Metástase Linfática: A transferência de uma neoplasia do seu local primário para os gânglios linfáticos ou para partes distantes do corpo por meio do sistema linfático.Vasos Linfáticos: Vasos tubulares envolvidos no transporte de LINFA e LINFÓCITOS.Linfangiogênese: A formação dos VASOS LINFÁTICOS.Sistema Linfático: Sistema de órgãos e tecidos que processa e transporta células do sistema imunológico e LINFA.Fator C de Crescimento do Endotélio Vascular: Fator de crescimento endotelial vascular que se liga especificamente ao RECEPTOR 2 DO FATOR DE CRESCIMENTO DO ENDOTÉLIO VASCULAR e ao RECEPTOR 3 DO FATOR DE CRESCIMENTO DO ENDOTÉLIO VASCULAR. Além de ser um fator angiogênico, pode atuar sobre os VASOS LINFÁTICOS estimulando a LINFANGIOGÊNESE. É similar em estrutura ao FATOR D DE CRESCIMENTO DO ENDOTÉLIO VASCULAR já que ambos contêm grupos N- e C- terminais que não se encontram em outros membros da família dos VEGF.Endotélio Linfático: Revestimento celular contínuo (túnica íntima) dos vasos linfáticos (por exemplo, as vênulas linfáticas com grande quantidade de endotélio). É mais permeável que o endotélio vascular, apresentando menor absorção seletiva e funcionando principalmente na remoção das proteínas do plasma que foram filtradas através dos capilares para dentro dos espaços teciduais.Receptor 3 de Fatores de Crescimento do Endotélio Vascular: Receptor do fator de crescimento da célula endotelial vascular cuja expressão é principalmente restrita ao endotélio linfático adulto. O VEGFR-3 se liga preferencialmente ao fator de crescimento C do endotélio vascular e fator de crescimento D do endotélio vascular e pode estar envolvido no controle da linfangiogênese.Fator D de Crescimento do Endotélio Vascular: Fator de crescimento do endotélio vascular que se une especificamente ao RECEPTOR 2 DO FATOR DE CRESCIMENTO DO ENDOTÉLIO VASCULAR e ao RECEPTOR 3 DO FATOR DE CRESCIMENTO DO ENDOTÉLIO VASCULAR. Além de ser fator angiogênico, pode atuar sobre os VASOS LINFÁTICOS estimulando a LINFANGIOGÊNESE. É similar em estrutura ao FATOR C DE CRESCIMENTO DO ENDOTÉLIO VASCULAR na medida em que ambos contêm extremos N- e C- terminais, que não foram encontrados em outros membros da família dos VEGF.Metástase Neoplásica: Transferência de uma neoplasia de um órgão ou parte do corpo para outro distante do local primário.Linfonodos: São corpos ovais ou em forma de feijão (1-30 mm de diâmetro) localizados ao longo do sistema linfático.Invasividade Neoplásica: A habilidade de neoplasias de infiltrarem e destruir ativamente tecidos ao seu redor.Neoplasias Gástricas: Tumores ou câncer do ESTÔMAGO.Linhagem Celular Tumoral: Linhagem celular derivada de células tumorais cultivadas.Adenocarcinoma: Tumor epitelial maligno com organização glandular.Excisão de Linfonodo: Excisão cirúrgica de um ou mais linfonodos. Seu uso mais comum é em cirurgia de câncer.Imuno-Histoquímica: Localização histoquímica de substâncias imunorreativas utilizando anticorpos marcados como reagentes.Estadiamento de Neoplasias: Métodos que tentam expressar em termos replicáveis a extensão de neoplasias no paciente.Neoplasias Pulmonares: Tumores ou câncer do PULMÃO.Prognóstico: Predição do provável resultado de uma doença baseado nas condições do indivíduo e no curso normal da doença como observado em situações semelhantes.Neovascularização Patológica: Processo patológico constituído por proliferação de vasos sanguíneos em tecidos ou posições anormais.Neoplasias Hepáticas: Tumores ou câncer do FÍGADO.Marcadores Biológicos de Tumor: Produtos moleculares metabolizados e secretados por tecidos neoplásicos e [que podem ser] caracterizados bioquimicamente nos líquidos celulares e corporais. Eles são [usados como] indicadores de estágio e grau tumoral, podendo também ser úteis para monitorar respostas ao tratamento e prever recidivas. Muitos grupos químicos estão representados [nesta categoria] inclusive hormônios, antígenos, aminoácidos e ácidos nucleicos, enzimas, poliaminas, além de proteínas e lipídeos de membrana celular específicos.Regulação Neoplásica da Expressão Gênica: Qualquer dos processos pelos quais fatores nucleares, citoplasmáticos ou intercelulares influem no controle diferencial da ação gênica no tecido neoplásico.Camundongos Nus: Camundongos mutantes homozigotos para o gene recessivo de "nudez" que não desenvolvem um timo. São úteis em estudos de tumor e estudos sobre resposta imune.Fibrossarcoma: Neoplasia derivada de tecido fibroso profundo, caracterizada por feixes de fibroblastos imaturos em proliferação, com formação variável de colágeno, que tende a invadir localmente e metastatizar pela corrente sanguínea. (Stedman, 25a ed)Carcinoma de Células Escamosas: Carcinoma derivado de células epiteliais escamosas (ver CÉLULAS EPITELIAIS). Também pode ocorrer em áreas em que o epitélio glandular ou colunar estejam normalmente presentes. (Tradução livre do original: Stedman, 25a ed)Carcinoma: Neoplasia maligna constituída de células epiteliais que tendem a infiltrar os tecidos circunvizinhos e originar metástases. Sob o ponto de vista histológico, é um tipo de neoplasia, mas o termo é frequentemente empregado de forma errônea como sinônimo de câncer.Células Endoteliais: CÉLULAS EPITELIAIS altamente especializadas que revestem o CORAÇÃO, VASOS SANGUÍNEOS e linfáticos, formando o ENDOTÉLIO. Têm forma poligonal e são unidas por JUNÇÕES ÍNTIMAS que apresentam permeabilidade variável a macromoléculas específicas (transportadas através da camada endotelial).Melanoma Experimental: Tumor induzido experimentalmente que produz MELANINAS em animais, para estabelecer um modelo de estudo do MELANOMA humano.Neoplasias da Mama: Tumores ou câncer da MAMA humana.Linfografia: Estudo radiográfico do sistema linfático após injeção de um meio de contraste.Receptor 2 de Fatores de Crescimento do Endotélio Vascular: Receptor da tirosina quinase de 200 a 230 kDa para os fatores de crescimento do endotélio vascular encontrado principalmente em células endotelial e hematopoiética e suas precursoras. O VEGFR-2 é importante para o desenvolvimento vascular e hematopoiético e medeia quase todas as respostas da célula endotelial ao VEGF.Neoplasias Colorretais: Tumores ou câncer do cólon, ou do RETO ou ambos. Entre os fatores de risco para o câncer colorretal estão colite ulcerativa crônica, polipose familiar do cólon, exposição a ASBESTO e irradiação do COLO DO ÚTERO.Filariose Linfática: As infestações por parasitas do sistema linfático humano causadas pela WUCHERERIA BANCROFTI ou BRUGIA MALAYI. Ela também é chamada de filaríase linfática (ou elefantíase filárica).Neoplasias Pancreáticas: Tumores ou câncer do PÂNCREAS. Dependendo dos tipos de CÉLULAS das ILHOTAS PANCREÁTICAS presentes nos tumores, vários hormônios podem ser secretados: GLUCAGON das CÉLULAS PANCREÁTICAS ALFA, INSULINA das CÉLULAS PANCREÁTICAS BETA e SOMATOSTATINA das CÉLULAS SECRETORAS DE SOMATOSTATINA. A maioria é maligna, exceto os tumores produtores de insulina (INSULINOMA).Linfa: Líquido intersticial que compõe o SISTEMA LINFÁTICO.Reação em Cadeia da Polimerase Via Transcriptase Reversa: Variação da técnica de PCR na qual o cDNA é construído do RNA através de uma transcrição reversa. O cDNA resultante é então amplificado utililizando protocolos padrões de PCR.Anormalidades Linfáticas: Anormalidades estruturais congênitas ou adquiridas do sistema linfático (TECIDO LINFOIDE) incluindo vasos linfáticos.Taxa de Sobrevida: Proporção de sobreviventes de um grupo em estudo acompanhado por determinado período. (Tradução livre do original: Last, 2001)Linfedema: Edema devido à obstrução dos vasos linfáticos ou transtornos dos nódulos linfáticos.Fator A de Crescimento do Endotélio Vascular: Membro original da família dos fatores de crescimento da célula endotelial denominados FATORES DE CRESCIMENTO DO ENDOTÉLIO VASCULAR. O fator A de crescimento do endotélio vascular foi originalmente isolado de células tumorais e foi denominado "fator de angiogênese tumoral" e "fator de permeabilidade vascular". Embora seja expresso em concentrações elevadas em algumas células derivadas de tumores, é produzido por uma ampla variedade de tipos celulares. Além de estimular o crescimento e a permeabilidade vascular, pode ter um papel na estimulação da VASODILATAÇÃO através de vias dependentes do ÓXIDO NÍTRICO. O processamento alternativo do RNAm do fator A de crescimento do endotélio vascular resulta em várias isoformas da proteína que está sendo produzida.RNA Mensageiro: Sequências de RNA que servem como modelo para a síntese proteica. RNAm bacterianos são geralmente transcritos primários pelo fato de não requererem processamento pós-transcricional. O RNAm eucariótico é sintetizado no núcleo e necessita ser transportado para o citoplasma para a tradução. A maior parte dos RNAm eucarióticos têm uma sequência de ácido poliadenílico na extremidade 3', denominada de cauda poli(A). Não se conhece com certeza a função dessa cauda, mas ela pode desempenhar um papel na exportação de RNAm maduro a partir do núcleo, tanto quanto em auxiliar na estabilização de algumas moléculas de RNAm retardando a sua degradação no citoplasma.Melanoma: Neoplasia maligna, derivada de células capazes de formar melanoma, que pode ocorrer na pele de qualquer parte do corpo, no olho, ou raramente, nas mucosas dos genitais, ânus, cavidade oral ou outros locais. Ocorre principalmente em adultos e pode originar-se de novo ou de um nevo pigmentado ou lentigo maligno. Nas fases precoces, as formas cutâneas se caracterizam pela proliferação de células na junção-epidérmica que logo invadem amplamente o tecido adjacente. As células variam em quantidade e pigmentação do citoplasma. Os núcleos são relativamente grandes e, com frequência, de forma bizarra, com nucléolos acidófilos proeminentes. As figuras mióticas tendem a ser numerosas. Os melanomas metastatizam frequentemente de forma ampla, e os linfonodos regionais, fígado, pulmões e cérebro são provavelmente comprometidos. (Stedman, 25a ed)Doenças Linfáticas: Doenças da LINFA, dos LINFONODOS ou dos VASOS LINFÁTICOS.Camundongos Endogâmicos C57BLDistribuição de Qui-Quadrado: Distribuição na qual a variável está distribuída como a soma dos quadrados de qualquer variável dada independente e aleatória, tendo cada qual uma distribuição normal com média zero e desvio um. O teste de Qui-quadrado é um teste estatístico baseado na comparação de uma estatística e uma distribuição de Qui-quadrado. Os testes mais antigos se usam para detectar se duas ou mais distribuições da população diferem entre si.China: País que se estende da Ásia central ao Oceano Pacífico.Transdução de Sinal: Transferência intracelular de informação (ativação/inibição biológica) através de uma via de sinalização. Em cada sistema de transdução de sinal, um sinal de ativação/inibição proveniente de uma molécula biologicamente ativa (hormônio, neurotransmissor) é mediado, via acoplamento de um receptor/enzima, a um sistema de segundo mensageiro ou a um canal iônico. A transdução de sinais desempenha um papel importante na ativação de funções celulares, bem como de diferenciação e proliferação das mesmas. São exemplos de sistemas de transdução de sinal: o sistema do receptor pós-sináptico do canal de cálcio ÁCIDO GAMA-AMINOBUTÍRICO, a via de ativação da célula T mediada pelo receptor e a ativação de fosfolipases mediada por receptor. Estes sistemas acoplados à despolarização da membrana ou liberação de cálcio intracelular incluem a ativação mediada pelo receptor das funções citotóxicas dos granulócitos e a potencialização sináptica da ativação da proteína quinase. Algumas vias de transdução de sinal podem ser parte de um sistema de transdução muito maior, como por exemplo, a ativação da proteína quinase faz parte da via de sinalização da ativação plaquetária.Movimento Celular: Movimento de células de um lugar para outro. Diferencia-se da CITOCINESE, que é o processo de divisão do CITOPLASMA de uma célula.Transplante de Neoplasias: Transplante experimental de neoplasias em animais de laboratório para fins de investigação.Wuchereria bancrofti: Verme branco e em forma de fio que causa elefantíase, linfangite e quilúria por interferir com a circulação linfática. As microfilárias são encontradas no sangue circulante e são transportadas por mosquitos.Neoplasias Encefálicas: Neoplasias dos componentes intracranianos do sistema nervoso central, incluindo os hemisférios cerebrais, gânglios da base, hipotálamo, tálamo, tronco encefálico e cerebelo. As neoplasias encefálicas são subdivididas em formas primárias (originárias do tecido encefálico) e secundárias (i. é, metastáticas). As neoplasias primárias são subdivididas em formas benignas e malignas. Em geral, os tumores encefálicos podem ser classificados pela idade de início, tipo histológico ou local de apresentação no cérebro.Neoplasias Cutâneas: Tumores ou câncer da PELE.Mesentério: Camada do peritônio que liga as vísceras abdominais à PAREDE ABDOMINAL e transporta seus vasos sanguíneos e nervos.Ducto Torácico: Vaso linfático muito grande que passa através do peito e drena na VEIA SUBCLÁVIA.Filaricidas: Agentes farmacológicos destrutivos para os nematoides da superfamília Filarioidea.Tumores de Vasos Linfáticos: As neoplasias do tecido linfoide, um trançado de tecido reticular com a presença de linfócitos entre os espaços. O conceito não se refere a neoplasias localizadas em vasos linfáticos.Linfocintigrafia: Imagem de radionuclídeo no SISTEMA LINFÁTICO.Biópsia de Linfonodo Sentinela: Procedimento diagnóstico usado para determinar se ocorreu METÁSTASE LINFÁTICA. O linfonodo sentinela é o primeiro linfonodo a receber drenagem de uma neoplasia.Estudos Retrospectivos: Estudos nos quais os dados coletados se referem a eventos do passado.Linfangioma: Tumor benigno que resulta de uma malformação congênita do sistema linfático. O linfangioendotelioma é um tipo de linfangioma dos quais as células endoteliais são o principal componente.Recidiva Local de Neoplasia: Recorrência local de uma neoplasia em seguida do tratamento. Ela surge de células microscópicas da neoplasia original que escaparam da intervenção terapêutica e mais tarde tornaram-se clinicamente visíveis no local de origem.Dietilcarbamazina: Anti-helmíntico utilizado principalmente na forma de citrato no tratamento da filaríase, particularmente nas infestações por Wuncheria bancrofti ou Loa loa.Neoplasias da Próstata: Tumores ou câncer de PRÓSTATA.Tomografia Computadorizada por Raios X: Tomografia utilizando transmissão por raio x e um computador de algoritmo para reconstruir a imagem.Progressão da Doença: Piora de uma doença ao longo do tempo. Este conceito é usado com mais frequência para doenças crônica e incuráveis, em que o estágio da doença é um determinante importante de terapia e prognóstico.Neoplasias da Coluna Vertebral: Tumores e neoplasias localizados na coluna vertebral.Resultado do Tratamento: Estudos conduzidos com o fito de avaliar as consequências da gestão e dos procedimentos utilizados no combate à doença de forma a determinar a eficácia, efetividade, segurança, exequibilidade dessas intervenções.Camundongos Endogâmicos BALB CAnálise de Sobrevida: Procedimentos estatísticos pra estimar a curva de sobrevivência de população mediante tratamentos, fatores de prognóstico, de exposição ou outras variáveis. (Tradução livre do original: Last, 2001)Linfangiectasia: Dilatação transitória dos vasos linfáticos.Proliferação de Células: Todos os processos envolvidos em aumentar o NÚMERO DE CÉLULAS. Estes processos incluem mais que a DIVISÃO CELULAR, parte do CICLO CELULAR.Transplante Heterólogo: Transplante entre animais de espécies diferentes.Axila: Área do corpo humano abaixo da ARTICULAÇÃO DO OMBRO.Camundongos SCID: Camundongos homozigotos para o gene autossômico recessivo mutante "scid", que é localizado na extremidade centromérica do cromossomo 16. Estes camundongos não possuem linfócitos maduros e funcionais e são por isso altamente susceptíveis a infecções oportunistas letais se não forem cronicamente tratados com antibióticos. A ausência de imunidade das células B e T assemelha-se à síndrome de imunodeficiência combinada severa (SCID) em crianças humanas. Camundongos SCID são úteis como modelos animais já que são receptivos à implantação de sistema imune humano produzindo camundongos hematoquiméricos com SCID-humana (SCID-hu).Neoplasias: Crescimento novo anormal de tecido. As neoplasias malignas apresentam um maior grau de anaplasia e têm propriedades de invasão e de metástase quando comparadas às neoplasias benignas.Neoplasias Mamárias Experimentais: Neoplasias mamárias experimentalmente induzidas em animais para estabelecer um modelo para estudo das NEOPLASIAS MAMÁRIAS em humanos.Células Tumorais Cultivadas: Células provenientes de tecido neoplásico cultivadas in vitro. Se for possível estabelecer estas células como LINHAGEM CELULAR TUMORAL, elas podem se propagar indefinidamente em cultura de células.Neoplasias do Colo: Tumores ou câncer do COLO.Antineoplásicos: Substâncias que inibem ou impedem a proliferação de NEOPLASIAS.Evolução Fatal: Morte resultante da presença de uma doença em um indivíduo, como mostrado por um único caso relatado ou um número limitado de pacientes. Deve ser diferenciado de MORTE, a interrupção fisiológica da vida e de MORTALIDADE, um conceito epidemiológico ou estatístico.Neoplasias Renais: Tumores ou câncer do RIM.Fatores de Tempo: Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.Neoplasias da Glândula Tireoide: Tumores ou câncer da GLÂNDULA TIREOIDE.Células Neoplásicas Circulantes: Células neoplásicas esfoliadas que circulam no sangue e que estão associadas com tumores produtores de metástases.Nucleosídeo NM23 Difosfato Quinases: Família de quinases nucleotídeo difosfato que desempenham um papel em várias vias de sinalização celular associadas à DIFERENCIAÇÃO CELULAR, à PROLIFERAÇÃO CELULAR e à APOPTOSE. São consideradas proteínas multifuncionais que interagem