmãs gêmeas britânicas Catherine e Kirstie Fields. Pelo motivo da doença ter sido descoberta nelas, a síndrome recebeu seus nomes.Músculo liso vascular: Músculo liso vascular se refere ao tipo particular de músculo liso encontrado no interior das paredes dos vasos sanguíneos.Astenia: Astenia (do grego a-/an-, "sem" e sthénos, "vigor") é um termo empregado em medicina para designar uma fraqueza orgânica, porém sem perda real da capacidade muscular. Caso ocorra perda muscular, passa a ser chamado de miastenia.Polimiosite: A poliomiosite é uma doença inflamatória que afecta o sistema muscular que juntamente com a dermatomiosite, a miosite necrotizante e a miopatia por corpos de inclusão (IBM) faz parte do grupo de doenças denominadas de Miopatias Inflamatórias. Tem um desenvolvimento gradual e geralmente aparece na segunda década de vida.Anti-Jo1: Anti-Jo1 é um autoanticorpo associado a dermatomiositeDermatomiosite - exames complementares e tratamento .Sinaptogênese: Sinaptogênese é o processo de formação de sinapses entre os neurônios dos sistema nervoso central. Embora ele ocorra durante o decorrer da vida de um ser humano saudável, há esmagadora maioria do processo de sinaptogênese ocorre no início do desenvolvimento do sistema nervoso, ainda intra-útero, e também no início da vida, quando a criança está aprendendo a se relacionar com o mundo exterior.Dermatomiosite: Dermatomiosite (DM) é uma doença crônica do tecido conjuntivo relacionada com a polimiosite (PM) que inflama todos os músculos, causando lesões na pele. Esta doença que pode ser hereditária é rara na infância, sendo mais comumente observada em adultos.Sinal de GowersHipersensibilidadeSíndrome miastênica de Lambert-EatonMiosite por corpúsculos de inclusão: Miosite por corpúsculos de inclusão é uma doença inflamatória do músculo, caracterizada pela fraqueza muscular lentamente progressiva tanto distal como proximal, mais evidente na musculatura dos braços e pernas.Músculo reto inferior: O músculo reto inferior é um músculo extraocular. Tem como função o abaixamento do eixo lateral, adução e rotação externa do bulbo do olho.Músculo esterno-hióideo: O músculo esterno-hióideo ou "esterno-cleido-hioideu" é um músculo do pescoço.Fibra muscular intrafusal: right|264px|thumbnail|Um fuso muscularRabdomióliseMYH7: thumbOftalmoplegia: Oftalmoplegia é a paralisia dos músculos do olho.HipocaliemiaMiofibrilha: As miofibrinas ou miofibrilas (também conhecido como uma fibrila muscular) é uma unidade do tipo varão da base de um músculo. As miofibrilhas são organelos tubulares dispostos em feixes longitudinais que preenchem quase totalmente o citoplasma das células musculares, em contacto com as extremidades do sarcolema (a membrana celular destas células) e são responsáveis pela sua contratibilidade.Músculo abaixador do supercílio: O músculo abaixador do supercílio é um músculo da cabeça.Doença de Charcot-Marie-ToothCreatinofosfoquinase: A Creatina Quinase (CK), Creatinofosfoquinase ou Creatina Fosfoquinase (CPK) é uma enzima (EC 2.7.Músculos da respiração: Os diversos músculos da respiração auxiliam tanto na inspiração quanto na expiração, o que requer mudanças na pressão dentro da cavidade torácica. Os músculos da respiração trabalham para mudar esta pressão, através da alteração das dimensões da cavidade torácica.Mecanoquímica: A Mecanoquímica é o ramo da Físico-Química que se ocupa do comportamento químico dos materiais sob o efeito de forças mecânicas. Uma definição mais antiga foi oferecida por Wilhelm Ostwald: A mecanoquímica é o estudo das relações entre as formas de energia mecânica com a energia química.Distrofina: A distrofina é uma proteína do complexo distrofina-glicoproteínas que liga o citoesqueleto da fibra muscular à matriz extracelular, através da membrana celular.Célula de Renshaw: As células de Renshaw são interneurônios do corno anterior da medula espinal. Eles são pequenos  neurônios inibitórios, multipolares e de associação homolateral .EspasticidadeProbando: Probando é um termo usado em genética médica e noutros campos da medicina para designar um indivíduo particular (pessoa ou animal) que estiver sendo estudado ou reportado na literatura científica. Quando uma doença genética é diagnosticada pela primeira vez numa determinada família, o indivíduo diagnosticado é o probando (caso índice).Fibra muscular: Fibras musculares ou miócitos são as células que constituem os músculos. Podem chegar a 30 cm de comprimento.Paralisia flácidaVeia torácica lateral: A veia torácica lateral é uma veia do tórax.Paralisia bulbarDistrofia fascio-escapulo-humeral: Distrofia Fascio-escápulo-Umeral é um tipo de distrofia muscular progressiva. Incide em oito de cada cem mil indivíduos (§ S.

Qual a quantidade e frequência que devo me alimentar de proteínas e carboidratos para hipertrofia muscular?


Eu teno 16 anos, faço musculação a 2 meses e tennho um corpo ligeiramente sarado. Gostaria de ganhar massa muscular através de uma alimentação saudável. Portanto, gostaria de saber a quantidade e freqûencia de alimentar-me de proteínas, vitaminas (frutas) e carboidratos para ter um exelente desempenho no ganho de massa muscular.
----------

Veja orientação profissional sobre o tema aqui:

O que comer antes e pós exercício físico?

http://personalrs.blogspot.com/2008/09/o-que-comer-antes-e-ps-exerccio-fsico.html


Sintomas como fraqueza muscular, sonolência e aumento de apetite poderiam caracterizar que tipo de doença?


Há cerca de 10 dias venho apresentando sintomas como fraqueza muscular, sonolência e aumento de apetite. Gostaria de saber se estes sintomas carazterizam alguma doença, sendo que não apresento nenhuma outra doença, tenho boa alimentação e saúde, não sou gorda, não fumo e tenho apenas apenas 27 anos.
----------

Dificil uma opinião com dados tão vagos. boa sorte./


Qual é o melhor suplemento para o ganho de massa muscular?


Qual é o melhor suplemento para o ganho de massa muscular, e que não tenha efeitos colaterais?

Qual desses doi é melhor:
Whey Protein Isolate
ou BCAA?
----------

Whey Protein...

é caro, mas é o melhor.


é verdade que a massa muscular de uma pessoa ao fazer 20 anos aumenta ?


é possivel uma pessoa magra aos 18 anos e aos 20 ter mais massa muscular sem frequentar academia
----------

olha só todo mundo tem massa muscular podendo ser magra ou gorda.

é uma mentira isso que só aos 20 anos.


Qual tempo é necessário para obter resultados de ganho de massa muscular na academia?


Eu gostaria de saber, pois estou na academia a 2 dias, e gostaria saber qual é o tempo para perceber ganhos de massa muscular.
----------

Tudo depende do seu organismio...
Tipo...tem meninas que sao muito magras pois nao tem tendencia para engordar(nao sei se eh o seu caso) tem que tomar suplemento alimentar e em pelo menos 3 meses da pra notar a diferença;


Gente é verdade que albumina ajuda a ganhar massa muscular?


Bom Dia pessoal, gostaria de saber se albumina é bom para ganhar massa muscular porque fasso muito exercício e não consigo ganhar massa muscular, gostaria de saber se algum de vcs já usou e quanto custa mais ou menos esse produto, porque queria comprar um hoje para mim...

Bjs e obrigada a todos...
----------

Oi... a albumina ajuda sim, aliada à musculação! Tome sempre à noite, duas colheres de sopa de albumina batida com leite ou iogurte e frutas! 
A albumina é rica em proteína, e isso ajuda na reconstrução da fibra muscular, lesada durante o exercício físico! Mas já vou alertando, a ingestão de albumina dá um pouquinho de gases =)


Qual a alimentação perfeita para quem faz academia com o objetivo de aumentar a massa muscular?