com várias proteínas celulares e possuem funções que não estão relacionadas com sua atividade enzimática.Antígenos CD31: Moléculas de adesão celular presentes em virtualmente todos os monócitos, plaquetas e granulócitos. O CD31 é altamente expresso em células endoteliais e concentrado nas junções entre elas.Terapia Combinada: Tratamento de uma doença ou afecção por muitos meios diferentes, simultânea ou sequencialmente. Quimioimunoterapia, RADIOIMUNOTERAPIA, quimiorradioterapia, crioquimioterapia e TERAPIA DE SALVAÇÃO, são vistas mais frequentemente, mas suas combinações umas com as outras e cirurgia também são utilizadas.Proteínas de Neoplasias: Proteínas cuja expressão anormal (ganho ou perda) está associada com o desenvolvimento, crescimento ou progressão de NEOPLASIAS. Algumas proteínas de neoplasias são antígenos de tumores (ANTÍGENOS DE NEOPLASIAS), ou seja, induzem uma reação imunológica ao seu tumor. Muitas proteínas de neoplasia foram caracterizadas e são utilizadas como BIOMARCADORES TUMORAIS, quando são detectáveis nas células e nos líquidos do corpo como monitores da presença ou crescimento de tumores. A expressão anormal das PROTEÍNAS ONCOGÊNICAS está envolvida na transformação neoplásica, enquanto a perda de expressão das PROTEÍNAS SUPRESSORAS DE TUMOR está envolvida com a perda do controle do crescimento e progressão da neoplasia.Hepatectomia: Excisão de todo (h. total) ou parte (h. parcial ou subtotal) do fígado. (Dorland, 28a ed)Adesão Celular: Aderência de células a superfícies ou a outras células.Transição Epitelial-Mesenquimal: Alterações fenotípicas de CÉLULAS EPITELIAIS para o do tipo de células do MESÊNQUIMA, que aumentam a mobilidade celular crítica para muitos processos de desenvolvimento como o do TUBO NEURAL. A METÁSTASE NEOPLÁSICA e a PROGRESSÃO DA DOENÇA também podem induzir esta transição.Osteossarcoma: O mais comum e maligno dos sarcomas ósseos, que se origina de células formadoras de osso e afeta principalmente as extremidades dos ossos longos; sua maior incidência se dá na faixa etária entre 10 e 25 anos. (Stedman, 25a ed)Estimativa de Kaplan-Meier: Método não paramétrico de compilação de TÁBUAS DE VIDA ou tábuas de sobrevivência. Combina as probabilidades calculadas de sobrevida e as estimativas para permitir que as observações ocorram além de um limiar, assumido randomicamente. Os intervalos de tempo são definidos como final de cada tempo de um evento, sendo portanto desigual. (Tradução livre do original: Last, A Dictionary of Epidemiology, 1995)Carga Tumoral: Quantidade total (número de células, peso, tamanho ou volume) de células ou tecidos tumorais no corpo.Metastasectomia: Cirurgia para remover uma METÁSTASE NEOPLÁSICA ou mais.LinfangiteTécnicas Imunoenzimáticas: Técnicas imunológicas baseadas no uso de: 1) conjugados enzima-anticorpo, 2) conjugados enzima-antígeno, 3) anticorpo antienzima seguido por suas enzimas homólogas ou 4) complexos enzima-antienzima. Essas técnicas são utilizadas histologicamente para visualizar ou marcar amostras de tecido.Intervalo Livre de Doença: Período após êxito do tratamento, em que não existem sintomas ou efeitos da doença.Brugia Malayi: Espécie de nematoide parasita que causa filariose malaia e que tem distribuição centrada de forma geral na península Malay. O ciclo de vida de B. malayi é semelhante ao de WUCHERERIA BANCROFTI, exceto pelo fato de que na maioria das áreas endêmicas os principais mosquitos vetores pertencem ao gênero Mansonia.Ensaios Antitumorais Modelo de Xenoenxerto: Métodos in vivo de seleção de medicamentos anticâncer, modificadores da resposta biológica ou radioterapias. Tecido ou células de tumor humano são transplantados em camundongos ou ratos seguidos por esquemas de tratamento de tumor. Vários resultados são monitorados para avaliar a eficácia antitumoral.Seguimentos: Estudos nos quais indivíduos ou populações são seguidos para avaliar o resultado de exposições, procedimentos ou efeitos de uma característica, por exemplo, ocorrência de doença.Neoplasias Mamárias Animais: Os tumores ou câncer da glândula mamária em animais (GLÂNDULAS MAMÁRIAS ANIMAIS).Quimiocina CCL21: Quimiocina tipo CC com especificidade para os RECEPTORES CCR7. Possui atividade para as CÉLULAS DENDRÍTICAS e LINFÓCITOS T.Modelos Animais de Doenças: Doenças animais ocorrendo de maneira natural ou são induzidas experimentalmente com processos patológicos suficientemente semelhantes àqueles de doenças humanas. São utilizados como modelos para o estudo de doenças humanas.Carcinoma de Células Renais: Grupo heterogêneo de carcinoma esporádico ou hereditário, proveniente das células renais. Há vários subtipos, inclusive as células claras, o papilar, o cromófobo, o ducto coletor, as células fusiformes (sarcomatoide), ou célula mista tipo carcinoma.Pescoço: Parte de um corpo humano ou animal que une a CABEÇA com o resto do corpo.Caderinas: Proteínas de adesão celular dependentes de cálcio. São importantes para a formação das JUNÇÕES ADHERENS entre células. As caderinas são classificadas de acordo com sua especificidade imunológica e tecidual por letras (E de epitelial, N de neural e P de placenta) ou por números (caderina 12 ou N-caderina 2 para a caderina do encéfalo). As caderinas promovem a adesão celular via um mecanismo homofílico e desempenham um papel na construção de tecidos e de todo o corpo do animal.Neoplasias Experimentais: Crescimento anormal de TECIDOS em animais, induzidos experimentalmente para estabelecer um modelo de estudo das neoplasias humanas.Carcinoma Papilar: Neoplasia maligna caracterizada por formação de numerosas projeções irregulares digitiformes e estroma fibroso coberto com uma camada superficial de células epiteliais neoplásicas. (Stedman, 25a ed)Carcinoma Ductal de Mama: CARCINOMA invasivo (infiltrante) do sistema ductal mamário (GLÂNDULAS MAMÁRIAS) da MAMA humana.Neoplasias Esplênicas: Tumores ou câncer do BAÇO.Neoplasias Musculares: Câncer ou tumores localizados no tecido muscular ou músculos específicos. Eles se distinguem das NEOPLASIAS DE TECIDO MUSCULAR, que são neoplasias compostas de tecido muscular esquelético, cardíaco ou liso, como MIOSSARCOMA ou LEIOMIOMA.Vasos Sanguíneos: Qualquer vaso tubular que transporta o sangue (artérias, arteríolas, capilares, vênulas e veias).Compostos Radiofarmacêuticos: Compostos usados na medicina como fontes de radiação para radioterapia e para fins diagnósticos. Apresentam vários usos na pesquisa e na indústria.Neoplasias Esofágicas: Tumores ou câncer do ESÔFAGO.Hidrocele Testicular: Acúmulo de líquido seroso entre as camadas da membrana (tunica vaginalis) cobrindo o TESTÍCULO no ESCROTO.Neoplasias Retais: Tumores ou câncer do RETO.Microfilaria: A fase pré-larval de Filarioidea no sangue e outros tecidos de mamíferos e aves. São retiradas destes hospedeiros por insetos hematófagos nos quais ocorre a metamorfose para larvas maduras.Carcinoma Pulmonar de Lewis: Carcinoma descoberto por Dr. Margaret R. Lewis do Instituto Wistar em 1951. Este tumor origina-se espontaneamente como um carcinoma do pulmão de um camundongo C57BL. O tumor não parece ser grosseiramente hemorrágico e a maior parte do tecido tumoral é uma massa homogênea semifirme (tradução livre do original: Cancer Chemother Rep 2 1972 Nov;(3)1:325). Também é conhecido por 3LL e LLC e é usado como um tumor transplantável.Carcinoma Hepatocelular: Neoplasia maligna primária de células hepáticas epiteliais. Abrange desde o tumor bem diferenciado com CÉLULAS EPITELIAIS, indistinguíveis dos HEPATÓCITOS normais até a neoplasia pouco diferenciada. As células podem ser uniformes, marcadamente pleomórficas, ou ainda, podem formar CÉLULAS GIGANTES. Vários esquemas classificatórios têm sido propostos.Radiocirurgia: Técnica radiológica estereotática desenvolvida para cortar ou destruir tecidos com altas doses de radiação em vez de incisões cirúrgicas. Foi originalmente desenvolvida para a neurocirurgia nas estruturas encefálicas e usada gradualmente para estruturas extracranianas. As agulhas rígidas comuns ou sondas de cirurgia estereotática são substituídas por feixes de radiação ionizante, dirigidos contra um alvo com a intenção de destruir o tecido local.Metaloproteinase 9 da Matriz: Endopeptidase estruturalmente semelhante a METALOPROTEINASE 2 DA MATRIZ. Degrada a GELATINA tipos I e V, COLÁGENO TIPO IV e COLÁGENO TIPO V.Perfilação da Expressão Gênica: Determinação do padrão de genes expresso ao nível de TRANSCRIÇÃO GENÉTICA sob circunstâncias específicas ou em uma célula específica.Anticorpos Monoclonais: Anticorpos produzidos porum único clone de células.Tomografia por Emissão de Pósitrons: Técnica de imagem que utiliza compostos marcados com radionuclídeos emissores de pósitrons de vida curta (como carbono-11, nitrogênio-13, oxigênio-15 e flúor-18) para medir o metabolismo celular. Tem sido útil em estudos de tecidos moles, como CÂNCER, SISTEMA CARDIOVASCULAR e encéfalo. A TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE EMISSÃO DE FÓTON ÚNICO é intimamente relacionada com a tomografia por emissão de pósitrons, mas utiliza isótopos de meias-vidas maiores e a resolução é mais baixa.Sensibilidade e Especificidade: Medidas de classificação binária para avaliar resultados de exames. Sensibilidade ou taxa de recall é a proporção de verdadeiros positivos. Especificidade é a probabilidade do teste determinar corretamente a ausência de uma afecção. (Tradução livre do original: Last, Dictionary of Epidemiology, 2d ed)Neoplasias Peritoneais: Tumores ou câncer do PERITÔNIO.Western Blotting: Identificação por transferência de mancha (em um gel) contendo proteínas ou peptídeos (separados eletroforeticamente) para tiras de uma membrana de nitrocelulose, seguida por marcação com sondas de anticorpos.Micrometástase de Neoplasia: Tumores secundários recém formados de dimensões tão pequenas que são difíceis de serem detectados por exame físico ou por técnicas de imagem rotineiras.Difosfonatos: Compostos orgânicos que contêm ligações P-C-P, em que P significa fosfonatos ou ácidos fosfônicos. Esses compostos afetam o metabolismo do cálcio. Eles inibem a calcificação ectópica e retardam a reabsorção e a reciclagem óssea. Complexos de tecnécio de difosfonatos tem sido utilizados com sucesso como agentes escaneadores ósseos.Valor Preditivo dos Testes: O valor preditivo de um teste diagnóstico é a probabilidade de um resultado positivo (ou negativo) corresponder a um indivíduo doente (ou não doente). Depende da sensibilidade e especificidade do teste (adaptação e tradução livre do original: Last, 2001)Esvaziamento Cervical: Dissecção no pescoço para remover todos os tecidos doentes, incluindo os LINFONODOS cervicais e deixando uma margem adequada de tecido normal. Este tipo de cirurgia é geralmente utilizado para tumores ou metástases cervicais na cabeça e pescoço. O protótipo do esvaziamento cervical é a dissecção radical do pescoço descrita por Crile em 1906.Glicoproteínas: Compostos conjugados proteína-carboidrato que incluem mucinas, mucoides e glicoproteínas amiloides.Antígeno Carcinoembrionário: Glicoproteína secretada na superfície luminal do epitélio no trato gastrointestinal. É encontrado nas fezes e nas secreções pancreaticobiliares. É usado para monitorar a resposta ao tratamento do câncer de colo.Albendazol: Anti-helmíntico benzimidazólico de largo espectro, relacionado estruturalmente com o MEBENDAZOL, que é eficaz contra muitas doenças.Imagem por Ressonância Magnética: Método não invasivo de demonstração da anatomia interna baseado no princípio de que os núcleos atômicos em um campo magnético forte absorvem pulsos de energia de radiofrequência e as emitem como ondas de rádio que podem ser reconstruídas nas imagens computadorizadas. O conceito inclui técnicas tomográficas do spin do próton.Gastrectomia: Excisão de todo (g. total) ou parte (g. subtotal, g. parcial, ressecção gástrica) do estômago. (Dorland, 28a ed)Inoculação de Neoplasia: Implantação local de células tumorais por contaminação de instrumentos e equipamento cirúrgico durante ou depois da ressecção cirúrgica, resultando no crescimento local de células e formação de tumor.Proteínas Supressoras de Tumor: Proteínas que, de modo geral, mantêm sob controle o crescimento celular. As deficiências ou anormalidades nestas proteínas podem desregular o crescimento celular e levar ao desenvolvimento de tumores.Diagnóstico por Imagem: Qualquer exibição visual de padrões estruturais ou funcionais de órgãos ou tecidos para avaliação diagnóstica. Inclui medidas fisiológicas e respostas metabólicas a estímulos físicos e químicos, assim como ultramicroscopia.Regulação para Cima: Efeito controlador positivo sobre os processos fisiológicos nos níveis molecular, celular ou sistêmico. No nível molecular, os principais sítios regulatórios incluem os receptores de membrana, genes (REGULAÇÃO DA EXPRESSÃO GÊNICA), RNAm (RNA MENSAGEIRO) e as proteínas.Verde de Indocianina: Corante tricarbocianina utilizado diagnosticamente para testes da função hepática e para determinar os rendimentos dos volumes sanguíneo e cardíaco.Biópsia: Remoção e avaliação patológica de amostras, na forma de pequenos fragmentos de tecido do corpo vivo.Quilo: Líquido opaco, branco-leitoso constituído principalmente de gorduras emulsificadas que passam dos vasos quilíferos do intestino delgado ao sistema linfático.Brugia: Verme filarial do sudeste da Ásia que produz filariose e elefantíase em vários mamíferos, incluindo o homem. Havia sido previamente incluído no gênero WUCHERERIA.Antígenos CD44: Glicoproteínas integrais de membrana sulfatadas e acídicas expressas sob diversos splices alternativos e variáveis formas glicosiladas numa ampla variedade de tipos celulares, incluindo células T, células B, timócitos medulares, granulócitos, macrófagos, eritrócitos e fibroblastos. Os antígenos CD44 são os principais receptores de superfície celular para hialuronato e esta interação medeia a ligação de linfócitos às vênulas endoteliais.Neoplasias de Cabeça e Pescoço: Tumores de tecido mole ou câncer que surge nas superfícies da mucosa dos LÁBIOS, cavidade oral, FARINGE, LARINGE e esôfago cervical. Podem surgir em outros lugares como NARIZ e SEIOS PARANASAIS, GLÂNDULAS SALIVARES, GLÂNDULA TIREOIDE, GLÂNDULAS PARATIREOIDES, e como MELANOMA e cânceres da pele que não são melanomas da cabeça e pescoço. (Tradução livre do original: Holland et al., Cancer Medicine, 4th ed, p1651)Microambiente Tumoral: Ambiente ao redor das neoplasias, que consiste de células, vasos sanguíneos, fatores solúveis e moléculas que pode influenciar e ser influenciado pelo crescimento da neoplasia.Camundongos Transgênicos: Camundongos de laboratório que foram produzidos de um OVO ou EMBRIÃO DE MAMÍFEROS, manipulados geneticamente.Metaloproteinase 2 da Matriz: Endopeptidase homóloga secretada com a COLAGENASE INTERSTICIAL, mas que possui um domínio adicional semelhante à fibronectina.RNA Interferente Pequeno: RNAs pequenos, de cadeia dupla, de codificação não proteica (21-31 nucleotídeos) envolvidos nas funções de INATIVAÇÃO GÊNICA, especialmente o RNA DE INTERFERÊNCIA (RNAi). Os siRNAs são endogenamente gerados a partir de dsRNAs (RNA DE CADEIA DUPLA) pela mesma ribonuclease, Dicer, que gera miRNAs (MICRORNAS). O pareamento perfeito das cadeias de siRNAs' antissenso com seus RNAs alvos medeia a clivagem do RNAi guiado por siRNA. Os siRNAs caem em diferentes classes, inclusive siRNA de atuação trans (tasiRNA), RNA com repetições associadas (rasiRNA), RNA de varredura pequena (scnRNA), e RNA de interação com a proteína Piwi (piRNA) e têm funções diferentes de inativação gênica específica.Adenocarcinoma Folicular: Tipo de carcinoma da glândula tireoide com muitos folículos embora possa ter áreas sem folículos. É mais comum em mulheres e é mais maligno do que carcinoma papilar. (Dorland, 28a ed)Sarcoma: Neoplasia do tecido conjuntivo formado pela proliferação de células mesodérmicas. Geralmente é extremamente maligno.Irradiação Craniana: Exposição da cabeça a raios roentgen ou outras formas de radioatividade, para fins terapêuticos ou preventivos.Corantes: Compostos químicos ou substâncias que dão cor incluindo tinturas solúveis e pigmentos insolúveis. São usados em TINTAS, PINTURAS e como INDICADORES E REAGENTES.Antígenos CD82: Glicoproteína transmembrana amplamente expressa que atua como uma proteína supressora de METÁSTASE. É subexpressa em várias NEOPLASIAS humanas.Proteínas de Transporte Vesicular: Ampla categoria de proteínas envolvidas na formação, transporte e dissolução de VESÍCULAS TRANSPORTADORAS. Desempenham papel no transporte intracelular de moléculas contidas em vesículas de membranas. Proteínas de transporte vesicular diferem das PROTEÍNAS DE MEMBRANA TRANSPORTADORAS (que deslocam moléculas através de membranas) devido ao modo pelo qual as moléculas são transportadas.Neoplasias AbdominaisAnálise Multivariada: Conjunto de técnicas usadas quando a variação em diversas variáveis deve ser estudada simultaneamente. Em estatística, a análise multivariada se interpreta como qualquer método analítico que permita o estudo simultâneo de duas ou mais variáveis dependentes. Análise e interpretação das inter-relações entre três ou mais variáveis.Filariose: Infecções com nematoides da superfamília FILARIOIDEA. A presença de vermes vivos no corpo é principalmente assintomática, mas a morte dos vermes adultos causa a inflamação granulomatosa e fibrose permanente. Os organismos do gênero Elaeophora infectam alces silvícolas e carneiro doméstico causando necrose isquêmica do cérebro, cegueira e dermatose facial.Glicoproteínas de Membrana: Glicoproteínas encontradas nas membranas ou na superfície das células.Neoplasias Cranianas: Neoplasias da porção óssea do crânio.Protocolos de Quimioterapia Combinada Antineoplásica: Dois ou mais compostos químicos quando usados simultaneamente ou sequencialmente no tratamento farmacológico da neoplasia. As drogas não precisam estar na mesma dosagem.

*  Eosinofilia sintomas - Doctoralia
eosinofilia sintomas. eosinofilia sintomas. Exames médicos e tratamentos 0. Eosinofilia - Doença ... Quais são os sintomas. Os sintomas de eosinofilia são a causa da ... Por exemplo, quando a eosinofilia aparece os sintomas da ... Naproxeno - Medicamento ... Mionevrix - Medicamento ... Os sintomas relacionados ao trato gastrintestinal ... Têm sido relatados outros sintomas, tais como, sonolência, ataxia, ... Claforan - Medicamento ... Claforan As principais são: sintomas gastrintestinais, como, por exemplo, ... Helmiben-Nf - Medicamento ... Helmiben-NF pode aliviar os sintomas, febre e reduzir a eosinofilia durante o estágio de. Eritrex - Medicamento ... de função hepática anormais, eosinofilia, leucocitose e também aumento ... Em outros casos, sintomas clínicos e resultados de ... Em alguns casos os sintomas iniciais podem aparecer após ... tratamento, mas geralmente estes sintomas só aparecem após 1 ... de tratamento contínuo, ... Tiabiose - Medicamento ... houver o desaparecimento dos sintomas da doença o ...
http://doctoralia.com.br/s/eosinofilia-sintomas
*  Eosinofilia
... info patologia nome eosinofilia cid cid icd cido imagem width legenda eosinófilo omim medlineplus emedicinesubj med emedicinetopic diseasesdb d eosinofilia é o aumento da concentração de eosinófilo s no sangue o processo inverso diminuição da concentração de eosinófilos no sangue denomina se eosinopenia a eosinofilia pode ser reativa em resposta a outro estímulo como alergia ou infecção ou não reativa é muito grande o número de doenças que provocam eosinofilia mas as situações mais comuns são as alergia s e as verminose s a liberação de interleucina pelas células t mastócito s e macrófago s estimula a produção de eosinófilos causas síndrome de bloch sulzberger síndrome hipereosinofílica parasita s helmintos alergia ateroembolismo síndrome de churg strauss algumas formas de leucemia mielóide aguda leucemia leucemia mielóide crônica linfoma de hodgkin síndrome de gleich doença de addison clonorchis dengue isosporíase se a eosinofilia persistir por mais de meses e todas as causas secundárias forem ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Eosinofilia
*  Sistema linfático; Sistema Linfoide
sistema linf tico sistema linfoide toggle navigation toggle navigation lookfordiagnosis english espa ol portugu s fran ais italiano svenska sintomas e diagn sticos inicio exemplos do uso doen as pesquisas freq entes pesquisa m dica plantas medicinais temas de sa de dicion rio m dico sites de sa de perguntas e respostas publicidade anuncie conosco anuncie aqui sistema linfático sistema linfoide sistema de órgãos e tecidos que processa e transporta células do sistema imunológico e linfa imagens sistema linfático linfadenopatia cisterna do quilo cisterna do quilo cisterna do quilo cisterna do quilo doenças caninas necrofobia diagn stico e tratamentos informa ao detalhada em uma pesquisa personalizada lista de doen as relacionadas com a sistema linfático videos sintomas e diagn sticos sintomas r pido hier rquico wikipedia eosinofilia lista de códigos cid doenças do sistema musculoesquelético e dos tecidos conectivos lista de códigos cid doenças do sistema genitunirário mais informa o decs descritores em ci ncias ...
http://lookfordiagnosis.com/mesh_info.php?term=sistema linfático&lang=3
*  Lista de códigos CID-9 710-739: Doenças do sistema musculoesquelético e dos tecidos conectivos
lista de códigos cid doenças do sistema musculoesquelético e dos tecidos conectivos lista de códigos cid doenças do sistema musculoesquelético e dos tecidos conectivos xiii doenças do sistema osteomuscular e do tecido conjuntivo doenças difusas do tecido conjuntivo artropatias associadas a infecções artropatias por deposições de cristais artropatias associadas a outros transtornos classificados em outra parte artrite reumatóide e outras poliartropatias inflamatórias osteoartrose e transtornos afins outras artropatias e as não especificadas desarranjos internos do joelho outros desarranjos das articulações hemartrose espondilite anquilosante e outras espondilopatias inflamatórias espondiloses e transtornos afins transtornos dos discos intervertebrais outros transtornos da região cervical outros transtornos do dorso e os não especificados polimialgia reumática entesopatias periféricas e síndromes afins outros transtornos das sinóvias dos tendões e da bolsa sinovial transtornos dos músculos dos ligamentos e das ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_códigos_CID-9_710-739:_Doenças_do_sistema_musculoesquelético_e_dos_tecidos_conectivos
*  Lista de códigos CID-9 580-629: Doenças do sistema genitunirário
... NEFRITE, SÍNDROME NEFRÓTICA E NEFROSE 580-589 Exclui: doença renal hipertensiva 403.-. Glomerulonefrite aguda. Síndrome nefrótica. Glomerulonefrite crônica. não especificada como aguda ou crônica. Insuficiência renal aguda. Insuficiência renal crônica. Insuficiência renal, não especificada. Esclerose renal, não especificada. Transtornos resultantes de função renal deficiente. Rim pequeno de causa desconhecida. Infecções do rim. Hidronefrose. 592 Calculose do rim e do ureter. Outros transtornos do rim e do ureter. Calculose do trato urinário inferior. Outras afecções da bexiga. Uretrite, não transmitida por contato sexual e síndrome uretral. Estenose da uretra. Outras afecções da uretra e do trato urinário. Hiperplasia da próstata. Doenças inflamatórias da próstata. Outras afecções da próstata. Hipertrofia do prepúcio e fimose. Infertilidade masculina. Doenças do pênis. Outros transtornos dos órgãos genitais masculinos. Outras doenças da mama. Doenças inflamatórias do ovário, da trompa de Falópio, do ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_códigos_CID-9_580-629:_Doenças_do_sistema_genitunirário
*  Higiene, prevenção de doenças
... Fórum Nação dos Pássaros, tudo o que você precisa saber para proporcionar uma vida saudável aos seus alados. Higiene, prevenção de doenças. Nação dos Pássaros :: Tudo sobre pássaros e aves em geral :: Doença e medicamentos. Higiene, prevenção de doenças por. Higiene, prevenção de doenças. Um problema do cativeiro é o confinamento da ave em um espaço limitado, fazendo com que ela esteja próxima dos dejetos que ela produz. Durante o período de criação, a gaiola da fêmea normalmente fica bastante suja devido a alimentação e os dejetos dos filhotes. Quando eu comecei a criação de coleiros perdia muitos filhotes dele problema do piolho, hoje já não tenho mais esse problema graças a deus, ótima matéria para aqueles que estão iniciando a criação. Ajude a organizar o fórum, caso sua dúvida tenha sido resolvida clique no botão resolvido. Re: Higiene, prevenção de doenças por. Re: Higiene, prevenção de doenças por. Respeite as regras do fórum!!. Re: Higiene, prevenção de doenças por Crstiano Ronaldo em Dom Maio ...
http://nacaodospassaros.com/t5281-higiene-prevencao-de-doencas
*  Sistema linfático
O sistema linfático possui três funções inter-relacionadas: 1 remoção dos fluidos em excesso dos tecidos corporais, 2 absorção dos ácidos graxos e transporte subsequente da gordura para o sistema circulatório e, 3 produção de células imunes como linfócito s, monócito s e células produtoras de anticorpo s conhecidas como plasmócito s. Os vasos linfáticos têm a função de drenar o excesso de líquido que sai do sangue e banha as células. Esse excesso de líquido que circula nos vasos linfáticos e é devolvido ao sangue chama-se linfa. O sistema linfático coleta a linfa por difusão pelos capilares linfáticos e a retorna para dentro do sistema circulatório. Produzida pelo excesso de líquido que sai dos capilares sanguíneos ao espaço intersticial ou intercelular, sendo recolhida pelos capilares linfáticos que drenam aos vasos linfáticos mais grossos até convergir em condutos que se esvaziam nas veias subclávias. thumb|esquerda|O sistema linfático humano. Ao contrário do sangue, que é impulsionado através dos vasos ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Sistema_linfático
*  DOENÇAS mitocondriais 2 - resumo sobre doenças mitocondriais
... Mesma mutação - diferentes manifestações clinicas Diferentes mutações - manifestações clinicas iguais Causadas por mutações que envolvem o genoma mitocondrial e nuclear Classificação Mutações do mtDNA deleções e duplicações CPEO -Oftalmoplegia Externa Crônica Progressiva KSS - Síndrome de Kearns Sayre – alterações cardíacas, proteínorraquia elevada, oftalmoplegia PS – Síndrome de Pearson – alterações na medula óssea – pancitopenia, anemia sideroblástica Doença Multisistêmica Padrão Miopático Mutações mtDNA mutação de ponto e microdeleção MELAS- Miopatia, Encefalomiopatia, Acidose Lática e Episódios de Acidente Vascular Cerebral Mutação A3243G. Diagnóstico das doenças mitocondriais Manifestações clinicas: Músculo- fraqueza, fadiga; SNC- ataxia, surdez, atrofia óptica; HF sugestiva Investigação clínica: Histoquímica- detecta proliferação anormal de mitocôndrias e deficiência nos citocromos c e oxidase; Presença ou ausência de proteínas especificas Bioquímica: mede atividade de enzimas especificas ...
http://ebah.com.br/content/ABAAAe4k8AJ/doencas-mitocondriais-2
*  Doenças do sistema Cardio Respiratório: Doenças Cardio Respiratórias
... Doenças do sistema Cardio Respiratório. Nós: David Oliveira; Eduardo Gomes; Hugo Martins; Nelson Ramos e Tiago Rocha; grupo de alunos da Escola Secundária da Portela; alunos do 9º ano da turma D; críamos este blogue com a intenção de esclarecer duvidas a todas as pessoas do nosso país sobre as Doenças do Sistema Cardio-Respiratório. A minha Lista de blogues. Tem problemas cardio respiratórios. Gostou do nosso Blogue. Seguidores. Arquivo do blogue. 2010 7. Março 7 Insuficiência Cardíaca Embolia Pulmonar Insuficiência Respiratória Enfarto do Miocárdio Aterosclerose Doenças Cardio Respiratórias O Sistema Cardio-Respiratório. Contribuidores. David Nelson Ramos Eduardo. sábado, 6 de março de 2010. Doenças Cardio Respiratórias. Existem inúmeras doenças Cardio-Respiratórias, mas neste blogue, decidimos falar apenas de algumas e essas são:. Aterosclerose. Enfarto do Miocárdio. Insuficiência respiratória. Embolia Pulmonar. Insuficiência Cardíaca. Enfisema Pulmonar. Publicada por. Eduardo. à s 09:10. Sem ...
http://dscardiorespiratorio.blogspot.com.br/2010/03/doencas-cardio-respiratorias.html
*  Sistema linfático. Componentes e função do sistema linfático - Brasil Escola
Conheça grandes nomes da história do terrorismo Informe-se sobre a varicela, também conhecida como catapora. MAIS ACESSADAS Baixe as provas anteriores dos vestibulares Entenda a crise econômica da Grécia UFRJ inscreve para os testes de habilidades específicas. Enem como vestibular. Pratique sua redação. MAIS ACESSADAS Mais de 33 mil vagas em concursos estão abertas ou previstas Saiba mais sobre os concursos da Liquigás Projeto de Lei pretende criar 1,2 mil vagas nos TRFs. Imprimir Texto -A +A Sistema linfático Biologia O sistema linfático é constituído pelos vasos linfáticos, linfonodos e linfa. Além de levar de volta para o sangue o líquido extravasado dos capilares sanguíneos, o sistema linfático absorve gorduras no intestino e tem participação especial na defesa do organismo. Eles est o distribu dos por todo o corpo, localizados mais precisamente entre as c lulas dos tecidos. O excesso de l quido tissular, ao entrar nos vasos linf ticos, passa a ser chamado de linfa. Tal subst ncia, de cor esbranqui ada, ...
http://brasilescola.com/biologia/sistema-linfatico.htm
*  Linfadenopatia
CID10 =, {{CID10|L|04||l|00}}, CID10|R|59|1|r|50. }} 'Linfadenopatia' é a condição em que os linfonodos ficam com tamanho, consistência ou número anormais, geralmente inchaço. A etiologia das adenopatias é múltipla; seu diagnóstico é orientado de acordo com a topografia, a extensão e os caracteres clínicos. A principal causa de aumento de linfonodos é a infecciosa, peculiarmente na infeção pelo VIH observa-se grande incidência de linfadenopatias, tanto na infeção aguda inicial como já em estágios mais avançados da doença quando não tratada, nomeadamente aquando do Síndrome de Imunodeficiência Adquirida Humana. uso de fenitoína, pirimetamina, alopurinol, isoniazida, hidralazina, que regridem após 2 a 3 semanas; doenças tais como rubéola, sífilis, escarlatina, varicela, sarampo, hepatite, doença de Chagas, esquistossomose, mononucleose, anemia s hemolíticas, toxocaríase e doenças auto imunes. AIDS pode–se apresentar inicialmente com linfadenopatia generalizada persistente em aproximadamente 50% dos casos. ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Linfadenopatia
*  Doenças | Vida de Cachorro
Informações sobre as mais variadas doenças que podem prejudicar a saúde do seu cão. Veterinário coloca parafusos de uso comum em coluna de cão. Bruce foi vítima de uma cirurgia sem sucesso realizada por um veterinário, neuro-ortopedista e professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco UFRPE, que em procedimento cirúrgico colocou parafusos de aço comum em sua coluna. Uma série de complicações ocorreram ... A raiva também é conhecida como hidrofobia, é muito fácil de ser percebida devido as alterações no comportamento do cachorro que indicam a raiva. É causada por um vírus que se alastra pelo sistema nervoso de animais de “sangue quente” domésticos ou selvagens. Alguns sintomas de raiva no cão são: Agressividade; Descontrole; Morder objetos; ... Vermes em cães são comuns e também muito fáceis de tratar. As infestações costumam resultar da ingestão de ovos ou larvas presentes no ambiente contaminado, mas também existem os casos da penetração de larvas pela pele ... A cinomose é uma doença contagiosa ...
http://vidadecachorro.org/categoria/doencas/
*  Doenças lisossomicas - Redações - Vitorbuss
... Trabalhos Feitos - Trabalhos Premium e Grátis, Monografias Notas de Livros. Pesquisar trabalhos. Assinar Entre. Assinar. Entre. Products Página Inicial. Research. Drive. Answers. About Sobre Nós. Legal. Mapa do Site. Contate-nos. Divulgar. 2015 TrabalhosFeitos.com. Página Inicial. Biologia. Doenças lisossomicas. Back to Biologia. Doenças lisossomicas Enviado por Vitorbuss. 27/05/2011 856 Palavras. DOENÇAS LISOSSÔMICAS Generalidades ► São também denominadas doenças de acumulação; ► Os lisossomos são vesículas intracitoplasmáticas ricas em enzimas hidrolases, em pH ácido. Estasenzimas são produzidas no retículo endoplasmático, passam depois para o complexo de Golgi, onde são processadas, depois incluídas em vesículas que vão se fundir com os endossomas, formando-se assim oslisossomos. ► No complexo de Golgi vão ser adicionadas às enzimas com destino aos lisossomos um marcador/endereço, que resulta da adição de um resíduo de manose-6-P. As vesículas que fazem otransporte até os lisossomos possuem ...
http://trabalhosfeitos.com/ensaios/Doenças-Lisossomicas/35877.html
*  Doenças Neurológicas
Compartilhe suas experiências e tire suas dúvidas. Esqueceu sua senha. Esqueceu seu nome de usuário. Nossa política de privacidade garante que suas informações não serão usadas para fins comerciais. Centro Educacional Conheça nosso Centro Educacional Criamos uma sala multimídia para grupos de até 15 pessoas com a finalidade de educar e informar sobre doenças neurológicas como Esclerose Múltipla, Alzheimer etc. Temos cursos e encontros destinados a: - Pacientes - Cuidadores - Familiares Disponivel para grupos de interessados em doenças neurológicas especificas. Nesta seção você lerá artigos que tratam das doenças que atingem o sistema nervoso central e periférico. Doenças como a Epilepsia, o AVC, as Cefaléias ou as Demências fazem parte do dia-a-dia do atendimento do neurologista no consultório ou no hospital. Como nosso foco de interesse é a Neurologia Cognitiva e Comportamental, a ênfase aqui é dada àquelas patologias neurológicas que comprometem especialmente as funções intelectuais. Não apenas as doenças ...
http://doutorcerebro.com.br/portal/o-cerebro
*  DOENÇAS/SINTOMAS E MEDICAMENTOS
Fórum Criadores de Pássaros - Criação - Reprodução - Criando seu Pássaro com Amor. por. Bruno Machado Ontem à s 19:55 Coleiro muda por dagner Ontem à s 11:01 Diga não ao PL 3264 por santosSSt Ontem à s 6:49 Aniversariantes do dia 02/12/2016. por. por. Guias para criação. Como saber se meu Coleiro é de FIBRA ?. Curiosidades sobre os pássaros. Mudas de penas. Alimentação na muda de penas. Top Criadores Como saber se meu coleiro é de fibra. Como preparar seu Trinca Ferro em uma Máquina para Torneios. Como saber se meu Coleiro é de FIBRA ?. Curiosidades sobre os pássaros. Mudas de penas. Alimentação na muda de penas. :: Doenças e medicamentos. então decidi compartilhar com todos essa informação... Só acho errado a aplicação de SBP nos alados. Esse produto não deve entrar em contato com a pele nem de gente nem de outros animais. Só acho errado a aplicação de SBP nos alados. Esse produto não deve entrar em contato com a pele nem de gente nem de outros animais. " Ei, as ruas querem mais som, nosso dom não pode ser ...
http://criadoresdepassaros.com/t10308-doencas-sintomas-e-medicamentos
*  Doenças osteomusculares relacionadas ao trabalho (dort) e sua associação com a enfermagem ocupaci
Doenças osteomusculares relacionadas ao trabalho dort e sua associação com a enfermagem ocupacional. Barboza. Revista Gaúcha de Enfermagem. Idioma. Open Journal Systems. Ajuda do sistema. Usuário. Login. Senha. Lembrar usuário. Idioma. English Español Português Brasil Português Portugal. Conteúdo da revista Pesquisa. . Todos Autor Título Resumo Termos indexados Texto Completo. Procurar. Por título. Outras revistas. Tamanho de fonte. Capa. Cadastro. Notícias. EEnf. Capa. v. 29, n. 4 2008. Barboza. Doenças osteomusculares relacionadas ao trabalho dort e sua associação com a enfermagem ocupacional. Michele Cristiene Nachtigall Barboza, Viviane Marten Milbrath, Valquíria Machado Bielemann, Hedi Crecencia Heckler De Siqueira. Resumo. As Doenças Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho DORT são afecções nas estruturas músculo-esqueléticas, causadas por processo crônico durante o trabalho. Objetivou-se conhecer as produções científicas que abordam o tema DORT associado à enfermagem ocupacional. Realizou-se um ...
http://seer.ufrgs.br/RevistaGauchadeEnfermagem/article/view/7636
*  Galerias alternativas apostam em artistas desconhecidos | VEJA São Paulo
Cultura pop. Novo Galerias alternativas apostam em artistas desconhecidos Espalhados pela cidade, espaços vendem obras de nomes ainda não consagrados Por: Sandra Soares 18/09/2009 às 19:35 - Atualizado em 07/12/2010 às 11:33. As roupas criadas por eles faziam tanto sucesso que muita gente comprava as peças para colecionar e as mantinha dentro do plástico, intactas. No espaço de 150 metros quadrados são encontrados pôsteres, pinturas originais e gravuras em silk-screen de nomes como Speto, Zezão e Highraff, que têm seus admiradores entre o público moderninho de São Paulo. Se no início a galeria recebia apenas simpatizantes da arte de rua, hoje atrai para suas salas críticos e colecionadores. "Eles são um estímulo para que mais pessoas produzam e ainda democratizam o consumo ao oferecer preços mais acessíveis." Quem visita a Choque, por exemplo, pode levar para casa peças a partir de 90 reais. Desde o surgimento da Choque Cultural, outras galerias dedicadas à chamada arte jovem, feita por nomes ainda não ...
http://vejasp.abril.com.br/materia/galerias-alternativas-apostam-em-artistas-desconhecidos
*  Doenças negligenciadas
... redirecionamento doença negligenciada
https://pt.wikipedia.org/wiki/Doenças_negligenciadas
*  Doenças congênitas
... redirect doença congênita
https://pt.wikipedia.org/wiki/Doenças_congênitas
*  Doenças ocupacionais
... redirect doença ocupacional
https://pt.wikipedia.org/wiki/Doenças_ocupacionais
*  Doenças psicossomáticas
... redirecionamento doença psicossomática
https://pt.wikipedia.org/wiki/Doenças_psicossomáticas
*  Cisterna do quilo
cisterna do quilo cisterna do quilo thumb localização da cisterna do quilo cisterna chyli na frente das primeiras vértebras lombares l e l e atrás da aorta abdominal http ect downstate edu courseware haonline labs l htm cisterna do quilo ou cisterna de pecquet é uma bolsa no abdômen por onde fluem a linfa de três vasos linfáticos tronco intestinal tronco lombar esquerdo e tronco lombar direito forma o início do sistema linfático principal o ducto torácico que transporta linfa e quilo do abdômen até a junção da veia subclávia esquerda com as veias jugulares internas http www auladeanatomia com linfatico linfa htm recebe produtos da digestão de lípido s do intestino é o maior tronco de drenagem de vasos linfáticos do corpo a cisterna do quilo situa se posterior à aorta abdominal sobre o aspecto anterior dos corpos das primeira e segunda vértebras lombares imagens adicionais imagem gray png imagem gray png imagem lymphatic system png categoria sistema ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Cisterna_do_quilo
*  Doenças Pulmonares - Hipertensão Pulmonar