Gostaria que me dessem sua opnião de como poderia ser a alimentação perfeita para que eu obtenha um aumento da massa muscular.
*faço academia 5 vezes por semana

Será escolhida como melhor resposta aquela que conter mais detalhes e expor passo a passo como deve ser essa alimentação, mostrando que alimento deve ser consumido em cada refeição.

Desde já o meu muito obrigado a todos!
----------

O ideal é ter um nutricionista te acompanhando, mas para quem  quer ganhar massa muscular a alimentação deve ser rica em proteinas (para promover a Hipertrofia muscular) e carboidartos (para ter "energia" para malhar).
A dieta de um atleta que deseja aumentar a massa muscular deve ter um consumo de calorias aumentados e uma quantidade de proteínas um pouco acima do recomendado para indivíduos sedentários. A quantidade pode variar de 1,2g/Kg/dia à 2,0g/Kg/dia (ou mais) dependerá da modalidade, do período de treinamento e da intensidade. Esse aumento das necessidades pode ser justificado pelas perdas de proteína do músculo durante a atividade física.

A escolha das proteínas a serem usadas na alimentação é muito importante, elas devem suprir o organismo com todos os aminoácidos essenciais. As proteínas originadas de alimentos animais são as únicas que possuem em sua composição todos os aminoácidos essenciais.

Quando esta ingestão de proteínas é insuficiente, a proteína dos tecidos é quebrada em aminoácidos que são utilizados como combustível para as atividades. Uma vez que os aminoácidos são necessários para sintetizar novas proteínas, e que alguns são encontrados apenas na alimentação, um consumo adequado de proteínas é importante para atletas que desejam aumentar a massa muscular. Porém esse aumento não ocorre somente com um maior consumo de alimentos proteicos (carnes, leite, queijos, leguminosas). Sem estímulo do treinamento de força apropriado, os aminoácidos ingeridos em excesso serão convertidos e armazenados como gordura, não aumentando a massa muscular.

Outro papel das proteínas é a recuperação das fibras. Durante os exercícios as fibras são lesadas e as proteínas que serão responsáveis pela recuperação dessas fibras lesadas.

As calorias extras devem ser provenientes dos carboidratos que capacitará o músculo para executar intensos movimentos de contração muscular, sobrecarregando as fibras musculares que conseqüentemente, aumentarão de tamanho.

Realizar várias refeições ao dia, de preferência 4 a 5 e em cada uma conter alimentos esses alimentos ricos em carboidratos e proteínas, também é muito importante para o crescimento muscular.

O ideal é medir a gordura corporal regularmente para ter certeza de que o que está ganhando é realmente músculo e não gordura. Por isso, não dê tanta atenção para os números que a balança mostra. Perceba nas roupas e no espelho.

Dieta para Ganho de Massa Muscular 

De jejum: 1 copo(200ml) de leite desnatado batido com 1 clara de ovo, 2 colheres de sopa de aveia e 1 fruta. 2 fatias de pão integral com requeijão ligth, quijo cottage ou queijo branco magro e 1 fatia de presunto magro ou peito de perú. 

Lanche : 1 fruta 1 copo de iogurte natural 

Almoço : 1 prato de salada crua (temperada com 1 colher de chá de azeitr, vinagre e sal) 4 colheres de sopa de legume cozido no vapor 6 colheres de sopa de arroz ou 3 batatas médias (mandioquinha) ou 2 mandiocas ou 6 colheres de sopa de milho verde. 1 concha de feijão ou lentilha ou 5 colheres de sopa de vagem, lentilha, grão de bico ou soja 2 bifes médios de carne de boi ou 1 porção de coxa e sobrecoxa de frango sem pele ou 2 bifes de peito de frango, peixe ou peito de perú ou 3 ovos cozidos, poché ou quentes 1 fruta 

Lanche: 1 copo de suco de fruta (300ml) 1 pãozinho ou 2 fatias de pão de forma 1 fatia de queijo branco magro ou ricota ou requeijão light ou queijo cottage. 1 fatia de presunto magro ou peito de perú. 