Doen as Pulmonares - Hipertens o Pulmonar. HIPERTENS O PULMONAR HP. O que hipertens o pulmonar. As art rias pulmonares s o os vasos que carregam o sangue do cora o para os pulm es, de modo que ele possa receber o oxig nio. Na hipertens o pulmonar, os milh es de finos vasos sangu neos que surgem ap s as sucessivas ramifica es da art ria pulmonar principal s o afetados. Em pessoas com hipertens o pulmonar, a press o da art ria pulmonar sobe acima dos n veis normais. Esta press o excessiva causa sintomas e pode colocar a vida em risco. A HP pode ocorrer por doen a das grandes ou das pequenas art rias pulmonares, mas em quase todos os casos, as pequenas art rias pulmonares chamadas arter olas s o afetadas. Na HP as arter olas se tornam estreitadas por tr s mecanismos:. Vasoconstri o Na parede das art rias e arter olas existe uma camada circular de m sculo, que aumenta e se contrai com maior facilidade. Fibrose Ocorre engrossamento da parede. Trombose, com facilidade para forma o de co gulos. Todas estas altera ...
http://drpereira.com.br/hpulmonar.htm
*  Doenças do Rim
Cada rim tem cerca de 11,25 cm de comprimento, 5 a 7,5 cm de largura e um pouco mais de 2,5 cm de espessura. Cálculo Urinário:. A litíase, cálculo urinário ou pedra no rim, como é comumente conhecida, é uma desordem causada por uma estrutura cristalina que se forma nas várias partes do trato urinário. A dor causada por um cálculo é descrita como a mais severa dor que uma pessoa pode experimentar, ocorrendo na porção inferior das costas ou no abdômen. Pedras que são assintomáticas não obstruem e não causam danos ao trato urinário, podem ficar simplesmente sob observação. A estenose de junção uretero-pélvica, mais conhecida como estenose de JUP é uma doença urológica relativamente comum e que se caracteriza pelo fechamento parcial ou total da junção entre a pelve renal e o ureter. Assim, a urina produzida no rim não tem livre passagem para a bexiga, levando a um acúmulo urinário dentro da pelve renal e, conseqüentemente, uma dilatação renal hidronefrose. Um menor número de casos tem origem secundária, causada ...
http://urovix.com.br/Urovix/Rim.html
*  CLORIDRATO DE METFORMINA 850 MG COM 30 COMPRIMIDOS MERCK - GENERICO - CallFarma
Televendas: 41 3075-8050 0 itens Bem vindo, Faça seu login ou cadastre-se aqui. Fale com um Farmacêutico. Antiagregantes Plaquetarios Trombose Colesterol e Triglicerídeos. Drogas com Acao Sobre o Metabolismo Osseo Corpo. Veja mais. Osteoporose. Antiagregantes Plaquetarios Coagulação Colesterol e Triglicerídeos. Aparelhos Protetor de Seios Banho. Escova de Cabelo Gel-fixador Pentes Corpo. Veja mais. Cortador de Unha Escova Dental Hastes Flexíveis Veja mais. Fator de Proteçao 30 Primeiros Socorros. Anti-estria Anti-idade Clareadores Veja mais. Anti-idade Fator de Proteção 100 Fator de Proteçao 15 Veja mais. Antioxidantes Cabelos Emagrecedores Veja mais. Veja mais. Anti-acne Anti-idade Veja mais. Protetor de Seios Banho. Acessórios Veja mais. Acessórios Cabelos Condicionador Veja mais. Aparelhos de Inalação Pele Preservativos Higiene Bucal. Acessórios Anti-sépticos Veja mais. Cloridrato de Metformina 850 Mg com 30 Comprimidos Merck - Generico Preços válidos somente para compras na loja online. ADVERTÊNCIA DE ...
https://callfarma.com.br/produto/6977cloridratodemetformina850mgcom30comprimidosmerckgenerico
*  Doenças Associadas aos Riscos Ergonômicos - Ergonomia - Doenças Associadas aos...
Esta dor também pode ser conseqüência de algumas doenças degenerativas que levam a compressão ou a lesões das raízes nervosas, ao nível da coluna. Muitas vezes, na dor crônica, o fator causal pode já não estar mais atuante ou não ser passível de remoção, sendo um exemplo importante a dor oncológica, que deve ser tratada como um processo patológico distinto, e não mais como apenas um sintoma. Uma dor pode tornar-se crônica pelos mais variados motivos, mas ela certamente não tem mais uma função de alerta ou defesa. Sinais, sintomas e diagnóstico Esse tipo de inflamação é originário de traumatismos fricção repetidos esforço repetitivo, esforço exacerbado onde pode haver inclusive, ruptura dos tendões ou até ser parte da manifestação de outras doenças como artrite reumatóide, esclerose sistêmica, gota etc. Tudo isso se traduz em dor para o paciente, principalmente quando ele tenta movimentar o tendão afetado, seja das mãos ou dos pés. O tratamento para essas doenças inclui a consulta a um médico, que poderá ...
http://ebah.com.br/content/ABAAAAN7YAL/doencas-associadas-aos-riscos-ergonomicos
*  Quais são as doenças transmitidas pelo sexo? | O cantinho dos afetos... e da saúde
Junho 17, 2012 Quais s o as doen as transmitidas pelo sexo. es sexualmente transmiss veis s o v rias:. GONORR IA e CLAM DIA: Causadas por bact rias; a infe. o come a de algumas semanas a alguns meses depois da rela. o sexual com uma pessoa infetada. Essas doen as podem ser completamente curadas com antibi ticos se tratadas no in cio. HERPES: Causado por um v rus micr bio que pode ser tratado, mas n o curado. Os sintomas podem aparecer de 3 a 10 dias depois da rela. o sexual com uma pessoa que j. tem a doen a. VERRUGAS GENITAIS condiloma : Causadas por um v rus Papilomav rus humano ou HPV. ou sali ncias de um m s a um ano depois da rela. o sexual com uma pessoa infetada. S o mais graves nas mulheres porque podem transformar-se em tumores do colo do. T m tratamento. S FILIS: Causada por uma bact ria Treponema pallidum, as feridas aparecem de 3 semanas a 3 meses depois da rela. o sexual com uma pessoa infetada. A s filis pode ser completamente curada com a penicilina. PIOLHOS NA REGI O P BICA chatos : Insetos ...
https://saudeb23anadia.wordpress.com/2012/06/17/quais-sao-as-doencas-transmitidas-pelo-sexo/
*  Doenças Femininas | Blog do Dr. Christian Ferraz
endometriose novembro suporte cristianferraz sem comentã rios doenã a caracterizada pela presenã a do endomã trio â tecido que reveste o interior do ãºtero â fora da cavidade uterina ou seja em outros ã rgã os da pelve trompas ovã rios intestinos e bexiga todos os meses o endomã trio fica mais espesso para que um ã vulo fecundado possa se implantar nele quando nã o hã gravidez esse endomã trio que aumentou descama e ã expelido na menstruaã ã o em alguns casos um pouco desse sangue migra no sentido oposto e cai nos ovã rios ou na cavidade abdominal causando a lesã o endometriã tica as causas desse comportamento ainda sã o desconhecidas mas sabe se que hã um risco maior de desenvolver endometriose se a mã e ou irmã da paciente sofrem com a doenã a leia mais
http://cristianferraz.com.br/?cat=8
*  Plano de genética no SUS ainda não saiu do papel - 24h interagindo com a notícia
... Veja todas as editorias. Veja todas as editorias. Veja todas as editorias. Veja todas as editorias. Veja todas as editorias. Notícias / Saúde Plano de genética no SUS ainda não saiu do papel A ideia era ter mais recursos para o diagnóstico e o tratamento de anomalias congênitas, erros inatos do metabolismo e deficiência mental de causa genética. São Paulo - A política de atenção em genética no SUS deveria ter saído do papel há pelo menos três anos e meio. Publicada no Diário Oficial da União em janeiro de 2009, a proposta organizava e ampliava os serviços existentes na rede pública. A ideia era ter mais recursos para o diagnóstico e o tratamento de anomalias congênitas, erros inatos do metabolismo e deficiência mental de causa genética. José Eduardo Fagolin Passos, coordenador-geral da área de média e alta complexidade do Ministério da Saúde, diz que a política de atenção em genética não foi esquecida e está sendo ampliada pela pasta. Passos explica que a política não será mais apenas de atenção em ...
http://new.d24am.com/noticias/saude/plano-de-genetica-no-sus-ainda-nao-saiu-do-papel/67566
*  Tema I TEMA DE DISCUSSÃO I Prof. Dr. Marcio Lobo Netto 1 o. Período / 2004 Escola Politécnica da
tema i tema de discussão i prof dr marcio lobo netto o período escola politécnica da usp mba epusp em gestão e engenharia do produto ep ppt carregar carregar login minhas apresentações perfil feedback saír busca login login autorizar se através da rede social registro esqueceu sua senha carregar apresentação esperamos que tenha gostado desta apresentação recomende por favor esta apresentação aos seus amigos noutra rede social para carregar botões estão em baixo obrigado botões cancelamento carregar a apresentação está carregando por favor espere tema i tema de discussão i prof dr marcio lobo netto o período escola politécnica da usp mba epusp em gestão e engenharia do produto ep publicou tainá prata alterado mais de anos atrás incorporar carregar apresentação copiar para cambiar
http://slideplayer.com.br/slide/375193/
*  Doenças caninas
... as doenças caninas são as efermidades que atacam os cães sejam elas especificamente ou não essas doenças variam de simples resfriados à fatais como a cinomose para se evitar a maioria das doenças causadas por vírus ou bactéria s a solução é a vacinação para outras a higiene e a boa alimentação são o suficiente entre as doenças que os cães podem ter algumas se destacam por serem transmitidas para os seres humanos como as dermatofitoses as intoxicações por salmonella a leptospirose e a raiva crianças e idosos são mais suscetíveis a estas doenças devido ao sistema imunnológico debilitado ou pouco desenvolvido categoria saúde de cães
https://pt.wikipedia.org/wiki/Doenças_caninas
*  Assessing morbidity in the paediatric community
English pdf. On-line version ISSN 1518-8787 Print version ISSN 0034-8910. Avaliação da morbidade em comunidade infantil. Saúde Pública. Estas duas fontes de informação representam duas alternativas para avaliação da ocorrência de doenças na comunidade, chamadas morbidade de demanda e morbidade referida. MÉTODOS: Uma comunidade de 13.365 famílias de dois bairros do Município do Embu, Grande São Paulo, Brasil, foi estudada durante o período de 15/11/94 a 15/01/95. Foram coletados dados referentes à morbidade de crianças menores de 5 anos por meio de inquérito domiciliar e de registros de consultas médicas de duas unidades básicas de saúde UBS. A prevalência de doenças foi calculada a partir dos dados de morbidade referida e comparada com a estimativa de prevalência extraída dos dados de demanda. RESULTADOS: O estudo trabalhou com dois grupos etários separadamente: crianças menores de um ano e de 1 a 4 anos completos. Os grupos de doenças mais importantes foram doenças respiratórias, diarréia, problemas de pele ...
http://scielosp.org/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0034-89101999000400005&lng=en&nrm=iso&tlng=pt
*  Tragédia do Cine Oberdan
Adelino Fontes tinha 15 anos e residia no bairro de Itaquera Antônio tinha 10 anos e residia na rua Barão de Ladário, 270 Antônio Bonifácio tinha 13 anos e residia na rua Maria Carlota, 6 Aparecido Bertolato tinha 15 anos e residia na rua Müller, 23 Armando Alegre tinha 15 anos e residia na rua Oriente, 31 Armando Vavá tinha 8 anos e residia na rua Coronel Cintra, 67 Enrico Mandorino dados desconhecidos Ferdinando Machado tinha 14 anos e residia na rua Coronel Machado, 105 Francisco Trento tinha 13 anos e residia na rua Claudino Pinto, 167 Jayme tinha 10 anos e residia na rua Rio Bonito, 22 João Fontes dados desconhecidos Joaquim de Souza tinha 13 anos e residia na rua Ricardo Gonçalves, 70 José tinha 14 anos e residia na avenida Celso Garcia, 1130 José Moreno tinha 11 anos e residia na rua Santa Rita, 382 Maria Pereira tinha 45 anos e residia em Guarulhos Mário da Conceição tinha 16 anos e residia na rua Coimbra, 39 Miguel tinha 12 anos e residia na Travessa Particular, 12 Miguel Garcia tinha 13 anos e ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Tragédia_do_Cine_Oberdan
*  Doenças não-transmissíveis
doenças não transmissíveis doenças não transmissíveis redirect doença não transmissível
https://pt.wikipedia.org/wiki/Doenças_não-transmissíveis
*  Caminhar Ajuda a Estimular a Memória
Você sabia que a caminhada ajuda a estimular a memória. Uma caminhada rápida três vezes por semana pode estimular o intelecto e diminuir o risco de sofrer doenças que atingem a memória, como por exemplo, o Alzheimer é uma doença que reduz a capacidade mental afetando a memória e a aprendizagem na terceira idade. Foi realizado um estudo com cento e trinta e oito pessoas com mais de cinquenta anos que tinham problemas de memória, mas que não estavam no estágio de demência. A caminhada foi a atividade mais recomendada. A diferença dos medicamentos que se mostraram não ser eficientes sobre leves deficiências cognitivas em trinta e seis meses é que a atividade física traz benefícios não só para a função cognitiva, mas também para a saúde em geral, como para a depressão e para o coração oferecendo uma melhor qualidade de vida. Caminhada - Dicas e Benefícios http://www.mulheresdicas.com/videos/caminhada-dicas-e-beneficios.mp4. Caminhada faz Secar Barriga Estudos comprovam que o melhor exercício para perder peso e a ...
http://mulheresdicas.com/saude-da-mulher/caminhar-ajuda-a-estimular-a-memoria.html
*  4 raças de cães que têm muita saúde - Meus Animais
... 4 raças de cães que têm muita saúde. De todas as características que costumamos buscar nos cães antes de adotá-los como nossos amigos e animais de estimação, a saúde é uma das mais importantes. É ela a que se encarrega de livrá-los de diferentes tipos de doenças, além de dar a eles a possibilidade de viver mais tempo e, assim, compartilhar muito mais conosco. A seguir, falaremos sobre as quatro raças mais saudáveis que existem. Além disso, estes belos animais podem sofrer de obesidade, já que são uma das raças que mais gosta de ingerir guloseimas. Apesar do fato de que eles podem sofrer de diferentes tipos de doenças oculares como a catarata e o glaucoma, estes cães se caracterizam por ter um estado de saúde invejável, o qual lhes permite viver entre 10 e 12 anos. Pastor Alemão Este é um dos cães mais espetaculares que existem graças a uma enorme quantidade de habilidades que o converteram em um dos favoritos de todas as pessoas do mundo. No entanto, a maior virtude destes nossos amigos de quatro patas ...
http://meusanimais.com.br/4-racas-caes-muita-saude/
*  Metabolismo de carboidratos - Trabalhos Prontos - Marianeejosue
Metabolismo dos carboidratos ...A glicólise é o primeiro estágio do metabolismo, e consiste em um processo anaeróbico, com saldo positivo de 2 ATP e 2 piruvatos que podem ser convertidos a lactato ou a Acetil-CoA, e entrar no Ciclo de Krebs . Mas para entender esta via, é necessário que saibamos de onde veio a glicose que será usada para a formação dessa energia. Metabolismo dos carboidratos ...Introdução O Metabolismo é o conjunto das reações químicas que ocorrem num organismo vivo com o fim de promover a satisfação de necessidades estruturais e energéticas. Metabolismo dos Carboídratos ... METABOLISMO DOS CARBOÍDRATOS O metabolismo dos carboidratos é o conjunto de reações químicas que ocorrem no organismo. Sendo assim o metabolismo dos carboidratos está centrado na Glicose porque este açúcar é uma molécula... Metabolismo dos Carboidratos ... Carboidratos Também conhecido como glicídios ou açucares, entre outros nomes, os carboidratos que apresenta como fórmula geral: n são moléculas compostas por ...
http://trabalhosfeitos.com/ensaios/Metabolismo-De-Carboidratos/496061.html
*  Boa Postura
As doenças do trabalho escolhem todos aqueles que adotam posturas incorretas para passar a maior parte do expediente. Elas não são exigentes com idade ou sexo, mas ficam de olho nos adeptos do computador, da cadeira mal posicionada, nos trabalhadores que carregam pesos excessivos e, principalmente, naqueles que ficam horas realizando o mesmo movimento. Somado ao plano de atitudes, entra a ginástica laboral e exercícios aplicados aos funcionários durante dez minutos, com finalidade terapêutica, prevenindo lesões e melhorando o bem-estar. Depois são apontadas as adaptações necessárias como mudança de cadeira, substituição de uma mesa, distância de uma máquina em relação ao corpo, entre outros pontos. Muitas empresas temem ter de trocar boa parte da mobília para se adaptar, mas essa preocupação enquadra-se mais como um mito, uma vez que é um trabalho gradativo e de adaptações simples, como apoio para os pés, troca de mesa entre dois funcionários, ou mesmo uma para de dois ou três minutos para movimentar o ...
http://comerciarios.com.br/Saude/boa_postura.htm
*  Progresso das Doenças
... Progresso das Doen as. Epidemias de doenças de plantas são fenômenos cíclicos, isto é, elas consistem em ciclos repetidos de desenvolvimento do patógeno em relação ao hospedeiro e meio ambiente. Os agentes patogênicos que produzem apenas um ciclo de desenvolvimento um ciclo de infecção por ciclo de colheita são chamados monocíclicos, enquanto que agentes patogênicos que produzem mais do que um ciclo de infecção por ciclo de colheita são chamados policíclicos. Nessas situações, o inóculo produzido em uma estação de crescimento é transferido para a próxima, e pode realmente haver uma aumento de inóculo durante um período de anos. Note-se que, enquanto existe apenas um ciclo de infecção por ano e o progresso da doença em cada ano é aproximadamente linear, a incidência de árvores infectadas aumenta a uma taxa crescente, de ano para ano. Relacionando o Progresso da Doença com os Ciclos da Doença Se analisarmos os ciclos de doença das epidemias para as quais temos representado o progresso, vemos que as ...
http://apsnet.org/edcenter/advanced/topics/EpidemiologiaPort/Pages/Disease Progress.aspx
*  Os Pesquisadores descobrem a proteína que pode estar aberto ao método novo de tratar o tipo - d
... iabetes 2. News A-Z. Health A-Z. Clinical Diagnostics. Life Science Laboratory. Terms and Conditions. Medical News 'Tweets'. Health. News. Os Pesquisadores descobrem a prote na que pode estar aberto ao m todo novo de tratar o tipo - diabetes 2 Published on September 3, 2014 at 1:09 AM. A proteína STK25 contribui ao crescimento da pilha. Os Pesquisadores na Academia de Sahlgrenska descobriram que a proteína igualmente afecta o metabolismo, demonstrando que os níveis elevados aceleram o progresso do diabetes nos ratos. Os Pesquisadores na Academia de Sahlgrenska, Universidade de Gothenburg descobriram uma proteína que pudesse abrir a porta a um método novo de tratar o tipo - diabetes 2 e outras doenças causados por desordens metabólicas. Métodos Actuais nao eficazes A tese doutoral de Emmelie Cansby mostrou que a redução da proteína STK25 nas culturas celulares melhora o metabolismo. Os estudos igualmente encontraram que os ratos que têm os níveis STK25 elevados e são alimentados uma dieta alto-gorda são ...
http://news-medical.net/news/20140903/3238/Portuguese.aspx
*  HISTÓRIA E VERDADE: O indio no periodo colonial Brasileiro
Outros termos também foram designados para se falar dos índios, como por exemplo: Gentios, usado para designar todos os que não eram cristãos e Negros da terra, como os portugueses já conheciam a exploração de negros africanos, denominou-se negros da terra para os índios explorados que aqui viviam. Com a chegada dos europeus na nova terra e o choque dessas duas culturas, ficou claro que as diferenças eram enormes, os nativos brasileiros tinham costumes que para os portugueses eram ou desconhecidos ou no mínimo estranhas, como por exemplo, a prática indígena de ofertar mulheres aos hóspedes. A primeira forma de exploração que se viu aqui foi a troca também conhecida como escambo, os portugueses davam produtos seus em troca de algum tipo de trabalho, alimentos e até mesmo escravos que eram capturados pelos indígenas para os portugueses. A brusca passagem do nomadismo para o sedentarismo, o trabalho diário e contínuo, além de guerras mais freqüentes que o normal contra os portugueses e no caso dos índios amigos ...
http://herberthistoria.blogspot.com.br/2010/01/o-indio-no-periodo-colonial-brasileiro.html
*  Troubleshooting
... é uma forma de resolver problemas muitas vezes aplicada na reparação de produtos ou processos falhados é uma busca sistemática e lógica pela raiz de um problema de modo a que possa ser resolvido e o produto ou processo possa ficar novamente operacional o troubleshooting é necessário para desenvolver e manter sistemas complexos onde os sintomas de um problema podem ter diversas causas é usado em muitos campos tais como a engenharia a administração de sistemas a eletrônica a reparação de automóveis e o diagnóstico de doenças normalmente um processo de eliminação é usado para isolar as possíveis causas dos problemas wewerwer categoria administração
https://pt.wikipedia.org/wiki/Troubleshooting
*  Necrofobia
... a necrofobia é o medo que as pessoas sentem de morrer ou até mesmo de mortos e pessoas que ja morreram é uma doença psicológica derivada de acontecimentos anteriores conhecidos ou desconhecidos ver também lista de fobias fobia categoria fobias categoria comportamento
https://pt.wikipedia.org/wiki/Necrofobia
*  Doenças por hipersensibilidade
... redirect hipersensibilidade
https://pt.wikipedia.org/wiki/Doenças_por_hipersensibilidade
*  Metástase
... do grego metastatis mudanças de lugar transferência é a formação de uma nova lesão tumoral a partir de outra mas sem continuidade entre as duas isto implica que as células neoplásicas se desprendem do tumor primário caminhando através do interstício ganham assim uma via de disseminação sendo levadas para um local distante onde formam uma nova colônia neoplásica em cada um destes passos as célula s malignas têm de superar os sistemas de controle do organismo que mantêm as células nos seus sítios primitivos metástases só se formam em tumores malignos contudo nem todos os cancros originam metástases mesmo os que são localmente invasivos como o carcinoma basocelular metástases são o selo definitivo de malignidade por definição neoplasia s benignas não originam metástase sendo um sinal de mau prognóstico em muitos pacientes a primeira manifestação clínica de um cancro está relacionada com suas metástases quando as células cancerosas se disseminam pela corrente sanguínea e ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Metástase
*  Linfonodo Cervical | Link Saudável
Linfonodo Cervical. Link Saudável. Home Navigation. Home. Posts Tagged Linfonodo Cervical. Linfonodo. Posted by Dr. Charles. O que é. O que é., Órgãos do Corpo. 0 comments. O que é linfonodo. Linfonodo que também recebe o nome de gânglio linfático é um pequeno órgão de defesa. Os linfonodos estão dispostos em diversos pontos estratégicos da rede linfática. Os linfonodos atuam na defesa do organismo humano e participam da produção de anticorpos. Qual é a função do linfonodo. Quando a linfa passa pelo linfonodo ela é filtrada e partículas como vírus, bactérias e restos celulares são fagocitadas pelos linfócitos e macrófagos existentes nos linfonodos. Na vigência de uma infecção os linfonodos próximos ao local incham, formando as ínguas. É possível, muitas vezes, detectar um processo infeccioso pela existência de linfonodos inchados. O linfonodo também serve como órgão responsável pela barreira linfonodo sentinela de contenção de células neoplásicas células tumorais malignas levando ao inchaço e invasão ...
http://linksaudavel.com.br/tag/linfonodo-cervical/
*  Estrutura e função dos gânglios linfáticos
... A estrutura básica e funções do sistema linfático podem ser divididas em canais linfáticos. Os gânglios linfáticos, linfonodos e outros órgãos. 1-4 Os canais linfáticos Estas são uma rede de tubos ou vasos como os vasos sanguíneos que cobrem todos os tecidos do corpo. Estes são chamados de capilares linfáticos. Este plasma banha os tecidos e entra os canais linfáticos como linfa. Gânglios linfáticos Os linfonodos são feijão pequeno em forma de lâmpadas que tendem a ocorrer em clusters como uvas ou glândulas. Linfáticos Este é um líquido claro que viaja através dos canais linfáticos. O baço também contém linfócitos b e linfócitos T. O timo é um site de maturação de linfócitos T. Amígdalas e adenóides são também parte do sistema linfático. Função do sistema linfático Funções do sistema linfático 3 : Drenagem do líquido do fluxo de sangue para os tecidos – O sangue circulando por vasos estreitos leva a vazamento de líquido ou de plasma para os tecidos, transportar oxigênio e nutrientes para os tecidos e ...
http://news-medical.net/health/Structure-and-function-of-lymph-nodes-(Portuguese).aspx
*  Câncer de mama: remoção do linfonodo da axila pode não ser necessária - Saúde - Estadão
C ncer de mama: remo o do linfonodo da axila pode n o ser necess ria - Sa de - Estad o. Estadão - Portal do Estado de S. Sa de Saúde. » Câncer de mama: remoção do linfonodo da axila pode não ser necessária Saúde. 0 twitter. google +. linkedin. imprimir. ltimas. Loterias. Economia & Negócios. Últimas. Classificados. Ciência. Saúde. Sustentabilidade. Estadão Dados. Loterias. Aeroportos. Sa de c ncer de mama patrocínio. C ncer de mama: remo o do linfonodo da axila pode n o ser necess ria Pesquisadores descobriram que v timas da doen a que n o tiveram linfonodos removidos t m a mesma taxa de sobreviv ncia. twitter. google +. linkedin. imprimir. CHICAGO - Mulheres com c ncer de mama em est gio inicial talvez n o tenham que remover os linfonodos cancerosos da axila, disseram pesquisadores dos Estados Unidos nesta quarta-feira, 9. A descoberta pode poupar muitas v timas da doen as da dor e de anos de efeitos colaterais relacionados ao procedimento. C ncer deve atingir neste ano 500 mil brasileiros. OMS: Exerc cios ...
http://saude.estadao.com.br/noticias/geral,cancer-de-mama-remocao-do-linfonodo-da-axila-pode-nao-ser-necessaria,677296
*  Fiz exame de mama: linfonodo intramamário, isso é perigoso? - Médico Responde
Fiz exame de mama: linfonodo intramamário, isso é perigoso. Doenças e Agravos à Saúde / Fiz exame de mama: linfonodo intramamário, isso é perigoso. Fiz exame de mama: linfonodo intramamário, isso é perigoso. Tweetar Eu fiz um exame de mama e deu linfonodo intramamário em mama esquerda, isso é perigoso precisa fazer alguma coisa a mais. A presença de linfonodo intramamário pode não significar nada de grave, isso dependerá do restante do resultado do exame de mama. O que precisa ser feito é mostrar o resultado do exame para o/a médico/a que solicitou para que ele/ela lhe explique o resultado global do exame e dê sequência ao procedimento necessário, podendo ser: aguardar um novo exame, solicitar outro método diagnóstico ultrassonografia, mamografia ou indicar uma biópsia. Um linfonodo é um gânglio linfático, um pequeno órgão de defesa que faz parte do sistema linfático do corpo. Esses gânglios estão dispostos em diversos pontos da rede linfática, inclusive na mama intramamário, e atuam na defesa do ...
https://medicoresponde.com.br/fiz-exame-de-mama-linfonodo-intramamario-isso-e-perigoso/
*  Lymph nodes - Humpath.com - Human pathology
lymph nodes humpath com human pathology humpath com human pathology a molecular pathology b cellular pathology c tissular pathology d systemic pathology e pathology by systems f pathology by regions g tumoral pathology h case records j books k info admin resources in pathology technical section home d systemic pathology hematopathology lymph nodes lymph nodes nodal lymphangioleiomyomatosis march nodal ebv associated cytotoxic t cell lymphoma february nodal silicosis january pigmented spindle cell tumors of the lymph node january anthracosilicotic spindle cell pseudotumor of lymph node january crystals in lymph node january lymph node calcification january apoptotic adenitis september iatrogenic immunodeficiency associated classical hodgkin lymphoma december nodal sarcoidosis june d systemic pathology immune system diseases aging endocrine systemic anomalies environmental and occupational diseases genetic and developmental anomalies hematopathology blood lymph nodes spleen bone marrow infectious diseases ...
http://humpath.com/spip.php?rubrique16
*  O que causa a inflamação dos gânglios linfáticos? - Melhor com saúde
O que causa a inflamação dos gânglios linfáticos. Remédios naturais. Perder peso. Aos que não estão mais aqui, aos que dormem em nossos corações. 10 remédios naturais para aliviar uma forte dor de dente. Remédios naturais e caseiros para os poros abertos. Remédios naturais. 8 remédios naturais que você pode fazer com água oxigenada. Perder peso. O que causa a inflamação dos gânglios linfáticos. Em algumas ocasiões, pode ser que o nosso sistema imunológico ainda não tenha se recuperado de uma doença anterior. comentários A inflamação dos gânglios, em muitos casos, não é algo tão sério, principalmente se for causada por infecções. Porém, é sempre recomendável controlar o estado dessa área para descartar outras doenças e, caso inflame, o melhor a fazer é procurar um médico. Caso inflamem, o que devemos fazer é ter calma e lembrar que, em mais da metade dos casos, essa inflamação é normal, mas claro, isso não deve ser motivo para não procurar por um diagnóstico preciso de um médico. Qual é a função dos gânglios ...
http://melhorcomsaude.com/causa-inflamacao-ganglios-linfaticos/
*  Linfa
A 'linfa' é um fluido transparente, que impregna o corpo, que é produzido quando o sangue atravessa os vasos capilares e vaza para o corpo; os poros dos capilares são pequenos e não permitem a passagem dos glóbulos vermelhos, mas deixam passar o plasma sanguíneo, contendo oxigênio, proteínas, glicose e glóbulos brancos. UOL, 'Como Tudo Funciona', ' ' A linfa é transportada pelos vasos linfáticos em sentido unidirecional e filtrada nos linfonodo s também conhecidos como nódulos linfáticos ou gânglios linfáticos. É produzida pelo excesso de líquido que sai dos capilares sanguíneos ao espaço intersticial ou intercelular, sendo recolhida pelos capilares linfáticos que drenam aos vasos linfáticos mais grossos até convergir em condutos que se esvaziam nas veias subclávias. Percorre o sistema linfático graças a débeis contrações dos músculo s, da pulsação das artéria s próximas e do movimento das extremidades. Se um vaso sofre uma obstrução, o líquido se acumula na zona afetada, produzindo-se um inchaço denominado ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Linfa
*  o que forma a linfa ? deixe bem claro por fav... - Brainly.com.brBuscaAnteriorSeguinte
faça perguntas sobre seus deveres. Você às vezes tem problemas com sua lição de casa. 8 pontos. A linfa é um fluido transparente, que impregna o corpo, que é produzido quando o sangue atravessa os vasos capilares e vaza para o corpo; os poros dos capilares são pequenos e não permitem a passagem dos glóbulos vermelhos, mas deixam passar o plasma sanguíneo, contendo oxigênio,proteínas, glicose e glóbulos brancos... O sistema linfático é uma rede complexa de vasos e pequenas estruturas chamadas de nódulos linfáticos que transportam o fluido linfático linfa dos tecidos de volta para o sistema circulatório.1 O sistema linfático é um importante componente do sistema imunológico, pois colabora com glóbulos brancos para proteção contrabactérias e vírus invasores. O sistema linfático possui três funções interrelacionadas: 1 remoção dos fluidos em excesso dos tecidos corporais, 2 absorção dos ácidos graxos e transporte subsequente da gordura para o sistema circulatório e, 3 produção de células imunes como ...
http://brainly.com.br/tarefa/178094
*  Node - Interfaces da Web (APIs) | MDN
mozilla. Percorrer todos os nodes descendentes. Estas interfaces podem retornar null em casos particulares, em que estes métodos e propriedades não são relevantes. Retorna um Node que representa o último descendente directo do Node, ou null caso o node não tenha descendentes. Retorna uma DOMString que representa a parte local do nome qualificado do elemento. O URI do namspace do node em causa, ou null, se não possuir namespace. Retorna um Node que representa o próximo node na tree, ou null caso esse node não exista. Exemplo: um HTMLElement irá conter o nome da tag correspondente, como 'audio' para um HTMLAudioElement, um Text node irá ter a string '#text', ou então um Document node irá ter uma string '#document'. Se não existir tal node, como por exemplo se este node se encontra no nível raiz da tree ou se não consta nesta, esta propriedade retorna null. Caso este node não tenha ascendente ou se o seu ascendente não é um Element, esta propriedade retorna null. É uma DOMString que representa o prefixo do ...
https://developer.mozilla.org/pt-PT/docs/Web/API/Node
*  Os gânglios linfáticos também conhecido como ... - Brainly.com.brBuscaAnteriorSeguinte
Os gânglios linfáticos também conhecido como ... Pule para o conteúdo principal. Ajuda gratuita com as lições de casa. faça perguntas sobre seus deveres. receba respostas com explicações. encontre perguntas similares. Quero uma conta gratuita. há pouco tempo. Você às vezes tem problemas com sua lição de casa. Há muitas pessoas que podem ajudar você aqui. : A minha última pergunta foi respondida em menos de 10 minutos xD Bem, experimente você também. há pouco tempo. Você às vezes tem problemas com sua lição de casa. Há muitas pessoas que podem ajudar você aqui. : A minha última pergunta foi respondida em menos de 10 minutos xD Bem, experimente você também. 5 pontos. Os gânglios linfáticos também conhecido como linfonodos, são responsáveis pela produção de anti corpos. Quando ocorre um aumento elevado no tamanho de um desses gânglios, pode se imaginar que o organismo esta:. Entrar para comentar. O organismo apresentará um quadro de infecção já que haverá o estímulo na produção de anticorpos. Esta pergunta está ...
http://brainly.com.br/tarefa/839145
*  Como drenar muros de arrimo? | eHow Brasil
Como drenar muros de arrimo. Como drenar muros de arrimo. Como drenar muros de arrimo. O muro de arrimo pode se danificar com a pressão hidrostática da água. Os muros de arrimo seguram o solo, mas tamb m seguram uma grande quantidade de gua que escoa pelo ch o. Essa press o hidrost tica pode exercer uma grande for a que poder danificar ou destruir seu muro de arrimo. Pequenas paredes ou aquelas com encostas suaves ou com drenagem nos lados podem n o sofrer com esse problema, mas a quest o pode se tornar cr tica em paredes altas -- especialmente aquelas constru das em encostas ngremes. Argila ou solos similares tendem a aprisionar gua; uma camada de argila ou de rocha pode agir como um lago e reter gua acima dela, criando uma press o hidrost tica. O leito permitir que a gua que escoa para o ladro de tr s da parede seja drenada atrav s do cascalho abaixo dela. Aumente a drenagem colocando um tubo de pl stico perfurado ou sistemas de drenagem similares na parte inferior da parede. Construa um dreno franc s : fa ...
http://ehow.com.br/drenar-muros-arrimo-como_78059/
*  Íngua - causas, sintomas e tratamentos - InfoEscola
A íngua é uma inflamação dos linfonodos ou gânglios linfáticos que ocorrem, em geral, na região da axila, pescoço e virilha. A formação da íngua, que aparece sob a forma de um caroço, é uma resposta do organismo a um processo infeccioso. Esse caroço normalmente não é visível, sendo possível percebê-lo apenas apalpando-o; também pode ser avermelhado, quente e dolorido. Os gânglios linfáticos são formados por tecido hematopoiético linfoide. Por conterem grande quantidade de macrófagos, os linfonodos atuam com uma espécie de filtro para a linfa, fagocitando corpos estranhos. Isso ocorre porque sistema imune começa a agir imediatamente à entrada do microrganismo no corpo, quando o indivíduo geralmente ainda nem sabe que foi acometido. O “caroço”, normalmente surge numa região próxima ao local infectado, sendo assim, uma infecção na garganta, por exemplo, acarretaria na formação de uma íngua nessa região. Isso muito contribui para a identificação do local e do tipo da infecção. No entanto, a íngua pode não ser ...
http://infoescola.com/sistema-imunologico/ingua/
*  Pesquisa de informação médica (Ensaio Local De Linfonodo • FAQ)
é caros amigos, agora o cancer está grudado na traquéia, por isso tem muita tosse e falta de ar,e o m´dico disse isso aí, em cima, que não é indicado a cirurgia por enquanto, por causa do risco cirurgico, então, se não tem metastase e atingiu os linfonodos, isso já não é uma metastase. A TC acusou: informação clinica: reestadiamento de neoplasia renal, ausência de linfonodomegalia retroperitoneal ateromatose aórtica e ilíacas lesão hepática com caracteristicas que podem ser compatíveis com hemangioma. "Meu pai foi submetido a nefrectomia esquerda, está em tratamento quimioterápico e radioterapia, pois há tumores na pelve renal linfonodos ": podem haver linfonodos na pelve, mais superficiais, mas não na área do peritôneo. lesão hepática com caracteristicas que podem ser compatíveis com hemangioma: o hemangioma é um tumor benigno de vasos sanguíneos, porém na região do fígado hepática pode indicar problemas no funcionamento renal. Mas não fique tentando se auto diagnosticar porque você não está preparada para ...
https://lookformedical.com/faq.php?lang=3&q=Ensaio Local De Linfonodo&from=16
*  Para que serve o sistema linfático? | Vidange
Para que serve o sistema linfático. Vidange. skip to main. skip to sidebar. Para que serve o sistema linfático. O sistema linfático trabalha como um purificador da linfa, líquido claro contido por um único tipo de célula glóbulos brancos. Este fluido é responsável pela eliminação de impurezas que as células produzem durante seu metabolismo, ajudando assim o sistema imunológico. A linfa percorre o sistema linfático e desemboca nos linfonodos a partir das pequenas contrações musculares, da pulsação das artérias próximas e do movimento das extremidades, a boa harmonia desses movimentos é de extrema importância para o funcionamento eficaz desse conjunto, evitando edemas e eliminando os excessos dos fluidos dos tecidos corporais. Enviar por e-mail BlogThis. Compartilhar no Twitter Compartilhar no Facebook. Página inicial. Assinar: Postagens Atom. Vidange - Drenagem Linfática Manual. Nossa idéia é aliar a praticidade e o conforto, levando momentos de bem estar para seu dia a dia, seja em sua própria ...
http://vidangesalvador.blogspot.com/p/para-que-serve-o-sistema-linfatico.html
*  Linfadenectomia
... consiste na remoção cirúrgica de um ou mais grupos de linfonodos trata se de um procedimento de cirurgia oncológica cuja as finalidades são diagnosticas curativas e profiláticas pode ser realizada de maneiras à exemplo dos tumores gástricos adenocarcinoma e linfomas tipo d onde linfonodos de até cm de distância do órgão e ou lesão primária são removidos tipo d onde todos linfonodos que circundam o órgão e ou lesão são removidos independe da distância mais os que acompanham as artérias mais próximas que irrigam o órgão possíveis sítios de drenagem tipo d d remoção de linfonodos de outros órgãos próximos categoria procedimentos de remoção cirúrgica categoria oncologia
https://pt.wikipedia.org/wiki/Linfadenectomia
*  Linfa circulante
... a linfa circulante é lançada na corrente sanguínea ao nível de veia s localizadas na base do pescoço quando se dá o nome de linfa circulante presupõe se que a linfa já esteja dentro dos vasos linfáticos é constituida por plasma sem proteínas e leucócitos
https://pt.wikipedia.org/wiki/Linfa_circulante
*  Drenagem linfática
drenagem linfática drenagem linfática drenagem linfática é uma técnica de terapia corporal que auxilia otimiza e facilita a circulação da linfa e a expulsão desta junto com microorganismos e substâncias não necessárias ao corpo a drenagem linfática traz inúmeros benefícios a pacientes que portam diversas doenças relacionadas ao sistema cardiovascular como a elefantíase massoterapeutas esteticistas enfermeiros biomédicos fisioterapeutas e outros profissionais que tenham concluído o curso de capacitação podem aplicar a técnica http www jvascbr com br pdf categoria massagem categoria fisioterapia
https://pt.wikipedia.org/wiki/Drenagem_linfática
*  Ecoendoscopia
... endossonografia ou ultrassonografia endoscópica é um método endoscópico que combina a endoscopia digestiva com a ultrassonografia e produz imagens em alta resolução do trato gastrointestinal e órgãos próximos incluindo vaso s linfonodo s tumor es lesões císticas etc categoria endoscopia categoria gastroenterologia
https://pt.wikipedia.org/wiki/Ecoendoscopia
*  http://www.rttnews.com/list/general-news.aspx?Node=B1&Id=1339976
... => http://www.rttnews.com/list/300
http://rttnews.com/list/general-news.aspx?Node=B1&Id=1339976
*  http://www.rttnews.com/list/quick-facts.aspx?Node=B1&Id=1491937
... => http://www.rttnews.com/list/300
http://rttnews.com/list/quick-facts.aspx?Node=B1&Id=1491937
*  Carcinoma gástrico
... redirecionamento cancro do estômago
https://pt.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_gástrico
*  Câncer gástrico
... redirect cancro do estômago
https://pt.wikipedia.org/wiki/Câncer_gástrico
*  Multicenter primary adenocarcinoma with 12 foci: case report and literature review
O estudo anatomopatol gico mostrou 12 focos de adenocarcinomas prim rios comprometendo intestino delgado oito focos, v lvula ileocecal, ap ndice cecal e intestino grosso c lon ascendente e transverso. ABSTRACT A rare case of synchronous multicenter primary adenocarcinoma in the small intestine, cecal appendix and large intestine, in an 82-year-old man with a condition of acute abdominal inflammation, is reported. The anatomopathological evaluation showed 12 foci of primary adenocarcinomas affecting the small intestine eight foci, ileocecal valve, cecal appendix and large intestine ascending and transverse colon. Encontramos na literatura, atrav s da pesquisa no PubMed, apenas nove casos de adenocarcinomas sincr nicos multic ntricos de intestino delgado e grosso 1,3-10, excluindo os adenocarcinomas associados s s ndromes heredit rias de c ncer colo-retal, como a polipose adenomatosa familiar, nas quais os carcinomas do intestino delgado s o em geral em torno da ampola de Vater 11. Aqueles autores descrevem um ...
http://scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-98802011000200013&lng=en&nrm=iso&tlng=en
*  Adenocarcinoma versus carcinoma epidermóide: análise de 306 pacientes em hospital universitário
... English epdf. Portuguese epdf. How to cite this article. Send this article by e-mail. Adenocarcinoma versus carcinoma epidermóide : análise de 306 pacientes em hospital universitário. cir. RACIONAL: A literatura médica tem registrado aumento progressivo e significativo da prevalência do adenocarcinoma do esôfago nos últimos anos e este fato tem importância epidemiológica nos tratamentos a serem instituídos, na evolução e prognóstico dos doentes. OBJETIVO: Analisar dados epidemiológicos dos carcinomas epidermóides e adenocarcinomas. MÉTODOS: Estudo retrospectivo dos tumores de esôfago em hospital universitário analisando a prevalência dos carcinomas epidermóides e adenocarcinomas, suas respectivas localizações, tipos histopatológicos, os hábitos, as características de cor, sexo, idade e procedência dos doentes. Foram revistos os prontuários dos doentes operados e tratados por adenocarcinomas e carcinomas epidermóides do esôfago no período de 1983 a 2010. RESULTADOS: Foram estudados 306 doentes assim ...