Jantar: 1 prato de salada crua (temperada com 1 colher de chá de azeite, vinagre e sal) 4 colheres de sopa de legume cozido no vapor 1 prato de mesa de macarrão com molho de tomate fresco 1 pedaço médio de carne magra (idem almoço) 1 fruta 

Ceia: 1 copo de leite semi desnatado batido com 1 clara de ovo, 1 fruta e 2 colheres de sopa de cereal integral 4 torradas ou 4 bolachas tipo água e sal, maria ou maizena 

Observação: Esta dieta fornece cerca de 3400 calorias e é indicada para um individuo moderamente ativo que pese em torno de 70 Kg. É importante um bom fracionamento da dieta, com intervalos de mais ou menos 3 horas entre as refeições; E que a quantidade de alimentos a serem ingeridos seja aumentada gradativamente, para aumentar a capacidade de armazenamento do estômago. 

8 alimentos capazes de desenhar curvas SEN-SA-CIO-NAIS
Uma das mais recentes boas novas na área de nutrição, divulgadas pela Universidade de Connecticut, EUA, lista oito alimentos de peso para aumentar a massa muscular. 
1 ovo (com gema): a proteína perfeita
Como forma músculos — O ovo é o alimento com o mais alto valor biológico — uma espécie de medida da quantidade de proteína que um alimento é capaz de fornecer ao corpo. É verdade que a proteína da carne é mais eficiente para a construção muscular. Mas a gema, além da proteína, contém a vitamina B12, necessária para diminuir os níveis de gordura e ajudar na contração muscular. Quantidade ideal — Consuma ovos com gema, sem medo, mas não fritos, porque cada um tem 120 calorias. Embora a gema ainda tenha a má fama de aumentar o teor de colesterol do sangue, é a maior fonte conhecida de colina, substância que ajuda a dissolver essa gordura nas artérias”, explica Tamara Mazaracki 
2 iogurte: porção de ouro
Como forma músculos — “O iogurte tem aminoácidos essenciais em altas porcentagens”, diz o clínico geral Júlio Neves. “Esse alimento é decisivo no crescimento muscular, porque combina proteína e carboidrato em doses ideais.” Um copo fornece 10% da nossa necessidade diária de proteína. A versão com frutas é ainda melhor, porque aumenta os níveis de insulina, uma das chaves para reduzir a perda protéica que costuma acontecer após o exercício. “É uma boa fonte de cálcio, mineral importante para a contração muscular”, completa Tamara Mazaracki. Quantidade ideal — “Tome um ou dois potes de iogurte diariamente. “Sem açúcar ou adoçante é melhor, porque esses ingredientes diminuem a ação dos lactobacilos e também o teor de vitaminas do complexo B”, explica a nutróloga. 
3 salmão: combustível do crescimento
Como forma músculos — Altamente protéico, tem grandes quantidades de ômega-3, uma gordura que ajuda na recuperação da massa muscular. “Devido à ação antiinflamatória, permite a assimilação de novas proteínas pelas fibras”, diz Tamara Mazaracki. Quantidade ideal — Consuma três vezes por semana, mas lembre-se: uma posta ou um filé médio de salmão tem 150 calorias. Para melhor aproveitar os nutrientes, prepare o peixe em baixa temperatura e evite cozinhar demais. 
4 carne vermelha: rainha da creatina
Como forma músculos — Esse aminoácido é produzido no fígado e nos rins. Sem ele, não há energia. As carnes, principalmente a vermelha, são o alimento número 1 em quantidade de creatina, essencial para a construção muscular. Mais: contêm ferro, zinco, niacina (vitamina B3) e vitamina B12 — nutrientes cruciais para quem quer resultados. Quantidade ideal — A carne vermelha deve ser consumida de duas a três vezes por semana. Um bife médio de carne magra tem de 150 a 200 calorias e não compromete a dieta. 