http://scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0102-67202011000400005&lng=en&nrm=iso&tlng=pt
*  Pesquisa de informação médica (adenocarcinoma sebáceo • FAQ)
FAQ o que significa quando uma paciente é portadora da patologia CID C-20, adenocarcinoma de reto estadio 3. Ainda não sabemos a extensão do tumor, que vai ser retirado em cirurgia em breve, mas já estou buscando mais informações sobre a doença. Câncer é uma doença muito mistificada, sobre a qual não se fala, e tenho experimentado isso em minha família. Gostaria de saber como é o tratamento pra esse tipo de câncer e as chances de cura. Suas células são parecidas com as células que o originou e, quanto mais parecido, melhor. Infelizmente é um tipo de câncer, vc deve ter tido esse resultado através de uma biópsia, leve ao seu médico e quanto ante começar o tratamento melhor o prognóstico. Adenocarcinoma é um câncer neoplasia maligna que se origina em tecido glandular. Para ser classificado como um adenocarcinoma, as células não necessariamente precisam fazer parte de uma glândula, contanto que elas tenham características secretórias. O termo adenocarcinoma é derivado de 'adeno', que significa 'pertencente a ...
https://lookformedical.com/faq.php?lang=3&q=adenocarcinoma sebáceo&from=32
*  Adenocarcinoma de endométrio
adenocarcinoma de endométrio adenocarcinoma de endométrio o adenocarcinoma de endométrio é uma moléstia de fêmeas idosas é raro em animais exceto em coelhas e vacas em coelhos o adenocarcinoma de endométrio ocorre comumente após dois anos de idade e isoladamente e isoladamente constituí a neoplasia mais comum dessa espécie em vacas o de ocorre com menos freqüência mais constitui a terceira neoplasia de ocorrência nessa espécie localizado na parede do corno uterino freqüentemente próximo do corpo habitualmente sua superfície é contraída ocorrem lesões metastáticas nos pulmões linfonodos e vários outros órgãos ao microscópio as lesões são de caráter cirrótico apresentando um componente de tecido conjuntivo colagenoso denso conspícuo em outras espécies de animais domésticos o de endométrio é extremamente raro categoria doenças animais
https://pt.wikipedia.org/wiki/Adenocarcinoma_de_endométrio
*  Adenocarcinoma de Intestino Grosso Foreign Language Flashcards - Cram.com
... Chinese, Pinyin Chinese, Simplified Chinese, Traditional English French German Italian Japanese Japanese, Romaji Korean Math / Symbols Russian Spanish. Chinese, Pinyin Chinese, Simplified Chinese, Traditional English French German Italian Japanese Japanese, Romaji Korean Math / Symbols Russian Spanish. Adenocarcinoma de Intestino Grosso. Adenocarcinoma De Intestino Grosso by. Shuffle Toggle On Toggle Off Alphabetize Toggle On Toggle Off Front First Toggle On Toggle Off Both Sides Toggle On Toggle Off Read Toggle On Toggle Off. Ceco e ascendente: 25% Transverso: 15% Descendente, sigmóide e reto: 60% - A maioria do Ca de cólon é detectada pela retossigmoidoscopia. -Clister opaco e colonoscopia após 2 a 3 meses da cirurgia -colonoscopia anual nos primeiros 4 anos - exame físico e provas de fç hepática, hemograma e bioquímica 3/3 meses, 6/6 meses e anual - Rx tórax - CEA 3/3 meses 2a e 4/4 meses, anual. Não é consenso: - TR anual após os 40 anos - Sangue oculto anual após os 50 anos - Fibrossigmoidoscopia a ...
http://cram.com/flashcards/adenocarcinoma-de-intestino-grosso-288298
*  Recidiva pélvica de adenocarcinoma de reto: abordagem cirúrgica
... Portuguese epdf. Article references. How to cite this article. Send this article by e-mail. Cited by SciELO. Cited by Google. Recidiva pélvica de adenocarcinoma de reto : abordagem cirúrgica. A recidiva pélvica após ressecção cirúrgica do câncer do reto varia de 3% a 35% em cinco anos. A radioterapia e quimioterapia podem ser utilizadas como métodos paliativos, e os melhores resultados podem ser conseguidos com a cirurgia radical. OBJETIVO: Avaliar os doentes que foram submetidos à cirurgia por recidiva pélvica no Hospital das Clínicas da Unicamp, pelo Grupo de Coloproctologia. CASUÍSTICA E MÉTODO: Entre 1999 e 2007, 26 doentes com recidiva pélvica após cirurgia para ressecção de câncer do reto foram avaliados. Dados clínicos, estadiamento oncológico, cirurgia realizada inicialmente, ressecabilidade cirúrgica da recidiva e seguimento foram analisados. RESULTADOS: A cirurgia inicial mais comum foi a retossigmoidectomia com anastomose colorretal 46,1%. Cinco de 26 doentes apresentavam perfuração tumoral ...
http://scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0101-98802008000100006&lng=en&nrm=iso&tlng=pt
*  Adenocarcinoma de esôfago
... redirect câncer esofágico
https://pt.wikipedia.org/wiki/Adenocarcinoma_de_esôfago
*  Adenocarcinoma esofageo
... rinvia carcinoma dell esofago
https://it.wikipedia.org/wiki/Adenocarcinoma_esofageo
*  Tipo de Cancer Detalhes - A.C.Camargo Cancer Center
A Tomografia Computadorizada do Abd men e da Pelve determinar se a doen a est restrita ao est mago, ou se j se encontra disseminada para os linfonodos regionais, quando ainda pass vel de tratamento cir rgico, ou para outros rg os, como f gado, pulm es e perit nio membrana que envolve todos os rg os abdominais e a musculatura da parede do abd men, quando ela metast tica, e o tratamento passa a ter car ter paliativo, sem possibilidade de cura. Pacientes com tumores que invadem a camada mais externa do est mago serosa T3 ou T4 e que tem comprometimento dos linfonodos N1, N2 ou N3 tem pior progn stico, mas s o candidatos a tratamento curativo. Essa semelhan a com doen as benignas leva muitas vezes ao diagn stico tardio da doen a, uma vez que a Endoscopia Digestiva muitas vezes postergada, especialmente em pacientes jovens. Em alguns casos, pacientes que tem tumores mais altos podem se queixar de dificuldade de degluti o e refluxo cido. Os demais pacientes s o candidatos a uma gastrectomia cirurgia retirada do ...
http://accamargo.org.br/tudo-sobre-o-cancer/gastrico-do-estomago/8/
*  Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson Amphitheatre on... Fotografia de notícias | Get
Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson Amphitheatre on... Fotografia de notícias. Coleções de imagens. Coleções de conteúdo editorial. Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson Amphitheatre on November 3, 2012 in Universal City, California. Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson Amphitheatre on November 3, 2012 in Universal City, California. Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson Amphitheatre on November 3, 2012 in Universal City, California. Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson Amphitheatre on November 3, 2012 in Universal City, California. Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson Amphitheatre on November 3, 2012 in Universal City, California. Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson Amphitheatre on November 3, 2012 in Universal City, California. Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson Amphitheatre on November 3, 2012 in Universal City, California. Singer Alejandra Guzman performs on stage at Gibson ...
http://gettyimages.pt/detail/fotografia-de-notícias/singer-alejandra-guzman-performs-on-stage-at-fotografia-de-notícias/155426581
*  Mulheres com cancro do pulmão podem não ter sintomas da doença | ALERT® ONLINE - PT
Mulheres com cancro do pulmão podem não ter sintomas da doença. Siga-nos em:. MyALERT® Processo Clínico Electrónico ALERT® STUDENT ALERT® para consultórios ALERT® Mobile ALERT® eLEARNING Produtos e serviços. Início Linhas de produto Novo paradigma Funcionalidades Porquê o ALERT®. Interoperabilidade. Integrating the Healthcare Enterprise Certificados de interoperabilidade Agendar uma demonstração Mobile Portal de saúde. Início Áreas de saúde Notícias de saúde Lista médica Guia médico Revista Eventos Newsletter ALERT® TV. Bastidores Clientes Conceitos Feiras MyALERT® Nos media Produtos clínicos e de facturação Testemunhos Visitas VIP à ALERT Empresa. Início Quem somos. Apresentação Introdução à ALERT Missão e valores Estrutura do grupo Fundador Reconhecimento Normas e certificações Clientes. Clientes de referência Serviços ao cliente Testemunhos Parceiros. Notícias ALERT nos média Eventos Galeria. Imagens Vídeos Publicações. ALERT News Introdução à ALERT Outras publicações Oportunidades de emprego Newsletter ...
http://alert-online.com/pt/news/health-portal/mulheres-com-cancro-do-pulmao-podem-nao-ter-sintomas-da-doenca
*  Cancro do pulmão
... redirect câncer de pulmão
https://pt.wikipedia.org/wiki/Cancro_do_pulmão
*  Antecedentes familiares de cancro da mama não influenciam prognóstico da doença | ALERT® ONLINE
Antecedentes familiares de cancro da mama não influenciam prognóstico da doença. Antecedentes familiares de cancro da mama não influenciam prognóstico da doença. Um novo estudo levado a cabo por cientistas brit nicos revela que mulheres com cancro da mama e antecedentes familiares da doen a n o apresentam pior progn stico ap s tratamento do que outras mulheres com a mesma doen a. Contudo, ser que as mulheres com um risco elevado de cancro da mama devido ao hist rico familiar apresentam um progn stico mais desfavor vel do que aquelas que n o t m antecedentes da doen a na fam lia. Para responder quest o, cientistas da Universidade de Southampton e do Hospital Universit rio de Southampton analisaram os resultados do estudo Resultados Prospetivos em Cancro da Mama Espor dico versus Heredit rio Prospective Outcomes in Sporadic versus Hereditary breast cancer ou POSH, sigla inglesa a 2.850 mulheres com menos de 41 anos de idade que tinham sido diagnosticadas com cancro da mama e foram tratadas no Reino Unido. Este ...
http://alert-online.com/pt/news/health-portal/antecedentes-familiares-de-cancro-da-mama-nao-influenciam-prognostico-da-doenca
*  Angiogênese
... é o termo usado para descrever o mecanismo de crescimento de novos vasos sanguíneos a partir dos já existentes em suma o crescimento de vasos sanguíneos pode acontecer por via de mecanismos diferentes vasculogênese angiogênese vasculogênese indica o desenvolvimento de novos vasos durante a fase embrionária angiogênese acontece já em adulto sendo que a falta de oxigênio hipoxia representa um sinal para o início dos mecanismos moleculares e celulares que resultarão no crescimento de novos vasos sanguínenos de tamanho pequeno tal como a diminuição de glicose plasmática hipoglicémia e a pressão originária da proliferação celular em neoplasias a angiogênese ocorre em três passos principais degradação da membrana basal com formação de uma botão vascular migração de células endoteliais maturação formação e inibição de crescimento categoria sistema circulatório
https://pt.wikipedia.org/wiki/Angiogênese
*  Câncer de Fígado, Causa, O que é Câncer de Fígado
Câncer de Fígado. Câncer de Fígado. O câncer primário de fígado pode ser: Hepatoma ou carcinoma hepatocelular - desenvolve-se a partir das células do fígado hepatócitos ; Carcinoma de ducto biliar - origina-se das células do ducto biliar. Tratamentos Quando o tumor está restrito a uma parte do fígado, a remoção cirúrgica é o tratamento mais adequado, seguida ou não de quimioterapia. Se mais do que ¾ do fígado já estão tomados pelo câncer ou quando já se espalhou para outras partes do corpo, a quimioterapia costuma ser a opção de tratamento para controlar o avanço da doença. O hepatocarcinoma ou Carcinoma Hepatocelular é o tumor primário maligno mais comum do fígado, é um dos tumores mais freqüentes da espécie humana. Alguns tumores hepáticos e tumores testiculares podem produzir essa substância que é detectada no sangue o que ajuda o médico no diagnóstico. O tratamento com quimioterapia está indicado quando se tem múltiplos hepáticos, acometendo os dois lados do órgão, tumores volumosos que invadem os vasos ...
http://portalsaofrancisco.com.br/alfa/cancer-de-figado/index.php
*  Cancro do fígado
... redirect hepatocarcinoma
https://pt.wikipedia.org/wiki/Cancro_do_fígado
*  Câncer no Figado - Tratamento
câncer no figado tratamento tratamento do câncer do fígado atualmente existem várias opções terapêuticas para o tratamento do câncer do fígado o câncer pode ser primário do próprio fígado ou metastático proveniente de outro órgão estas opções terapêuticas podem ser utilizadas individualmente ou associadas dependendo do tipo do tumor extensão e estado geral do paciente citamos ressecção do tumor hepático cirurgia transplante de fígado ablação por radiofrequência alcoolização quimioembolização quimioterapia sistêmica   todos os direitos reservados clínica gbs serviços médicos criação de designer emerson alve s
http://tratamentodofigado.com.br/cancer-no-figado.html
*  Categoría:Tumores benignos
categoría tumores benignos categoría tumores benignos categoría oncología categoría neoplasias
https://es.wikipedia.org/wiki/Categoría:Tumores_benignos
*  Fibrossarcoma
... info patologia name fibrosarcoma imagem fibrosarcoma jpg legenda microscopia eletrônica de um fibrossarcoma diseasesdb icd ilds c m icd icdo fibrossarcoma é um tumor ósseo raro de origem mesenquimática com predomínio de fibroblasto s produzem colágeno fibroso formando uma massa dura local pode ser múltiplo http sarcomahelp org fibrosarcoma html diagnóstico ao microscópio pode ser confundido com um tumor desmoide histiocitoma fibroso maligno schwannoma maligno e osteossarcoma de alto grau pode ser diagnosticado por raio x tc pet ou rm http sarcomahelp org fibrosarcoma html prevalência a incidência de sarcoma s ósseos é de em cada habitantes por ano dos quais apenas deles são fibrossarcomas geralmente aparece em fêmur tíbia costela s ou mandíbula entre os e anos http sarcomahelp org fibrosarcoma html em gatos em gatos pode ser induzido pela vacina antirrábica ou anti leucemia felina chang h ho s lo h tu y jeng c liu c wang f pang v vaccine associated rhabdomyosarcoma with spinal epidural invasion and ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Fibrossarcoma
*  Carcinoma de células escamosas
carcinoma de células escamosas carcinoma de células escamosas info patologia nome carcinoma de células escamosas imagem squamous cell carcinoma jpg legenda o carcinoma de células escamosas de pele tende a surgir a partir de lesões pré malignas queratoses actínicas a superfície é geralmente escamosa e frequentemente produz ulcerações como visto aqui cid cid o carcinoma de células escamosas é um tumor maligno de um tipo de célula epitelial as células escamosas essas células representam a parte principal da epiderme que compõe a pele e esta doença é uma das formas majoritárias de câncer de pele porém as células escamosas também ocorrem no revestimento do trato digestório dos pulmões e de outras áreas do corpo o carcinoma de células escamosas ocorre como uma forma de câncer em diversos tecidos incluindo os lábios a boca o esôfago a bexiga urinária a próstata os pulmões a vagina o colo do útero dentre outros ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_de_células_escamosas
*  PATOLOGIA.MULHER.COM: NEPLASIA INTRA-EPITELIAL CERVICAL E CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS
patologia mulher com neplasia intra epitelial cervical e carcinoma de células escamosas skip to main skip to sidebar patologia mulher com blog criado para que as mulheres estejam por dentro das patologias que podem afetá las suas causas consequências e formas de prevenção sexta feira de junho de neplasia intra epitelial cervical e carcinoma de células escamosas o carcinoma cervical já foi a forma mais frequente de câncer em mulheres em todo o mundo desde a introdução de esfregaço de papanicilau há anos a incidência de câncer de colo uterino diminuiu vertiginosamente oesfregaço de papanicolau ainda permanece como o teste de rastreio de câncer mais bem sucedido jamais desenvolvido oexame citológico pode detectar a nic muito antes de qualquer anormalidade ser visualisada grosseiramente o acompanhamento destas mulheres mostrou que as alterações epiteliais pré cancerosas nic podem preceder o desenvolvimento de um câncer franco em muitos anos as alterações pré cancerosas chamadas de nic podem iniciar como nic de ...
http://patomulher.blogspot.com/2010/06/neplasia-intra-epitelial-cervical-e.html
*  Pesquisa de informação médica (carcinoma de células gigantes • FAQ)
Carcinoma epidermóide invasivo Ulcerado minha tia , descobriu que possoui isso .. eu vi na internet que cardinoma e um cancer maligno .. mnas eu vi algumas coisas sobre Carcinoma ductal invasivo tem cura .. + info o que quer dizer,carcinoma neuroendócrino de alto grau,metastático.. Trata-se de um tumor maligno que invadiu algum ducto de alguma glândula vc não mencionou que órgão se trata, e há vários carcinomas ductuais. Se for um carcinoma ductual de mama o mais comum , algumas informações podem ser úteis pra vc: Quase todos os tumores malignos da mama têm origem nos ductos ou nos lóbulos da mama, que são tecidos glandulares. Os dois tipos mais frequentes são o carcinoma ductal e o carcinoma lobular. ... Carcinoma ductal invasor ou invasivo CDI : este é o cancro da mama mais frequente. Cerca de 80 por cento dos cancros da mama invasores ou invasivos são carcinomas ductais. ... Existem vários tipos de cirurgia para o cancro da mama, que são indicados de acordo com a fase evolutiva do tumor, a sua localização ...
https://lookformedical.com/faq.php?lang=3&q=carcinoma de células gigantes&from=40
*  Carcinoma epidermóide oral
... redirecionamento câncer de boca
https://pt.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_epidermóide_oral
*  Câncer de Pele
... Melanomas são muito menos comuns do que de células basais e escamosas cânceres de células da pele, mas podem ser muito mais grave. Mas, se deixados sozinhos, o melanoma é muito mais provável a se espalhar para outras partes do corpo, onde ele pode ser muito difícil de tratar. Postado por GB Marketing. Enviar por e-mail. Basais e escamosas células cancerígenas câncer de queratinócitos. Câncer de células basais e células cancerígenas escamosas são os cânceres mais comuns da pele. Eles desenvolvem a partir de células da pele chamadas queratinócitos.Ambos os cânceres basocelulares e de células escamosas são encontradosprincipalmente em partes do corpo expostas ao sol, como a cabeça eo pescoço, e sua ocorrência está relacionada à quantidade de exposição ao sol uma pessoa teve. Esses cânceres tumores de células basais, especialmente raramente se espalhar em outras partes do corpo e são muito menos prováveis do que melanomas ser fatal. Postado por GB Marketing. Enviar por e-mail. O que é câncer de pele. Há ...
http://cancer-pele.blogspot.com/
*  Squamous Cell Carcinoma
...
http://marvistavet.com/html/squamous_cell_carcinoma.html
*  Espinalioma
... redirecionamento carcinoma de células escamosas
https://pt.wikipedia.org/wiki/Espinalioma
*  Carcinoma ductal invasivo
... redirect carcinoma ductal invasivo sem outra especificação
https://pt.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_ductal_invasivo
*  Carcinoma hepatoide
... tumor hepatoide ou carcinoma hepatoide são termos para designar uma série de neoplasia s raras ou invulgares em seres humanos assim denominados devido à aparência idêntica ao microscópio entre as suas células e as células do hepatocarcinoma a forma mais comum de cancro do fígado este tipo de tumores pode surgir em diversas partes do corpo formando vários subtipos de doenças como o cancro do estômago ou cancro do pâncreas a organização mundial de saúde define carcinoma hepatoide como um adenocarcinoma com características morfológicas semelhantes às do hepatocarcinoma que surge a parte de qualquer sítio anatómico que não o fígado categoria oncologia
https://pt.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_hepatoide
*  Carcinoma de pene
... redirect cáncer de pene
https://es.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_de_pene
*  Carcinoma de pulmón
... redirect cáncer de pulmón
https://es.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_de_pulmón
*  Carcinoma tricoblastico
... redirect basalioma
https://it.wikipedia.org/wiki/Carcinoma_tricoblastico
*  Carcinomi
... redirect carcinoma
https://it.wikipedia.org/wiki/Carcinomi
*  Câncer de Mama - diagnóstico e tratamento
... O câncer de mama é uma das formas mais freqüentes de câncer entre mulheres, sendo mais comum entre as mais velhas. Quando o câncer cresce no tecido da mama e espalha-se para fora as células cancerosas podem geralmente ser encontradas no gânglios linfáticos abaixo dos braços. Se o câncer alcançou esses gânglios, isso significa que pode ter se espalhado, ou metastizado, para outras partes do corpo. Há várias formas de tratamento para o câncer de mama, mas todas elas funcionam melhor se a doença for diagnosticada cedo. Com a detecção prematura e tratamento rápido e apropriado, as perspectivas para mulheres com câncer de mama podem ser positivas. Os testes para detecção precoce do câncer de mama incluem, entre outros, exames clínicos da mama e mamografia. O National Cancer Institute dos Estados Unidos dá a seguinte recomendação para a mamografia: * Mulheres acima dos 40 anos devem fazer mamografia a cada um ou dois anos. * Mulheres que têm o risco maior que a média para câncer de mama devem procurar ...
http://copacabanarunners.net/cancer-de-mama.html

Linfa: A linfa é um fluido transparente, que impregna o corpo, que é produzido quando o sangue atravessa os vasos capilares e vaza para o corpo; os poros dos capilares são pequenos e não permitem a passagem dos glóbulos vermelhos, mas deixam passar o plasma sanguíneo, contendo oxigênio, proteínas, glicose e glóbulos brancos.UOL, Como Tudo Funciona, O que é linfa?Adenocarcinoma: Adenocarcinoma é uma neoplasia maligna (câncer, cancro, tumor) que se origina em tecido glandular. Para ser classificado como um adenocarcinoma, as células não necessariamente precisam fazer parte de uma glândula, contanto que elas tenham características secretórias.IpilimumabCarcinoma de células escamosasPertuzumabe: Pertuzumabe é um anticorpo monoclonal recombinante humanizado utilizado em tratamento de câncer de mama agressivo, que combinado a outros medicamentos pode aumentar a sobrevida de pacientes atingidos. Desenvolvido pela farmacêutica Genentech, atua na proteína HER2, um fator de potência do câncer.PancreatoblastomaSíndrome de Aagenaes: A Síndrome de Aagenaes é uma condição caracterizada pela hipoplasia congénita dos vasos linfáticos, causando linfedema dos membros inferiores e colestase, na infância. Progride lentamente para cirrose hepática.MelanomaLinfadenopatiaNordeste da ChinaWuchereria bancrofti: A Wuchereria bancrofti é um nematoide do grupo dos Filarídeos, os quais tem como habitat o sistema circulatório e linfático do seu hospedeiro.Linfadenectomia: Linfadenectomia consiste na remoção cirúrgica de um ou mais grupos de linfonodos. Trata-se de um procedimento de Cirurgia Oncológica cuja as finalidades são diagnosticas, curativas e profiláticas.CabazitaxelTumor da tiroideDiapedese: A diapedese é a passagem dos leucócitos do sangue para o tecido conjuntivo. Faz-se atravessando os vasos capilares.OsteossarcomaBrugia malayi: Brugia malayi é uma espécie de nematódeo da família Onchocercidae. São parasitos de mamíferos, incluindo os humanos, causando a dirofilariose linfática.