5 azeite de oliva: o líquido da energia como forma músculos
— A gordura monoinsaturada ômega-9 tem ação anticatabólica, ou seja, age contra inflamações, que provocam o desgaste e a fraqueza muscular. Quantidade ideal — Use de uma a duas colheres de sopa por dia, em saladas e também para cozinhar. Lembre-se, porém, de que cada colher conta 110 calorias. Olho vivo! 

6 amêndoas: remédio para a massa muscular
Como formam músculos — Elas são uma das maiores fontes da vitamina E alfatocoferol, a forma mais bem absorvida pelo corpo e um potente antioxidante, que pode ajudar a prevenir os danos provocados pelos radicais livres após o treino. E quanto menos agressões praticadas pelos radicais livres, mais rapidamente seus músculos vão se recuperar. Quantidade ideal — “Consuma 15 unidades por dia, no lanche ou na salada”, sugere a nutróloga. “Já que dão saciedade, coma cinco amêndoas antes do almoço e outras cinco antes do jantar para aplacar a fome.” 

7 água: um banho de força 
Como forma músculos — Oitenta por cento da massa muscular é composta de água. Mesmo uma diminuição tão pequena quanto 2%, por transpiração ou falta de ingestão, pode prejudicar a perfomance. Um estudo realizado na Alemanha dá conta de que quanto mais desidratado seu corpo estiver, mais lentamente ele vai utilizar a proteína para construir músculos. “A perda excessiva de água reduz o consumo máximo de oxigênio, fator importante no desempenho físico”, explica Tamara Mazara-cki. “Um músculo com apenas 3% de desidratação, por exemplo, tem uma perda de 10% na força de contração e de 8% na velocidade de reação. Quando o músculo está desidratado, o cansaço chega rápido.” Mesmo em repouso durante 24 horas, você perde 1 litro de água — 400 ml pela respiração e 600 ml através da pele. Ao se exercitar, essa perda aumenta. Por isso, beba água antes, durante e depois do exercício. “O ideal é beber pequenos goles a cada 10 minutos”, aconselha a nutróloga. “Se você esperar ficar com a boca seca, seus músculos já estarão sofrendo com a falta de água”, completa. Segundo Júlio Neves, a glicose (um derivado do carboidrato também necessário para o ganho de massa muscular) só é incorporada ao músculo na presença de água. “Para cada grama de glicose armazenada no músculo e no fígado, são necessários 3 miligramas de água”, explica. Quantidade ideal — Varia de acordo com o clima e o treino. “Para saber se você está ingerindo o necessário, observe a cor da urina. Quanto mais clara, mais bem hidratado está o organismo”, ensina Júlio Neve


Quais alimentos que em 2 meses eu ganho massa muscular malhando?


Tenho 16 anos, sou magro, alto, e malho, malho mas naum ganho massa muscular, e meus pais naum deixam eu tomar suplementos, então eu queria saber alimentos que comendo ganho massa muscular no braço, pernas, peitoral e tudo mais. E IMPORTANTE que resolva mesmo!
----------

Olha cara, tive o mesmo problema e consultei uma nutricionista muito fera mesmo neste assunto. Ela me indicou suplementos antes e após treinos...Tipo antes Massa Nitro Carboidratos com NO2, após proteinas de alto valor biológicos, when protein, colágeno, Bcaa, Argenina, Proteina Soja de Isolada e etc..
E a questão q eu estava com baixa de óxido nitrico, então quase nada eu assimilava e meus músculos não desenvolviam, pois ela me explicou q o oxido nitrico é responsável pela velocidade da contração muscular, aumento da massa muscular e a total assimilação dos nutrientes, se não os nutriente não são devidamente absorvidos e utilizados, mesmo vc consumindo os alimentos e suplementos mais nobre.
 Olha tem uma página dela no youtube, dá uma olhada é a Dra. Márcia Cristina:
http://br.youtube.com/user/Harmonutri 
Abração e boa sorte!!!