Qual é a sobrevida de um paciente com metástase hepática?


  • Levando em consideração que a paciente tem 78 anos, é hipertensa, diabética, complicações cardio-vasculares, e o câncer já ocupo todo fígado??? Se alguém tiver essa resposta de uma maneira simplificada e direta por favor me responda o mais breve possível.
  • O prognóstico dessa paciente, sinceramente é muito sombrio, a contar pela idade, diabética, problemas cardio-vasculares, e o pior, a sua metástase, esta é a informação que mais pesa no prognóstico. Quando se tem metástase, quer dizer que o cancer ja passou para outras partes do corpo, dificultando ainda mais o quadro. Mais você ha de concordar comigo que Deus é quem cuida de cada um de nós, então nunca perca as esperanças.


É possível ocorrer metástase de câncer de mama após 10 anos da cirurgia e do tratamento?


Há possibilidade de regressão de uma metástase em cancer de pâncreas?


  • Minha mãe está com câncer de pâncreas metastático.Ela faz quimioterapia . Essa metástase pode regredir com quimioterapia?
  • a quimio,mata as celulas cancerigenas, porem tb mata algumas saudaveis. infelzimente o cancer com mestatase vai depender da proporção do estrago q ja fez ao organismo. se ja pegou mais de um orgão alem do pancreas pe quase impossivel a cura. porem devemos ser fortes, principalmente sua mae e sempre pensar positivo. desejo toda sorte a vc e sua mae. pois passei por isso com minha mae e meu pai. os dois faleceram. minha mae foi ha 7 meses. e quando houve mestatase, ja nao podia mais fazer nada.


Depois que o câncer atingiu o grau da metástase, qual a expectaiva de vida para o paciente?


  • Por favor, respondam o mais rápido possível, tenho um parente com essa doença e estou um pouco precupada!
  • Já conheci pessoas que tiveram câncer com metástase e hoje estão curadas, são vários os fatores que irão favorecer a cura ou a não cura do doente. Vou citar um caso do marido de minha prima que teve câncer de estômago e que quando descobriu já estava com metástase, abriram o abdomem dele cerca de uns 15 centímetros, mas fecharam pois estava muito adiantado e não quizeram operar, os médicos deram a ele de 15 dias a um mês de vida no máximo, isso já faz mais de dez anos o câncer nunca mais voltou. Antes da doença aparecer, ele era bem magro, e bem calvo, tinha complexo por isso, e após a cura, ganhou dez quilos a mais de peso, ficou com o peso que gostaria de ter e a calvície dele diminuiu bem, ou seja, primeiro caiu todo pouco cabelo que tinha, depois nasceu mais cabelo do que tinha antes de aparecer a doença. Ele guarda todos os exames para provar, porque as pessoas que não o conhecem não acreditam quando ele fala que teve câncer com metástase "MALIGNO", mas levou quase um ano para a doença curar por completo. Veja alguns links de curas de alguns cânceres que era incurável pela a alopatia. http://inforum.insite.com.br/46502/msgs/33/ (alguns relatos de cura pela babosa) Livro do Frei Romano Zago (O CÂNCER TÊM CURA). "NAO EXISTEM DOENÇAS INCURÁVEIS NA FACE DA TERRA. SE VOCÊ ESTIVER NA ESTRADA DA CURA, PORÉM, NA DIREÇAO ERRADA, VOCÊ CADA VEZ MAIS SE AFASTA DA CURA, E SE APROXIMA MAIS E MAIS DA DOENÇA". Palavras do Prof. José Alberto Moreno (Homeopatia) --------------------------------------------------------------------------------- http://inforum.insite.com.br/39550/4881615.html (várias curas de câncer de próstata) http://inforum.insite.com.br/39550/5882313.html (cura gangrena causada por diabete, sensacionalll) http://www.orientacoesmedicas.com.br/opiniao_integra.asp?cdg=1380&u=150 ( Informações vastas e atualizadas) http://www.jornaldaimprensa.com/autohemoterapia/ (esse é o link que ***TODOS*** deveriam ver) http://www.sungaverde.com/v2/?p=619,19 (relatos surpreendentess) -------------------------------------------------------------------------------- http://monicamohr.spaces.live.com/blog/cns!7C85FF312D59C97B!910.entry (explicações do Dr. Simoncini sobre a cura do câncer com seu método de tratamento). http://br.youtube.com/watch?v=mBjSXf7dV8o&feature=related (Testimonianza 7 - Parte 2/2 Terapia antiTumore dr. Simoncini) ------------------------------------------------------------------------------- http://inforum.insite.com.br/39550/6975343.html (relatos de curas fantásticas de câncer de pulmão irreversível,glaucoma,câncer intestinal avançado,e CÂNCER DE FÍGADO AVANÇADO) --------------------------------------------------------------------------------- http://www.anael.org/portugues/urinoterapia/index.htm (este site superouuuuuuuuuuu)) veja no quadrinho do lado direito, vale a pena ler,CUROU DE AIDS, HEPATITE FULMINANTE, e CÂNCER DE INTESTINOS) Boa sorte e bjs.


Metástase quanto tempo de vida pode-se esperar de um paciente, mesmo com tratamento?


  • Garganta ,ouvido e cabeça
  • minha querida não sei se tem algum caso em sua familia mas se tiver não espere muito e reze com muita fé .


Qual a sobrevida de uma pessoa com câncer de pulmão,metástase cerebral e nos ossos?


  • A pessoa é do sexo feminino, com 52 anos de idade, já fez quimioterapia e radioterapia para o câncer do pulmão e toma medicamento importado para câncer no pulmão e já fez duas radiocirurgias, para diminuir a metástase cerebral, que avança cada vez mais. E também já fez uma cirurgia no pescoço para retirar um nódulo maligno. Agora está com dificuldade de locomoção, porque o câncer está atingindo os ossos. A doença já já instalada há mais de 3 anos, avançando cada vez mais, apesar de todas as providências médicas tomadas, mas parece que não está resolvendo nada.
  • Lêda, Eu sinto muito pela pessoa que deve ser alguém próximo à você. Mas o câncer é algo que já provou ter sua demora de vida muito mais na atitude psicológica da pessoa que tem a doença do que mesmo o tempo que os médicos dão. Já conheci muitas pessoas que tiveram câncer e aquelas que acreditavam que iriam ficar boas, duraram mais tempo. Ao passo que aquelas que perderam as esperanças muito cedo, se deixaram levar pela doença mais rápido. Um abraço.


minha mãe teve cancêr de mama com metástase osséa isso significa mieloma multuplo?


  • o médico disse que ela tem câncer na coluna, bacia,femure costalas, qual a expectativa de vida?
  • Só Deus sabe


O que fazer com cansaço de idoso com câncer no estômago e metástase no fígado e q começará tratamento em 5/01?


  • Ele está se alimentando pouco (mais líquidos), apresenta pés e pernas um pouco inchados, passa a maior parte do tempo deitado, faz as necessidades naturais normal, anda, fala, está lúcido, não clama dores, porém, sente-se extremamente cansado.
  • A fraqueza é normal por causa da doença e também porque ele não consegue se alimentar direito. Metástase no figado geralmente provoca ascite, que é um inchaço na barriga e alguma coisa não está funcionando bem porque ele também está com inchaço nas pernas. Não force muito já que os músculos não respondem, mesmo ele querendo reagir. Arrume uma cadeira de rodas para levá-lo para passear, tomar um pouco de sol, mesmo que seja só na varanda da casa. Dê muito amor, carinho, principalmente agora que ele vai começar o tratamento de quimioterapia, e esse tratamento faz com que o sistema imunológico fique baixo, então, ele tem que ficar afastado de pessoas gripadas e de animais, e se ele tiver febre, corra para o hospital porque é sinal de infecção. Mas o tratamento é a única forma para que a doença não evolua para outros órgãos. Compre ensure, sabor baunilha, é especialmente indicado para pessoas que não estão conseguindo se alimentar muito bem e que têm câncer; tem todas os nutrientes para substituir refeições. Boa sorte, e que Deus dê forças para ele.